Página inicial

Como atiçar a brasa

 


novembro 2013
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
Pesquise em
Como atiçar a brasa:

Arquivos:
As últimas:
 

junho 9, 2013

Obra de Lygia Clark vendida por US$ 2,2 milhões em Nova York bate recorde por Silas Martí, Folha de S. Paulo

Obra de Lygia Clark vendida por US$ 2,2 milhões em Nova York bate recorde

Matéria de Silas Martí originalmente publicada no jornal Folha de S. Paulo em 24 de maio de 2013.

Uma obra de Lygia Clark vendida na quinta (23) por US$ 2,2 milhões, cerca de R$ 4,5 milhões, na Phillips, em Nova York, bateu o recorde de valor para um artista brasileiro arrematado em leilões. Fora das vendas públicas, uma peça de Clark havia sido vendida por € 1,8 milhão, ou R$ 4,7 milhões, na feira Art Basel, em Basileia, há dois anos.

Superando seu lance inicial de US$ 600 mil, ou R$ 1,2 milhão, "Contra Relevo (Objeto N. 7)", pintura de 1959, de Clark bate agora o último recorde estabelecido por um brasileiro em leilões, no caso, a tela "Meu Limão", obra de 2000 de Beatriz Milhazes arrematada por US$ 2,1 milhões, ou R$ 4,3 milhões, na Sotheby's, em Nova York, em novembro do ano passado.

Milhazes continua mantendo o recorde de artista brasileiro mais valorizado hoje em leilões, mas a marca de Clark, que morreu em 1988, eleva a arte do país a outro patamar. Chama a atenção que a obra em questão é uma pintura, desviando da rota de supervalorização de suas esculturas da série "Bicho", até hoje a parte da produção da artista mais cobiçada no mercado.

Esses valores, aliás, devem continuar em ascensão, já que a artista terá uma grande retrospectiva no MoMA, em Nova York, no ano que vem, uma das exposições mais aguardadas no calendário do museu nova-iorquino.

Posted by Patricia Canetti at 12:44 PM