Página inicial

Como atiçar a brasa

 


novembro 2013
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
Pesquise em
Como atiçar a brasa:

Arquivos:
As últimas:
 

agosto 22, 2012

Marcelo Solá expõe em galeria no Rio até o dia 25 de agosto por Elisa Guimarães, O Fluminense

Marcelo Solá expõe em galeria no Rio até o dia 25 de agosto

Matéria de Elisa Guimarães originalmente publicada no jornal O Fluminense em 2 de agosto de 2012.

Marcelo Solá - Casa das Prima + Hidrolands Grafisch Atelier Chanterclayson / Dusted Souls, Luciana Caravello Arte Contemporânea, Rio de Janeiro, RJ - 03/08/2012 a 25/08/2012

Mostra, que estreia nesta quarta-feira, reúne 81 obras inéditas do artista plástico, que é conhecido por usar palavras e números em meio à imagem

Começa nesta quarta-feira, na galeria Luciana Caravello Arte Contemporânea, a exposição Marcelo Solá – Casa das Prima + Hidrolands Grafisch Atelier Chanterclayson/Dusted Souls. A mostra conta com 31 obras inéditas do artista goiano Marcelo Solá, entre desenhos, pinturas e serigrafias de tamanhos diversos.

Voltado principalmente para o desenho, Marcelo utiliza em suas obras materiais como grafite, óleo, esmalte sintético e spray. Outra das principais características de seu trabalho é o uso de palavras e números em meio à imagem, estilo que o tornou um nome de destaque na arte contemporânea brasileira.

Nascido em 1971, Marcelo vive e trabalha em Goiânia. Sua relação com o desenho começou ainda na infância. Em 1990, com apenas 19 anos, conquistou o Prêmio de Viagem a Paris na II Bienal de Artes de Goiás. Em 1995, recebeu o Prêmio Aquisição no XV Salão Nacional de Artes Plásticas, no Rio de Janeiro. No ano seguinte, foi a vez de São Paulo conhecer o trabalho de Solá: o artista participou do projeto Antártica Artes com a Folha, mostra paralela à XXIII Bienal de São Paulo.

Atualmente com 42 anos, Solá conta com 20 exposições individuais no currículo. O artista também participou de importantes mostras coletivas nacionais e internacionais, como a realizada em 2001 no Drawing Center, em Nova York, e a XXV Bienal Internacional de São Paulo.

A exposição fica em cartaz até o dia 25 de agosto. A Luciana Caravello fica na Rua Barão de Jaguaripe, 397, em Ipanema. Informações pelo telefone 2523-4696.

Posted by Patricia Canetti at 4:32 PM