Página inicial

Como atiçar a brasa

 


novembro 2013
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
Pesquise em
Como atiçar a brasa:

Arquivos:
As últimas:
 

dezembro 19, 2010

Sobre a matéria "Demissões revelam crise no MIS e Paço" (FSP.18.12.10) por Tadeu Chiarelli, Folha de S. Paulo

Sobre a matéria "Demissões revelam crise no MIS e Paço" (FSP.18.12.10)

Mensagem de Tadeu Chiarelli originalmente publicada no Painel do Leitor da Folha de S. Paulo, em 20 de dezembro de 2010, em resposta a matéria "Demissões revelam crise no MIS e Paço" de Silas Martí.

ATIÇANDO A BRASA
Leia os artigos, comentários e cartas em resposta à matéria no "Dossiê: MIS e Paço das Artes - respostas à matéria da Folha de S. Paulo".

Impossível ler qualquer coisa sobre Daniela Bousso, o MIS e o Paço das Artes (cujas comemorações recentes de seus 40 anos passaram praticamente despercebidas pela imprensa) e não lembrar o quanto Daniela, nessas duas instituições, vem fazendo para divulgar as vertentes mais radicais da arte brasileira e internacional, além de manter aberto esses espaços para a jovem produção artística brasileira. Por outro lado, comparar o Paço e o MIS com qualquer outra instituição é não levar em conta que, ao assumirem posturas francamente prospectivas no campo da arte, essas instituições jamais terão resultados imediatos de público. O que não retira de ambas a importância singular que possuem no quadro das instituições de arte no Brasil.

Tadeu Chiarelli
Diretor do MAC-USP

Posted by Patricia Canetti at 8:58 AM | Comentários(1)
Comments


Ao ler o artigo proposto na Ilustrada sobre a direção do Mis, me desagrada a superficialidade e a irresponsabilidade cometida no conteúdo exposto.
Acompanho as atividades do MIS à vários anos e as articulações expostas pela direção desenvolveram uma excelente abertura para arte –tecnologia, para os novos artistas e exposições bem organizadas .
Acredito que dentro do país até mesmo dentro da América Latina, não há um espaço semelhante e nem proposta tão ativa como essa.
É lastimável como a imprensa não se aprofunda e nem acompanha as instituições que se comprometem na área cultural.
A diretora Daniela Bousso é uma pessoa clara, objetiva e respeitadora. Ela é admirada por importantes pesquisadores da área acadêmica e por artistas nacionais e internacionais, portanto, não combina com a descrição de uma pessoa intratável.
Portanto, eu não entendi a proposta daquela matéria...boatos não cabem numa Ilustrada

Posted by: Paula Salazar at dezembro 20, 2010 10:46 PM
Post a comment









Remember personal info?