Página inicial

Cursos e Seminários

 


novembro 2017
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30    
Pesquise em
Cursos e Seminários:

Arquivos:
novembro 2017
outubro 2017
setembro 2017
agosto 2017
julho 2017
junho 2017
maio 2017
abril 2017
março 2017
novembro 2016
outubro 2016
setembro 2016
agosto 2016
julho 2016
junho 2016
maio 2016
fevereiro 2016
janeiro 2016
novembro 2015
outubro 2015
setembro 2015
agosto 2015
julho 2015
junho 2015
maio 2015
abril 2015
março 2015
fevereiro 2015
dezembro 2014
novembro 2014
outubro 2014
setembro 2014
agosto 2014
julho 2014
junho 2014
maio 2014
abril 2014
março 2014
fevereiro 2014
janeiro 2014
dezembro 2013
novembro 2013
outubro 2013
setembro 2013
agosto 2013
julho 2013
junho 2013
maio 2013
abril 2013
março 2013
fevereiro 2013
janeiro 2013
dezembro 2012
novembro 2012
outubro 2012
setembro 2012
agosto 2012
julho 2012
junho 2012
maio 2012
abril 2012
março 2012
fevereiro 2012
janeiro 2012
dezembro 2011
novembro 2011
outubro 2011
setembro 2011
agosto 2011
julho 2011
junho 2011
maio 2011
abril 2011
março 2011
fevereiro 2011
janeiro 2011
novembro 2010
outubro 2010
setembro 2010
agosto 2010
julho 2010
junho 2010
maio 2010
abril 2010
março 2010
fevereiro 2010
janeiro 2010
dezembro 2009
novembro 2009
outubro 2009
setembro 2009
agosto 2009
julho 2009
junho 2009
maio 2009
abril 2009
março 2009
fevereiro 2009
janeiro 2009
dezembro 2008
novembro 2008
outubro 2008
setembro 2008
agosto 2008
julho 2008
junho 2008
maio 2008
abril 2008
março 2008
fevereiro 2008
janeiro 2008
dezembro 2007
novembro 2007
outubro 2007
setembro 2007
agosto 2007
julho 2007
junho 2007
maio 2007
abril 2007
março 2007
fevereiro 2007
janeiro 2007
dezembro 2006
novembro 2006
outubro 2006
setembro 2006
agosto 2006
julho 2006
junho 2006
maio 2006
abril 2006
março 2006
fevereiro 2006
As últimas:
 

novembro 6, 2017

Pós-documenta: ao sul de Kassel - Rodas de conversas na EAV Parque Lage, Rio de Janeiro

A Escola de Artes Visuais do Parque Lage, em parceria com o Goethe-Institut Rio de Janeiro, organiza três noites de conversas em torno da documenta 14.

8, 9 e 16 de novembro de 2017, quarta e quintas-feiras, das 19h às 21h30

Escola de Artes Visuais do Parque Lage - Salão Nobre
Rua Jardim Botânico 414, Jardim Botânico, Rio de Janeiro, RJ

APRESENTAÇÃO

"Pós-documenta: ao sul de Kassel" é o título dos encontros que reúnem artistas, curadores e pesquisadores para a construção de uma reflexão crítica acerca de grandes exposições internacionais, como a Bienal de São Paulo, fundada em 1951, e a Documenta de Kassel, fundada em 1955. Assinada em 2017 por Adam Szymczyk e sua equipe, a documenta 14 encerrou no último dia 17 de setembro e foi excepcionalmente realizada em duas cidades: Atena (Grécia) e Kassel (Alemanha), sob o título "Aprendendo com Atenas".

A problemática da dívida pública da Grécia dentro da União Europeia, discutida no primeiro seminário da EAV Parque Lage ("A tropicalização do Norte"), será atualizada e expandida. Pretende-se cercar os perigos que ameaçam a autonomia da curadoria e a liberdade de expressão dos artistas, reverberando precariedades e resistências, macro e micropolíticas. O formato será de rodas de conversa, abertas a proposições.

Keyna Eleison (Brasil), Maria Belén (Colômbia) e Joaquín Sánchez (Paraguai) visitaram a documenta 14 com o apoio do Goethe e trazem seus relatos, somando sua experiência aos depoimentos dxs ex-estudantes da Escola premiadxs, Anitta Boa Vida e Odaraya Mello, que contaram com as interlocuções de Lisette Lagnado, Curadora de Ensino e Programas Públicos, e Ulisses Carrilho, Curador-assistente.

Comprometida com o questionamento acerca do caráter espetacular de grandes exposições internacionais e de sua atual disfuncionalidade, a roda de conversas será finalizada na noite do dia 16 de novembro com a presença de Marina Fokidis, curadora da documenta 14, fundadora da Kunsthalle Athens e da revista South As A State of Mind [O Sul como Estado de Espírito] para uma contribuição a partir das resistências e subjetividades no sul europeu.

PROGRAMAÇÃO

8 de novembro, quarta-feira - Gênero, raça e privilégio
9 de novembro, quinta-feira - Arte, censura e direito
16 de novembro, quinta-feira - Poder, capital e instituição

DOS PARTICIPANTES

Anitta Boa Vida (Rio de Janeiro, 1985). Vive no Rio de Janeiro.
Artista visual e estudante da EAV Parque Lage desde 2015. Em 2017, foi selecionado para bolsa-viagem a Atenas, Grécia e Kassel e Münster, Alemanha, com o apoio do Goethe Institut.

Joaquín Sánchez (Eusebio Ayala, Paraguai, 1977). Vive em La Paz, Bolívia e Assumpción, Paraguai.
Artista e curador independente. Desde 2012 vem desenvolvendo projetos curatoriais com jovens artistas bolivianos e do exterior. Em 2015 desenvolveu um projeto curatorial a partir da arquitetura andina, Arquitectura blanca. La pureza de lo complejo”. Em 2016 foi curador geral da Bienal Internacional de Arte SIART, que aconteceu nas cidades de La Paz, Cochabamba y Santa Cruz de la Sierra (Bolivia).

Keyna Eleison (Rio de Janeiro) Vive no Rio de Janeiro.
Curadora e pesquisadora independente. Graduada em Filosofia (UFRJ) e especialista em História da Arte e da Arquitetura (PUC-RJ) com ênfase em arte contemporânea, nos séculos XX e XXI. Na administração pública, coordernou o setor de artes visuais da Secretaria Municipal de Cultura da cidade do Rio de Janeiro.

Lisette Lagnado (Kinshasa, Congo, 1961). Vive no Rio de Janeiro.
Crítica de arte e curadora independente. Doutora em Filosofia (Universidade de São Paulo), com uma tese sobre o Programa ambiental de Hélio Oiticica. Foi curadora, em 2006, da 27ª Bienal de São Paulo (“Como Viver Junto”); da mostra “Desvíos de la deriva. Experiencias, travesias y morfologías” (2010), no Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía (MNCARS), em Madri; e do 33º Panorama do Museu de Arte Moderna de São Paulo (2013). De 2014 a 2017, dirigiu a Escola de Artes Visuais do Parque Lage, no Rio de Janeiro, onde hoje é Curadora de Ensino e Programas públicos.

María Belén Sáez (Barranquilla, Colômbia, 1970). Vive em Bogotá.
Advogada, crítica de arte e curadora independente. Diretora nacional de Departamento Cultural da Universidade Nacional da Colômbia, responsável pela gerência e programação de diversos equipamentos culturais e ex-chefe do escritório de Artes Visuais, departamento do Ministério da Cultura da Colômbia. Atualmente dirige o Museu de Arte da Universidade Nacional da Colômbia. Foi professora da Universidade de Los Andes e da Universidade Javeriana.

Marina Fokidis (Thessaloniki, Grécia). Vive em Atenas.
Curadora e escritora. Em 2014, foi diretora do escritório artístico Atenas e curadora-conselheira do documenta 14. Ela é fundadora do Kunsthalle Athena und South as a State of Mind, revista bianual de arte e cultura. Em 2011 Fokidis foi uma das curadoras da 3ª Bienal de Thessaloniki. Ela também foi curadora do pavilhão grego da 51ª Bienal de Veneza (2003) e uma das curadoras da 1ª Bienal de Tirana (2001).

Odaraya Mello (Rio de Janeiro, 1993). Vive no Rio de Janeiro.
Artista visual e estudante da EAV Parque Lage desde 2015. Em 2015 foi selecionado para bolsa-viagem ao Instituto Sacatar, na Ilha de Itaparica, Bahia. Em 2017, foi selecionado para bolsa-viagem a Atenas, Grécia e Kassel e Münster, Alemanha, com o apoio do Goethe Institut.

Ulisses Carrilho (Porto Alegre, 1990). Vive no Rio de Janeiro.
Curador. Curador Assistente na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, cofundador do Solar dos Abacaxis e professor do Instituto Europeo di Design, no Rio de Janeiro. Curador de “Aqui mis crímenes no serían de amor” (Cali, Colômbia) e “Morro” (Rio de Janeiro). Pós-graduação no programa de Economia da Cultura da UFRGS.

Posted by Patricia Canetti at 6:37 PM