Página inicial

Cursos e Seminários

 


novembro 2013
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
Pesquise em
Cursos e Seminários:

Arquivos:
As últimas:
 

outubro 6, 2011

Curadoria, geopolítica e deslocamentos com Gerardo Mosquera e Mariana Fix no Centro Cultural da Espanha, São Paulo

Curadoria, geopolítica e deslocamentos

Convidados: Gerardo Mosquera e Mariana Fix
Mediação: Tatiana Ferraz e Gilberto Mariotti

Dando continuidade ao programa de oficinas Curadoria e Contexto do ano de 2011, realizado pelo Forum Permanente em parceria com o Centro Cultural da Espanha em São Paulo, o terceiro encontro tratará do tema Curadoria, geopolítica e deslocamentos e contará com a participação da urbanista paulistana Mariana Fix e do curador cubano Gerardo Mosquera.

24 a 28 de outubro de 2011, 18-22h e atividade pública dia 27 de outubro, 19h30-22h30

Inscrições até a meia-noite de 10 de outubro de 2011

Centro Cultural da Espanha_SP
Av Angélica 1091, Higienópolis, São Paulo-SP
11-3822-2627 ou curadoria@forumpermanente.org
www.forumpermanente.org
ww2.ccebrasil.org.br

Como se inscrever
Inscrições de 19 de setembro a 10 de outubro mediante o preenchimento do formulário padrão disponível para download, contendo um pequena carta de intenção (máx. 500 caracteres com espaços), mini-CV (máx. 500 caracteres com espaços) e a síntese de um projeto curatorial articulado com o tema da oficina (até 2 páginas) para oficinas@forumpermanente.org.

Para aqueles que não puderem acompanhar a atividade pública de modo presencial, o evento será transmitido ao vivo no site do Fórum Permanente; museus de arte: entre o público e o privado.

Não se pode pensar a arte hoje sem considerar a internacionalização de sua circulação, seja da obra ou do próprio artista. Será a condição transnacional da arte capaz de romper com polaridades até então estabelecidas, entre circuitos hegemônicos e periféricos, territorialidade e pertencimento, nacional e internacional? Até que ponto o surgimento das megalópoles modificou tais polaridades? Os processos de internacionalização esbarram igualmente na concepção contemporânea de cidade, com o surgimento das cidades globais a imposição de uma imagem coerente de cidade como modo de controle sobre o território.

No terceiro ciclo das oficinas Curadoria e contexto, o tema Geopolítica e deslocamentos será apresentado a partir do diálogo das experiências do curador cubano Gerardo Mosquera e da urbanista Mariana Fix. De modos diversos, os colaboradores trarão à tona questões compartilhadas acerca de como os processos políticos e econômicos recentes emergem nas práticas culturais, seja como expressão artística, seja como paisagem urbana.

Mosquera aponta para uma abordagem da prática curatorial a partir dos deslocamentos culturais como estratégia de formação identitária. A partir da internacionalização da arte será preciso entender como a condição transnacional rompe com a neurose da identidade e os estereótipos totalizadores que afetaram as poéticas e discursos artísticos na América Latina. Assim o desafio cultural colocado na prática de uma arte internacional residiria na construção de uma arte diversificada, com uma pluralidade de visões, experiências e imaginários que não operam circunscritas em suas diferenças, mas a partir delas, chegando a uma construção de circuitos "horizontais".

Fix, por outro lado, revela dinâmicas políticas e econômicas que radicam os grandes conflitos urbanos, como as conexões entre o mercado financeiro global e o mercado imobiliário local. As relações entre planejamento urbano e as operações imobiliárias. A ideologia presente nos projetos arquitetônicos que se pretendem fechados para a cidade, fortificados para uma experiência urbana burguesa anti-pública.

Posted by Cecília Bedê at 5:07 PM