Página inicial

Cursos e Seminários

 


novembro 2013
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
Pesquise em
Cursos e Seminários:

Arquivos:
As últimas:
 

julho 25, 2007

Programa Rumos Itaú Cultural Artes Visuais 2005-2006: Curso de História da Arte, Porto Velho

Curso de História da Arte
Professores: Maria de Fátima Morethy Couto, Milton Machado, Regina Teixeira de Barros

Inscrições abertas

Universidade Federal de Rondônia
Av. Presidente Dutra 2965, Porto Velho - RO
Informações e inscrições: 69-3901-3644 ou fundacaocultura@portovelho.ro.gov.br
Organização: Itaú Cultural, Programa Rumos Itaú Cultural Artes Visuais 2005-2006
Curso de História da Arte: 13 a 16 de agosto de 2007


Estão abertas as inscrições para o Curso de História da Arte, organizado pelo Itaú Cultural e a ser ministrado gratuitamente no auditório da Universidade Federal de Rondônia, de 13 a 16 de agosto (segunda a quinta-feira). O curso já passou por Cuiabá e Rio Branco é prosseguirá por São Luís (MA), Teresina (PI), Palmas (TO), Aracaju (SE), Maceió (AL) e João Pessoa (PB). Ele dá seqüência ao programa Rumos Itaú Cultural Artes Visuais 2005-2006, que, nesta etapa, visa à formação de público para a leitura da produção contemporânea e prossegue em seu intuito de promover o intercâmbio de informações e a diminuição geográfica cultural entre os diferentes estados do país.

As inscrições serão encerradas no dia 7 e devem ser feitas pelo telefone (69) 3901-3644, pelo e-mail fundacaocultura@portovelho.ro.gov.br ou pessoalmente na Fundação Cultural Iaripuna. O Itaú Cultural doará uma bibliografia de história da arte (veja os 33 títulos abaixo) à Biblioteca Municipal Francisco Meirelles, da cidade, e a instituições similares das outras capitais por onde passará.
O curso está estruturado levando em consideração os principais eventos e movimentos artísticos do século XIX até a contemporaneidade.

Os temas das aulas são: Século XIX - Antecedentes da Arte Moderna, com Regina Teixeira de Barros, professora de História da Arte da Faculdade Santa Marcelina, de São Paulo; Das Vanguardas às Primeiras Bienais, com Maria de Fátima Morethy Couto, professora da Universidade Estadual de Campinas e chefe do departamento de Artes Plásticas do Instituto de Artes da Unicamp; e A Arte Contemporânea: Ontem e Hoje, com o artista plástico e doutor em artes visuais Milton Machado.

Na aula inaugural, dia 13 (segunda-feira), Regina tratará dos antecedentes da arte moderna, do neoclassicismo ao impressionismo e neoimpressionismo. Já a professora Maria de Fátima, no dia seguinte (14, terça-feira) abordará as vanguardas do início do século XX, Bauhaus e neoplasticismo holandês; o modernismo no Brasil dos anos 10 aos anos 30; o retorno da figuração nos anos 30 e 40; o expressionismo abstrato nos Estados Unidos nos anos 50 e as bienais e as tendências abstrato-geométricas no Brasil, o concretismo e o neoconcretismo.

Nos dias 15 e 16 (quarta e quinta-feira), Milton Machado falará sobre a emergência do pop nos Estados Unidos - da liberação de novos materiais às performances e happenings, land art, body art e arte conceitual. Os temas pelos quais o professor perpassará nesta aula também passam pela análise da arte cinética e do minimalismo; o retorno à pintura nos anos 80, as transvanguardas na Europa e a nova geração brasileira. Ele falará, ainda, das tendências contemporâneas no mundo e no Brasil e da afirmação da fotografia, do vídeo e do filme.

A escolha das capitais foi feita pelas curadoras do Rumos Itaú Cultural Artes Visuais 2005-2006, Luísa Duarte, Cristiana Tejo e Marisa Mokarzel, com coordenação de Aracy Amaral. Ao pesquisar e mapear a produção de artes visuais em todo o país, elas também se preocuparam em detectar os locais onde o ensino formal e informal, neste segmento cultural, poderia ser estimulado com a troca de conhecimento entre pessoas envolvidas com a arte.

Programa Rumos
O Rumos Itaú Cultural é um dos mais abrangentes programas de estímulo à produção artística e cultural do Brasil. Pioneiro no mapeamento da produção artística contemporânea, em 10 anos já recebeu cerca de 13,5 mil inscrições e apoiou o desenvolvimento de 670 projetos em Artes Visuais, Arte e Tecnologia, Cinema e Vídeo, Dança, Educação, Jornalismo Cultural, Literatura, Música e Pesquisa Acadêmica. Desde a sua criação, em 1997, até hoje, levou o trabalho dos selecionados a mais de 1,8 milhões de pessoas em todo o país.

Ao premiar projetos vindos de todo o Brasil, o Rumos descentraliza e amplia o eixo de produção cultural e possibilita uma distribuição de bens culturais mais eqüitativa na sociedade. O caráter nacional do programa mobiliza artistas, especialistas, pesquisadores e instituições parceiras, que fazem da cultura uma linguagem comum de fortalecimento da cidadania e das características múltiplas do povo brasileiro.

Os produtos gerados pelo programa são distribuídos gratuitamente para instituições culturais e educacionais, disponibilizados na internet e para emissoras de TV parceiras, que asseguram a difusão democrática dos bens culturais produzidos e confirmam o compromisso do Itaú com uma maior responsabilidade social em cultura e a boa cidadania corporativa.

Perfil dos professores
Regina Teixeira de Barros é curadora da Pinacoteca do Estado de São Paulo, professora de História da Arte da Faculdade Santa Marcelina e pesquisadora sênior do Projeto Catálogo Raisonné Tarsila do Amaral. Foi curadora das exposições: Antônio Maluf, Centro Universitário Maria Antônia, 2002; Noturnos, Museu de Arte Moderna de São Paulo, 1999; e curadora adjunta de León Ferrari: Poéticas e políticas, Pinacoteca do Estado, 2006; Mestres do Modernismo, Estação Pinacoteca, 2004-2005; e Arte e sociedade: uma relação polêmica, Itaú Cultural, 2003.

Maria de Fátima Morethy Couto é graduada em psicologia pela Universidade Federal Fluminense (1985), tem mestrado em História pela Universidade Estadual de Campinas (1993) e doutorado em Doutorado em Histoire de L'art et Archeologie - Universite de Paris I (Pantheon-Sorbonne), U.P.I, França (1999). Atualmente é professora doutora da Universidade Estadual de Campinas e Chefe do Departamento de Artes Plásticas do Instituto de Artes da Unicamp. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Fundamentos e Crítica das Artes, atuando principalmente nos seguintes temas: crítica de arte, arte moderna brasileira, vanguarda, neoconcretismo e arte brasileira contemporânea.

Milton Machado é artista plástico, pesquisador e arquiteto, formado pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Rio de Janeiro, em 1970. É mestre em planejamento urbano, doutor em artes visuais, PhD Fine Arts, Goldsmiths College University of London, e pesquisador do CNPq. Tem textos publicados em livros, revistas, jornais e websites. De 1979 a 1994, foi professor do Centro de Arquitetura e Artes da Universidade Santa Úrsula e, de 1983 a 1994, da Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Atualmente é professor adjunto do Departamento de História e Teoria da Arte e do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais, Escola de Belas Artes EBA / UFRJ.

Bibliografia a ser doada
AMARAL, Aracy. Artes plásticas na Semana de 22. Ed. 34.
AMARAL, Aracy. Arte Para Quê? Ed. Itau Cultural.
ARGAN, G. Carlo. Arte Moderna. Cia. das Letras.
ARCHER, Michael. Arte contemporânea. Ed. Martins Fontes.
BATCHELOR, David. Minimalismo. Ed. Cosac & Naify.
BRADLEY, Fiona. Surrealismo. Ed. Cosac & Naify.
BAUMGART, Fritz. Breve história da Arte. Ed. Martins Fontes.
BRITO, Ronaldo. Neoconcretismo. Ed. Cosac & Naify.
BEHR, Shulamith. Expressionismo. Ed. Cosac & Naify.
CAUQUELIN, Anne. Arte contemporânea: uma introdução. Ed. Martins Fontes.
COTTINGTON, David. Cubismo. Ed. Cosac & Naify.
COSTA, Helouise. Fotografia moderna no Brasil. Ed. Cosac & Naify.
CHILVERS, Ian. Dicionário Oxford de Arte. Ed. Martins Fontes.
COLI, Jorge. Como estudar arte brasileira do séc. XIX. Ed. Zahar.
CANONGIA, Lígia. Os legados dos anos 60 e 70. Ed. Zahar.
CABANNE, Pierre. Marcel Duchamp: o engenheiro do tempo perdido. Ed. Perspectiva.
CHIARELLI, Tadeu. Arte Internacional Brasileira. Ed. Lemos.
DOMINGUES, Diana. Arte e vida no séc. XXI. Ed. UNESP.
DEMPSEY, Amy. Estilos, Escolas e Movimentos - Guia enciclopédico da Arte Moderna. Ed. Cosac & Naify.
FARIAS, Agnaldo. Arte Brasileira hoje. Ed. Publifolha.
GOODING, Mel. Arte abstrata. Ed. Cosac & Naify.
HAUSER, Arnold. História Social da Arte e da Literatura. Ed. Martins Fontes.
HARRISON, Charles. Modernismo. Ed. Cosac & Naify.
HUMPHREY, Richard. Futurismo. Ed. Cosac & Naify.
JUNIOR, Rubens Fernandes. Labirinto e identidades: panorama da fotografia no Brasil. Ed. Cosac & Naify.
KRAUSS, Rosalind. Caminhos da escultura moderna. Ed. Martins Fontes.
MILLET, Catherine. A arte contemporânea. Ed. Inst. Piaget.
MCARTHY, David. Arte Pop. Ed. Cosac & Naify.
MALPAS, James. Realismo. Ed. Cosac & Naify.
NAVES, Rodrigo. A forma difícil. Ed. Ática.
TASSINARI, Alberto. O espaço moderno. Ed. Cosac & Naify.
THOMSOM, Belinda. Pós-impressionismo. Ed. Cosac & Naify.
WOOD, Paul. Arte conceitual. Ed. Cosac & Naify.

Posted by João Domingues at 11:11 AM