Página inicial

Cursos e Seminários

 


novembro 2013
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
Pesquise em
Cursos e Seminários:
Arquivos:
As últimas:
 

setembro 28, 2011

Panorama da Arte Brasileira 2011 - Seminários

Panorama da Arte Brasileira 2011 - Seminários

O Museu de Arte Moderna de São Paulo abre no dia 15 de outubro de 2011, às 18h, o Panorama da Arte Brasileira 2011. Com curadoria de Cauê Alves e Cristiana Tejo, a 32ª edição da mostra bienal do MAM-SP tem como tema Itinerários, itinerâncias e traz cerca de 40 artistas de diversas partes do país, além de alguns estrangeiros com maior ou menor inserção no cenário da nacional. Além disso, um seminário nos dias 2 e 3 de dezembro (veja programação abaixo).

Participantes: Areal, Cadu, Helmut Batista, Michel Zózimo, Regina Melim, Rodrigo Moura, Santiago Navarro, Suely Rolnik, Vitor Cesar

2 e 3 de dezembro de 2011

Museu de Arte Moderna de São Paulo - MAM - Auditório Lina Bo Bardi
Av. Pedro Álvares Cabral s/nº, Portão 3, Parque do Ibirapuera, São Paulo - SP
11-5085-1312 ou cursos@mam.org.br
www.mam.org.br
Capacidade: 200 lugares

PROGRAMAÇÃO

2/12 às 11h
Residências

Participantes: Helmut Batista (RJ), Rodrigo Moura (MG) e Cadu (RJ)
A mesa Residências irá discutir os modelos e a proliferação das residências artísticas nas instituições de arte. A proposta central é pensar os itinerários e itinerâncias pelo mundo que as residências proporcionam, as redes que se formam a partir dos programas existentes e fazer uma breve análise dos resultados e reflexos disso na arte contemporânea.

2/12, às 15h
Derivas

Participantes: Suely Rolnik (SP), Santiago Navarro (ARG) e Areal (RS)
Um dos objetivos da mesa Derivas é refletir sobre o estado de trânsito e as viagens cada vez mais constantes realizadas por artistas pelo país e ao redor do mundo, seja como proposição artística seja por exigência do circuito. Vivendo num tempo cada vez mais acelerado, é recorrente a comparação entre artistas, nômades e turistas.

3/12 às 15h
Outros espaços da arte

Participantes: Vitor Cesar (SP), Regina Melim (SC) e Michel Zózimo (RS)
A discussão da mesa Outros Espaços da Arte irá girar em torno do deslocamento das artes visuais e seus vínculos com os diversos campos com as quais elas se relacionam. Os trânsitos entre arte, design gráfico, livros, bem como a constituição do espaço público que essa itinerância pressupõe estão entre os temas abordados.

Posted by Cecília Bedê at 5:38 PM

setembro 23, 2011

II Seminário Internacional Arquivos de Museus e Pesquisa na Estação Pinacoteca, São Paulo

II Seminário Internacional Arquivos de Museus e Pesquisa

Participantes: Ana Gonçalves Magalhães, André Porto Ancona Lopez, David Farneth, Eliane Abrão, Elisabete Marin Ribas, Eric Kureck, Gabriel Moore Forell Bevilacqua, Gabriel Moore Forell Bevilacqua, Gabriela Sousa de Queiroz, Guilherme Carboni, Hans Brandhost, Joaquín Barriendos, Manoel Joaquim Pereira dos Santos, Marcelo Mattos Araujo, Paulo César Garcez, Paulo César Garcez Marins, Solange Lima, Susan K. Anderson, Wilson Pinheiro Jabur

Entender o lugar, os usos e as relações dos arquivos nos museus. Esse foi o enfoque que marcou a organização da primeira edição do Seminário Internacional Arquivos de Museus e Pesquisa, realizada em novembro de 2009. Originado inicialmente de questões e desafios colocados pelo encontro de arquivistas e pesquisadores do MAC USP e Pinacoteca do Estado de São Paulo, o seminário foi amplamente marcado pela troca de experiências de uma variada gama de profissionais envolvidos na gestão e na uso de arquivos em instituições de natureza museológica, e pelo esforço de delineamento de um horizonte prático e conceitual focado na especificidade dos sentidos e funções desses acervos documentais.

Proposto na mesa de encerramento do evento de 2009, o Grupo de Trabalho iniciou suas atividades em março de 2010 com encontros multidisciplinares envolvendo a participação de equipes técnicas das seis instituições que apresentaram trabalhos no Seminário a convite da organização. Durante todo o ano de 2010 foram desenvolvidas atividades e debates técnicos que abordaram inúmeras das questões levantadas, além de outras surgidas das trocas de experiências profissionais entre os participantes. Em 2011, o Grupo de Trabalho foi expandido, passando a integrá-lo outras seis instituições de relevância no cenário nacional.

16 e 17 de novembro de 2011

Estação Pinacoteca
Lg. General Osório, 66
11-3335-4994 ou cedoc@pinacoteca.org.br
www.pinacoteca.org.br

Programação

DIA 1 - 16 de novembro de 2011 (quarta-feira)
Sistemas de organização e gestão de arquivos e coleções

Manhã

9h15 - Abertura: Marcelo Mattos Araujo (diretor - Pinacoteca do Estado de São Paulo)

9h30 - Apresentação do II SEMINÁRIO INTERNACIONAL ARQUIVOS DE MUSEUS E PESQUISA

1ª Sessão
Coordenação/mediação: Ana Gonçalves Magalhães (Grupo de Trabalho Arquivos de Museus e Pesquisa / MAC USP)

09h45 - Susan K. Anderson (Philadelphia Museum of Art)

10h30 - Pausa para o café

10h45 - David Farneth (Getty Research Institute)

11h30 - Debate

12h00 - Almoço

Tarde

2ª Sessão
Coordenação/mediação: Solange Lima (Grupo de Trabalho Arquivos de Museus e Pesquisa / MP USP)

13h30 - Hans Brandhost (Iconclass)

14h15 - Joaquín Barriendos (Universidade de Barcelona)

15h00 - Debate

3ª Sessão
Coordenação/mediação: Gabriel Moore Forell Bevilacqua (Grupo de Trabalho Arquivos de Museus e Pesquisa / Pinacoteca do Estado de São Paulo)

15h30 - André Porto Ancona Lopez (Departamento de Ciência da Informação / Universidade de Brasília).

16h15 - Elisabete Marin Ribas (Grupo de Trabalho Arquivos de Museus e Pesquisa / IEB USP)

16h50- Gabriela Sousa de Queiroz e Eric Kureck (Grupo de Trabalho Arquivos de Museus e Pesquisa / Cinemateca Brasileira)

17h25 - Debate/perguntas

18h00 - Encerramento das atividades


DIA 2 - 17 de novembro de 2011 (quinta-feira)
Direitos autorais e direito de acesso à informação: interesse público em museus brasileiros

9h00 - abertura: Paulo César Garcez Marins (Grupo de Trabalho Arquivos de Museus e Pesquisa / MP USP)

9h20 - Eliane Abrão (Eliane Yachouh Abrão Advogados Associados, Ordem dos Advogados do Brasil - OAB)

10h00 - Wilson Pinheiro Jabur (Salusse Marangoni Advogados, Fundação Getúlio Vargas São Paulo - FGV SP)

10h40 - Pausa para o café

11h00 - Guilherme Carboni (Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo -ECA USP - e Cesnik, Quintino e Salinas Advogados)

11h40 - Almoço

Tarde

13h30 - Manoel Joaquim Pereira dos Santos (Denis Borges Barbosa Advogados, FGV-SP)

14h30 - Sérgio Branco (Centro de Tecnologia e Sociedade da Escola de Direito da Fundação Getúlio Vatgas Rio de Janeiro - CTS - FGV RJ)

15h30 - Pausa para o café

15h50 – Mesa-redonda sobre direitos autorais e acesso à informação em museus: Mediação/coordenação: Paulo César Garcez Marins (Grupo de Trabalho Arquivos de Museus e Pesquisa / MP USP). Debatedores: juristas convidados

17h00 - Encerramento dos trabalhos: Ana Gonçalves Magalhães (Grupo de Trabalho Arquivos de Museus e Pesquisa / MAC USP) e Gabriel Moore Forell Bevilacqua (Grupo de Trabalho Arquivos de Museus e Pesquisa / Pinacoteca do Estado de São Paulo)

17h30 - Café e lançamento dos Anais do I Seminário Serviços de Informação em Museus (Pinacoteca do Estado de São Paulo, 25 e 26 de novembro de 2010)

18h00 - Encerramento das atividades


Posted by Gilberto Vieira at 3:20 PM

setembro 22, 2011

I Encontro Funarte de Políticas para as Artes

I Encontro Funarte de Políticas para as Artes

No intuito de promover a reflexão e contribuir para a formulação e aperfeiçoamento das políticas para as artes em âmbito nacional, a Fundação Nacional de Artes realiza pela primeira vez o I Encontro Funarte de Políticas para as Artes, de acordo com sua missão institucional de “promover e incentivar a produção, a prática e o desenvolvimento das atividades artísticas e culturais no território nacional e, especialmente, promover ações destinadas à difusão do produto e da produção cultural”.

O evento visa promover um diálogo qualificado em torno das políticas empreendidas especificamente para as artes no país e divulgar trabalhos teóricos e práticos no campo das ações políticas, das reflexões históricas e teóricas sobre as políticas culturais brasileiras, fortalecendo a atuação de instituições de interesse público, a sociedade civil e agentes culturais que produzem e difundem a arte brasileira no país ou fora dele.

Inscrições até 03 de outubro
8, 9 e 10 de novembro de 2011

Palácio Gustavo Capanema
Rua da Imprensa 16, Centro - Rio de Janeiro
21-2279-8080 ou cepin@funarte.gov.br
www.funarte.gov.br/encontro

Programação

Estrutura da programação:

Mesa de convidados: debate entre representantes do Estado, terceiro setor e sociedade.

Mesa de Experiências: apresentação de experiências de ganhadores de editais do Cepin e instituições públicas ou privadas que dialoguem com estas experiências.

Mesa de Exposições: apresentação de pesquisas acadêmicas que discutam e analisem os diferentes contextos das políticas culturais.

Grupos de Trabalho de Boas Práticas: apresentação de boas práticas no campo da gestão e da produção cultural promovidas por instituições públicas ou privadas, organização do terceiro setor ou agentes culturais.

Mostra Artística: intervenções artísticas realizadas na abertura, intervalo das mesas e fechamento do evento com os premiados dos editais do Cepin e convidados.

Data: 08 a 10 de novembro

Local: Palácio Gustavo Capanema
Rua da Imprensa, 16 – Centro – Rio de Janeiro.

Horário: 10 às 18h

A programação confirmada será divulgada conforme calendário.

Posted by Gilberto Vieira at 4:29 PM | Comentários (1)

setembro 20, 2011

43° SAC - Salão de Arte Contemporânea de Piracicaba - encontros e palestras

43° SAC - Salão de Arte Contemporânea de Piracicaba

Participantes: Josué Mattos, Luiza Proença, Nilton Campos, Paula Almozara , Renan Araujo, Thais Rivitti

8 a 29 de outubro de 2011

Pinacoteca Municipal “Miguel Dutra”.
Rua Moraes Barros 233, Piracicaba-SP
19-3433-4930 / 3402-9601 ou pinacoteca@piracicaba.sp.gov.br
www.piracicaba.sp.gov.br

SESC Piracicaba
Rua Ipiranga 155, centro, Piracicaba - SP
19-3437-9292 ou email@piracicaba.sescsp.org.br
www.sesc.org.br

Programação

Primeira Leitura Pública de Portfólios – Josué Mattos: 11 de outubro às 20h na Pinacoteca Municipal “Miguel Dutra”.
Segunda Leitura Pública de Portfólios – Thais Rivitti: 18 de outubro às 20h na Pinacoteca Municipal “Miguel Dutra”.
Terceira Leitura Pública de Portfólios – Renan Araujo: 25 de outubro às 20h na Pinacoteca Municipal “Miguel Dutra”.

Palestra 1: "Processos Criativos: métodos, linguagens e singularidade das poéticas visuais contemporâneas" com Paula Almozara: 08 de outubro, 14h30 - SESC Piracicaba
Palestra 2: "Conservação de acervos contemporâneos" com Nilton Campos: 19 de outubro, 20h - SESC Piracicaba
Palestra 3: "Oficina Teórica-Prática de Construção de projetos em artes visuais" com Luiza Proença: 29 de outubro, das 10 às 17h - SESC Piracicaba

Posted by Gilberto Vieira at 1:41 PM

setembro 19, 2011

Seminário Internacional Circuito e crítica da arte contemporânea pós mídias digitais no MIS, São Paulo

Seminário Internacional Circuito e crítica da arte contemporânea pós mídias digitais

Curadoria de Giselle Beiguelman
Participantes: Brian Mackern, Cauê Alves, Cristiana Tejo, Ivana Bentes, Jorge La Ferla, Josephine Bosma, Manuela Naveau, Priscila Arantes, Tadeu Chiarelli, Tania Aedo, Tiago Mesquita

O 9o Prêmio Sergio Motta de Arte de Arte e Tecnologia realiza nos dias 1o e 2 de outubro, no Museu da Imagem e do Som de São Paulo – MIS-SP, o Seminário Internacional “Circuito e crítica da arte contemporânea pós mídias digitais”. Com curadoria de Giselle Beiguelman, esta edição conta com a participação dos críticos brasileiros Cauê Alves, Cristiana Tejo, Ivana Bentes, Priscila Arantes, Tadeu Chiarelli e Tiago Mesquita; e estrangeiros Brian Mackern (Uruguai), Jorge La Ferla (Argentina), Josephine Bosma (Holanda), Manuela Naveau (Áustria) e Tania Aedo (México).

1° de outubro, 11h30-15h30 e 2 de outubro,10-19h

Museu da Imagem e do Som - MIS
Avenida Europa 158, Jardim Europa, São Paulo - SP
11-21174777 ou mis@mis-sp.org.br
www.mis-sp.org.br

Programação

No dia 1 de outubro, a partir das 11h30, o Instituto Sergio Motta oferece um brunch de boas-vindas aos participantes e ao público presente. Com abertura de Camila Duprat, superintendente do ISM, e Giselle Beiguelman, o Seminário prossegue com apresentações breves dos críticos e curadores convidados em uma mesa informal de debates sobre as questões que hoje envolvem a crítica e o circuito artístico contemporâneo pós mídias digitais, aberta à participação do público.

A edição 2011 do Prêmio Sergio Motta foi dividida em duas categorias. Em Início de Carreira, os indicados são: Alice Miceli, Claudio Bueno, Jeraman, mmnehcft & MANIFESTO21.TV, Pablo Lobato, Panetone, Ricardo Carioba e Vivian Caccuri. E em Meio de Carreira, Dias & Riedweg, Lucas Bambozzi, Raquel Kogan e Zaven Paré.

No dia 2 de outubro, a partir das 10 horas, os críticos participantes do Seminário trabalham em duplas, tomando como ponto de partida a leitura crítica dos portfólios dos 12 artistas selecionados para discutir a inserção da produção de arte e tecnologia no circuito de difusão e crítica de arte contemporânea.

Durante a realização do Seminário, os participantes farão uma introdução ao público sobre o artista analisado, situando criticamente sua produção frente ao cenário nacional e internacional.

Segundo Giselle Beiguelman, os portfólios selecionados pelo júri em suas duas etapas – Seleção e Premiação - indicam o esgotamento do termo arte e tecnologia para dar conta da produção artística contemporânea relacionada às ciências e às mídias. “Se cerca de dez anos atrás, como diz o professor André Lemos, discutíamos a desmaterialização da cultura, dando ênfase ao upload das práticas sociais, hoje estamos fazendo o download do ciberespaço”, atesta a coordenadora.

Biografias dos críticos e curadores

Brian Mackern (Montevidéu, Uruguai) é artista e compositor. Vem realizando exposições e diversos workshops e seminários internacionais pelos quais recebeu importante reconhecimento institucional. Professor de Digital and Electronic Arts da Universidade de la República Uruguay. É fundador e organizador do dorkbot.myd e coordenador/curador de New Media Art no Cme. Subte, Montevidéu. atualmente desenvolve o programa "montevideo.ETC" no Espacio de Tecnología y Cultura. Cauê Alves (São Paulo) é mestre e doutor em filosofia pela FFLCH-USP e professor da graduação e pós-graduação da PUC-SP. É curador-adjunto da 8ª Bienal do Mercosul, curador do 32º Panorama da Arte Brasileira do MAM-SP e curador do Solo Projects: Focus Latinoamerica, ARCOmadrid 2012. Desde 2006 é curador do Clube de Gravura do MAM-SP. Realizou, a mostra Mira Schendel: Avesso do avesso (Instituto de Arte Contemporânea, 2010) e Quase líquido (Itaú Cultural, 2008).

Cristiana Tejo (Recife) é curadora independente. Atualmente, é co-curadora do 32º Panorama da Arte Brasileira do MAM- SP e curadora do Projeto Made in Mirrors. Foi diretora do MAMAM (Recife, 2007-2008), curadora da Fundação Joaquim Nabuco (Recife, 2002-2006) e do Rumos Artes Visuais do Itaú Cultural (São Paulo, 2005-2006). Na X Bienal de Havana, fez a curadoria da Sala Especial de Paulo Bruscky, e, no Itaú Cultural, fez a co-curadoria de Futuro do Presente, com Agnaldo Farias. Publicou Paulo Bruscky - Arte em todos os sentidos (2009).

Gabriel Soucheyre
(Clermont-Ferrand, França) é diretor do Videoformes - Festival internacional de videoarte e cultura digital. Editor de Turbulences Video, revista trimestral de reflexão sobre audiovisual e novas mídias; criador do Archives Numériques Vidéoformes, um arquivo digital de vídeo arte independente; e curador da Galerie de l’Art du Temps. Participa regularmente de eventos nacionais e internacionais como curador ou membro de júri. É professor na Université Blaise Pascal, (Clermont-Ferrand, França).

Ivana Bentes (Rio de Janeiro) é professora e pesquisadora de cinema, novas mídias, cultura e comunicação da Escola de Comunicação da UFRJ. Professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFRJ, pesquisadora do CNPQ, coordenadora do projeto Midiarte e Estéticas da Comunicação e coordenadora do Pontão de Cultura Digital da ECO/UFRJ e Laboratório Cultura Viva. Participa regularmente como ensaísta e conferencista em publicações e eventos relacionados às áreas de Comunicação, Artes Visuais, Cinema, TV e novas tecnologias da imagem e como curadora em cinema e arte.

Jorge La Ferla
(Buenos Aires) é professor catedrático da Universidade de Buenos Aires, da Universidade de Cinema de Buenos Aires e da Universidade de Los Andes, Bogotá. Editou 30 livros sobre arte e mídia. Autor dos livros Video en la Puna: Los viajes de Valdez (Nueva Librería, 1994) e Cine (y) digital. Aproximaciones a posibles convergencias entre el cinematógrafo y la computadora (Manantial, 2009), entre outros. É curador de cinema, vídeo e novas tecnologias com ampla atuação internacional.

Josephine Bosma (Amsterdã, Holanda) é escritora e crítica de arte. Publicou Nettitudes – Let’s Talk Net Art uma compilação de ensaios (NAi Publishers / Institute for Network Cultures), além de entrevistas, críticas e textos para catálogos, livros e revistas. Tendo como foco o trabalho com net art, arte sonora e cultura de rede, Bosma co-organizou eventos, como a seção rádio do festival Next5Minutes (1996-1999), a newsletter CREAM (2001/2002) e o simpósio do festival GOGBOT (2010-2011).

Manuela Naveau (Linz, Áustria) é artista independente e curadora. Juntamente com Gerfried Stocker, é responsável, desde 2004, pelo festival internacional Ars Electronica. Seu trabalho pessoal tem como foco projetos cujo objetivo seja o de desafiar as formas de se perceber a arte visual. É doutoranda pela University for Art and Design, em Linz, e sua pesquisa trata de formas contemporâneas de práticas artísticas influenciadas pela internet.

Priscila Arantes (São Paulo) é pesquisadora, crítica e curadora. Mestre e doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP e pós-doutora pela Unicamp. É diretora técnica do Paço das Artes e foi diretora adjunta do MIS-SP (2007-2011). É autora de Arte @ Mídia: perspectivas da Estética estética Digital (Senac/FAPESP), Conexões Tecnológicas (Imesp), Estéticas tecnológicas: novas formas de sentir (EDUC). Foi curadora das exposições I/legítimo: dentro e fora do circuito (2008), Crossing [Travessias](2010) e Assim é, se lhe parece (2011).
Tadeu Chiarelli (São Paulo) é professor junto ao Departamento de Artes Plásticas da ECA-USP e diretor do Museu de Arte Contemporânea da USP.

Tania Aedo (Cidade do México, México) é diretora do Laboratorio Arte Alameda. Em 1993, passou a trabalhar no Multimedia Center, do qual foi diretora entre 2005 e 2007. Nos anos 1990, como parte de sua prática artística, dedicou-se ao desenvolvimento de simulações interativas tridimensionais (Realidade Virtual), de ambientes multiusuários e de pequenas comunidades na internet. Atualmente tem como foco de pesquisa o desenvolvimento de estratégias artísticas em contextos específicos, tecnologia e educação interdisciplinar na América Latina.

Tiago Mesquita (São Paulo) é formado em Ciências Sociais e mestre em Filosofia na FFLCH – USP. É crítico de arte desde a década de noventa e colaborou com os jornais Folha de S. Paulo e O Público, além das revistas Novos Estudos CEBRAP, +soma e Reportagem,, entre outros. Além de crítico de arte, mantém o blog do Guaciara e é letrista de música popular. Tendo composto com Rômulo Fróes, Maurício Takara e Rob Mazurek. Leciona História da Arte no curso de Arquitetura da Faam, atua como crítico e, ocasionalmente, como curador.

Giselle Beiguelman (São Paulo) é midiartista e professora universitária. Atua nas áreas relacionadas à criação e crítica de artemídia. Foi professora da pós-graduação em Comunicação e Semiótica da PUC-SP (2001 a 2011) e é professora da FAU-USP. Foi curadora do Nokia Trends (2007 e 2008) e Diretora Artística do Instituto Sergio Motta (2008-2011).

Camila Duprat Martins (São Paulo) é superintendente do Instituto Sergio Motta. Museóloga, bacharel em História e pós-graduada em História da Arte pela ECA-USP. Foi diretora do Museu de Arte Moderna SP (1990-1992), diretora da Divisão de Artes Plásticas do Centro Cultural São Paulo (1993/2000), coordenadora de produção do Prêmio Sergio Motta de Arte e Tecnologia (2001/2004), coordenadora do projeto Museu Vivo da Secretaria de Estado da Cultura (2004/-2005) e coordenadora do curso de pós-graduação do SENAC SP “Gestão em Artes”(2007/-2008).

Instituto Sergio Motta

O Instituto Sergio Motta é uma OSCIP - Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, criado em 2000, que atua como um centro de projetos e debates, fomentando o uso criativo das tecnologias e a difusão de inovações nesse campo. Dentro da área artístico-cultural tem como sua principal realização o Prêmio Sergio Motta de Arte e Tecnologia, que neste ano distribui R$ 160.000,00 em premiações a artistas e criadores de todo o país.

Posted by Gilberto Vieira at 4:22 PM

setembro 12, 2011

O Processo Criativo - Módulo 3 com Charles Watson no EAV - Parque Lage, Rio de Janeiro

O Processo Criativo - Módulo 3

Ministrante: Charles Watson

Um workshop interdisciplinar dirigido àqueles que se interessam pelo processo criativo, tais como designers, artistas, arquitetos, empresários e outros para quem a geração de novas ideias seja fundamental.

Período de realização: 21 a 23 de outubro de 2011

Valor: R$ 400,00

EAV - Escola de Artes Visuais do Parque Lage
Rua Jardim Botânico, Rio de Janeiro - RJ
21-3257-1800 ou eav@eav.rj.gov.br
www.eavparquelage.rj.gov.br
Inscriçãoes diretamente na secretaria da EAV

Módulo 3 - Visualização

- Percepção
- Modelos do mundo
- A grande divisória / Dicotomia esquerda-direita
- Visualização / Mind flying
- Imaginação
- Desenho
- Manipulação

Posted by Gilberto Vieira at 6:20 PM

Bastidores da Criação com Carolina Lôbo e Cecilia Salles na Intermeios, São Paulo

Bastidores da Criação

Professoras: Carolina Lôbo e Cecilia Salles

05 de outubro a 16 de novembro de 2011

Preço: R$200,00 ou 2 x R$100,00

Intermeios - Casa de artes e livros
Rua Luis Murat 40, Vila Madalena, São Paulo - SP
11-2338-8851 ou joaquim@intermeioscultural.com.br
www.intermeioscultural.com.br

Programa

- Compreensão dos processos de criação de obras de arte em suas diferentes manifestações (literatura, artes visuais, teatro, dança, cinema etc.) e de produtos da mídia (design, moda, jornalismo, publicidade etc.), a partir de suas interações em rede, nunca tomados isoladamente;

- Estudos de seus rastros - como makingof, esboços, maquetes, briefings etc.;

- Exemplos de diferentes áreas levarão à discussão sobre os procedimentos acionados nos processos;

- Importância do planejamento, da pesquisa e da memória, traçando um caminho para compreensão também do próprio processo de criação.

Sobre as professoras

Cecilia Salles: professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica (PUC/SP). Autora dos livros Gesto Inacabado: processo de criação artística; Redes da Criação: construção da obra de arte; e Arquivos de criação: arte e curadoria.

Carolina Lôbo: jornalista, professora, doutoranda (PUC-SP) em Comunicação onde pesquisa Processo de Criação.

Posted by Gilberto Vieira at 1:02 PM

setembro 8, 2011

Gestão Pública da Cultura com Ronaldo Bianchi no CEMEC, São Paulo

Gestao Publica da Cultura

Professor: Ronaldo Bianchi

O curso prepara o gestor para criar, implementar e avaliar ferramentas de gestão, visualizando novas formas de ampliar e maximizar orçamentos, estabelecendo parcerias público‐privadas e articulando as ações culturais com outras pastas e esferas governamentais.

Lidar com os diversos instrumentos de financiamento, manutenção e administração pública para as atividades culturais é um desafio dos mais complexos no mundo contemporâneo, em que a cultura exerce, cada vez mais, papel estratégico para o desenvolvimento.

Com extensa atuação em organizações públicas e privadas de cultura, Ronaldo Bianchi explora os aspectos práticos da gestão, da gestão à formatação de planos de trabalho e elaboração de projetos preparando os gestores para os desafios do novo milênio.

28 e 29 de setembro de 2011

Valor: R$280,00

CEMEC - Centro de Estudos de Mídia Entretenimento e Cultura.
R. Professor Frontino Guimarães 302, Vila Mariana - São Paulo
www.redecemec.com.br


Posted by Gilberto Vieira at 5:56 PM

setembro 1, 2011

Paralelos: um panorama da arte contemporânea brasileira com Felipe Scovino no CCBNB, Fortaleza

Paralelos: um panorama da arte contemporânea brasileira

Professor: Felipe Scovino

O curso visa realizar uma travessia pela arte contemporânea brasileira, entre os anos 1970 e a primeira década do século XXI, através de temas que estabelecem diálogos pertinentes entre distintas gerações de artistas, apontando contribuições significativas para o estudo e a experimentação de suportes no campo das artes visuais brasileiras.

Período: 20, 21, 22 e 23 de setembro, 14-17h
Inscrições até 19 de setembro

Preço: gratuito

Centro Cultural Banco do Nordeste
Rua Floriano Peixoto 941, Centro, Fortaleza - CE
85-3464-3108 ou jacquerlm@bnb.gov.br
www.ccbnb.art.br

Programa

Primeiro Dia

Arte sonora, um breve panorama sobre as convergências entre arte e som no Brasil:
Uma travessia de obras que convergem arte e som realizadas entre 1970 e 2010, em contato com um campo experimental que envolve obras de Cildo Meireles, Tunga, Antônio Dias, Chelpa Ferro, Paulo Vivacqua, entre outros.

Segundo Dia

Experimentações pictóricas:
Nos últimos 40 anos, fomos assombrados pelo tema da morte da pintura, entretanto arte brasileira foi pródiga em manifestar a pintura como meio de experimentação. Contatos com diálogos entre as monotipias de Carlos Vergara, os suportes inventivos utilizados por Leda Catunda ou Adriana Varejão e a investigação dos artistas da Casa 7 ou de Luiz Zerbini.

Terceiro Dia

Formas de enfrentamento: arte, política e identidade:
No ano 1970, a ditadura era o “tema” de ordem, em maior ou menor grau, para os artistas, nos anos de 1990 e 2000, o processo de globalização provocou o rompimento da associação imediata entre lugar, identidade e cultura.
Fazem parte desse estudo obras de Antonio Dias, Antonio Manuel, Artur Barrio, Carlos Zílio, Ivens Machado, Nelson Leiner, Paulo Bruscky, Ronaldo Duarte, Rosangela Rennó, Renata Lucas, entre outras.

Quarto Dia

Em trânsito:
O estado de invenção da arte brasileira passa por confluências, choques e apropriações entre os suportes. Em obras que permitem a ampliação de seus termos “de origem” (pintura, escultura e objeto), tomaremos contato com novas práticas e alargamentos do objeto de arte, em um ambiente de reflexão que permitirá contatos entre artistas de distintas gerações. Obras de artistas como Ernesto Neto, Felipe Cohen, Jac Leirner, José Damasceno, José Resende, Marcius Galan, Nelson Felix, Nelson Leirner, Waltercio Caldas, entre outros, serão apresentadas e discutidas


Professor

Felipe Scovino é professor da Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro e curador. É autor dos livros Arquivo Contemporâneo (7Letras, 2009), Cildo Meireles (Azougue Editorial, 2009) e Carlos Zilio (Museu de Arte Contemporânea de Niterói, 2010). É co-autor de Coletivos (Circuito, 2010). Foi ganhador da bolsa de estímulo à produção crítica (Minc/Funarte) em 2008.

Posted by Gilberto Vieira at 2:47 PM