Página inicial

Cursos e Seminários

 


novembro 2013
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
Pesquise em
Cursos e Seminários:
Arquivos:
As últimas:
 

junho 28, 2007

Simpósio Memória do Futuro no Itaú Cultural, São Paulo

Simpósio Memória do Futuro

4 a 7 de julho de 2007

Itaú Cultural - Sala Itaú Cultural
Av Paulista 149, estação Brigadeiro do metrô, São Paulo - SP
11-2168-1776 / 1777 ou atendimento@itaucultural.org.br
www.itaucultural.org.br
Capacidade: 255 lugares
Ingressos distribuídos com meia hora de antecedência

Acompanhando a mostra Memória do Futuro, será realizado o Simpósio Memória do Futuro, na sala Itaú Cultural, para refletir sobre ambientes virtuais, redes sociais, autorias colaborativas e os sistemas complexos que deságuam no continuum - entidade, segundo a física, formada pela união de espaço e tempo

Simpósio Memória do Futuro - Programação:

4 de julho, 19h30
Tempo e espaço

Explanação acerca do continuum, conceito oriundo da física que se refere ao composto espaço-temporal e ao princípio do evento "Memória do Futuro".

Com Ronaldo Rogério de Freitas Mourão, astrônomo brasileiro, fundador do Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST)

5 de julho, 19h30
Propriedades e espaços comunais

A lei de propriedade intelectual, tal como está, interrompe e evolução da cultura para assegurar direitos individuais. Qual é o sentido de se proibir a recomposição de conteúdos candidatos ao rol de bens simbólicos universais? A cultura, mais do que nunca, pede passagem. O direito de passagem.

Com Ronaldo Lemos - advogado, professor na Fundação Getúlio Vargas e chairman do iCommons, organização que desenvolve projetos na área de cultura, software, imprensa e mídia - e Ulpiano Toledo Bezerra de Meneses, professor titular de História Antiga do Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.

6 de julho, 19h30
Universos e Metaversos

A cultura como uma espécie de alma do mundo, comum a todos os seres. É possível reunir a tendência multiculturalista da cultura ocidental com o multinaturalismo dos povos indígenas das Américas? Isso já ocorre dentro dos espaços múltiplos e interativos dos universos virtuais?

Com Eduardo Viveiros de Castro, antropólogo brasileiro e professor do Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro, e Julian Dibbell, pesquisador norte-americano especialista em sistemas econômicos de jogos massivos para múltiplos jogadores, como o World of Warcraft e Second Life.

7 de julho, 19h30
Controle e Autonomia

A cibernética é a disciplina que estuda os sistemas - ou organismos - complexos e adaptativos. Rebate a incompatibilidade entre homens e máquinas, não os igualando, mas colocando-os sob o mesmo prisma. O que torna possível a percepção de sistemas complexos no reino animal, no mundo digital e, não menos importante, no campo político.

Com Isaac Epstein, engenheiro e pesquisador em filosofia, comunicação e linguagem e professor do Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade Metodista de São Paulo, e Enrique Rivera e Catalina Holmgren, pesquisadores chilenos ligados ao instituto alemão ZKM e autores do projeto CyberSyn, que reconstitui por meio de uma instalação documental interativa o projeto de governo cibernético impulsionado por Salvador Allende e concebida pelo ciberneticista britânico Stafford Beer.

Posted by João Domingues at 11:55 AM

junho 25, 2007

Cursos de inverno do Espaço do Olhar, Tomie Ohtake, São Paulo

Cursos de inverno do Espaço do Olhar

Inscrições abertas

Instituto Tomie Ohtake
Av. Faria Lima, 201, Pinheiros, São Paulo - SP
Informações: 11-2245-1937
www.institutotomieohtake.org.br

Espaço do Olhar é o nome do núcleo de cursos da Ação Educativa do Instituto Tomie Ohtake, no qual a instituição afirma o seu compromisso com a formação cultural da comunidade, oferecendo, por meio de cuidadosa programação, subsídios estéticos para a expansão da sensibilidade e da capacidade de expressão das pessoas.

O objetivo principal do Espaço do Olhar é formar o público leigo e atender aquele já interessado em arte, além de oferecer cursos de aprofundamento para profissionais da área e artistas. A proposta de formação do público fundamenta-se no desenvolvimento da percepção, propondo um novo olhar, um olhar apurado sobre a arte dos últimos 50 anos, principalmente a contemporânea, conforme o período de trabalho da artista plástica que dá nome ao espaço, Tomie Ohtake.

Com salas e auditórios especialmente projetados para a realização de cursos teóricos e práticos, workshops, simpósios e seminários, o Espaço do Olhar atua em sintonia com a curadoria de artes visuais do Instituto para a definição de suas atividades, sempre coordenadas por artistas, pensadores da arte e da cultura em geral.

Os cursos de verão foram criados para possibilitar uma formação intensiva em cinco dias durante as férias, tempo e espaço para refletir e criar, para aprender e trocar, um mergulho no universo da arte contemporânea.

Bruno Dunley
Reflexões sobre arte contemporânea - a produção brasileira dos anos 80 e 90
Público-alvo: estudantes de artes plásticas e interessados em geral
Período: 9 a 13 de julho de 2007
Horário: 9-12h
Vagas: 20
Preço: R$ 150

O curso pretende realizar uma aproximação com os diferentes caminhos na produção da arte contemporânea brasileira a partir da exposição em cartaz no Instituto Tomie Ohtake "80 / 90 MODERNOS PÓS-MODERNOS ETC". Serão tratados os conceitos básicos do Modernismo e Pós-modernismo em artes plásticas, um panorama da pintura brasileira das décadas em questão, a situação internacional e a dissolução das categorias artísticas. Isso se dá por meio de aulas expositivas com auxílio de imagens, apresentação de vídeos e reflexão sobre textos.


Paulo Monteiro
Escultura/objeto - arte contemporânea
Público-alvo: Artistas arquitetos e decoradores
Período: 10 a 13 de julho de 2007
Horário: 19-22h
Vagas: 25
Preço: R$ 150

A oficina pretende iniciar o aluno na reflexão sobre o espaço e sua relação com os objetos. Focará o período de transição dos anos 80 para os 90. Dará uma noção de tridimensionalidade da escultura e percepção da superfície como elemento comum entre espaço e objeto. Propõe-se também elucidar a história da relação entre o espaço e a arte, passado a experimentação da colocação dos objetos num espaço para investigar em que medida os mesmos alteram seu interior e seu entorno. São feitos alguns exercícios situando os objetos produzidos pelos alunos durante a oficina, comentando-se as experiências de cada um.


Encadernação e ilustração
Equipe de educadores do Instituto Tomie Ohtake
Matheus Leston e Mayra Oi Saito
Público-alvo: jovens e adultos
Período: 17 a 21 de julho de 2007
Horário: 14-17h
Vagas: 25
Preço: R$ 50

A proposta é, mediante práticas e apreciações, confeccionar cadernos e livros com técnicas de encadernação variadas, ilustrações com carimbos, stencil, máscaras, monotipia, desenho e pintura. Nas aulas, cada aluno desenvolve seu próprio projeto.


Ateliê de criação para crianças
Equipe de educadores do Instituto Tomie Ohtake
Marina Pecci e Flora Moreira Leite
Público-alvo: crianças de 5 a 11 anos
Período: 17 a 21 de julho de 2007
Horário: 9h30-12h30
Vagas: 25
Preço: R$ 50

O Ateliê de Criação é o espaço onde as crianças desenvolvem um percurso lúdico, tendo como base a produção de trabalhos. Os alunos entram em contato com diferentes modalidades artísticas, como desenho, pintura, modelagem, construção, gravura, colagem, e o que mais a imaginação propuser. Ao final do dia, durante um lanche, os trabalhos são apreciados.


Danilo Blanco
Marchetaria: a arte de juntar pedaços
Público-alvo: público em geral
Período: 10 a 13 de julho de 2007
Horário: 19-22h
Vagas: 20
Preço: R$ 150

Direcionado para os iniciantes desta prática, o método de revestimento é utilizado como base e introdução ao Programa de Marchetaria Maciça ou Estrutural, a ser trabalhado com sobras de madeira. Todas as atividades têm como principal objetivo incentivar o aluno a tomar decisões, estimulando a criatividade e a originalidade, instrumentos fundamentais para a composição dos trabalhos e formação de um estilo próprio. Os alunos vivenciam gradualmente o método de revestimento através de exercícios práticos e têm a possibilidade de treinar diversas aplicações e acabamentos.

Posted by João Domingues at 2:47 PM

Festival de Arte Serrinha, Bragança Paulista

Festival de Arte Serrinha
Despertar do sentidos

7 a 29 de julho de 2007

Serrinha, Bragança Paulista, São Paulo - SP
Inscrições: 11-4033-0352, segunda a sexta, 13-18h
www.festivaldearteserrinha.com.br
Preços das oficinas: R$ 200 a R$ 300 (estudantes e maiores de 65 anos, desconto de 50%)
Apoio: Paço das Artes, Universidade São Francisco, FESB, Bijari, namidia, Spider
Patrocínio: Secretaria do Estado da Cultura, Governo do Estado de São Paulo e Prefeitura de Bragança Paulista

A sexta edição do Festival de Arte Serrinha acontece de 7 a 29 de julho na zona rural de Bragança Paulista - a uma hora de São Paulo. A fórmula é a mesma que fez do evento um dos mais originais acontecimentos culturais país: oficinas em meio à natureza, tendo como mestres grandes artistas contemporâneos brasileiros. As áreas são artes plásticas, dança, fotografia, gastronomia, moda e música. Haverá também uma programação de palestras, cine-rural e shows. O tema lançado neste ano é "Despertar dos Sentidos", uma provocação que irá alinhavar todo o processo criativo desenvolvido ao longo do mês.

A Fazenda Serrinha, onde acontecem as oficinas, está a 12 quilômetros de Bragança Paulista. Propriedade de café centenária, em 2001 foi reconhecida pelo Ibama como reserva ecológica particular. Em seus 115 hectares, há um parque de instalações em processo de criação, já contando com obras de Luiz Hermano, Bené Fonteles e Fernando Limberger, artistas parceiros da fazenda e do Festival. Durante o mês, artistas residentes realizarão intervenções no local. A fazenda possui ateliê e duas salas de aula; mas algumas oficinas se apropriarão do ambiente externo, a exemplo das edições passadas. Trata-se de um lugar inspirador e em constante processo de transformação, ideal para se experimentar novas possibilidades artísticas e ao mesmo tempo proporcionar dias de reciclagem, lazer e descanso produtivo.

O Galpão Busca Vida, que sediará a programação musical, fica num sítio da região. Desde 1998, a antiga leiteria da família Oliveira funciona como pizzaria, cachaçaria e casa de espetáculos. A decoração, que manteve elementos do sítio, é altamente cênica e aproveitou-se de partes de cenários de teatro, antiguidades, obras de arte e muita improvisação, com bom gosto. Uma casa absolutamente única e inusitada!

Às terças, quintas e sábados, no distrito rural da Água Comprida, funcionará o núcleo de Arte-Educação, projeto de inclusão social com atividades culturais, recreativas e de educação ambiental gratuitas para a comunidade. E todas as sextas, no restaurante "2000 por Hora", haverá sessões de cinema nacional, acompanhadas de conversa ao pé da tela com os diretores.

Em suas cinco edições anteriores, o Festival firmou-se no cenário da arte contemporânea brasileira, já tendo recebido nomes como José Celso Martinez Corrêa, irmãos Campana, Arnaldo Antunes, Nação Zumbi, Tom Zé, Jorge Mautner, Paulo Pasta, Rochelle Costi e Marcos Suzano, entre muitos outros. O evento tem na sua essência a pluralidade e a diversidade. Assim, seus participantes são, não só artistas e estudantes, mas executivos, profissionais liberais e gente de todas as áreas do conhecimento. A hospedagem pode ser feita em pousadas rurais da região. O evento tem apoio da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo e da Prefeitura Municipal de Bragança Paulista.

Festival de Arte Serrinha - Programação:
Oficinas
9 a 15 de julho
Caio Reisewitz - Fotografia: "Assim se criam realidades"

Ronaldo Fraga - Moda: "Moda para ler, escrever e vestir"

Leda Catunda - Artes Plásticas: "A imagem na pintura contemporânea"

14 e 15 de julho
Cláudio Feijó - Sensibilização: "Descondicionamento do olhar"

16 a 22 de julho
Dudi Maia Rosa - Artes Plásticas: "Pintura aberta"

20, 21 e 22 de julho
Agnaldo Farias - Artes Plásticas: "Três (Des)Encontros sobre a Arte Contemporânea"

21 e 22 de julho
Morena Leite - Gastronomia: "Sarau gastronômico"

Madalena Bernardes - Canto: "Voz em movimento"

23 a 27 de julho
Débora Colker - Dança: "Dançando nas árvores"

Karlla Girotto - Moda: "Infinito - do direito ao avesso - forro e superfície"

24 a 26 de julho
Naná Vasconcelos - Música: "Sons da Floresta"

** Preços: de R$ 200 a R$ 300 (estudantes e maiores de 65 anos, desconto de 50%)

Palestra
10 de julho
Carlos Fajardo

12 de julho
Eduardo Brandão

14 de julho
Daniela Bousso

20 de julho
Marco Gianotti

21 de julho
Nuno Ramos

28 de julho
Bijari

** Entrada gratuita

Instalações
Eduardo Srur
Gustavo Godoy
Bené Fonteles
Fernando Limberger
Luiz Hermano

Arte-Educação
Todas as terças, quintas e sábados no distrito rural da Água Comprida

Cinema
Cine Rancho - cinema brasileiro, todas as sextas do mês de julho no restaurante "2000 por Hora".
Entrada gratuita

Shows
7 de julho
Os Mutantes
Cérebro Eletrônico
Druques

13 de julho
Vitrola Sintética
Leptospirose

14 de julho
Cidadão Instigado

21 de julho
Mariana Aydar

27 de julho
Toni Platão

28 de julho
Céu

** R$ 15 a R$ 20 (estudantes e maiores de 65 anos, desconto de 50%; exceto Mutantes, na Concha Acústica de Bragança, com entrada gratuita)

Posted by João Domingues at 12:32 PM

junho 21, 2007

Seminário sobre Políticas da Arte nos Anos Noventa no MAC USP, São Paulo

Seminário sobre Políticas da Arte nos Anos Noventa

2 a 4 de julho de 2007

Museu de Arte Contemporânea da USP
Rua da Reitoria 160 Auditório, Cidade Universitária, São Paulo - SP
Inscrições e informações: politicasdaarte@terra.com.br
Realização: Área de Arte, Literatura e Cultura da EACH/USP

O seminário tem como objetivo analisar algumas alterações produzidas na relação arte/política que tiveram lugar no decênio de 1990. As relações entre a arte e a política no Brasil e nos países da América Latina, bem como na Espanha, têm transitado por temas como as identidades culturais, as questões de gênero, as políticas do corpo, da memória e da cidade, além do tema do ativismo marcantes nas poéticas dos países em questão. Para uma nova dimensão política, que inclui os subtemas e as capilaridades de um poder menos institucionalizado, mas não menos presente no cotidiano, faz-se necessária uma avaliação crítica de suas várias dimensões.


Seminário sobre Políticas da Arte nos Anos Noventa - Programação:

2 de julho, segunda-feira, 9h30
Abertura dos trabalhos: Tema Lugares estéticos e políticos
Tramas pictóricas. Acerca de la política de la imagen poética
Josu Larrañaga Altuna
Universidad Complutense de Madrid

Estética e política
Celso Favaretto
Faculdade de Educação/USP

14h
Tema Curadoria e identidades
Relatos curatoriales, relatos políticos
Diana B. Wechsler
Universidad de Buenos Aires

Um e/entre Outro/s: a arte brasileira no circuito internacional dos anos 1990
Maria de Fátima Morethy Couto
Instituto de Artes/Unicamp

Conversa com artista
Fé em Deus / fé em Diabo
Alexandre Vogler
Universidade Estadual do Rio de Janeiro/RJ

18h
Lançamento da Revista Concinnitas nº 10


3 de julho, terça-feira, 9h30
Tema Trajetórias brasileiras
O brasileiro na grade: arte e identidade na arte brasileira nos anos de 1990
Tadeu Chiarelli
Escola de Comunicações e Artes/USP

Cildo Meireles
Agnaldo Farias
Faculdade de Arquitetura e Urbanismo/USP

Conversa com artista
Arte contemporânea brasileira: desarquivando o 'Arquivo de emergência', indexação 3
Cristina Ribas

14h
Tema Polissemias do corpo
O corpo como território do político
Annateresa Fabris
Escola de Comunicações e Artes/USP

O corpo e suas evidências
Denise Sant'Anna
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Cuando el cuerpo es el lugar: tránsitos políticos en la obra de Cecilia Vicuña
José de Nordenflycht Concha e Alberto Madrid Letelier
Universidad Playa Ancha/ Chile


4 de julho, quarta-feira, 9h30
Tema Situações contemporâneas
Catastro: políticas del poblamiento de las artes visuales chilenas de los noventa
Alberto Madrid Letelier
Universidad de Playa Ancha/Chile

Arte e política: aproximações
Dária Jaremtchuk
Escola de Artes Ciências e Humanidades/US

14h
Conversa com artista
Um lugar dentro do lugar
Rubens Mano

Conversa com artista
A Prática da Artista Impossível
Ana Amorin

Encerramento

Posted by João Domingues at 10:44 AM

junho 20, 2007

III Fórum de Debates sobre Povos e Culturas das Américas- Política, Cultura e Etnicidade na UERJ, Rio de Janeiro

III Fórum de Debates sobre Povos e Culturas das Américas- Política, Cultura e Etnicidade

25 a 29 de junho de 2007

Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Teatro Odylo Costa Filho
Rua São Francisco Xavier 524, Maracanã, Rio de Janeiro - RJ
21-2587-7485
Organização: Núcleo de Estudos das Américas - NÚCLEAS

Os temas apresentados para discussão são: Políticas Públicas Culturais e seu significado para o desenvolvimento econômico e social; Diversidade cultural e Interculturalidade - importância estratégica na globalização; Etnicidade e culturas tradicionais; As Religiões e o seu papel face à modernidade; Cultura , Violência e Exclusão; Globalização: Política , Economia e Sociedade e Cultura e Patrimônio.


III Fórum de Debates sobre Povos e Culturas das Américas- Política, Cultura e Etnicidade - Programação:

25 de junho, segunda-feira, 17h
Instalação do Fórum
Prof. Dr. Nival Nunes de Almeida - Reitor da UERJ
Prof. Dr. Ronaldo Martins Lauria - Vice-Reitor da UERJ - Presidente do Comitê Organizador
Profª. Drª. Tânia Maria Tavares Bessone da Cruz Ferreira - Diretora do IFCH - UERJ
Dr. René Maurício Dorfler - Cônsul Geral da Bolívia
Prof. Dr. Adair Rocha - Ministério da Cultura
Profª. Genólia Alves Soares - Diretora Geral da Faculdade Teixeira de Freitas - Factef /Bahia
Profª. Drª. Maria Teresa Toríbio B. Lemos - Coordenadora do NUCLEAS/IFCH/UERJ - Organizadora
Prof. Dr. Alexis T. Dantas - Vice-Presidente do Comitê Organizador.

Conferência de Abertura
Prof. Dr. Carlos Juarez Centeno - Universidad de Córdoba/Argentina
América Latina - Espaços de Interculturalidade

Prof. Dr. Pe. Jesus Hortal Sánchez, SJ - Reitor da PUC/RJ
As Religiões e o seu papel face à Modernidade

26 de junho, terça-feira, 9h30
Auditório 11
Plenária: Políticas Públicas Culturais e seu significado para a sociedade
Moderador : Prof. Dr. Eduardo Biazzi - FACTEF-BA
Participantes: Prof. Dr. Ricardo Tacuchian - Academia Brasileira de Música - ABM; Prof. Dr. Adair Rocha - Ministério da Cultura; Prof. Dr. Ivanir dos Santos - Centro de Articulações de Populações Marginalizadas - CEAP; Prof.ª Drª. Rosângela França - São Paulo/SBM; Prof. Eduardo Parga - UERJ/UGF

14h
Plenária: Diversidade cultural e Interculturalidade - importância estratégica na globalização
Moderador : Paulo Roberto Seda - Uerj/Nucleas
Participantes: Prof. Dr. Paulo-Edgard Resende - PUC/SP; Prof. Dr. Fernando Bossi - Venezuela; Prof. Dr. Fernando Dumas dos Santos - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz; Prof. Haidar Abu Talib - Sociedade Beneficente Muçulmana-RJ

17h
Apresentação do filme "Atabaque Nzinga ", de Octávio Bezerra. com Taís Araujo, Lea Garcia, Paulão e Pascoal VilaBoim com participaçõe s especiais Ubirani (Grupo Fundo de Quintal), Cláudio Camunguelo, Noca da Portela, Irmandade da Boa Morte, Jongo da Serrinha e outros.
Debatedor : Prof. Dr. Kande Mutsaku Kamilamba - Universidad Tecnológico de Monterrey/México.

18h30
Plenária: Etnicidade e Culturas Tradic ionais
Moderador: Prof. Jose Flávio Pessoa de Barros - UERJ
Participantes: Prof.ª Drª. Maria Teresa Toríbio B. Lemos - Coordenadora do NUCLEAS/IFCH/UERJ; Prof. Raimundo Matos - UESB/Jequié-BA; Índio Tucano - Pro-Indio/UERJ; Prof. Roberto Braga Luazeny (Tata Ria Nkisse do Abassá Lumyjacarê Junçara); Prof. Edmilson Santini - Cordelista - PE

27 de junho, quarta-feira, 9h30
Auditório 11
Plenária - As Religiões e o seu papel face à modernidade
Moderador : Prof. Ricardo Gomes Castelo Branco
Participantes : Reverendo João Valença - Igreja Presbiteriana da Praia de Botafogo; Reverendo Eduardo Dutra Machado - Igreja Presbiteriana Unida; Prof. Gilberto Aparecido Angelozzi - Universidade Estácio de Sá; Profª. Nadja do Couto Vale - UFRJ; Pajé Tobi Itaúna - Associação dos Índios Tupi-Guarani e Guarani

14h30
Plenária: Cultura, Violência e Exclusão
Moderador: Prof. Dr. Enrique Shaw - Universidad de Córdoba/Argentina
Participantes : Prof. Dr. Valter Duarte - UERJ; Profª. Drª. Lená Medeiros - UERJ; Prof. Dr. Silvio Carvalho - UERJ; Prof.ª Stela Souza - Secretaria de Saúde -Jequié-BA

18h
Plenária: Educação e Cultura Brasileira - Homenagem a Darcy Ribeiro
Lançamento do Cd-rom
Moderadora : Profª. Drª. Edna Maria dos Santos
Profª. Drª. Cecília Conde - Conservatório Brasileiro de Música
Profª. Drª. Lia Faria - UERJ
Prof. Edmundo Tavares - UERJ
Lançamento do Livro "Religião Violência e Exclusão" - Ed. Sete Letras, 2007.
Cd-rom: Darcy Ribeiro Vive


28 de junho, quinta-feira, 9h30
Auditório 11
Plenária: Globalização: Política, Economia e Sociedade
Moderador: Carlos Juarez Centeno - Universidad de Córdoba/Argentina
Participantes: Prof. Dr. Alexis Toríbio Dantas - UERJ; Prof. Dr.Luiz Henrique Nunes Bahia - UERJ; Prof. Dr. Dejan Mihailovic - Instituto Tecnológico y de Estudios Superiores de Monterrey/México; Profª. Drª. Miriam Saraiva - UERJ; Prof. Dr. Carlos Juarez Centeno - oUniversidad de Córdoba/Argentina

14h30
Plenária: Cultura e Patrimônio
Moderador: Prof. Dr. Nilson Alves Moraes - UNIRIO
Participantes: Prof. Dr. Luiz Carlos Borges - MAST; Prof. Ricardo Cravo Albin - Instituto Cravo Albin/RJ; Prof.ª Maria Luzia Landim - UESB/Jequié-BA; Prof. Francisco Veríssimo- UFRJ; Profa. Drª Thereza Scheiner- UNIRIO; Prof. Ricardo Mendes - UERJ/FAPERJ

18h
Encerramento
Prof. Dr. Kande Mutsaku Kamilamba - Universidad Tecnológico de Monterrey/México

Posted by João Domingues at 10:56 AM | Comentários (3)

junho 19, 2007

Transitante: oficina de intervenções urbano-espaciais, com Ana Holck no SESC Tijuca, Rio de Janeiro

Projeto Geringonça
Transitante: oficina de intervenções urbano-espaciais, com Ana Holck

Inscrições abertas

SESC Tijuca
Rua Barão de Mesquita 539, Tijuca, Rio de Janeiro - RJ
21-3238-2076 / 2168 ou tijuca.geringonca@sescrio.org.br / tijuca.jovem@sescrio.org.br
Inscrições: terça a sexta, 12-21h
Transitante: oficina de intervenções urbano-espaciais: 1º, 8, 15, 22 e 23 de agosto, 18-21h

Veja o portfolio de Ana Holck no Canal Contemporâneo

Crítica "ao vivo", com Guilherme Bueno
23 de agosto, quinta-feira 19h
Local: Sala de vídeo

A oficina será desenvolvida em quatro encontros pela artista plástica formada em Arquitetura e Urbanismo (FAU/UFRJ), mestre em História (PUC-Rio) e doutoranda em Linguagens Visuais (EBA/ UFRJ), Ana Holck, e a apresentação dos trabalhos dar-se-á num quinto encontro com discussão, avaliação e crítica do historiador, Doutor e crítico de arte Guilherme Bueno.

Na aula expositiva inicial será dado um panorama geral sobre intervenções espaciais com recorte a partir das décadas de 60 e 70, até os dias de hoje, utilizando-se de projeção de imagens e exemplificando, teoricamente, diversas maneiras de intervir no espaço, seja no espaço da natureza ou no da cidade. Nos encontros seguintes, pretende-se discutir propostas trazidas pelos alunos, fazer o reconhecimento da área do SESC Tijuca para escolha do local da intervenção e realização de um ou mais projetos no referido espaço.

Conhecer todas as etapas necessárias para a realização de um trabalho de criação, partindo de sua idéia inicial, passando pelas soluções técnicas e de viabilidade temporal e orçamentária até a sua realização final, é mais um dos objetivos da oficina.

Ementa:

Aula 1:
Apresentação teórica sobre o tema por meio de projeção de imagens, exemplificando e colocando teoricamente diversas maneiras de intervir no espaço, sejam no espaço da natureza ou no da cidade, com recorte a partir dos anos 60 e 70 até os dias de hoje.
Apresentação de uma bibliografia para os alunos.
Reconhecimento do espaço do SESC Tijuca para escolha de local de intervenção.
Dependendo do número de alunos e do perfil dos alunos haverá divisão em grupos. A cada aluno ou grupo será solicitado que apresente propostas de intervenção espacial para um ou mais espaços do SESC-Tijuca na aula seguinte.

Aula 2:
Apresentação pelos alunos das propostas de intervenção e discussão das mesmas. Ao final da aula haverá a escolha de uma ou mais propostas para serem realizadas. A escolha dos projetos também levará em conta sua exeqüibilidade em função do tempo e do orçamento de que o grupo irá dispor.

Aula 3: Aprofundamento da(s) proposta(s) escolhida(s) e detalhamento da mesma, pensando na viabilidade técnica e orçamentária: inicio da produção para a realização da intervenção.

Aula 4: Realização da proposta de intervenção no espaço do SESC Tijuca.

Aula 5: Discussão e avaliação do projeto com o crítico de arte convidado Guilherme Bueno.

Ana Holck é artista plástica formada em Arquitetura e Urbanismo pela FAU/UFRJ, mestre em História pela PUC-Rio e atualmente cursa o doutorado em Linguagens Visuais na EBA/ UFRJ.

Realizou exposições individuais em instituições do Rio de Janeiro e São Paulo, entre as quais destacam-se: Paço das Artes, São Paulo (2006), Paço Imperial, Rio de Janeiro (2005); Mariantonia, USP (2004); Galeria Candido Portinari, UERJ (2003), Centro Cultural São Paulo (2003), FUNARTE/ RJ (2007 e 2004), Escola de Artes Visuais do Parque Lage (2004 e 2001).

Em 2005 recebeu o Prêmio Projéteis FUNARTE e em 2004 foi bolsista do Programa de Bolsas RIOARTE (2004). Como estudante de arquitetura recebeu os prêmios Paviflex (IAB/ SP, 2001) e Arquiteto do Amanhã (IAB-RJ, 2000). Entre 2004 e 2005 lecionou no Departamento de Análise e Representação da Forma da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFRJ.

Posted by João Domingues at 12:30 PM

junho 11, 2007

Dynamic Encounters - International Art Workshops Documenta Kassel e Bienal de Veneza 2007

Dynamic Encounters - International Art Workshops Documenta Kassel e Bienal de Veneza 2007
Professores Palestrantes: Charles Watson - Professor da Escola de Artes Visuais do Parque Lage
Agnaldo Farias - Professor da USP e Curador do Instituto Tomie Ohtake
Reynaldo Roels - Crítico de Arte e Professor da Escola de Artes Visuais do Parque Lage
Eduardo Brandão - Diretor da Galeria Vermelho e Professor da FAAP
Cadu - Professor da Universidade Veiga de Almeida e Artista

Inscrições abertas

Informações: 21-2553-3748 / 2553-9224 / 2554-8890 / 2223-0710
wats352@attglobal.net
Período: 20 de agosto a 1º de setembro de 2007
Coordenação: Charles Watson

Os dois maiores eventos de arte da atualidade só acontecem juntos de dez em dez anos. E o Dynamic Encounters vai aproveitar a feliz coincidência e passar pela terceira vez pelas duas mostras, de suma importância para o calendário da arte contemporânea. Serão dez dias para visitar e discutir algumas das obras apresentadas, refletindo sobre as questões e problemas que norteiam a produção artística e curatorial nos dias de hoje.

Posted by João Domingues at 12:09 PM

junho 6, 2007

Curso Arte e mídia na atualidade, com Giselle Beiguelman no Maria Antonia, São Paulo

Curso Arte e mídia na atualidade, com Giselle Beiguelman

Inscrições abertas

Centro Universitário Maria Antonia - 3° andar - sala de cursos
Rua Maria Antonia 294, São Paulo - SP
11-3255-7182 - r: 32 e 33 ou cursosma@usp.br
www.usp.br/mariantonia
Período: 14, 21 e 28 de junho
Horário: quintas-feiras, 20-22h30
Preço: R$ 150


A artemídia vem reconfigurando as noções tradicionais de obra de arte, artista e público e abrindo um amplo espectro de novas questões institucionais relacionadas às noções de autoria, efemeridade e tipologia das obras. O curso aborda práticas artísticas diversas que vem interferindo criticamente nas áreas da produção, da recepção e da veiculação de obras, com destaque para as ações mais recentes, dos anos 1990 em diante.

Giselle Beiguelman é midiartista e professora da pós-graduação em Comunicação e Semiótica da PUC - SP. Editora da seção Novo Mundo da revista eletrônica Trópico, é autora de Link-se: arte/mídia/política/ciber cultura (Peirópolis, 2005).

Posted by João Domingues at 12:50 PM

junho 5, 2007

Curso Segurança em Museus, com Eugênio Pacele no Honestino Guimarães, Brasília

Curso Segurança em Museus, com Eugênio Pacele

Inscrições até 25 de julho de 2007

Museu Nacional Honestino Guimarães - Auditório 2
Setor Cultural Sul Lote 2, Brasília - DF.
61-3325-6222 / 3325-6281
Inscrições: www.sc.df.gov.br
Realização: Secretaria de Estado de Cultura do Distrito Federal
Curso Segurança em Museus: 25 a 27 de julho, 14-18h

O curso será ministrado pelo professor Eugênio Pacele, diretor da Divisão de Apoio ao Ensino da Academia de Polícia Civil do DF, especialista em segurança em Museus e Segurança Pública.

As inscrições serão divulgadas oportunamente no site da secretaria de cultura - www.sc.df.gov.br - serão gratuitas e on line.

O curso ocorrerá de 25 a 27 de julho de 2007, das 14h às 18h e será certificado aos participantes que comparecerem a, pelo menos, dois dias do curso.

Posted by João Domingues at 12:37 PM

junho 4, 2007

Processo de Seleção para candidatos ao Mestrado em Artes Visuais Faculdade Santa Marcelina Turma 2007/2º Semestre

Processo de Seleção para candidatos ao Mestrado em Artes Visuais Faculdade Santa Marcelina Turma 2007/2º Semestre

Inscrições até 15 de junho de 2007

Faculdade Santa Marcelina - Secretaria do Programa de Estudos Pós Graduados em Artes
Rua Dr. Emilio Ribas 89, Edifício Monsenhor Biraghi, 3º andar, sala 332, Perdizes, São Paulo - SP
11-3824 5800/5808 ou pos-graduacao@fasm.edu.br
www.fasm.edu.br
Revista do Mestrado em Artes Visuais: www.fasm.edu.br/revista
Taxa: R$ 150; candidatos que apresentarem comprovação de carência econômica até o dia 11 de Junho de 2007, poderá ocorrer dispensa da taxa de inscrição, segundo os critérios de análise do serviço social da FASM.

O Programa enfoca a produção artística contemporânea aliada à reflexão histórica e crítica, além da valorização da diversidade cultural presente no contexto brasileiro e internacional.

O ambiente cultural da FASM, voltado para a pesquisa em artes, oferece um espaço com ampla infra-estrutura e intensa vivência artística. Proporciona ao aluno a participação em debates, exposições, núcleos de pesquisa e publicações.

Documentação necessária:
- requerimento de inscrição preenchido;
- fotocópia autenticada do RG e CPF;
- fotocópia autenticada do diploma ou documento de conclusão do curso de graduação (reconhecido pelo MEC);
- fotocópia do histórico escolar do curso de graduação emitido por universidade brasileira reconhecida pelo MEC;
- 3 cópias de projeto de pesquisa;
- Curriculum Lattes atualizado na Plataforma do CNPq (www.cnpq.br)
- aluno estrangeiro deverá ter sua situação oficializada no país, bem como fazer prova de leitura e interpretação de texto em língua portuguesa, sendo também necessária a prévia validação pelo MEC de sua graduação, no caso de ter sido feita no exterior.

Processo Seletivo: todas as etapas são eliminatórias.
1ª etapa: análise do projeto de pesquisa;

2ª etapa: prova escrita;

3ª etapa: encontro presencial com os aprovados na 1ª e 2ª etapas, no qual será analisada a proposta de pesquisa e o Curriculum Lattes do candidato, bem como apresentação de portfólio contendo fichas técnicas dos trabalhos documentados (naqueles projetos nos quais a apresentação da produção é pertinente).

O encontro presencial avaliará:
- discurso articulado sobre o projeto de pesquisa;
- disponibilidade de envolvimento com a pesquisa;
- adequação do projeto às linhas de pesquisa.

4. Calendário do processo seletivo:
- Solicitação de isenção de taxa: até 11 de junho de 2007
- Resultados da 1ª etapa: 19 de junho de 2007
- Prova escrita: 20 de junho, 14-17h
- Resultados da 2ª etapa: 25 de junho de 2007
- Entrevistas (locais e horários divulgados oportunamente): 26 a 27 de junho de 2007
- Resultado final: 29 de junho de 2007

Posted by João Domingues at 11:40 AM