Página inicial

Cursos e Seminários

 


novembro 2013
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
Pesquise em
Cursos e Seminários:
Arquivos:
As últimas:
 

agosto 22, 2006

Curso Produção de imagens a partir do cotidiano, com João Paulo Leite e Renata Pedrosa no Collegio das Artes, São Paulo

Curso Produção de imagens a partir do cotidiano, com João Paulo Leite e Renata Pedrosa

Inscrições abertas

Collegio das Artes
Rua Francisco Leitão 265, Pinheiros, São Paulo - SP
Inscrições: 11-3064-4740 ou cursos@collegiodasartes.art.br
Vagas: 12
Horário: segundas-feiras, 19h30-22h30
Período: 4 de setembro a 27 de novembro de 2006
Preço: 4 parcelas de R$ 205

Esta oficina busca oferecer um conjunto de exercícios práticos precedidos de explanação teórica que despertem o interesse do público para uma reflexão sobre a abundância de imagens no cotidiano contemporâneo. Por meio da exposição de produções de diversas procedências (imagens jornalísticas, artísticas, publicitárias, científicas, etc) os participantes terão a oportunidade de discutir aspectos como recepção, manipulação, simulação, credibilidade etc, objetivando a compreensão das especificidades da construção de imagens na atualidade.

Renata Pedrosa é mestre em Poéticas Visuais pela ECA-USP. Desde 1995 participa de exposições, dentre elas as coletivas da galeria Itaú Cultural e do Centro Cultural Banco do Brasil - São Paulo e individuais em Nagoya, Japão; em 1999 recebeu a bolsa de estudos da Pollock-Krasner Foundation-NY. Em 2002, ganhou prêmio com a intervenção urbana na Praça Julio Prestes-SP. Desde então realizou outras intervenções em São Paulo, Blumenau e na Dinamarca.

João Paulo Leite é artista plástico e professor de História da Arte. Como artista, desenvolve seu discurso principalmente através de trabalhos tridimensionais que pretende abordar de maneira crítica linguagens como a história, o esporte e o universo dos jogos. Dentro deste escopo, realizou as exposições individuais "Modelos Analíticos do Século XX", na Galeria Virgílio, "3.000m com obstáculos", no Centro Universitário Mariantonia, e "Uniforme", no Centro Cultural São Paulo. Desenvolve paralelamente projeto de mestrado no Departamento de Artes Plásticas da ECA-USP em História da Arte, estudando a arte brasileira da década de 1970, com foco nas carreiras dos artistas Waltercio Caldas e José Resende e do crítico Ronaldo Brito.

Posted by João Domingues at 12:30 PM | Comentários (1)

Curso História da Arte Contemporânea no MARP, Ribeirão Preto

Curso História da Arte Contemporânea

Inscrições até 29 de agosto de 2006

Museu de Arte de Ribeirão Preto Pedro Manuel-Gismondi - MARP
Rua Barão do Amazonas 323, Ribeirão Preto - SP
16-3635-2421 ou marp@cultura.pmrp.com.br
www.marp.ribeiraopreto.sp.gov.br
Horário: Quintas-feiras, 19-22h
Coordenação: Dária Jaremtchuk
Vagas limitadas
Estacionamento gratuito
Curso História da Arte Contemporânea: 31 de agosto a 7 de dezembro de 2006


Objetivo: O curso pretende discutir as transformações nas artes plásticas a partir da década de 1960. Considerado tão contundente como o início do século XX, surgiram neste período novos paradigmas e o cenário artístico passou por significativas mudanças. Como ponto de partida para as discussões do curso, serão retomadas questões relacionadas à modernidade, como por exemplo, a autonomia do objeto estético e o surgimento do sistema de arte.


Curso História da Arte Contemporânea - Programação:

31 de agosto
Passagens do moderno ao contemporâneo
Dária Jaremtchuk

14 de setembro
Desdobramentos do Neoconcretismo
Maria de Fátima Morety Couto

21 de setembro
O experimentalismo na arte brasileira
Dária Jaremtchuk

28 de setembro
Arte extra-muro e espaço expositivo
Maria de Fátima Morety Couto

5 de outubro
O corpo na arte contemporânea
Maria de Fátima Morety Couto

19 de outubro
Arte e Tecnologia
André Parente

26 de outubro
Arte e mídia
Mario Ramiro

9 de novembro
Percurso da fotografia nas artes plásticas
Tadeu Chiarelli

16 de novembro
Percurso da fotografia nas artes plásticas
Tadeu Chiarelli

23 de novembro
Percurso da fotografia nas artes plásticas
Tadeu Chiarelli

30 de novembro
Percurso da fotografia nas artes plásticas
Tadeu Chiarelli

7 de dezembro
As discussões em torno da pós-modernidade
Dária Jaremtchuk

Professores:

André Parente
Doutor em cinema pela Universidade de Paris VIII. Professor na Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro, foi um dos fundadores do Núcleo de Tecnologia da Imagem (N-Imagem). Entre suas publicações está Redes sensoriais: arte, ciência e tecnologia.

Dária Jaremtchuk
Professora de Arte, Literatura e Cultura do Brasil na EACH/USP. Doutorou-se em Artes pela ECA/USP. Foi coordenadora do curso de pós-graduação em História da Arte da FAAP.

Maria de Fátima Morety Couto
Professora de História da Arte do Instituto de Artes da Unicamp. Possui doutorado em Histoire de L'art et Archeologie pela Universite de Paris I. Publicou o livro Por uma vanguarda nacional. A crítica brasileira em busca de uma identidade artística.

Mario Ramiro
Professor da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo. Destacado artista multimidia, foi um dos fundadores do grupo de intervenção urbana 3NÓS3.

Tadeu Chiarelli
Professor livre-docente de História da Arte do Departamento de Artes Plásticas da ECA/USP. Entre 1996 a 2000, foi curador-chefe do Museu de Arte Moderna de São Paulo e atualmente integra o seu núcleo de curadores. Entre seus livros publicados está Nelson Leirner, arte e não Arte e Arte Internacional Brasileira. Também dirige um Grupo de pesquisa intitulado Arte e Fotografia no Brasil - Séculos XIX e XX.

Posted by João Domingues at 12:05 PM

agosto 15, 2006

Curso de Orientação Individual em Arte, com Sérgio Romagnolo no Collegio das Artes, São Paulo

Curso de Orientação Individual em Arte, com Sérgio Romagnolo

Inscrições abertas

Collegio das Artes
Rua Francisco Leitão 265, Pinheiros, São Paulo - SP
Inscrições: 11-3064-4740 ou cursos@collegiodasartes.art.br
Vagas: 12
Horário: segundas-feiras, 14h30-17h30
Período: 4 de setembro a 27 de novembro de 2006
Preço: 3 parcelas de R$ 275

O curso tem como objetivo a discussão de projetos e crítica de obras em artes plásticas contemporâneas. A discussão visa solucionar possíveis impasses surgidos durante o processo criativo, seja de ordem conceitual ou técnica. As questões de ordem conceituais serão relacionadas à bibliografia individualizada e as questões de ordem técnica serão resolvidas com trabalhos práticos durante as aulas. As questões práticas poderão se dar em diversas linguagens, tais como pintura, escultura, desenho, gravura, fotografia, vídeo, instalação e performance.

Posted by João Domingues at 2:33 PM

Dança em Foco 2006 - IV Festival Internacional de Vídeo & Dança, Rio de Janeiro

Dança em Foco 2006 - IV Festival Internacional de Vídeo & Dança

28 de agosto a 12 de setembro de 2006

Centro Cultural Telemar
Rua Dois de Dezembro 63, Flamengo, Rio de Janeiro - RJ
21-3131-3060
www.centroculturaltelemar.com.br

Espaço SESC
Rua Domingos Ferreira 160, Copacabana, Rio de Janeiro - RJ
21-2547-0156
www.sescrio.com.br

Museu de Arte Moderna - MAM-RJ
Avenida Infante Dom Henrique 85, Parque do Flamengo, Rio de Janeiro - RJ
21-2240 4944
www.mamrio.com.br

www.dancaemfoco.com.br

Veja a programação no Centro Cultural Telemar

Veja a programação no Espaço SESC

Veja a programação no MAM-RJ

IV Festival Internacional de Vídeo & Dança - Programação:

Local: Centro Cultural Telemar, 5º andar:
31 de agosto a 12 de setembro (exceto nos dias 4 e 11 de setembro), 11-20h
MIV - Mostra Internacional de Videodança

Programa: Europa I (58 min.)
The Moebius Trip - Gilles Jobin (2002, Suíça, 26 min.)
Sens Contraire - Jean-Jacques Sanchez (2004, França, 5 min.)
Les Temps du Repli - Josef Nadj / Cathie Lévy (2004, França, 27 min.)

Programa: Europa II (52 min.)
Blush - Wim Vandekeybus (2004, Bélgica, 52 min.)

Programa: Europa III (54 min.)
The Cost of Living - Lloyd Newson / DV8 Inglês com legendas em espanhol
(2004, Reino Unido, 35min)
Wallflower - Ami Skanberg Dahlstedt / Maria Mebius Schroder / Folke Johansson
(2005, Suécia, 11 min.)
Light Body Corpuscles - Antonin De Bernels / Ugo De Haes / Melanie Munt (2005, Bélgica, 5 min.)
City Skin - Telmo Ramos, Marta Parreira / João Biscaia / Ricardo Milne / Edgar Santinhos / Restart (2006, Portugal, 3min.)

Programa: Retrospectiva França I (Acervo Cinématèque de la Danse de Paris) (45 min.)
L'Etreinte - Joelle Bouvier e Régis Obadia (1987, França, 6min.)
La Chambre - Joelle Bouvier e Régis Obadia (1987, França, 11min.).
La Lampe - Joelle Bouvier e Régis Obadia (1991, França, 8 min.)
Captive 2 - N + N Corsino (1999, França, 13min.)
Tout Morose - José Montalvo (1997, França, 4 min.)
46 bis - Pascal Baes (1988, França, 3 min.)

Programa: Retrospectiva França II (Acervo Cinématèque de la Danse de Paris) (49 min.)
Dix Anges - Dominique Bagouet (1989, França, 10 min.)
Le P'tit bal - Philippe Decouflé (1993, França, 4 min.)
Codex (extratos, 1987, França, 10 min.)
KoK - Régine Chopinot (1988, França, 4 min.)
Un trait D'union - Angelin Preljocaj (1992, França, 13 min.)
Les Raboteurs - Angelin Preljocaj (1988, França, 8 min.)

Programa: Retrospectiva EUA (Acervo Cinématèque de la Danse de Paris) (38 min.)
Beach Birds for Camera - Merce Cunningham (1993, EUA, 28 min.)
Accumulation With Talking Plus Water Motor - Trisha Brown (1986, EUA, 10 min.)

Programa: Videodança Mercosul: Brasil (64 min.)
Um Movimento Quase Qualquer - Cecília Lang (2003, Brasil / França, 13 min)
Esfolada - Henrique Rodovalho / Kleber Damaso / Desvio (2004, Brasil, 6 min. )
Por Onde os Olhos Não Passam - Andréa Maciel / Paulo Mendel (2003, Brasil, 6 min.)
Para Annie - Angélica Carvalho / Stela Guz (2004, Brasil, 11 min.)
O tempo da Delicadeza - Andrea Bardawil / Alexandre Veras (2003, Brasil, 8 min.)
Memórias em Desalinho - Karen Virgínia / Andrá Sales / Lívia Guerra / Luiz Carlos Bizerril
(2003, Brasil, 3 min.)
Process 5703-2000 - Mara Castilho / Maria Radich (2001, Brasil / Portugal / Reino Unido, 6 min.)
Fliessgleichgewicht - Fernanda Lippi / Andre Semenza (2002, Brasil, 11 min.)

Programa: Videodança Mercosul: Argentina (80 min)
El Territorio - Paula De Luque (1996, Argentina, 9 min.)
Arena - Margarita Bali (1998, Argentina, 9 min.)
Kiss Me - Alejandro Areal Vélez / Andrea Racciatti (2002, Argentina, 7 min.)
Dos Ambientes -Guillermo Fernández / Rodrigo Pardo (2004, Argentina, 12 min.)
Linda Manera - Sofía Mazza (2003, Argentina, 10 min.)
Mendiolaza / El escape - Marilen Iglesias-Breuken / Grupo Krapp (2005, Argentina, 5 min.)
SZIS - Silvina Szperling / Lucía Campins / Rosa Vidomliansky (2005, Argentina, 11 min.)
Interior.baño.noche - Daniel Böhm / Mariana Blutrach (2004, Argentina, 17 min. )

Programa: Videodança Mercosul: Uruguai (41 min.)
Montevideoaki - Octavio Iturbe / Hiroaki Umeda (2004, Uruguai / Espanha, 6 min.)
Cornucopia - Marcelo Evelyn / Tamara Cubas / Arthur Rosenfeld / Carmen Teixidó
(2002, Uruguai, 15 min.)
Wedding Day - Florencia Varela (2004, Uruguai, 10 min.)
O en Cualquier Otro Lugar - Miguel Grompone, Andrea Lamana / Ana Oliver (2004, Uruguai, 10 min.)

Programa: Brasil I: Núcleo de Videodança Alpendre (45 min.)
San Pedro: Interferência - Alexandre Veras, Andrea Bardawil e Eduardo Jorge (2005, Brasil, 14 min.)
Um Navio à Deriva (Documentário) - Gláuber Filho (2005, Brasil, 14 min.)
Claustros - Alexandre Veras (2004, Brasil, 6 min)
Inspiração - Kiko Alves (2004, Brasil, 11 min.)

Programa: Brasil II (58 min.)
Miragem - Gustavo Arantes (2005, Brasil, 19 min.)
Crossing - Kika Nicolela (2003, Brasil, 9 min.)
Elástico - Lírio Ferreira e Paulo Maurício Caldas (1992, Brasil, 11 min.)
Corpo de Passagem - Osmar Zampieri (2004, Brasil, 9 min.)
Corpocolado - Lilyen Vass e Alex Cassal (2004, Brasil, 7 min.)
Flipbook - Letícia Nabuco e Tatiana Gentile (2004, Brasil, 3 min.)

Programa: Brasil III (73 min.)
As Cinzas de Deus - Fernanda Lippi / André Semenza / Zikzira Teatro Físico
(2003, Brasil / Reino Unido, 73 min.)

Programa: Brasil IV (30 min.)
Killing na Arab - Joe Hiscott e Sheila Ribeiro (2004, Brasil / Canadá, 3 min.)
Flux - Kika Nicolela / Suzy Ikamoto / Letícia Sekito (2004, Brasil, 11 min.)
Pas de Corn - Diego Mac (2006, Brasil, 1 min.)
Fontana - Eduardo Raccah (2001, Brasil / Alemanha, 5 min.)
Cubo - Georgia Goldfarb / Laís Rodrigues (2004, Brasil, 2 min.)
Corpo 0 - Celina Portella / Elisa Pessoa (2006, Brasil, 3 min.)
In - Ricardo de Paula / Lars Mylius (2006, Brasil / Alemanha, 5 min)

Programa América Latina (42 min.)
Destierro - Mariana Artega (2004, México, 4min)
Turist 3.1 / Zurich - Laura Kalauz (2005, Argentina / Suíça, 24 min.)
Duro y Parejo - Martin Inthamousse / Peter Odor (2005, Uruguai, 4 min.)
The Lake - Andréa Aroba e Pablo Casacuberta (2006, Uruguai, 6 min)
La Salida - Juan González e Javier Voldez (2006, Paraguai, 4 min.)

Mostra Festival Internacional de Vídeo-Danza de Buenos Aires / Argentina (59 min.)
Wet Dreams - Julio Chaile / Neiber (2004, Argentina, 6 min.)
Jiménez Soñó - Javier Cura / Ariel Sicorsky (2005, Argentina, 5 min.)
Charly Sandía en Munro - Giorgio et Mikele / Castelli / Luna (2004, Argentina, 3 min.)
Deshecho humano - Marta Lantermo (2005, Argentina, 4 min.)
La Marea - Alejandro Areal Vélez (2003, Argentina, 9 min.)
Un Día Blanco, Blanquísimo - Quio Binetti / Gustavo Sidlin (2005, Argentina, 10 min.)
1911-2002 - Agustín Carbonere / David Senõran (2005, Argentina, 5 min.)
Amarillo/a - Sara Desinano (2005, Argentina, 17 min.)

Mostra Reeldance 2004 / Austrália (59 min.)
Fine Line - Sue Healey (2003, Austrália, 9 min)
Graphic & Rhythmic Study - Louise Taube / Sue Healey (2003, Austrália, 1 min.)
Toy Boy - Fiona Cameron (2003, Austrália, 9 min.)
Vacillating - Louise Taube / Fiona Cameron (2004, Austrália 1 min.)
When You're Alone - Anton (2003, Austrália, 13 min.)
On a Wing and a Prayer - Narelle Benjamin (2003, Austrália, 6 min.)
Sink - Fiona Cameron /Rohan Jones (2004, Austrália, 5 min.)
Lament - Debbie Robertson / Simon Thompson (2003, Austrália, 6 min.)
Together - Rowan Marchingo / Madeleine Hetherton (2003, Austrália, 9 min.)

Mostra Festival Frame / Portugal (58 min.)
La ou Je Dors - Isabel Barros / Filipe Martins (2005, Portugal, 8 min.)
No Fly Zone - Né Barros / Filipe Martins (2005, Portugal, 7 min.)
Solo 1 - Luis Venâncio / Ha Young Lee (2005, Portugal / Suíça, 7 min.)
Éhora - António M. Cabrita / Manuel Silva / Pedro Paz (2005, Portugal, 9 min.)
Limites - Manuel Silva / Marta Serqueira / Luis Guerra (2004, Portugal, 5 min.)
O Estranho Mundo dos Crawford - Índio Queiroz / António Pires / Sílvia Silva / Inês Lopes
(2005, Portugal, 13 min.)
Scanner - Sérgio Cruz / David Santos (2004, 9 min.)

Programa: Documentários I (53 min.)
Gilles Jobin: Le Voyage de Moebius - Luc Peter - em francês (2002, Suíça, 53 min.)

Programa: Documentários II (60 min.)
Deixa Ir - Roberta Marques / Clarice Lima / Rosana Mara Pinheiro / Viviane Rodrigues de Brito - inglês com legendas em português (2005, Brasil / Holanda, 60 min.)

Programa: Documentários III (27 min.)
Um olhar sobre a Dança - Dança Contemporânea - Rocio Infante (2004, Brasil, 27 min.)

Programa: Documentários IV (19 min.)
In situ - Luciana Gontijo / Margô Assis / Marcos Moreira Marcos (2002, Brasil, 19 min.)

Retrospectiva Maya Deren / EUA (75 min.)
Meshes of the Afternoon - Maya Deren (1943, EUA, 14 min.)
The Very Eye of Night - Maya Deren / Patricia Ferrier / Bud Brady (1958, EUA, 15 min.)
Meditation on Violence Maya Deren / Chao - Li Chi (1948, EUA, 12 min.)
At Land - Maya Deren / John Cage / Alexander Hammind (1944, EUA, 15 min.)
Ritual in Transfigured Time - Maya Deren / Anais Nin (1946, EUA, 15 min.)
A Study in Choreography for Camera - Maya Deren / Talley Beatty (1945, EUA, 4 min.)

Retrospectiva Becky Edmunds / Reino Unido (45 min.)
Have You Started Dancing Yet? / Body of Work / Other Versions of an Uncertain Body / Dialogue (ongoing) - inglês com legendas em espanhol

Retrospectiva Octavio Iturbe / Espanha (59 min.)
Roseland (coreografia: Wim Vandekeybus, 16 min.)
Stones / Frisking / Final
La Mentira (coreografia: Wim Vandekeybus, 5 min.)
Loud and Leise / The Girls / Final
Her Body Doesn't Fit Her Soul (coreografia: Wim Vandekeybus, 4 min.)
The Couples
Mountains Made Of Barking (coreografia: Wim Vandekeybus, 4 min.)
Bereft Of a Blissful Union (coreografia: Wim Vandekeybus, 8 min.)
Mirror Mirror on The Wall (coreografia: Wim Vandekeybus / Jan Fabre, 6 min.)
Descenso (interpretação: Guillermo Weickert, 5 min.)
Last Lost Lust (coreografia: Gabriela Solini, 6 min.)
Montevideoaki (coreografia: Hiroaki Uneda, 5 min.)

Retrospectiva Painel Brasil 2003 (63 min.)
Aquário - Milton de Paulo / Alexandre Veras Costas (2003, Brasil, 7 min.)
Corra - Evelin Moreira / Batman Zavareze (2002, Brasil, 7 min.)
Zoom - Evelin Moreira / Mariana Richard (2002, Brasil, 6 min.)
Corpo - Celina Portella / Elisa Pessoa (2002, Brasil/França, 5 min.)
Retrato em Movimento - Bia Gaspar / André Havt (2003, Brasil, 12 min.)
Paisagem - Lara Pinheiro / Lea Van Steen (2001, Brasil, 15 min.)
Move.Mov - Thelma Bonavita / Cristian Duarte / Beto Grimaldi / Mariana Jorge (2000, Brasil, 5 min.)
Luzac! - Luciana Brites / Ricardo Nauemberg (2001, Brasil, 2 min.)
Ilhah! - Luciana Brites / Bárbara Gomes / Ricardo Costa (2001, Brasil, 4 min.)

Retrospectiva Painel Brasil 2004 (51 min.)
Uni - Sigrid Nora / Carine Soares Turelly (1999, Brasil, 4 min.)
deFOrmaME - Karenina de los Santos / Luciana Gomes / Michelle Moura (2003, Brasil, 8 min.)
Em Casa - Maria Alice Poppe / Marcelo Pontes (2004, Brasil, 6 min.)
Estação Mumbai - Sueli Guerra / Mônica Burity / Cavi Borges / Rodrigo Maia / Paulo Camacho
(2004, Brasil, 6 min.)
Pele - Ivani Santana / Danilo Scaldaferri / Ana Rosa Marques (2002, Brasil, 7 min.)
Nani - Ana Paula Bouzas / Ana Kfouri / Marcelo Souza / Peter Bretas Cordenonsi / Ricardo Fujii
(2004, Brasil, 8 min.)
Quando um Passo Vira Dança - Paola Berenstein-Jacques / Pedro Seiblitz / Corpo de Dança da Maré e moradores dançantes da Maré (2003, Brasil, 6 min.)
Fraoctal + - Carolina Campos / Caroline Zini / Katherine Brusa / Sinara Suzin (2003, Brasil, 6 min.)

Local: Centro Cultural Telemar, Teatro, 7º andar
30 de agosto, quarta-feira, 19h
Mesa Redonda: A Dança e as novas tecnologias digitais
Armando Menicacci (França), Doutor em dança pela Universidade de Paris 8, onde coordena o laboratório Médiadanse.
Ivani Santana (Salvador), Professora da UFBA (graduação e pós-graduação em dança). Coordenadora do Grupo de Pesquisa Poética Tecnológica na Dança. Autora do livro "Corpo Aberto: Cunniningham, dança e novas tecnologias" (SP: EDUC, 2002).
Thereza Rocha (Rio de Janeiro), Mestre em Comunicação e Cultura (UFRJ), professora dos cursos de Dança e de Artes Dramáticas e coordenadora do curso de Pós-Graduação Estudos Avançados em Dança Contemporânea: coreografia e pesquisa, do Centro Universitário da Cidade - UniverCidade.
Mediação: Marcos Moraes (Rio de Janeiro), Bailarino, Ator e Terapeuta Corporal, formado em Técnicas Psico-Corporais para o Desenvolvimento Harmônico. Atualmente ocupa a Coordenação de Dança da Funarte.

7 de setembro, quinta-feira, 19h
Ciclo de Palestras: A Videodança no Centre Pompidou: eventos e filmes de dança.
Com Michelle Bargues, coordenadora do departamento de videodança do Centre George Pompidou, em Paris, desde 1980. A partir de 1982, passou a exibir mostras de Videodança no Festival d'Avignon e no evento anual Vidéodanse, onde são apresentados, ao longo de um mês, 150 filmes de dança num espaço concebido especialmente para essa exibição.


Local: Espaço SESC - Sala de Dança no 2º andar
2 de setembro, sábado, 18h
Ciclo de Palestras: A vanguarda cine-dança: o trabalho de Maya Deren
Com João Luiz Vieira. Professor doutor do Departamento de Cinema e Vídeo e atual coordenador do Programa de Pós-graduação em Comunicação da UFF. Pesquisador, curador e crítico, é autor de, entre outros, Cinema Novo & Beyond (New York: MoMA, 1998) e Câmera-faca: o cinema de Sérgio Bianchi (Santa Maria da Feira: Festival de Cinema Luso-Brasileiro, 2004).

5 de setembro, terça-feira, 19h
Apresentação especial de vídeo:
Trajetórias
Conversa com a crítica e realizadora Inês Bogéa (São Paulo) e o coreógrafo Paulo Caldas (Rio de Janeiro)

Apresentação dos filmes:
Inscrito, com Angel Vianna de Paulo Caldas e Rodrigo Raposo (Rio de Janeiro) (5 min.)
Renée Gumiel - A Vida na Pele, de Inês Bogéa (São Paulo) (67 min.) s


Local: Museu de Arte Moderna - MAM-RJ, Cinema
1º de setembro, 18h30
Apresentação especial de vídeos:

Dançando em celulóide
Programa de filmes com apresentação do crítico de dança Roberto Pereira, contando com obras do período silencioso do cinema, do final do século XIX ao início do século XX, e filmes brasileiros sonoros com números de dança. O programa mudo traz obras de Thomas Edison, Irmãos Lumière e um documentário sobre o carnaval de 1920 no Rio de Janeiro. Num segundo momento, poderão ser conferidos filmes com os trabalhos de importantes bailarinas brasileiras, como Felícitas, Eros Volúsia, Madeleine Rosay e Juliana Yanakieva.

Roberto Pereira (Rio de Janeiro) Crítico de dança do Jornal do Brasil e coordenador do Curso Superior de Dança do Centro Universitário da Cidade do Rio de Janeiro - UniverCidade.
Os filmes mudos terão acompanhamento de piano ao vivo por Cadu Pereira, pesquisador, programador de cinema e pianista de filmes mudos da Cinemateca do MAM, desde 1987. É também compositor, arranjador e cantor, tende se apresentado de diversos locais do Brasil e exterior.

Filmes Mudos:
A Dança Do Ventre De Fátima - versões censurada e sem censura - Fatima's dance Du Ventre de Thomas Edison. EUA, 1983.
The Dickson Violin de Thomas Edison. EUA, 1896.
Butterfly Dance de Thomas Edison. EUA, 1897. Número de dança com coreografia e interpretação da bailarina Annabelle.
Le Cake Walk Au Nouveaux Cirque de Louis e Auguste Lumière. França, 1902.
O Que Foi o Carnaval de 1920? de Alberto Botelho. Brasil, 1920. Filme que documenta do carnaval de 1920, no Rio de Janeiro, com cenas de corso na Avenida Rio Branco, desfile carnavalesco e os populares dançando nas ruas.

Filmes Sonoros:
Rainhas Do Bailado de Milton Rodrigues. Brasil, circa 1955. Cinejornal com solos de dança com Leda Yuqui, Eros Volusia e Juliana Yanakieva.
Tabu de Eurico Richers. Brasil, 1949. Filme com coreografia e interpretação de Felicitas
Fragmento de Romance Proibido de Adhemar Gonzaga. Brasil, 1944. Número de dança com Eros Volúsia.
Fragmento de Bonequinha De Seda de Oduvaldo Vianna. Brasil, 1936. Número de dança com Madeleine Rosay e Yuco Lindenberg, com coreografia de Valery Oeser

Posted by João Domingues at 11:07 AM

agosto 14, 2006

Projeto RG na UFPE, Recife

Projeto RG - Registro Geral terceira edição

15, 22, 29 de agosto; 5, 19, 26 de setembro e 3 de outubro, terças-feiras, 12h30

Universidade Federal de Pernambuco - Centro de Artes e Comunicação
Av. Prof. Moraes Rego 1235, Cidade Universitária, Recife - PE
81-2126-8755, coletivodali@yahoo.com.br ou diretorio_dali@yahoo.com.br
Realização: D.A Coletivo Dali, Diretório Acadêmico do Curso de Artes Plásticas

Projeto Rg terceira edição - Programação:

15 de agosto
Marcelo Silveira e Rodrigo Braga

22 de agosto
Flávio Emanuel e Moacir Lago

29 de agosto
Márcio Almeida e André Aquino

5 de setembro
Tereza Costa Rego e Carlos Mélo

19 de setembro
Christina Machado e Aslan Cabral

26 de setembro
Bete Gouveia e Jeims Duarte

3 de outubro
Paulo Bruscky e Mozart Santos

Posted by João Domingues at 5:15 PM | Comentários (1)

Seminário Novas Mídias no Santander Cultural, Porto Alegre

Seminário Novas Mídias

Inscrições abertas

Santander Cultural
Rua Setembro 1028, Porto Alegre - RS
51-3287-5582 ou imprensa@santander.com.br
www.santandercultural.com.br
Inscrições: 51-3287-5500
Vagas: 85
Seminário Novas Mídias: 19 e 26 de agosto e 2 de setembro de 2006

Seminário Novas Mídias - Programação:

19 de agosto, sábado, 10h
Tema: Música Hoje
Convidados: Dagoberto Donato e Gustavo Mansur e mediação do jornalista e crítico de música Juarez Fonseca

26 de agosto, sábado, 9h
Tema: Produção Colaborativa de Conhecimento na Internet: a WEB 2.0 e também o Overmundo
Convidado: Hermano Viana e mediação do jornalista e músico Arthur de Faria

2 de setembro, sábado, 10h
Tema: Direitos Autorais na Internet
Convidados: Nehemias Gueiros Jr e Sérgio Branco e mediação do produtor Carlos Branco

Posted by João Domingues at 1:32 PM

Seminário Arte, Cultura e Fotografia: metodologias de investigação, no MAM, São Paulo

Seminário Arte, Cultura e Fotografia: metodologias de investigação

Inscrições abertas

Museu de Arte Moderna de São Paulo/MAM-SP - Auditório Lina Bo Bardi
Parque do Ibirapuera, portão 3 s/nº, São Paulo - SP
11-5549-9688
Inscrições gratuitas: 11-3091-4084 ou 3091-4096 r. 35 com Raul Cecílio
Fichas de inscrição: artefotografia@usp.br
Capacidade: 200 lugares
Realização: Escola de Comunicações e Artes da USP - ECA/USP
Apoio: Museu de Arte Moderna de São Paulo - MAM-SP
Seminário Arte, Cultura e Fotografia: metodologias de investigação: 29, 30 e 31 de agosto e 1º de setembro de 2006, 9-12h e 14-17h

Seminário Arte, Cultura e Fotografia: metodologias de investigação - Programação:

29 de agosto, terça-feira, 9h
Tadeu Chiarelli (Coordenador do CPA&F),

10h30
Helouise Costa (MAC-SP),
Mediação: Carolina Soares (CPA&F -ECA/USP)

14h
Paulo Menezes (FFLCH-USP)

15h30
Alexandre Santos (UNISINOS-RS),
Mediação: Heloísa Espada (CPA&F -ECA/USP)

30 de agosto, quarta-feira, 9h
Boris Kossoy (ECA-USP),

10h30
Etienne Samain e Fabiana Bruno (UNICAMP-SP)
Mediação: Daniela Maura Ribeiro (CPA&F -ECA/USP)

14h
Rubens Fernandes Jr. (FAAP-SP)

15h30
Silas de Paula (UFC-CE)
Mediação: Vanessa Biazioli (CPA&F -ECA/USP)

31 de agosto, quinta-feira, 9h
Maria Inez Turazzi (Museu Imperial-RJ),

10h30
Maria Eliza Linhares Borges (UFMG-MG)
Mediação: Bernadette Panek (CPA&F - ECA/USP)

14h
Antônio Fatorelli (ECO/UFRJ-RJ)

15h30
Antônio R. de Oliveira Jr. (UFF-RJ)
Mediação: Ana Cândida Avelar(CPA&F - ECA/USP)

1º de setembro, sexta-feira, 9h
Solange Ferraz (Museu Paulista-USP),

10h30
Cecília de Almeida Salles (PUC-SP)
Mediação: Laura Cury (CPA&F - ECA/USP)

14h
Annateresa Fabris (ECA-USP)
Apresentação: Marco Grimaldi (CPA&F - ECA/USP)

Posted by João Domingues at 11:02 AM

Curso Arte e cultura nos anos 60: experimentalismo e participação, com Celso Favaretto, no Maria Antonia, São Paulo

Ciclo Fontes da Arte Contemporânea
Curso Arte e cultura nos anos 60: experimentalismo e participação, com Celso Favaretto

Inscrições abertas

Centro Universitário Maria Antonia - 2° andar - sala de cursos
Rua Maria Antonia 294, São Paulo - SP
11-3255-7182 - r: 32 e 33 ou cursosma@usp.br
www.usp.br/mariantonia
Período e horário: 14, 21 e 28 de setembro (quintas-feiras) e 29 de setembro (sexta-feira), 20-22h
Preço: R$ 150

O curso aborda as propostas e experiências ocorridas nos anos 60, em todas as áreas artísticas, que configuraram uma ampla atividade de vanguarda, renovando os processos e linguagens, em boa parte referidos à situação sócio-política, produtora de uma arte de alta densidade experimental, em que a participação, artística e social, destacava-se como uma categoria básica.

Celso Favaretto é doutor em Filosofia, e professor da Faculdade de Educação da USP. Autor de Tropicália: Alegoria Alegria (Kairós, 1979) e de A Invenção de Hélio Oiticica (EDUSP, 1992). Foi diretor do Centro de Estudos de Arte Contemporânea e da revista Arte em Revista.

Programa:
14 de setembro - Inovação artística e modernização cultural nas décadas de 1950 e 60
21 de setembro - Arte e engajamento político no início dos anos 60
28 de setembro - Vanguarda e participação: de Opinião 65 à Nova Objetividade
29 de setembro - 67/68: o momento tropicalista da cultura brasileira

Posted by João Domingues at 10:51 AM

agosto 11, 2006

Cursos Instituto Tomie Ohtake 2006 / 2º Semestre, São Paulo

Espaço do Olhar
Cursos Instituto Tomie Ohtake 2006 / 2º Semestre

Inscrições abertas

Instituto Tomie Ohtake
Av Faria Lima 201, Pinheiros, São Paulo - SP
11-2245-1900
www.institutotomieohtake.org.br

Espaço do Olhar é o nome do núcleo de cursos da Ação Educativa do Instituto Tomie Ohtake, no qual a instituição afirma o seu compromisso com a formação cultural da comunidade, oferecendo, por meio de cuidadosa programação, subsídios estéticos e teóricos para a expansão da sensibilidade e da capacidade de expressão das pessoas.

Cursos livres:

Paulo Pasta
Pintura: prática e reflexão
Público-alvo: alunos selecionados por portfólio
Duração: 3 meses
Período: 16 de agosto a 1º. de novembro
Horário: quartas-feiras, 19-22h
Vagas: 25
Valor: R$ 150/mês

A pintura é um trabalho investigativo no qual as idéias pré-concebidas não valem muito sem a justa resposta do fazer. Pinta-se, assim, para se poder ver - e não o contrário - e a próxima pintura, ou a do futuro, nascerá da anterior, da experiência passada; e desta forma, quase sempre, vamos precisar de tempo para compreender o que fizemos. Ela, a pintura, lança uma luz no exato lugar onde estamos. Para frente, quase nunca: progredimos à medida que o trabalho também progride. Estes são alguns dos principais aspectos abordados no curso, que busca equilibrar a reflexão e a prática. O propósito é ajudar o aluno a pensar seu trabalho e, ao mesmo tempo, oferecer uma interlocução que lhe proporcione meios importantes de tornar rico e revelador seu diálogo com a própria obra.

Peter Pal Pelbart
Subjetividade Contemporânea
Público-alvo: interessados em geral
Duração: 3 meses
Período: 15 de agosto a 31 de outubro
Horário: terças, das 18h30-20h30
Vagas: 30
Valor: R$ 150/mês

Neste semestre pretende-se abordar a questão da subjetividade no contexto contemporâneo. A partir de autores vindos da filosofia, tais como Nietzsche, Bergson, Deleuze, Blanchot, mas também do pensamento político, como Negri, Zizek e outros, trata-se de rastrear os desafios que se colocam para repensar a subjetividade de maneira plural, à luz da atualidade.

Edith Derdyk
Entre ser um e ser mil: o livro-objeto e suas possibilidades poéticas
Público-alvo: estudantes, artistas, interessados em geral
Duração: 4 meses
Período: 17 de agosto a 14 de dezembro
Horário: quintas, das 19-22h
Vagas: 15
Valor: R$ 150/mês

Livro de artista, livro-objeto, obra-livro são experiências relativamente recentes no cenário artístico brasileiro. O livro, tal como o reconhecemos hoje em sua forma, função e realidade tecnológica, sinaliza um outro território poético quando se pensa nele como suporte experimental. As possibilidades formais desenham um arco extenso de experimentações, congregando o conhecimento artesanal aos processos industriais, potencializando a mixagem de várias linguagens e modalidades de registros visuais e literários, multiplicando a descoberta de estruturas narrativas dadas pelos entrelaçamentos inusitados entre a palavra e a imagem.

O enunciado "entre ser um e ser mil" atualiza igualmente uma reflexão sobre o modo de produção do livro-objeto, que originariamente se apresenta como objeto único e, simultaneamente, quando posto em perspectiva de escala industrial, contém a possibilidade da multiplicação sem perder a natureza singular de sua poética.

A partir de exemplos de alguns artistas que ingressaram neste campo de experiências, tais como Artur Barrio, Waltércio Caldas, Mira Schendel, Julio Plaza, Flavia Ribeiro, Artur Matuck, Lygia Pape, Anna Maria Maiolino, Marcel Duchamp, Joseph Beuys, Sol Le Witt, Anselm Kiefer e outros, pode-se folhear, desfolhar e entreabrir um leque de possibilidades poéticas.

Edith Derdyk
Desenho: indícios, sinais e anotações
Público-alvo: estudantes, artistas, interessados em geral
Duração: 4 meses
Período: de 15 de agosto a 28 de novembro
Horário: terças, das 19-22h
Vagas: 15
Valor: R$ 150/mês

A partir da leitura dos aforismos, pensamentos e anotações gráficas formuladas por Leonardo da Vinci, é desenvolvida uma série de proposições visuais que possa ativar a reflexão sobre os significados do desenho enquanto linguagem para arte, ciência e técnica, reconhecendo sua natureza transitiva entre os vários campos do conhecimento.

Como referência teórica, o curso se apóia em 3 textos referentes ao desenho, escritos por Mario de Andrade, Flavio Mota e Vilanova Artigas, além de utilizar o livro Introdução ao Método de Leonardo da Vinci, de Paul Valéry, como estratégia desta investigação.

"O 'disegno' do Renascimento, donde se originou a palavra para todas as outras línguas ligadas ao latim, como era de esperar, tem os dois conteúdos entrelaçados. Um significado e uma semântica, dinâmicos, que agitam a palavra pelo conflito que ela carrega consigo ao ser a expressão de uma linguagem para a técnica e de uma linguagem para a arte."
Vilanova Artigas

Márcia Xavier
Fotomontagem
Público-alvo: estudantes, artistas, interessados em geral
Duração: 3 meses
Período: de 16 de agosto a 1º. de novembro
Horário: quartas, das 19-22h
Vagas: 15
Valor: R$ 150/mês

A técnica inventada pelos dadaístas em 1915, e usada de maneira diferenciada até hoje, deu à fotografia uma autonomia artística com seus recortes nas imagens e as associações absurdas feitas entre elas. O curso, com aulas teóricas e práticas intercaladas, percorre a linha do tempo, passando por movimentos artísticos que vão incorporar essa linguagem:
Dadaísmo e Hannah Hoch,
Pop e Rauschenberg e David Hockeney
Arte Conceitual e Jonh Hillard e Grupo Fluxus
Auto Retrato e Ana Mendieta e Cindy Sherman
Fotografia Moderna Brasileira e Geraldo de Barros e José Oiticica
Fotografia Contemporânea Brasileira e Rochelle Costi.

Nas aulas teóricas são utilizados livros e projeção de imagens para o aprofundamento do estudo do artista escolhido. Nas aulas práticas são trabalhadas imagens pré-existentes para criar um livro de ampliações fotográficas.

Marina Saleme
Pintura e seu processo criativo
Público-alvo: artistas em formação e interessados em geral
Duração: 3 meses
Período: de 16 de agosto a 1º. de novembro
Horário: quartas, das 14-17h
Vagas: 15
Valor: R$ 150/mês

Potencializar o processo criativo é o objetivo deste curso para os interessados na pintura como linguagem e pensamento. Por meio de aulas práticas, em ateliê, e com propostas coletivas, são abordados os fundamentos da pintura como cor, espaço, figura, fundo, figuração e abstração. A idéia é explorar as diferentes possibilidades dos materiais, técnicas e suportes, conforme o projeto e o interesse de cada aluno, enfatizando assim a criação e a expressão individual. Livros e catálogos de artistas selecionados são apresentados no início das aulas para dialogar com cada proposta de trabalho e também proporcionar ao grupo um panorama visual da pintura contemporânea e as eventuais relações com o trabalho que o aluno pretenda realizar.

Danilo Blanco
Marchetaria: a arte de juntar pedaços
Público-alvo: interessados em geral
Duração: 3 meses
Período: de 14 de agosto a 30 de outubro
Vagas: 20
Horário: segundas, das 15-18h
Valor: R$ 150/mês

Direcionado para os iniciantes desta prática, o método de revestimento é utilizado como base e introdução ao Programa de Marchetaria Maciça ou Estrutural, a ser trabalhado com sobras de madeira. Todas as atividades têm como principal objetivo incentivar o aluno a tomar decisões, estimulando a criatividade e a originalidade, instrumentos fundamentais para a composição dos trabalhos e formação de um estilo próprio. Os alunos vivenciam gradualmente o método de revestimento através de exercícios práticos e têm a possibilidade de treinar diversas aplicações e acabamentos.

Andrés Sandoval e Fernando Vilela
A imagem narrativa e ilustração de livros
Público-alvo: profissionais, estudantes de arte, design e de literatura, ilustradores e interessados em geral.
Duração: 4 meses
Período: de 15 de agosto a 28 de novembro
Horário: terças, das 18h30-21h30
Vagas: 30
Valor: R$ 150/mês

O foco é penetrar no universo da ilustração como linguagem narrativa. A oficina é composta de aulas expositivas acerca da ilustração de livros, intercaladas por exercícios práticos com o objetivo de desenvolver um protótipo, boneco de um livro, ilustrado a partir de textos escolhidos. Nas aulas teóricas são abordadas questões relativas ao desenvolvimento da ilustração enquanto narrativas visuais através dos tempos, por meio da discussão de textos, análises de imagens e de livros. Nas aulas práticas são introduzidos alguns materiais e procedimentos para a criação das ilustrações, como a pintura com aquarela e algumas formas de gravura (monotipia, carimbo), entre outras técnicas. Ao longo do curso, cada aluno desenvolve seu próprio projeto.
Laura Vinci
Instalação e o espaço contemporâneo
Público-alvo: artistas em formação
Duração: 3 meses
Período: de 18 de setembro a 4 de dezembro
Horário: segundas, das 18h30-21h30
Vagas: 20
Valor: R$ 150/mês

Visa discutir e compreender os conceitos de instalação e espaço contemporâneo, por meio da apreciação e reflexão de obras e da leitura de textos críticos e teóricos significativos. Além disso, é acompanhado de uma prática focada nos projetos individuais, proporcionando ao aluno um ambiente para o desenvolvimento e a elaboração de sua produção pessoal.

Cursos básicos:

Fernando Vilela
Pintura
Público-alvo: artistas em formação e interessados em geral
Duração: 4 meses
Período: de 14 de agosto a 27 de novembro
Horário: segundas, das 18h30-21h30
Vagas: 20
Valor: R$ 150/mês

O foco é ensinar o uso de alguns dos principais materiais, técnicas e procedimentos da pintura: preparação de tintas de têmpera a ovo e com outros aglutinantes; pintura a óleo; pintura com tinta acrílica; aquarela e guache; preparação de bases em papel, madeira e tela para pintura a óleo, a têmpera e acrílica.

As aulas são práticas, em ateliê, e cada aluno pode desenvolver seu trabalho de criação explorando as diversas técnicas e materiais, aprofundando as possibilidades do espaço na pintura. Em cada aula são apresentadas telas de diferentes épocas, por meio de projeção em datashow, proporcionando um breve panorama da história da pintura, da origem e usos dessas técnicas, e como a questão do espaço foi explorada nos trabalhos analisados.

Dudi Maia Rosa
Curso de monotipia
Público-alvo: artistas em formação e interessados em geral
Duração: 3 meses
Período: de 17 de agosto a 23 de novembro
Horário: quintas, das 18h30-21h30
Vagas: 20
Valor: R$ 150/mês

A monotipia é uma técnica que proporciona um contato alternativo com questões da pintura. A simplicidade de sua fatura permite uma livre experimentação de composições formais e cromáticas e encaminha os resultados para discussões diretas. Os materiais trabalhados no curso cabem ao aluno trazê-los: vidro ou acrílico; tinta a óleo; pincéis; papel tipo vergê; e estopa e querosene para limpeza.

O espaço, no caso da monotipia, é considerado pela própria realidade do suporte e revelado pelo tamanho do papel da impressão. Um espaço não representativo e sem virtualidade, mas carregado de imaginação.

Flávia Ribeiro
Gravura I
Público-alvo: interessados em geral
Duração: 4 meses
Período: de 15 de agosto a 28 de novembro
Horário: terças, das 14h30-17h30
Vagas: 20
Valor: R$ 150/mês

Curso para iniciantes na linguagem da gravura, aborda, mais especificamente neste primeiro módulo, a xilogravura e a ponta seca. Consta de aulas teóricas de introdução à história da xilogravura e da gravura em metal, com análise da obra de artistas como Hokusai, Rembrandt, Samico, C. E. Jardim, Basellitz, Kieffer, Iberê Camargo, Cláudio Mubarac, entre outros. O aluno é incentivado a desenvolver um trabalho pessoal com práticas no ateliê, alguns exercícios específicos, além de análises e comentários dos trabalhos produzidos em sala de aula. O material a ser utilizado durante o curso é comentado na primeira aula.

Odilon Moraes e Fernando Vilela
Ilustração de livro infantil
Público-alvo: profissionais, estudantes de arte, design e de literatura, ilustradores e interessados em geral.
Duração: 3 meses
Início: de 14/08 a 30/10/2006
Horário: segundas, das 14h30-17h00
Vagas: 30
Valor: R$ 150/mês

Os focos deste curso são:
1 - Acompanhamento de trabalhos / orientação individual
2 - Preparação de portifólio
3 - História da ilustração (brasileira e estrangeira)
4 - Orientação técnica

Neste curso teremos discussões de trabalhos, aulas expositivas sobre ilustração, montagem de portifólio, aulas práticas em atelier e propostas (opcionais) para criação de novos projetos de livro.

Alexandre Thallinger
Cenografia para montagem de ópera
Público-alvo: artistas em formação e interessados em geral
Duração: 4 meses
Período: 11 de agosto a 15 de dezembro
Horário: às sextas, das 14:30h-17:30h
Vagas: 20
Valor: R$ 150/mês

Partindo do projeto Ópera Estúdio idealizado pelo Centro de Estudos Musicais Tom Jobim, em parceria com o Instituto Tomie Ohtake e a Faculdade Santa Marcelina, este curso de cenografia propõe a montagem, pelos próprios alunos, da ópera Albert Herring, de Benjamin Britten, que será apresentada em dezembro, no Theatro São Pedro. Depois de visita técnica ao teatro, os participantes, a partir dos desenhos de arquitetura do local, constroem maquetes do palco e, com base no libreto da ópera, fazem os estudos de ocupação cenográfica. A melhor solução, ou uma colagem das melhores soluções, é selecionada para detalhamento e execução.

Rubens Espírito Santo
Teoria da arte contemporânea
Público-alvo: artistas em formação e interessados em geral
Duração: 3 meses
Período: de 14 de agosto a 30 de outubro
Horário: segundas, das 19h30-21h30
Vagas: 20
Valor: R$ 150/mês

Pretende aparelhar o aluno no sentido de ser sujeito-de-si-mesmo e das intrincadas relações que acontecem no interior do processo artístico e do conhecimento, utilizando como método a prática de "conversação" de coisas essenciais, à luz da filosofia, da literatura e da arte.

Márcia Pastore e Eduardo Ortega
A imagem e a escultura
Público-alvo: artistas em formação e interessados em geral
Duração: 3 meses
Período: de 15 de agosto a 31 de outubro
Horário: terças, das 14h30-17h30
Vagas: 20
Valor: R$ 150/mês

De abordagem teórica e prática, o curso exibe trabalhos de artistas que se utilizam da imagem e da tridimensionalidade como meios de expressão, sobretudo aqueles que abordem as possíveis relações entre esses dois meios. A partir daí, são propostos exercícios práticos de fotografia e escultura, acompanhados e discutidos individualmente.

Artur Lescher e Márcia Pastore
Acompanhamento de projetos tridimensionais
Público-alvo: artistas em formação e interessados em geral
Duração: 3 meses
Período: de 17 de agosto a 23 de novembro
Horário: quintas, das 10-12h
Vagas: 20
Valor: R$ 150/mês

Destinado a jovens artistas com trabalho em desenvolvimento, visa orientar e discutir a produç desses artistas em suas pesquisas visuais e contextualizá-la nas questões da arte contemporânea. Por meio de uma análise aprofundada do universo artístico de cada participante e de apresentações de trabalhos de artistas que abordem questões afins, pretende-se fomentar o desenvolvimento da produção e a definição de uma poética visual própria.

Rafael Campos Rocha
História da arte moderna e contemporânea - uma introdução
Público-alvo: artistas em formação e interessados em geral
Duração: 3 meses e meio
Período: de 17 de agosto a 07 de dezembro
Horário: quintas, das 14h30-17h30
Vagas: 20
Valor: R$ 150/mês

Propõe esclarecer ao interessado os aspectos e as intenções da arte contemporânea por meio de sua história. Do modernismo de Manet até os dias de hoje, são analisados os principais artistas, suas contribuições e o seu significado dentro do contexto cultural e histórico. As aulas são expositivas, com o auxílio de imagens das principais obras e de um resumo com a bibliografia usada pelo professor. Em cada aula, artistas do modernismo são comparados aos contemporâneos e suas contradições e semelhanças discutidas e analisadas. Em Manet, por exemplo, após uma explanação sobre o artista e a sua Paris do século XIX, são mostrados exemplos da arte contemporânea, sua abordagem e a sua forma de inserção nas grandes metrópoles. O curso prossegue cronologicamente, passando pelos Impressionistas, a Escola de Paris, o Expressionismo Abstrato, a Pop, até a arte contemporânea brasileira.

Cursos especias:

Agnaldo Farias
Arte brasileira - do modernismo até o presente
Público-alvo: interessados em geral.
Duração: 2 meses
Período: de 15 de agosto a 3 de outubro
Horário: terças, das 14h30-17h
Vagas: 30
Valor: R$ 250/mês

1. Modernismo
A tensão entre a pesquisa plástica e o desejo de construção de uma identidade nacional
Trajetórias independentes

2. As Correntes Abstratas
Os Museus de Arte Moderna e a Fundação Bienal de São Paulo
Informalismo X Abstracionismo Geométrico
Concretos e Neoconcretos

3. Os anos 60
O ingresso na contemporaneidade
Cinema novo, Tropicalismo e desbunde
Dos "Bichos" ao "Porco Empalhado" e à "Nova Objetividade Brasileira"

4. Os anos 70
Os debates e as trincheiras da produção experimental
As pesquisas com as novas mídias

5. A Geração 80
A volta da pintura - Rebeldia ou nostalgia?
O debate sobre o pós-modernismo
A Bienal de 85 e o peso do curador

6. Anos 90 em diante
A fragmentação de poéticas
Do corpo como espaço de ações artísticas às tecnologias digitais (fotografia e vídeo)
A arte entendida como espetáculo

Charles Watson
O processo criativo
Workshop sobre o pensamento criativo
Público-alvo: artistas, designers, arquitetos, publicitários e interessados em processos de geração de novas idéias
Duração: workshop de 20 horas em quatro dias consecutivos, de 31 de agosto a 3 de setembro de 2006
Horários: quinta e sexta, das 19-22h e sábado e domingo, das 10-18h - com 1 hora de intervalo
Vagas: 45
Valor: R$ 350

Aborda vários aspectos do processo de criação e como se manifestam nas mais diversas disciplinas, mostrando que a semelhança entre as dinâmicas criativas em variadas áreas supera freqüentemente a diferença entre as linguagens. Amplamente ilustrado com textos e vídeos, o curso demonstra que, entendendo os mecanismos que limitam as possibilidades criativas, pode-se pensar e discutir estratégias que, ludicamente, contornam essas tendências. Em quatro dias são apresentados os Processos Perceptuais, Processos Emocionais e os Processos Culturais/ambientais que estão por trás da geração de idéias, levando à Transfiguração do Lugar Comum.

Cláudio Cretti - coordenação geral
Bruno Dunley, Mariana Galender, Mariana Serri
Ponto de encontro: prática artística para adultos e crianças
Público-alvo: interessados em geral
Duração: 4 meses
Período: 19 de agosto a 16 de dezembro
Horário: sábados, das 15-17h 30
Vagas: 15
Gratuito

A Ação Educativa do Instituto Tomie Ohtake a fim de proporcionar um encontro entre adultos, crianças e adolescentes, oferece atividades que possam gerar produções criativas. Estimulando um diálogo entre as diferenças por meio de modalidades artísticas, os encontros, sempre aos sábados, das 15h às 17h, incluem visitas às exposições e atividades práticas no ateliê.

Pablo Vilar - Estúdio Guaiamum
Montagem
Público-alvo: estudantes de Artes Plásticas, Arquitetura, Design e interessados em geral.
Duração: 2 meses
Período: 17 de agosto a 19 de outubro
Horário: quintas, das 15h30-17h30
Vagas: 15
Valor: R$ 150/mês

De perfil profissionalizante, o curso proporciona conhecimentos práticos e teóricos sobre o trabalho de montagem de exposições de Arte. Por meio de exemplos práticos e imagens, pretende colaborar na formação de novos montadores, ou simplesmente orientar profissionais de outras áreas a solucionar assuntos ligados à montagem. Para isso, trata desde noções básicas de cuidados e manuseio, até o uso correto de ferramentas e outros recursos básicos.

Carlos Fajardo
Transformações nas artes visuais contemporâneas
Público-alvo: estudantes de artes plásticas, arquitetura, design e interessados em geral
Duração: 2 meses
Período: 16 de agosto a 4 de outubro
Horário: quartas, das 9-12h
Vagas: 20
Valor: R$ 250

Propõe discutir, por meio de seminários e trabalhos produzidos pelos participantes, as transformações que ocorreram nas artes visuais a partir da metade dos anos 60 até hoje, em especial o surgimento dos trabalhos com localização específica, as instalações e a importância da fotografia na produção artística desse período. São estudados artistas como Robert Smithson, Gerhard Richter e Hélio Oiticica, focalizando textos críticos sobre eles e outros contemporâneos às suas produções.

Posted by João Domingues at 2:27 PM | Comentários (1)

Curso Arte Brasileira Contemporânea, com Paulo Sergio Duarte, no Maria Antonia, São Paulo

Ciclo Fontes da Arte Contemporânea
Curso Arte Brasileira Contemporânea, com Paulo Sergio Duarte

Inscrições abertas

Centro Universitário Maria Antonia - 2° andar - sala de cursos
Rua Maria Antonia 294, São Paulo - SP
11-3255-7182 - r: 32 e 33 ou cursosma@usp.br
www.usp.br/mariantonia
Período e horário: 22 a 24 de agosto, 20-22h30
Preço: R$ 150

Uma introdução às principais vertentes da arte brasileira contemporânea, sem fugir à sua complexidade, com destaque para temas como: relações entre arte e linguagem, o corpo como obra e a crítica às instituições da arte.

22 de agosto - Moderno, pós-moderno, hipermoderno ou contemporâneo?
23 de agosto - A dicção dos materiais, as instalações e as obras in situ
24 de agosto - Arte e política no início do novo milênio

Paulo Sergio Duarte é crítico, professor e pesquisador do Centro de Estudos Sociais Aplicados da Universidade Candido Mendes no Rio de Janeiro. Foi curador da 5ª Bienal do Mercosul, em 2005, autor de Anos 60 - Transformações da Arte no Brasil (Campos Gerais, 1998) e Waltercio Caldas (Cosac Naify, 2003), entre outros livros.

Posted by João Domingues at 2:01 PM

agosto 10, 2006

Seminário Crítica de Arte e História da Arte: desafios interdisciplinares, no MAC USP, São Paulo

Seminário Crítica de Arte e História da Arte: desafios interdisciplinares

Inscrições até 20 de agosto de 2006

MAC USP - Sede
Rua da Reitoria 160, Cidade Universitária, São Paulo - SP
Inscrições: 11-3091-3559, ceema@usp.br ou abca@abca.art.br
Preço: R$ 50, 25 vagas gratuitas para alunos USP / UNESP e UNICAMP
Organização e promoção: Arquivo e Laboratório de Crítica de Arte e História da Arte Contemporânea.
Convênio: ECA/ABCA
Apoio: Escola de Comunicações e Artes da USP (ECA), Associação Brasileira de Críticos de Arte (ABCA), Secretaria de Estado da Cultura, Museu de Arte Contemporânea da USP, FAPESP - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo
Comissão Organizadora: Annateresa Fabris (ECA USP / ABCA), Lisbeth Rebollo Gonçalves (ECA USP / ABCA), Fábio Magalhães (Secretário Adjunto/ Secretaria de Estado da Cultura)
Seminário Crítica de Arte e História da Arte: desafios interdisciplinares: 29 de agosto a 1º de setembro de 2006

Seminário Crítica de Arte e História da Arte: desafios interdisciplinares - Programação:

29 de agosto, terça-feira, 19h
Sessão de Abertura
Coordenação: Profa. Dra. Elvira Vernaschi (Secretária Geral da
ABCA / MAC USP).

20h
Lançamento do livro Crítica e Modernidade, da Coleção Crítica de Arte, organizado pela Profa. Dra. Annateresa Fabris (edição ABCA / IMESP)
Lançamento do livro "Arte, Dor", de autoria de João Augusto Frayze-Pereira (editora Ateliê)

30 de agosto, quarta-feira, 9h30
Palestra A Crítica de Arte como um Exercício Tardio da Crítica (em espanhol)
Prof. Dr. Ramon Tio Belido (Secretário Geral da AICA e Diretor de Seminários da Universidade de Toulouse 2 - França)
Coordenação: Profa. Dra. Lisbeth Rebollo Gonçalves (ECA USP /ABCA)

14h
Mesa 1: Contribuições Brasileiras à História da Arte do Século XX
Daisy Peccinini. Coordenadora. (MAC USP / ABCA).
Maria Cecília Lourenço (FAU USP / ABCA)
Elza Ajzenberg (ECA USP / ABCA)
Percival Tirapeli (UNESP / ABCA)

16h30
Mesa 2: A Fotografia e Suas Relações com a História e a Crítica de Arte
Annateresa Fabris - Coordenadora (ECA USP / ABCA)
Helouise Costa (MAC USP/ ABCA)
Alexandre Santos (Unisinos /ABCA RS)

31 de agosto, quinta-feira, 9h30
Palestra A Crítica e a História da Arte e suas Relações com outras Disciplinas Humanísticas"
Profa. Dra. Margarita Schultz (Universidade do Chile)
Coordenação: Annateresa Fabris (ECA USP / ABCA)

Tarde: Contribuições Brasileiras à História da Crítica de Arte no Século XX
14h: Mesa1
Verônica Stigger - Coordenadora (ABCA)
MartaRosseti Batista (IEB USP)
MariaLucia Kern ( PUC RS/ABCA)
ClaudiaFazzolari (UNESP)

16h30: Mesa2.
MariaJosé Justino- Coordenadora (UFP/ABCA)
ElviraVernaschi (ABCA)
FranciscoAlambert (FFLCH USP)
NaumSimão (ECA USP, doutorando)


1º de setembro, sexta-feira, 9h30
Homenagem à Profa. Dra. Gilda de Melo Souza
Palestra: Gilda de Melo Souza, Crítica de Arte
Profa. Dra. Otília Arantes (FFLCH/USP)
Coordenação: João Augusto Frayze-Pereira (IP USP / ABCA)

Tarde: Crítica de Arte e a Arte Contemporânea

14h: Mesa 1
LisbethRebollo Gonçalves - Coordenadora (ECA USP / ABCA)
MariaCristina Freire (MAC USP / ABCA)
JoãoAugusto Frayze-Pereira (IP USP / ABCA)

16h30: Mesa2.
MariaAmélia Bulhões. Coordenadora. (UFRGS/ ABCA)
NeideMarcondes (UNESP/ABCA)
AlmerindaLopes (UFES/ABCA)

18h30h
Lançamento do livro "Arte Moderna e Contemporânea - Figuração Abstração e novos meios- séc 20 e 21", de autoria de Percival Tirapeli (Editora Nacional)

Posted by João Domingues at 12:24 PM

agosto 8, 2006

Ciclo de conferências O Esquecimento da Política, na Maison de France, Rio de Janeiro

Ciclo de conferências O Esquecimento da Política

Inscrições a partir de 7 de agosto de 2006

Maison de France
Av Presidente Antônio Carlos 58, Centro, Rio de Janeiro - RJ
21-3974-6642 / 3974-6699 ou contato@teatromaisondefrance.com.br
www.teatromaisondefrance.com.br
Curadoria de Adauto Novaes
Organização: ArtePensamento
Inscrições: Maison de France
Valor: R$ 30 pelo ciclo todo, R$ 15 para estudantes
Ciclo de conferências O Esquecimento da Política: No Teatro da Maison de France, de 21 de agosto a 27 de setembro de 2006

Ciclo de conferências O Esquecimento da Política - Programação

21 de agosto, segunda
A Colonização da Política, com Chico Oliveira - 18h45

22 de agosto, terça
Moralidade como política, com Franklin Leopoldo e Silva - 18h45

23 de agosto, quarta
O que é política?, com Marilena Chaui - 18h45

28 de agosto, segunda
O esquecimento desde a tradição, com Renato Lessa - 18h45

29 de agosto, terça
Desafios Políticos do Cinema, com Jean-Michel Frodon - 17h
Esquecimento e memória, com Luiz Felipe Alencastro - 18h45

30 de agosto, quarta
República à brasileira, com Lilia Moritz Schwarcz - 18h45

4 de setembro, segunda
Esquecimentos da política ou desejos de outras políticas?, com Francis Wolff - 18h45

5 de setembro, terça
Do bom uso da hipótese da servidão voluntária?, com Miguel Abensour - 18h45

6 de setembro, quarta
A política sem nome, com Pascal Dibie - 17h
or que república?, com Marcelo Jasmin - 18h45

11 de setembro, segunda
A tentação de apagar a política com a técnica, com Jean Pierre Dupuy - 18h45

12 de setembro, terça
Sedução da crença e o princípio "anarquia", com Jean Michel Rey - 18h45

13 de setembro, quarta
Entre o individualismo e a socialização, com Jean-Fabien Spitz - 18h45

18 de setembro, segunda
Por um regime radicalmente político, com Sergio Cardoso - 18h45

19 de setembro, terça
Uma sociedade sem virtudes?, com Newton Bignotto - 18h45

25 de setembro, segunda
A palavra livre e infeliz, com Renato Janine Ribeiro - 18h45

26 de setembro, terça
Abismos da democracia, com Sergio Paulo Rouanet - 18h45

27 de setembro, quarta
A política dos acontecimentos, com Marcelo Coelho - 18h45

Posted by João Domingues at 1:43 PM

agosto 7, 2006

Curso Expansão do Campo de Atuação da Arte Contemporânea, com Glória Ferreira, na Estácio de Sá, Rio de Janeiro

Universidarte Idéias
Curso Expansão do Campo de Atuação da Arte Contemporânea, com Glória Ferreira

Inscrições abertas

Universidade Estácio de Sá - Campus Copacabana
Rua Raul Pompéia 231, Copacabana, Rio de Janeiro - RJ
21-3202-9400/ 9416
Informações: 21-2503-7055 / 7052 ou universidarte@estacio.br
Horário: segundas-feiras, 19-21h
Período: 11 de setembro de 2006 a 27 de novembro de 2006
Preço: 3 parcelas de R$ 150

Expansão do Campo de Atuação da Arte Contemporânea
Professora: Glória Ferreira

Glória Ferreira é Doutora em História da Arte pela Universidade de Paris I - Sorbonne. Crítica de arte e curadora independente é professora da Escola de Belas Artes/UFRJ. Entre suas curadorias destacam-se Trilogias. Nelson Felix(2005); Situações Arte Brasileira Anos 70 (2000); Ecco. Artistas italianos por artistas brasileiros,1999; Hélio Oiticica e a Cena Americana, 1998; Luciano Fabro,1997; Amílcar de Castro, Retrospectiva,1989; Hélio Oiticica e Lygia Clark, 1986. Com publicações em diversas revistas nacionais e internacionais, é co-editora da revista Arte & Ensaios e dirige a Coleção Arte + ( Jorge Zahar Editor). Entre outras publicações, destacam-se Conversas entre Nelson Felix e Glória Ferreira,2005, e a coorganização das coletâneas Clement Greenberg e o debate crítico, 1997 e Escritos de Artistas anos 60/70, 2006

Programa:

O curso tem como objetivo a análise da expansão do espaço plástico e sua inscrição em uma dimensão pública, que sob as mais diversas formas e itinerários estéticos, permeia a arte desde o início do século XX. Pensada como essência e imanência na busca de um grau zero - de um fim infinito a partir de seus limites ─, ou como dissolução na vida ou questionamento da autoreferencialidade do objeto de arte, a expansão do campo de atuação da arte subsume a interrogação sobre sua destinação e inscrição no mundo.

Serão abordadas diferentes vertentes e modalidades do site specific ─ e dos seus impasses ─, tal como a reivindicação do espaço de apresentação do trabalho como solo de uma experiência perceptiva específica implicando uma relação entre o trabalho de arte, o espectador e o lugar habitado por ambos (Minimalismo); a ênfase na construção de situações, com clara dimensão política, que será conhecido como o in-situ, com marcada referência ao situacionismo (Daniel Buren e outros artistas europeus) ; a polarização por meio da dimensão temporal do espaço descontínuo e não homogêneo que caracteriza a inscrição do trabalho de arte na paisagem (Land art) ; o deslocamento, a partir dos anos 90, do site para a comunidade ou a conversão da comunidade em um site, e suas conseqüências sobre o papel do artista, a função pública da arte, e a definição de comunidade.

Em termos metodológicos, a ênfase será a análise de produções artísticas tendo como suporte os discursos críticos que lhe foram contemporâneos, em particular os textos dos artistas, e as reavaliações teóricas e históricas atuais.

Posted by João Domingues at 2:47 PM

VIP - Very Important Persons no CPFL, Campinas

projeto2.jpg

VIP - Very Important Persons
Anja Pratsche, Daniela Bousso, Giselle Beiguelman, Lucas Bambozzi, Lucia Santaella, Patrícia Canetti

9, 16, 23 e 30 de agosto, quartas-feiras, 19h

Espaço Cultural CPFL
Rua Jorge Figueiredo Côrrea 1632 Portaria IV, Chácara Primavera, Campinas - SP
Rod. Campinas Mogi-Mirim Km 2,5
19-3756-8000
Realização: Projeto do Ateliê Aberto + Paço das Artes + Espaço Cultural CPFL + Clube Informal


O mundo contemporâneo está ou não por um fio?
Quais as novas formas de socialização em nossos dias?
Experimente ser VIP por uma noite.
Experimente os caldinhos VIPs que serão servidos no Clube Informal, após as palestras da CPFL [programação abaixo].
Afinal, você topa ou não participar da aventura do conhecimento?
Receba seu acesso VIP na entrada da palestra.
De agora em diante você é VIP!

Programação de Palestras CPFL - Agosto

09.agosto - quarta às 19h
Lucia Santaella
Comportamento na Sociedade Contemporânea. Este item diz respeito às novas formas de subjetividade e socialização advindas da cultura da conectividade. Vigilância e controle, sexualidade, ativismo, afetividade, desobediência civil e eletrônica, e outros itens poderão ser desenvolvidos neste tópico como lazer, games, etc...

16.agosto - quarta às 19h
Giselle Beiguelman e Patrícia Canetti
Arte como produção de conhecimento. Ativismo artístico, arte no ciber espaço, internet fixa e móvel, vídeo celulares, comunidades virtuais, socialização da informação, novas formas de plenária em listas de discussão, informação na coletividade.

23.agosto - quarta às 19h
Daniela Bousso
Blade Runner, Kill Bill e Star Wars. Quatro filmes que nos colocam diante da discussão sobre corpo, inteligência artificial, espaço cibernético, vida artificial, ética e valores. Ciborgues, clones, encruzilhadas entre o bem e o mal. Outras perspectivas para o desenvolvimento e exercício da subjetividade.

30.agosto - quarta às 19h
Lucas Bambozzi e Anja Pratsche
Arte como produção de conhecimento. Experimentação. Dispositivos e Softwares. O Software de hoje pode ser o eletrodoméstico de amanhã. Caves e ambientes imersivos. Interfaces. Sujeito interfaceado e evolução perceptiva. Realidade virtual. Realidade aumentada.

projeto1.jpg

Iniciado na primeira semana de agosto, o projeto VIP, idealizado pelo Ateliê Aberto - Produções contemporâneas, têm sua continuidade no decorrer deste mês com a seqüência das palestras organizadas por Daniela Bousso - curadora dos projetos de Artes Visuais em desenvolvimento no Espaço Cultural da CPFL em Campinas nesse ano de 2006/7. Para esse trabalho Daniela elaborou, dentre outras propostas, a exposição, ainda por ser aberta, intitulada Por um fio.

Convidado a integrar esse projeto expositivo o grupo do Ateliê Aberto decidiu propor uma participação que buscasse um viés possível com a mesma fragilidade e configuração limítrofe desse título chave do projeto. Com isso, criou VIP - Very Important Persons, uma proposta de intervenção artística que ocorre noutro tempo e espaço da curadoria de Daniela Bousso para o Espaço Cultural CPFL.

Ao invés de se instalar junto dos demais trabalhos que serão apresentados no espaço expositivo da mostra Por um Fio, o projeto VIP buscou agregar-se ao Ciclo de Palestras, também organizado por Daniela Bousso, que está programado para as quartas-feiras do mês de agosto perguntando-se sobre os códigos de acesso à arte e pensamento contemporâneo praticados em nosso cotidiano.

A cada palestra renova-se a ação/intervenção VIP constituída pela entrega de uma camiseta para cada espectador. A cada semana, a camiseta, sempre na cor preta, traz estampada em seu peito o primeiro nome do palestrante daquela noite em letras garrafais e cores vibrantes. A penumbra natural desse ambiente reforça a leitura do nome repetido na totalidade do auditório. A lista de nomes traz ao longo das semanas: Lucia, Daniela, Patrícia, Giselle, Lucas e Anja.

danielalucia.jpg


As pessoas que vêm para as palestras são estimuladas pelo grupo do Ateliê Aberto a vestirem a camiseta para participar da construção de uma paisagem formada pela repetição do nome daquela pessoa quem vieram prestigiar. Com isso, forma-se um primeiro momento-homenagem no qual um projeto constrói uma imagem possível de ser vista integralmente apenas por uma pessoa. Pretende-se que essa paisagem construída suscite pequenas intervenções na própria fala do palestrante incorporando, indagando, duvidando talvez, de sua visão privilegiada, da circunstância ali criada.

Discutindo a relação das importâncias dentre as pessoas de um mesmo grupo, nesse caso pessoas interessadas em arte e mundo contemporâneo, o projeto VIP avança convidando todos os participantes da palestra a seguirem para outro lugar da cidade no qual a conversa sobre arte pode continuar. A intervenção passa para um domínio maior de pessoas seguindo para o Clube Informal contando com os participantes que seguiram para lá ampliando, agregando, difundindo a ação artística num ambiente propício para se esticar a conversa. Nesse espaço as pessoas que portam a camiseta do projeto VIP têm acesso livre. Tornam-se assim imediatamente VIPs invertendo a primeira ordem constituída dentro do auditório.

Nesse ponto o projeto reforça uma das tarefas do trabalho do Ateliê Aberto interessado em criar novas conexões para a relação dentre Espaços Oficiais, Críticos, Pesquisadores, Palestrantes, Artistas e pessoas da cidade de Campinas interessadas em arte contemporânea. Pretende-se discutir aqui a questão sobre o acesso que temos para esse envolvimento mais coletivo dentre os diferentes formatos da palestra e da exposição de arte. Que projeto propiciaria mais reflexão? Como trabalhar, portanto na intersecção dessas importâncias todas para se falar em arte e mundo contemporâneo? Como sobreviver de arte fora dos grandes centros urbanos?

Tais condições, sempre freqüentes nas proposições de artistas e críticos importantes para a produção brasileira da atualidade têm sido pontos do trabalho desenvolvido por Daniela Bousso como curadora do Paço das Artes de São Paulo e igualmente refletem a postura investigativa dos projetos realizados pelo Ateliê Aberto como espaço independente de arte em Campinas.

No Clube Informal o projeto VIP cria diferentes caldos que são servidos com o nome de cada palestrante. A metáfora aqui proposta está na idéia de se explorar, até o último caldinho, a presença desse pesquisador por aqui.

Saído do ambiente globalizado da sala de aeroporto internacional para suscitar a oscilação dessas importâncias dentro de seu contexto de criação artística, VIP - Very Important Persons - estabelece-se com título no plural para reforçar os diferentes papéis dos agentes artísticos de nosso tempo.

VIP navega numa freqüência que pretende incentivar as ligações dentre as pessoas de nossa cidade, dentre a produção artística local e a curadoria dos grandes centros (representada pela figura desse grupo de palestrantes) além de integrar essas platéias ao trabalho de difusão cultural estabelecido por instituições como no caso da CPFL.

Posted by João Domingues at 12:07 PM

agosto 4, 2006

1º Encontro das Ações Educativas em Museus da Cidade de São Paulo

1º Encontro das Ações Educativas em Museus da Cidade de São Paulo

Inscrições até 11 de agosto de 2006

Solar da Marquesa de Santos
Rua Roberto Simonsen 136-B, Pátio do Colégio, São Paulo - SP
11-3241-4238 / 3105-2030 ou news.forumpermanente@gmail.com
Incrições: no site Fórum Permanente
Vagas: 100
1º Encontro das Ações Educativas em Museus da Cidade de São Paulo: 14 e 15 de agosto de 2006

1º Encontro das Ações Educativas em Museus da Cidade de São Paulo - Programação

14 de agosto, segunda

9-9h30 - Recepção

9h30 - Abertura - Walter Pires

Mesa 1

9h45-10h50 - Apresentações
Tema: Mediação para jovens em Museus
Mediação: Martin Grossmann
Convidados: Camilo de Mello Vasconcelos (Museu de Arqueologia-USP), Laima Leyton (Museu da Arte Moderna-MAM), Mila M. Chiovatto (Pinacoteca do Estado), Paulo Portella (Museu de Arte de São Paulo-MASP)

10h50-11h10 - café

11h10-12h30 - debate

Mesa 2

14-15h50 - Apresentações
Tema: Avaliação de Ações Educativas em Museus
Mediação: Martin Grossmann
Convidados: Adriana Mortara (especialista), Denise C.P.C. Marques (Museu Paulista), Anny Christina Lima ( Museu Lasar Segall), Daniela Azevedo (Instituto Itaú Cultural)

15h50-16h10 - café

16h10-17h30 - debate


15 de agosto, terça

Mesa 3

9h30-10h50 - Apresentações
Tema: História Oral, Memória e Subjetividade
Mediação: Lúcia Helena Gama
Convidados: Ana Lúcia Lopes (Museu Afro-Brasil), Denyse Emerich (Museu da Língua Portuguesa), Felipe Torres (Divisão de Iconografia e Museus-DPH/SMC), Nilson Moulin (Educador)

10h50-11h10 - café

11h10-12h30 - debate

Mesa 4

14h30-15h50 - Apresentações

Tema: Patrimônio Histórico e Museus
Mediação: Carla Milano
Convidados: Equipe de Ação Educativa (Divisão de Iconografia e Museus-DPH/SMC), Lia Mayumi (Divisão de Preservação-DPH/SMC), Mariana F. Fuzissaki (Museu Anchieta)

15h50-16h10 - café

16h10-17h30 - debate

Posted by João Domingues at 2:13 PM

agosto 3, 2006

Laboratório de artes para crianças, com Laura Erber, no Ateliê da Imagem, Rio de Janeiro

Laboratório de artes para crianças, com Laura Erber

Inscrições até 24 de agosto de 2006

Ateliê da Imagem
Av Pasteur 453, Urca, Rio de Janeiro - RJ
21-2244-5660 / 2541-6930 ou info@ateliedaimagem.com.br
www.ateliedaimagem.com.br
O laboratório é dividido em módulos de 3 meses cada. O primeiro módulo inicia no dia 24 de agosto.
Preço: 3 parcelas de R$150, 2 parcelas de R$210, ou R$390 à vista
Faixa etária: 6 a 10 anos

O Laboratório será oferecido em módulos com 3 meses de duração cada um.

O laboratório de artes para crianças prevê a criação de livros, desenhos, fotografia, objetos e vídeos.

A idéia é oferecer às crianças um percurso de criação pessoal tomando como base algumas linguagens artísticas (tais como o desenho, a literatura, a fotografia e o vídeo) e procedimentos das vanguardas históricas, da arte contemporânea, e em particular nas propostas do designer e artista italiano Bruno Munari (1907-1998).

O laboratório propõe a arte como jogo e como campo de experimentação, estimulando o uso da percepção e da criatividade de cada criança, em trabalhos individuais e em criações coletivas.

Posted by João Domingues at 12:37 PM

agosto 1, 2006

Curso Pintura Contemporânea, com Sérgio Sister no Collegio das Artes, São Paulo

Curso Pintura Contemporânea, com Sérgio Sister

Inscrições abertas

Collegio das Artes
Rua Francisco Leitão 265, Pinheiros, São Paulo - SP
Inscrições: 11-3064-4740 ou cursos@collegiodasartes.art.br
Vagas: 10
Horário: terças-feiras, 19h30-22h30
Período: 15 de agosto até 19 de dezembro de 2006
Preço: 5 parcelas de R$ 265

O curso propõe a uma pequena andança pelas formas específicas que espaço, tempo, corpo e matéria vêm assumindo na construção da pintura contemporânea

As aulas seriam repartidas em duas atividades:

1) Exposição do tema - Comparação, mediante apresentação de slides e/ou livros, de como essas questões foram tratadas no passado e como aparecem agora.

2) O tema nos trabalhos - Os alunos, de preferência estudantes de arte e artistas, apresentam trabalhos próprios, trazidos prontos, para discussão dos temas.

Posted by João Domingues at 4:26 PM

Inscrições: Curso de Especialização em Crítica de arte e curadoria na UniBrasil, Curitiba

Curso de Especialização em Crítica de arte e curadoria

Inscrições até 31 de agosto de 2006

UniBrasil
Rua Konrad Adenauer 442, Tarumã, Curitiba - PR
41-3361-4271
Coordenador: Newton Goto
Segunda a sexta, 19-23h; sábados, 8h30-12h30
Período: setembro de 2006 à janeiro de 2008
Critérios de seleção: Título de graduando, currículo, avaliação de proposta escrita (1 lauda) e entrevista

Corpo docente:
Nadja Lamas - Drª em Artes Visuais - UFRGS; Profª Dept. de Artes. Visuais - Univille
Ricardo Basbaum - Dr. em Ciência da Inform. e Document. - USP; Prof Instituto de Artes, UERJ
Fabrício Vaz Nunes - Ms em História da Arte - UNICAMP; Prof. da EMBAP
Glória Ferreira - Drª em História da Arte - Univ. de Paris I; Profª Escola de Belas Artes, UFRJ
Heloisa Buarque de Hollanda - PhD em Sociologia da Cultura - Columbia University; Profª Pós Grad. Comunicação, UFRJ
Newton Goto - Ms em Linguagens Visuais - UFRJ; Prof. Pós Grad. UniBrasil
Maria José Justino - Drª em Estética e Ciência das Artes, Univ. de Paris VIII; Profª EMBAP
Paulo Reis - Dr. em História - UFPR; Prof Dept. de Artes - UFPR
Margarita Schultz - Drª em Filosofia, Univ. de Tucumán; Profª Facultad de Artes Univ. de Chile


Ementas dos cursos

Módulo 1
Disciplina: Metodologia da Pesquisa em Arte
Docente: Nadja de Carvalho Lamas

Ementa:
Estrutura do trabalho científico. Conceituação e tipos de conhecimento. Ciência e sociedade. Conceituação de pesquisa. Tipos de pesquisa. Estudo das questões reflexivas e metodológicas referentes à pesquisa em arte. Projeto de pesquisa. Relatório de pesquisa em arte. Monografia.

Módulo 2
Disciplina: O artista como agenciador, como curador e como crítico
Docente: Ricardo Basbaum

Ementa:
Neste curso serão discutidas a imagem e as características do artista contemporâneo, como um personagem com percurso flexível que se desloca por vários papéis dentro do circuito de arte. Seria parte da própria condição do artista contemporâneo uma compreensão abrangente de suas atividades, onde as pesquisas de produção de linguagem não se dissociam da necessidade de: 1- configurar um espaço de atuação a partir da construção coletiva de eventos seus e de outros artistas (agenciamento); 2- articular uma presença expositiva em que os parâmetros de exibição sejam compreendidos em seu registro próprio, produzindo uma 'eficiência' em sua intervenção (curadoria); 3- desenvolver um campo discursivo em que as principais questões conceituais do trabalho se articulem com uma rede de discussões histórico-críticas em constante deslocamento (crítica). Estes tópicos serão discutidos em relação às linguagens desenvolvidas nos jogos da arte contemporânea e seus espaços de exibição institucionais ou para-institucionais (museus, galerias, centros-culturais, espaços independentes).

Módulo 3
Disciplina: Estética
Docente: Fabricio Vaz Nunes

Ementa:
O curso visa apresentar aos alunos os autores e idéias essenciais para a compreensão do pensamento estético na modernidade.
Programa:
1. Estética clássica: Platão e Leonardo.
2. Kant e o juízo.
3. Perspectivas sobre Hegel e Schopenhauer.
4. Visão e linguagem: Konrad Fiedler e Benedetto Croce.
5. Arte e ideologia: Walter Benjamin e Theodor Adorno.
6. Duas visões da estética contemporânea: Joseph Kosuth e Umberto Eco

Módulo 4
Disciplina: Ficções na arte
Docente: Glória Ferreira

Ementa:
O seminário visa investigar o estatuto da ficção em diferentes poéticas das artes visuais contemporâneas. Diferindo da mímesis cujo objeto é prévio à representação, a ficção, como invenção de mundos possíveis, tem se revelado na arte contemporânea um instrumento operatório decisivo de relação com o mundo. Com a crise da representação e das concepções de uma arte voltada para si mesma, em que todo conteúdo se dissolve na forma, desde os anos 1950 se fazem presentes conteúdos os mais variados. Mitologias, rituais, cosmologias, cujas fontes não são mais o classicismo mas a natureza humana em relação com o sensível, se mesclam à diferentes tipos de apropriações e montagens de imagens. Com a crescente presença da linguagem bem como da sucessão temporal no funcionamento da própria obra, nos deteremos na introdução de narrativas e de seu estatuto. "O que busca o artista, diz Robert Smithson, é a coerência e a ordem, não "a verdade", nem afirmações corretas, nem provas. Busca a ficção que a realidade imitará cedo ou tarde".

Módulo 5
Disciplina: Arte e cultura em perspectiva
Docente: Heloisa Buarque de Hollanda

Ementa:
As passagens epistemológicas do moderno ao pós-moderno e deste à globalização. Panorama da produção cultural contemporânea no contexto dos processos de transnacionalização da economia e da cultura. Discussão de alguns temas chaves como a produção local e os efeitos de sua inserção no mercado global de bens simbólicos, as novas políticas estéticas e seu impacto nas culturas tradicionais, a emergência da cultura da periferia como interpelação das linguagens artísticas e intelectuais existentes, os novos projetos culturais com fins de inclusão social.

Módulo 6
Disciplina: A arte de crítica institucional
Docente: Newton Goto

Ementa:
O curso foca a produção artística cuja linguagem incide diretamente sobre as conceituações, valorações, mecanismos de circulação e outras interdependências culturais que fundamentam o sistema das artes visuais. Nesse sentido, há uma aparente inversão de posicionamento da atividade da crítica de arte, a qual desloca-se do olhar do crítico sobre a produção artística para o olhar do próprio artista sobre o sistema das artes. A arte de crítica institucional incorpora o museu como matéria prima, recontextualizando socialmente a instituição de arte e seus paradigmas - críticos, curatoriais, de acervo, de finalidade, etc. O museu perde então sua suposta neutralidade como espaço expositivo e passa a ser concebido como um lugar ativamente relacionado com seu entorno cultural. Crítica e curadoria são dois dos instrumentos dessa vertente produtiva, a qual está iminentemente associada ao século XX, especialmente ao período posterior aos anos 60. Marcel Duchamp, Joseph Kosuth, Daniel Buren, Hans Haacke, Cildo Meireles, Andrea Fraser, Rubens Mano, spmb (Eduardo Aquino & Karen Shanski), Jac Leirner, arte conceitual, circuitos artísticos autogeridos, são alguns dos artistas e acontecimentos a serem abordados.

Módulo 7
Disciplina: Crítica de Arte
Docente: Maria José Justino

Programa:
I - As formas de abordagem da Arte: Estética, Poética, Crítica e História da Arte.
II - Natureza da Crítica de Arte
III - Metodologia - modos de aproximação da Arte
IV - A interpretação artística
V - Crítica e contemporaneidade
VI - Avaliação

Módulo 8
Disciplina: Curadoria
Docente: Paulo Reis

Tópicos:
- História das exposições de arte - a constituição do espaço das exposições e a fundação das questões modernas.
- Anos 60 (um caso específico) - exposições de arte e o debate nacional da cultura da década (engajamento e vanguarda).
- Contemporaneidade - estudos de grandes exposições dos anos 80, 90 e séc. XXI (Bienal de São Paulo, Documenta de Kassel e Bienal de Veneza).
- Linhas de pensamento curatorial - Paulo Herkenhoff, Ivo Mesquita, Adriano Pedrosa, Tadeu Chiarelli, Jean-Hubert Martin, Jens Hoffman, Hans-Ulrich Obrist e Harald Szeemann.
- Novas estratégias curatoriais - projetos "Do it", revista "Pulgar" e publicação "Dialeto".

Módulo 9
Disciplina: Epistemologia da Crítica de Arte
Docente: Margarida Schultz

Programa:
1. Sistemas conceituais e juízo crítico
2. Os erros da história e os erros do crítico
3. A crítica como sistema cognitivo
4. A crítica como autocrítica
5. Um eixo de coordenadas: tempo-espaço na crítica de arte
6. O estatuto da crítica de arte
7. Crítica de arte e conjuntos imprecisos
8. Clínica: Análise de casos

Posted by João Domingues at 1:44 PM | Comentários (1)

FILE Symposium no CCSesi, São Paulo

FILE Symposium

15 a 18 de agosto de 2006

Centro Cultural do Sesi - Mezanino
Av. Paulista 1313, São Paulo - SP
Informações: 11 3146-7405 / 3146-7406
Inscrições: www.file.org.br

FILE Symposium - Programação:

15 de agosto
14h
Abel Reis & Angélica de Moraes [BRA]
Uma Análise Semiótica da Obra "Desmemórias" de Giselle Beiguelman

14h30
Agnus Valente | Nardo Germano [BRA]
ÚTERO portanto COSMOS

15h
Alessandro Barbosa Lima & Jairson Vitorino [BRA]
BUZZMONITOR: Uma ferramenta para medir o nível de boca-a-boca nas comunidades online

15h30
Andre de Abreu [BRA]
Videogame: um bem ou um mal?

17h
André Goncalves [PT]
Objetos Ressonantes

17h30
Electronic Shadow: Naziha Mestaoui | Yacine Aït Kaci [FRA]
H2O

18h
Andrew Hieronymi [USA]
Jogando no cubo branco / game art: entre arte interativa e videogames

18h30
Termino

16 de agosto
14h
Cesar Baio [BRA]
Smoking e No Smoking: o diálogo entre o cinema e os games.

14h30
Chico Queiroz [BRA]
Jogando o Outro: Alteridade na Obra de Peter Molyneux

15h
Christine Mello [BRA]
Movimento como interface

15h30
Deborah Lopes Pennachin [BRA]
Estética cyberpunk e semioses subversivas: prováveis virtualidades reais

17h
Anna Barros [BRA]
Commedia dell'Arte e internautas

17h30
Mariela Yeregui [AR]
Proxímica

18h
Marcel.lí Antúnez Roca [ESP]

17 de agosto
14h
Guto Requena [BRA]
Habitares Interativos: entre o pixel e a arquitetura

14h30
Hernani Dimantas [BRA]
Multidão Hiperconectada - resistência e descentralização

15h
Ivani Santana [BRA]
VERSUS = a interatividade entre corpos no ambiente sensível e no ciberespaço.

15h30
Jorge Ferreira Franco, Roseli de Deus Lopes, Nilton Ferreira Franco, Sandra Regina Rodrigues da Cruz [BRA]
Usando Mídias Digitais na Construção Colaborativa e Interdisciplinar de Conhecimento

16h
Karla Schuch Brunet [BRA]
Uma visão da colaboração: Classificando formatos de projetos de redes colaborativa.

17h
André Parente [BRA]
os excitáveis

17h30
Ricardo Torres & Inês Mécia de Albuquerque [PT]
A rede e a obra: uma nova abordagem a partir do processo interativo

18h
Konic Thtr [ESP]
e-motive

18 de agosto
14h
Priscila Arantes [BRA
Estética emergente no contexto da produção artística contemporânea

14h30
Val Sampaio [BRA]
São tantas as imagens

15h
Silvia Regina Ferreira de Laurentiz [BRA]
Projeto Percorrendo Escrituras - algumas considerações

15h30
Simone Michelin [BRA]
Domínio Público

16h
Drica Guzzi [BRA]
Acessa SP

17h
Lucia Leão [BRA]
Corposcopio e a emergência do corpo coletivo

17h30
Ji Lee [BRA]
Bubble Project

18h
Lori Talley & Judd Morrissey
The Error Engine

Posted by João Domingues at 12:08 PM