Página inicial

Blog do Canal

o weblog do canal contemporâneo
 


junho 2021
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30      
Arquivos:
junho 2021
maio 2021
abril 2021
março 2021
fevereiro 2021
janeiro 2021
dezembro 2020
novembro 2020
outubro 2020
setembro 2020
agosto 2020
julho 2020
junho 2020
maio 2020
abril 2020
março 2020
fevereiro 2020
janeiro 2020
dezembro 2019
novembro 2019
outubro 2019
setembro 2019
agosto 2019
julho 2019
junho 2019
maio 2019
abril 2019
março 2019
fevereiro 2019
janeiro 2019
dezembro 2018
novembro 2018
outubro 2018
setembro 2018
agosto 2018
julho 2018
junho 2018
maio 2018
abril 2018
março 2018
fevereiro 2018
janeiro 2018
dezembro 2017
novembro 2017
outubro 2017
setembro 2017
agosto 2017
julho 2017
junho 2017
maio 2017
abril 2017
março 2017
fevereiro 2017
janeiro 2017
dezembro 2016
novembro 2016
outubro 2016
setembro 2016
agosto 2016
julho 2016
junho 2016
maio 2016
abril 2016
março 2016
fevereiro 2016
janeiro 2016
dezembro 2015
novembro 2015
outubro 2015
setembro 2015
agosto 2015
julho 2015
junho 2015
maio 2015
abril 2015
março 2015
fevereiro 2015
janeiro 2015
dezembro 2014
novembro 2014
outubro 2014
setembro 2014
agosto 2014
julho 2014
junho 2014
maio 2014
abril 2014
março 2014
fevereiro 2014
janeiro 2014
dezembro 2013
novembro 2013
outubro 2013
setembro 2013
agosto 2013
julho 2013
junho 2013
maio 2013
abril 2013
março 2013
fevereiro 2013
setembro 2012
agosto 2012
junho 2012
abril 2012
março 2012
fevereiro 2012
novembro 2011
setembro 2011
agosto 2011
junho 2011
maio 2011
março 2011
dezembro 2010
novembro 2010
outubro 2010
setembro 2010
junho 2010
fevereiro 2010
janeiro 2010
dezembro 2009
novembro 2009
maio 2009
março 2009
janeiro 2009
novembro 2008
setembro 2008
agosto 2008
julho 2008
maio 2008
abril 2008
fevereiro 2008
dezembro 2007
novembro 2007
outubro 2007
agosto 2007
junho 2007
maio 2007
março 2007
janeiro 2007
dezembro 2006
outubro 2006
setembro 2006
agosto 2006
julho 2006
junho 2006
maio 2006
abril 2006
março 2006
fevereiro 2006
janeiro 2006
dezembro 2005
novembro 2005
setembro 2005
agosto 2005
julho 2005
junho 2005
maio 2005
abril 2005
março 2005
fevereiro 2005
janeiro 2005
dezembro 2004
novembro 2004
outubro 2004
setembro 2004
agosto 2004
junho 2004
maio 2004
abril 2004
março 2004
janeiro 2004
dezembro 2003
novembro 2003
outubro 2003
agosto 2003
As últimas:
 

setembro 20, 2013

Geraldo Marcolini na Zipper, São Paulo

Geraldo Marcolini apresenta na Zipper Galeria telas com paisagens reticuladas

Geraldo Marcolini, Zipper Galeria, São Paulo, SP - 23/09/2013 a 12/10/2013

São Paulo, agosto de 2013 – No dia 21 de setembro, às 12h, a Zipper Galeria abre a exposição “toner”, do artista fluminense Geraldo Marcolini. Na mostra são apresentados sete trabalhos em grande formato, em acrílica sobre tela, que dialogam com a tradição da pintura de paisagens. O título da mostra alude ironicamente ao material utilizado como referência pelo artista, em sua maioria reproduções digitais impressas a laser. A exposição fica em cartaz até o dia 12 de outubro.

Nas obras dessa mostra, Marcolini utiliza um processo que se aproxima de técnicas de impressão rudimentares como a xilogravura e a monotipia, adaptadas à pintura. O artista aplica o pigmento em sucessivas impressões que geram camadas reticuladas. O resultado remete às imagens em baixa resolução da era pré-digital. Outro aspecto marcante é o registro impessoal, mecanizado, que empresta às paisagens certo sentido de distanciamento e abandono.

Para além de representar lugares seguindo a tradição da paisagem, em “toner” Geraldo Marcolini trata o espaço em sua concretude física: é preciso afastar-se, tomar distância, percorrer o espaço para que a pintura aconteça. Com o movimento do espectador, paisagens aparecem e desaparecem, convocando o aparato perceptivo a entrar em sintonia com a crença de que uma tela pode (ou não) representar a profundidade do espaço.

toner” é um convite do artista à apreciação da crueza da paisagem, de seus aspectos físicos e dos impactos que eles, sem estarem atrelados a subjetividades em um primeiro momento, podem causar. Marcolini resume seu processo criativo em poucas palavras: “Muitas vezes uma imagem me interessa apenas pela sua precariedade gráfica, ou um desgaste, uma indefinição que ocasione possibilidades interessantes”.

Geraldo Marcolini
Artista fluminense, Geraldo Marcolini é formado pela Schoolof Visual Arts, de Nova York. Entre as mostras coletivas mais recentes destacam-se “Jogos de Guerra” (2010, Memorial da América Latina, em São Paulo, e 2011, Caixa Cultural, Rio de Janeiro), “Investigações Pictóricas” (2009, MAC-Niterói), Nano Stockholm (2005, Studio 44, Estocolmo, Suécia), XXVII Bienal Internacional de São Paulo: Expedição Rio-Amazonas (2006, Pavilhão do Ibirapuera, São Paulo), “Chega de Chupar Essa Xepa” (2004, NeueDokumente, Berlim, Alemanha), “Manifestação – Mostra SESC de Artes e Latinidades” (2003, SESC, São Paulo), “Quarentena de Artes Açúcar Invertido” (2002, Funarte, Rio de Janeiro), “Atrocidades Maravilhosas: Panorama da Arte Contemporânea” (2001, MAM, Rio de Janeiro).

obre a Zipper Galeria
Eleita a melhor galeria de arte de São Paulo na votação do Guia da Folha em 2011 e 2012, a Zipper Galeria, foi idealizada por Fabio Cimino que, em 1983, começou sua carreira no mercado de arte com Raquel Arnaud, com quem trabalhou por dez anos. Entre 1993 e 1996, trabalhou como consultor de arte e marchand, auxiliando na criação e no desenvolvimento de diversas coleções públicas e privadas. Em 1997, fundou a Galeria Brito Cimino. Desde então, tem desempenhado papel fundamental no lançamento e na consolidação de grandes nomes da arte contemporânea brasileira. No ano de 2010 inaugurou a Zipper Galeria, focada na prospecção, divulgação, promoção e colocação no mercado da obra de talentos emergentes brasileiros para que uma nova geração de artistas seja consolidada. Ao seu lado, hoje na gestão da Zipper Galeria, está o filho, Lucas Cimino.

Com projeto arquitetônico assinado por Marcelo Rosenbaum, o prédio da Zipper Galeria está localizado no bairro dos Jardins, em São Paulo. A Zipper Galeria concentra um grupo de artistas promissores: Adriana Duque, Alessandra Duarte, Ana Holck, Bruno Kurru, Carolina Ponte, Camille Kachani, Daniel Escobar, Deborah Engel, Estela Sokol, Felipe Morozini, Geraldo Marcolini, Highraff, James Kudo, Jardineiro André Feliciano, João Castilho, Katia Maciel, Marcelo Amorim, Nati Canto, Pedro Varela, RAG, Renata Egreja, Ricardo Rendón, Ricardo van Steen, Rodrigo Cunha, Rodrigo Oliveira, Rodrigo Zeferino e Valentino Fialdini. Mais informações: www.zippergaleria.com.br.

Posted by Patricia Canetti at 12:26 PM