Página inicial

Salões & Prêmios

 


agosto 2017
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    
Pesquise em
salões & prêmios:

Arquivos:
agosto 2017
julho 2017
junho 2017
maio 2017
abril 2017
março 2017
dezembro 2016
novembro 2016
setembro 2016
agosto 2016
julho 2016
maio 2016
abril 2016
fevereiro 2016
janeiro 2016
outubro 2015
setembro 2015
agosto 2015
julho 2015
junho 2015
maio 2015
abril 2015
março 2015
fevereiro 2015
janeiro 2015
novembro 2014
outubro 2014
setembro 2014
agosto 2014
julho 2014
junho 2014
maio 2014
abril 2014
março 2014
fevereiro 2014
janeiro 2014
novembro 2013
outubro 2013
setembro 2013
agosto 2013
julho 2013
junho 2013
maio 2013
abril 2013
março 2013
fevereiro 2013
janeiro 2013
dezembro 2012
novembro 2012
outubro 2012
setembro 2012
agosto 2012
julho 2012
junho 2012
maio 2012
abril 2012
março 2012
fevereiro 2012
janeiro 2012
novembro 2011
outubro 2011
setembro 2011
agosto 2011
julho 2011
junho 2011
maio 2011
abril 2011
março 2011
fevereiro 2011
janeiro 2011
dezembro 2010
novembro 2010
outubro 2010
setembro 2010
agosto 2010
julho 2010
junho 2010
maio 2010
abril 2010
março 2010
fevereiro 2010
janeiro 2010
dezembro 2009
novembro 2009
outubro 2009
setembro 2009
agosto 2009
julho 2009
junho 2009
maio 2009
abril 2009
março 2009
fevereiro 2009
janeiro 2009
dezembro 2008
novembro 2008
outubro 2008
setembro 2008
agosto 2008
julho 2008
junho 2008
maio 2008
abril 2008
março 2008
fevereiro 2008
janeiro 2008
dezembro 2007
novembro 2007
outubro 2007
setembro 2007
agosto 2007
julho 2007
junho 2007
maio 2007
abril 2007
março 2007
fevereiro 2007
janeiro 2007
dezembro 2006
novembro 2006
outubro 2006
setembro 2006
agosto 2006
julho 2006
junho 2006
maio 2006
abril 2006
março 2006
fevereiro 2006
janeiro 2006
dezembro 2005
novembro 2005
outubro 2005
setembro 2005
agosto 2005
julho 2005
junho 2005
maio 2005
abril 2005
março 2005
fevereiro 2005
janeiro 2005
dezembro 2004
novembro 2004
outubro 2004
setembro 2004
agosto 2004
julho 2004
junho 2004
maio 2004
As últimas:
 

janeiro 27, 2009

Selecionados para Primeiro Programa de Residências Artísticas do LABMIS

Selecionados para Primeiro Programa de Residências Artísticas do LABMIS
Anaisa Franco: “Realidade suspensa dentro de um corte do céu”
Claudio Bueno: “Eletrônico-digital: por uma arte em mídias locativas”
Felipe Sztutman e Rodrigo Bellotto: “Espaço Generativo”
Guilherme Lunhani: “Espacialização multi-canal/simulação de ambientações sonoras interativas com auxílio de Pure-Data e modelagem física”

Comissão de Pré-Seleção do Programa de Residência LABMIS 2009: Juliana Monachesi, Ruggero Ruschioni, Gisela Domschke

Comissão de Seleção do Programa Residência LABMIS 2009: Angélica de Moraes, Rejane Cantoni, Wilson Sukorski, Priscila Arantes

Museu da Imagem e do Som de São Paulo
Avenida Europa, 158. Jardim Europa
11- 2117-4777
www.mis-sp.org.br

MIS apresenta selecionados para Primeiro Programa de Residências Artísticas do LABMIS

Quatro projetos de artistas paulistas foram selecionados entre cerca de 80 inscritos para o primeiro programa do gênero promovido por um centro cultural público brasileiro

O Museu da Imagem e do Som (MIS), órgão da Secretaria de Estado de Cultura do Governo do Estado de São Paulo, divulga os selecionados para o Programa de Residências Artísticas LABMIS (laboratório de novas mídias). Primeiro do gênero promovido por um centro cultural público brasileiro, o projeto é pioneiro também na seleção por meio de edital em uma instituição pública. Concebido por Daniela Bousso e Priscila Arantes, atuais diretoras executiva e adjunta do MIS, o programa inspira-se na tendência mundial de fomentar o desenvolvimento artístico no campo das novas tecnologias.

Os quatro contemplados para o Programa de Residências Artísticas LABMIS são Anaisa Franco, Claudio Bueno, Felipe Sztutman e Rodrigo Bellotto, e Guilherme Lunhani, todos de São Paulo, entre os inscritos de todo o Brasil. Eles terão acesso livre à infra-estrutura tecnológica do LABMIS, a um texto crítico sobre suas obras a ser escrito por um profissional designado pelo MIS após a conclusão dos trabalhos, à realização de uma mesa redonda, e à exibição do trabalho na mostra coletiva de resultados (que trará ainda uma publicação específica); além do suporte da sua equipe de orientadores e técnicos especializados.

A Comissão de Pré-Seleção do Programa de Residência LABMIS 2009 contou com a participação da jornalista Juliana Monachesi, e dos artistas Ruggero Ruschioni e Gisela Domschke que, reunidos no período de 3 a 6 de novembro de 2008, analisaram os projetos inscritos, e pré-selecionaram 26 deles. Já a Comissão de Seleção do Programa, formada pela crítica Angélica de Moraes pelos artistas Rejane Cantoni e Wilson Sukorski e pela pesquisadora Priscila Arantes analisou os projetos pré-selecionados, levando em consideração os critérios descritos no edital, além de aspectos específicos dos projetos inscritos de modo a privilegiar as propostas que melhor respondem aos diálogos artísticos estimulados pela ação do LABMIS.

Os nomes dos selecionados foram anunciados dia 24 de janeiro, no evento Open House LABMIS - com shows musicais de Ruggero Ruschioni, Orquestra Descarrego, Livenoisetupi, performances do Grupo Bijari e da dupla de Djs do Database – que também comemorou o aniversário de São Paulo.

Selecionados

Anaisa Franco

Projeto: Suspended reality inside cut out of sky

Realidade suspensa dentro de um corte do céu

O projeto trata da construção de uma escultura luminosa em forma de videoinstalação. Será composto por um cubo de acrílico que terá em seu interior uma máquina de fumaça programada, que preencherá suas quatro faces. Também serão projetados vídeos sincronizados. A obra investiga projeções sobre esculturas imateriais, translúcidas e impalpáveis criando uma linguagem hibrida através do físico e do virtual.

A fumaça significa uma nuvem trazida do céu, e os vídeos projetados fazem a elevação do espaço e dos objetos. Na mistura entre a fumaça e os raios de luz produz-se uma mudança nos espaços e analisa-se, ali, sintomas sociais como a posição do homem na sociedade, os seus objetos de consumo e a busca dos ideais inatingíveis.

Biografia

Artista de 27 anos, vive e trabalha entre o Brasil e a Europa. Em 2008, desenvolveu a escultura interativa “Expanded Eye” durante o Interactivos no MediaLab Prado, em Madri e, em 2007, foi premiada com a bolsa Proyecto Expansion Digital do MECAD, em Barcelona, para desenvolver Connected Memories, onde também participou de aulas, artigos e conferências.

Em 2006, foi premiada com a bolsa Alban para fazer o mestrado em Digital Art and Technology na Universidade de Plymouth, na Inglaterra. No mesmo ano, participou e desenvolveu Controlled Dream Machine no MediaLab Madrid, na Espanha. Formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), em 2004, ganhou o primeiro prêmio da 34 Anual de Arte.

Claudio Bueno

Projeto: Eletrônico-digital: por uma arte em mídias locativas

Faz parte da pesquisa do artista, que busca integrar às chamadas mídias locativas aos circuitos eletrônicos, de forma que aparelhos celulares passem a produzir não só imagem, som, texto e comunicação verbal, mas a alterar, transformar e reorganizar espaços.

O artista possui três trabalhos práticos, mas dará prioridade à instalação "Estrelas Cadentes". Com os trabalhos, será desenvolvido um blog com fotografias, textos e vídeos, que documentarão o processo artístico, permitindo que o projeto ocorra em contato com outros artistas, pesquisadores e instituições.

Biografia

Nascido em São Paulo, Cláudio Bueno, 25 anos, artista e pesquisador em arte e tecnologia, estudou Comunicação Social com habilitação em Publicidade e Propaganda. Em 2005, debruça-se à pesquisa e em 2008, começa a produzir trabalhos multimídia, com foco em processos de criação em rede. É mestrando em Artes Visuais na Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo, com o projeto de título provisório "Poéticas da Rede".

Em 2006, concluiu a pós-graduação lato sensu pelo Centro Universitário Senac em Criação de Imagem e Som em Meios eletrônicos. Integra a equipe de desenvolvimento do youTAG, trabalho apresentado na exposição “Emoção Art.ficiaI 4.0”, no Itaú Cultural, em 2008, sob direção de Lucas Bambozzi.

Participou do FILE Symposium 2007 com o grupo de estudos Arte & Meios Tecnológicos da Faculdade Santa Marcelina.

Felipe Sztutman e Rodrigo Bellotto

Projeto: Espaço Generativo

Espaço Generativo é um projeto de ressignificação do que se entende como experiência espacial. Sua forma de qualificação é tanto simbólica quanto técnica já que pretende criar um novo desdobramento da realidade, uma sensação de possível.

Esta experiência será traduzida no controle algorítmico computadorizado das variáveis sensoriais: térmicas, olfativas, visuais, espaciais, proporcionado pelas inúmeras terminações de fibra ótica e sonoras traduzidas em experiências dimensionais únicas. O trabalho inspira-se nas obras de Hélio Oiticica, principalmente em “Penetráveis e Núcleos”, e de Rejane Cantoni.

Biografia

O jovem artista de 22 anos, Felipe Sztutman, faz graduação em Design na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo e cursou colegial técnico em Mecatrônica.

Interessado em vídeo, fez seu primeiro trabalho nessa plataforma logo no primeiro semestre do curso. Integrante do estúdio BijaRi, também atua como VJ.

Rodrigo Bellotto, artista de 23 anos, ingressou na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, em 2004, mas logo aproximou-se das disciplinas de design gráfico e migrou para o design de vídeo. Desde o primeiro contato com o desenvolvimento de conteúdo para a internet, estuda linguagens interativas.

Guilherme Lunhani

Projeto: Espacialização multi-canal/simulação de ambientações sonoras interativas com auxílio de Pure-Data e modelagem física

Desenvolve interfaces computacionais gráficas no ambiente de programação gráfica Pure-Data (PD) - conhecido por possuir código-aberto -, e direciona a manipulação em tempo-real de áudio, vídeo e imagens, que visem o controle, por parte de usuários a espacialização multicanal (aqui quadrafônico); simulação de ambientações sonoras, através de dispositivos físicos.

Biografia

Guilherme Lunhani, 24 anos, iniciou seus estudos musicais na infância e, na adolescência, ingressou no Conservatório Dramático e Musical de Tatuí estudando cravo. Paralelamente, começou a estudar composição musical, até ingressar na Universidade Estadual de Campinas (2002).

O interesse por tecnologias aplicadas à música veio somente no ano de 2005, quando começou a pesquisar o ambiente de programação Pure-Data, passando a plataformas e programas open-source (principalmente GNU-Linux). Atualmente, dedica-se também à integração e aplicação de tecnologias com diferentes linguagens artísticas, como teatro e dança. É músico no Coletivo KD de dança em Sorocaba.

Sobre o LABMIS

Centro de intersecção entre arte, ciência, sociedade e tecnologia, o LABMIS é o primeiro laboratório de novas mídias instalado em um museu público brasileiro. Fundado em 9 de agosto de 2008, foi concebido pela atual diretoria da instituição, com base na consultoria de um corpo de artistas de ponta, críticos e pensadores. Está instalado no 2º pavimento do MIS, em uma área dividida em sala de workshop, estúdio de som, oficina de interfaces, sala de edição de áudio e vídeo, um lounge (com acesso gratuito à internet sem fio) e auditório com 70 lugares. Seu espaço é voltado para experimentação, pesquisa e produção artísticas. Além da realização de residências artísticas, contará com um programa de comissionamento artístico e realizará cursos, palestras e workshops para os mais diversos públicos.

Posted by Gabriela Miranda at 11:47 AM