Página inicial

Salões & Prêmios

 


agosto 2017
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    
Pesquise em
salões & prêmios:

Arquivos:
agosto 2017
julho 2017
junho 2017
maio 2017
abril 2017
março 2017
dezembro 2016
novembro 2016
setembro 2016
agosto 2016
julho 2016
maio 2016
abril 2016
fevereiro 2016
janeiro 2016
outubro 2015
setembro 2015
agosto 2015
julho 2015
junho 2015
maio 2015
abril 2015
março 2015
fevereiro 2015
janeiro 2015
novembro 2014
outubro 2014
setembro 2014
agosto 2014
julho 2014
junho 2014
maio 2014
abril 2014
março 2014
fevereiro 2014
janeiro 2014
novembro 2013
outubro 2013
setembro 2013
agosto 2013
julho 2013
junho 2013
maio 2013
abril 2013
março 2013
fevereiro 2013
janeiro 2013
dezembro 2012
novembro 2012
outubro 2012
setembro 2012
agosto 2012
julho 2012
junho 2012
maio 2012
abril 2012
março 2012
fevereiro 2012
janeiro 2012
novembro 2011
outubro 2011
setembro 2011
agosto 2011
julho 2011
junho 2011
maio 2011
abril 2011
março 2011
fevereiro 2011
janeiro 2011
dezembro 2010
novembro 2010
outubro 2010
setembro 2010
agosto 2010
julho 2010
junho 2010
maio 2010
abril 2010
março 2010
fevereiro 2010
janeiro 2010
dezembro 2009
novembro 2009
outubro 2009
setembro 2009
agosto 2009
julho 2009
junho 2009
maio 2009
abril 2009
março 2009
fevereiro 2009
janeiro 2009
dezembro 2008
novembro 2008
outubro 2008
setembro 2008
agosto 2008
julho 2008
junho 2008
maio 2008
abril 2008
março 2008
fevereiro 2008
janeiro 2008
dezembro 2007
novembro 2007
outubro 2007
setembro 2007
agosto 2007
julho 2007
junho 2007
maio 2007
abril 2007
março 2007
fevereiro 2007
janeiro 2007
dezembro 2006
novembro 2006
outubro 2006
setembro 2006
agosto 2006
julho 2006
junho 2006
maio 2006
abril 2006
março 2006
fevereiro 2006
janeiro 2006
dezembro 2005
novembro 2005
outubro 2005
setembro 2005
agosto 2005
julho 2005
junho 2005
maio 2005
abril 2005
março 2005
fevereiro 2005
janeiro 2005
dezembro 2004
novembro 2004
outubro 2004
setembro 2004
agosto 2004
julho 2004
junho 2004
maio 2004
As últimas:
 

maio 29, 2015

3º Prêmio FOCO Bradesco ArtRio - Inscrições

O objetivo do Prêmio é fomentar e difundir a produção artística contemporânea do país. Podem se inscrever artistas brasileiros com até 15 anos de carreira. Os selecionados terão a oportunidade de participar de residência em importantes instituições culturais, além de terem suas peças expostas na ArtRio 2015.

Inscrições prorrogadas até 5 de junho de 2015

EDITAL

1 APRESENTAÇÃO

A ArtRio – Feira Internacional de Arte do Rio de Janeiro vem divulgar a terceira edição do Prêmio FOCO Bradesco ArtRio. O objetivo principal do prêmio é fomentar e difundir a produção de artistas visuais brasileiros, com até 15 anos de carreira.

Serão selecionados 3 (três) artistas, que receberão, individualmente, um dos prêmios abaixo:

SÃO PAULO
Residência de 06 semanas na Pivô + Apresentação pública da residência

RIO DE JANEIRO
Residência de 06 semanas na Galeria do Lago + Exposição individual na Galeria do Lago

CALI, COLÔMBIA
Residência de 06 semanas na Lugar a Dudas + Exposição individual

O Comitê Curatorial definirá a residência de cada artista selecionado.

O prêmio inclui, ainda, uma exposição conjunta - com obras dos três selecionados - em um estande compartilhado de 60m2, durante a ArtRio 2015 - 9 a 13 de setembro. A inauguração desta exposição acontecerá no dia 9 de setembro de 2015, às 16h, quando os premiados serão divulgados à imprensa e ao público.

2 INSCRIÇÕES

As inscrições para a seleção do 3º Prêmio FOCO ArtRio são gratuitas e podem ser realizadas no período de 6 de abril a 30 de maio de 2015.

CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO

- A inscrição só é permitida a pessoas físicas, com uma única inscrição por candidato.
- Não será aceita inscrição de pessoas vinculadas ou que possuam grau de parentesco consanguíneo em linha reta, colateral ou por afinidade até o 3º grau com funcionários e prestadores de serviço da ArtRio/BEX, do Comitê Curatorial, e das instituições parceiras do Prêmio ArtRio FOCO Bradesco e da ArtRio 2015.

- Serão aceitos trabalhos desenvolvidos em qualquer tipo de plataforma de artes visuais, desde que desenvolvidos por artistas com até 15 anos de produção em arte contemporânea.

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO

No site www.artrio.art.br o interessado encontrará a ficha de inscrição, que deve ser corretamente preenchido e fazer o upload do portfólio em pdf.

- Não serão aceitos pedidos de inscrição após a data de término do edital.

3 DA SELEÇÃO

Com a direção do curador Bernardo Mosqueira, o Comitê Curatorial do Prêmio FOCO Bradesco ArtRio 2015 é formado por um representante de cada uma das instituições parceiras:

- Fernanda Brenner (Pivô)
- Isabel Portella (Galeria do Lago)
- Sally Mizrachi (Lugar a Dudas)

A análise dos projetos inscritos será realizada de acordo com as seguintes etapas:

a) triagem inicial de documentos (efeito eliminatório para o não cumprimento deste regulamento); b) avaliação geral dos projetos; c) pré-seleção; e d) entrevista final.

Os candidatos pré-selecionados serão notificados deste fato, via contato telefônico, até o dia 10 de julho de 2015. Os candidatos que não receberem o contato telefônico devem se considerar eliminados da seleção.

O resultado final do Prêmio será comunicado aos selecionados até o dia 30 de julho de 2015, através de contato telefônico com os candidatos.

A ArtRio, através do presente regulamento, compromete-se a custear as despesas relativas à hospedagem dos três artistas selecionados, sem acompanhantes, pelo período de 07 a 14 de setembro de 2015, em hotel a ser definido posteriormente pela organização da ArtRio, condicionada, para tanto, ao recebimento de confirmação, por parte dos candidatos selecionados, de presença física na cidade do Rio de Janeiro.

Os selecionados, desde já, comprometem-se ainda a acompanhar e orientar toda a montagem das obras durante a ArtRio, devendo estar à disposição da organização durante o período integral de montagem e desmontagem, bem como estarem presentes no ato da cerimônia de entrega do prêmio.

Ressalta-se que a seleção dos projetos/artistas é de responsabilidade exclusiva do Comitê Curatorial (independente da ArtRio e de seus organizadores) e ainda, que as suas decisões serão soberanas e irrecorríveis, levando-se em consideração todos os requisitos deste regulamento.

4 CRONOGRAMA GERAL

- Inscrição online: 6 de abril a 30 de maio 5 de junho de 2015;
- Comunicado aos artistas pré-selecionados: até 10 de julho de 2015;
- Realização das entrevistas com pré-selecionados: 10 a 23 de julho de 2015;
- Comunicado aos artistas selecionados: até 30 de julho 2015;
- Divulgação dos artistas selecionados ao publico e imprensa: 9 de setembro de 2015, no estande do Prêmio Foco Bradesco ArtRio;
- Período de execução das residências e a realização das exposições finais: primeiro semestre de 2016.

5 DISPOSIÇÕES FINAIS

Questões não previstas no presente regulamento serão avaliadas e decididas a exclusivo critério do Comitê Curatorial do Prêmio FOCO Bradesco ArtRio 2015, sem a possibilidade de recurso.

O ato de inscrição implica automática e plena concordância com os termos deste regulamento.

Dúvidas poderão ser esclarecidas somente pelo email: premiofoco@artrio.art.br

SOBRE A ARTRIO

Em 2015, a quinta edição da ArtRio acontece entre os dias 09 e 13 de setembro no Píer Mauá. Reconhecida como uma das mais relevantes feiras de arte do mundo, a ArtRio tem entre seus objetivos fomentar o mercado de artes visuais no país, trazendo para o Rio de Janeiro os maiores colecionadores, galerias e artistas do cenário atual.

Um ponto de diferenciação da ArtRio são os projetos curatoriais inéditos concebidos exclusivamente para a feira. Para a edição deste ano estão confirmados os projetos LUPA, SOLO, Intervenções Bradesco ArtRio e Conversas ArtRio.

Realizada pelos sócios Brenda Valansi, Elisangela Valadares e Luiz Calainho, a ArtRio pode ser considerada uma grande plataforma de arte contemplando, além da feira internacional, ações diferenciadas e diversificadas com foco em difundir o conceito de arte no país, solidificar o mercado, estimular e possibilitar o crescimento de um novo público oferecendo acesso à cultura.

Posted by Patricia Canetti at 10:40 PM

maio 18, 2015

Prêmio ABCA 2014 - Vencedores

Prêmio ABCA divulga a lista dos vencedores da edição de 2014

A Associação Brasileira de Críticos de Arte – ABCA - divulga os nomes dos artistas visuais, curadores, críticos, autores e instituições culturais vencedores da edição 2014 do Prêmio ABCA (segue lista abaixo), segundo avaliação de seus membros. O prêmio contempla dez categorias que apontam os destaques do cenário das artes visuais que mais contribuíram para a cultura nacional no ano passado. A abertura dos envelopes lacrados contendo os votos foi realizada, hoje, dia 29 de abril, no MuBE – Museu Brasileiro da Escultura - em São Paulo.

Os prêmios são atribuídos pelo resultado da votação de cerca de 150 associados, em escala nacional, a partir das indicações que cada um envia para discussão e aprovação em Assembleia Geral da entidade (realizada, nesta edição, em 13 de março). A votação é feita por cédula rubricada com as indicações aprovadas e a apuração dos resultados é realizada por uma comissão de associados, com a participação da diretoria.

O troféu criado pelo escultor Nicolas Vlavianos, será entregue aos premiados no dia 19 de maio, às 20h, em cerimônia no SESC Vila Mariana. A ABCA põe em evidência personalidades por meio de homenagens e aponta destaques no cenário das artes plásticas.

A Associação foi criada em 1949 e o sistema de premiação em 1978, para destacar exclusivamente as artes visuais. A ABCA entrou para a história por sua presença significativa nos eventos artísticos desde a década de 1950 e teve papel na resistência ao regime militar, sob a liderança de Mario Pedrosa. Atualmente, é presidida por Lisbeth Rebollo Gonçalves.

VENCEDORES

Prêmio Gonzaga Duque (crítico pela atuação durante o ano ou publicação - filiado)
Sandra Makowiecky

Prêmio Sérgio Milliet (autor por pesquisa publicada)
José Roberto Teixeira Leite pela publicação da obra João Turin: vida, obra, arte. Curitiba: Nossa Cultura, 2014.

Prêmio Mario Pedrosa (artista de linguagem contemporânea)
Ana Maria Pacheco

Prêmio Ciccillo Matarazzo (personalidade atuante no meio artístico)
Sebastião Salgado

Prêmio Mário de Andrade (crítico pela trajetória)
Mariza Bertoli

Prêmio Clarival do Prado Valladares (artista pela trajetória)
Cildo Meireles

Prêmio Maria Eugênia Franco (curadoria pela exposição)
Aline Figueiredo pela mostra Percurso. Magia Propiciatória. MACP 40 anos. Museu de Cultura e Arte Popular da Universidade Federal do Mato Grosso, 2014.

Prêmio Rodrigo Mello Franco de Andrade (instituição pela programação e atividade no campo da arte)
Fundação Iberê Camargo - RS

Prêmio Paulo Mendes de Almeida (melhor exposição)
João Turin - vida, obra, arte realizada no Museu Oscar Niemeyer, Curitiba, 2014.

Prêmio Antônio Bento (difusão das artes visuais na mídia)
Caderno 2 – O Estado de S. Paulo

Destaques e Homenagens

A ABCA atribuiu destaques especiais à Revista da USP pela sessão de Artes Visuais que implantou nos últimos três anos; ao crítico César Romero pelos 40 anos de trabalho no jornal Correio da Bahia e à exposição Carlos Bracher realizada no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). A Associação também presta homenagem ao artista Darel Valença Lins, ao crítico e ensaísta Carlos Alberto Cerqueira Lemos e ao jornalista Luiz Ernesto Machado Kawall.

Sobre ABCA

Criada em 1949, a ABCA é a mais antiga associação brasileira de profissionais das artes visuais. Sua fundação, no Rio de Janeiro, foi liderada pelos críticos Sérgio Milliet, seu primeiro presidente, Mário Barata, Antonio Bento e Mário Pedrosa, entre outros.

Sua finalidade é reunir os críticos, incluindo os profissionais da crítica de arte, pesquisadores, historiadores, teóricos, ensaístas, jornalistas, jornalistas culturais e professores de história da arte e de estética, brasileiros ou domiciliados no Brasil. Para isso, a ABCA realiza periodicamente seminários regionais, nacionais e internacionais, edita o Jornal da ABCA, e mantém o Arquivo e Laboratório de Crítica de Arte, onde trabalha a documentação da produção dos críticos de arte, desenvolve o estudo da história da entidade, debate a história e a prática da crítica de arte e a arte contemporânea. A associação colabora, ainda, com os poderes públicos e a iniciativa privada, por meio da participação em ações e realizações culturais de utilidade social e cultural que visam despertar e intensificar o interesse do público pela arte.

Diretoria da ABCA (2012-2015)

Presidente: Lisbeth Ruth Rebollo Gonçalves
Primeiro Vice-Presidente: Ana Cristina de Carvalho
Segundo Vice-Presidente: Ângela Ancora da Luz
Secretária Geral: Cláudia Fazzolari
Segunda Secretária: Neide Marcondes
Tesoureiro: Carlos Soulié do Amaral
Segunda Tesoureira: Daisy Peccinini
Vice-Presidentes Regionais:
Raul Córdula – Norte, Nordeste
Maria Adélia Menegazzo – Centro Oeste
Nadja Lamas – Sul
Marília Andrés Ribeiro - Sudeste
Conselho Fiscal Titulares: José Armando Pereira da Silva; Jacob Klintowitz; Ricardo Viveiros; Suplentes: Giovanna Bartucci; Mariza Bertoli; Oscar D´Ambrosio
Comissão de Credenciais: César Romero, Maria Amélia Bulhões, Elvira Vernaschi
Comissão de Ética: Almerinda Lopes, Carlos Perktold, Percival Tirapeli

Posted by Patricia Canetti at 5:21 PM

maio 12, 2015

Capacete Programa 2016 - Inscrições

CAPACETE lança o segundo programa anual, na cidade do Rio de Janeiro, dedicado à prática e à pesquisa nas artes e no do pensamento crítico, e que receberá até 12 participantes dentre brasileiros e estrangeiros. A segunda edição irá iniciar em março de 2016. Pensamento é ação.

Inscrições online até 24 de maio de 2015, às 23h59

Capacete
Rua do Russel 300 ap. 601, Glória, Rio de Janeiro

REGULAMENTO

CAPACETE

CAPACETE lança o segundo programa anual, na cidade do Rio de Janeiro, dedicado à prática e à pesquisa nas artes e no do pensamento crítico, e que receberá até 12 participantes dentre brasileiros e estrangeiros. A segunda edição irá iniciar em março de 2016. Pensamento é ação.

Visão

Nossos contextos globalizados estão estruturados pela desigual distribuição do trabalho e das riquezas, e são crescentemente moldados pela economia dos mercados especulativos. Atualmente, inúmeras das manifestações culturais são eventos de grande escala, e freqüentemente estão direcionadas para um público genérico ou restritas à elite. Tal situação reduz e neutraliza o alcance ético e político da arte, assim como o seu potencial em promover e inspirar outras formas de trabalho, pensamento, relacionar-­se e viver.

Nossa intenção é constituir situações e desenvolver estratégias que forneçam uma alternativa concreta e real para este estado de coisas. Nosso programa é desenhado para refletir o caráter interdisciplinar das práticas estéticas contemporâneas, trabalhando com artistas e pensadores cujos esforços articulam o mundo teórico com apresentações artísticas em diversos formatos e dinâmicas, e para diferentes públicos. Ao desafiar o estado atual da cultura, economia e educação, nossa função será principal será elaborar auto-­organização e gestão artísticas, participação e modos colaborativos de ação, como parte fundamental do conteúdo e da estrutura de nossas atividades.

Estas iniciativas somente podem ser desenvolvidas ao longo do tempo, por meio simultâneo de ativação e avanço de diversas formas de troca, distribuição e produção. Nossa intenção é manter atentos e fluidos ao longo deste processo, ajustando nossas estratégias, táticas, e objetivos à medida que nos desenvolvemos. Um dos objetivos integrais de nosso programa é expandir continuamente nossa plataforma de troca, trazendo novos participantes e interlocutores, fomentando as relações entre diferentes instituições e organizações, bem como aprofundando os laços e relações com colaborações estabelecidas.

CAPACETE age na intercessão de diversos campos sociais e profissionais, exigindo, portanto, que os participantes selecionados embarquem plenamente em um diálogo aberto e horizontal, se envolvendo ativamente nas atividades do programa, instigando que por sua vez, possam funcionar como plataformas para a disseminação da informação, promovendo respostas ativas e gerando o debate público.

Contexto

A complexa e paradoxal realidade brasileira foi moldada por estruturas coloniais de poder, como podem ser vistas em sua assimétrica estrutura de classes sociais, regularidade dos incidentes de violência do estado, e na lógica da exploração e lucro irrestritos. Esta disposições foram reiteradas por duas ditaduras militares, durante o século XX, e mais recentemente, por um neoliberalismo de estilo latino.

Constantemente sujeito a mudanças econômicas e transformações políticas, a predileção do governo por políticas culturais de curto prazos somada à falta de investimento nas instituições culturais, acabaram gerando um contexto cultural frágil. Enquanto isso, as empresas têm investido e dominando fortemente a paisagem cultural, motivadas em grande parte pelas políticas de dedução fiscal por meio do uso de leis federais (cf. Lei Rouanet, 1995). Isso tem gerado empreendimentos e publicidade de alto lucro, mas muito pouco em termos de produzir uma discussão crítica e política contínuas, deste modo, enfraquecendo um ainda mais, um contexto cultural já frágil. Em um país que tem uma das maiores concentrações de riqueza do mundo, tal panorama vêm contribuindo para acentuar e manter as disparidades sócio-­culturais.

Um dos resultados perversos de um cenário cultural frágil é o isolamento dos produtores culturais autônomos e autores que, apesar de desenvolverem uma prática forte e importante, não conseguem encontrar os meios para articular suas pesquisas e conhecimentos com outras áreas. CAPACETE pretende operar em uma escala micro, levantando diferentes modos de representação e de produção por meio de conexões íntimas. Sua abordagem interdisciplinar tem como objetivo desafiar e revigorar o contexto atual brasileiro e dar-­lhe uma visibilidade diferente, por meio da criação de alternativas reais para as redes e formatos culturais existentes. Trabalhar em pequena escala será uma parte essencial do nosso esforço, como também foi o caso do Programa de Residências do CAPACETE Entretenimentos. Neste sentido, CAPACETE pode ser visto como a continuação e reativação de práticas e estratégias desenvolvidas pelo seu antigo programa de residência, ambas projetadas para adensar as práticas sócio­políticas e culturais , fornecendo uma base ativa para discussão, debate e reflexão cultural.

Instalações

CAPACETE possui sede própria cuja infra-­estrutura consiste em uma casa localizada no bairro da Glória, Rio de Janeiro, com um apartamento totalmente equipado para os interlocutores convidados, uma biblioteca (livros em diferentes línguas), um pequeno espaço multifuncional, um espaço expositivo flexível, uma sala de aula, salas polivalentes, um jardim, 2 cozinhas totalmente equipadas (uma ao ar livre para eventos maiores). CAPACETE também co­dirige uma estrutura semelhante a um hotel onde muitos profissionais são hospedado durante sua visita ao Rio de Janeiro. Esta estrutura estará em contato próximo com CAPACETE e fornecerá suporte para suas atividades.

Objetivos do Programa

+ Construir com o legado de 16 anos de atividade do programa de residências do CAPACETE entretenimentos internacional, um programa e uma estrutura diferentes;

+ Promover novos modos de operação e instigar a sensibilidade coletiva;

+ Repensar os modos de produção em uma sociedade acelerada;

+ Moldar diferentes relações de trabalho com base na convivência e troca;

+ Promover a investigação interdisciplinar no âmbito das diferentes esferas do social, por meio da criação de um fórum para o debate público contínuo e a troca, relacionados às práticas estéticas contemporâneas e a questões sócio-­políticas;

+ Estabelecer e manter um arquivo especializado e um banco de dados sobre as práticas culturais locais e internacionais, incluindo publicações, dossiês, material de exposições e de seminários, e um web site;

+ Criar um ambiente que seja acessível aos participantes de diferentes origens econômicas, ajudando a financiar as suas despesas de subsistência e participação no programa;

+ Interagir com o contexto e a comunidade de arte locais;

+ Colaborar com outras iniciativas nacionais e internacionais como parte de nosso programa anual;

+ Operar de forma sustentável e ambientalmente consciente, promovendo a conscientização por meio de eventos específicos, tais como seminários, eventos, uso de tecnologias ecológicas, etc.;

O Programa

O programa irá selecionar 12 participantes. Nosso objetivo é reservar 4 lugares para brasileiros 4 para os sul-­americanos, e 4 para participantes provindos do resto do mundo. A duração do programa será de 10 meses ‐ a partir de 1 º de março a 20 de dezembro -­, contemplando uma pausa de um mês, em julho.

O programa foi concebido como uma fluida e adaptável plataforma de intercâmbio

entre os participantes e os palestrantes e interlocutores. O programa irá anualmente oferecer nove seminários ministrados por 9 professores de diferentes origens. Os seminários terão a duração de 3 a 5 dias. Cada palestrante também fará uma palestra aberta ao público em geral. Para além disso, diferentes palestras, apresentações e eventos serão organizados ao longo do ano com outros conferencistas convidados.

Uma das ambições do nosso programa é fazer com que cada programa anual culmine em um projeto coletivo, concebido pelos participantes, e que poderá assumir qualquer formato (apresentações, performances, publicações, exposição, seminário, etc.). No entanto, de acordo com a lógica participativa do nosso projeto , ao invés de enquadrar isso como uma exigência, preferimos concebê-­lo como um potencial cuja realização será decidida pelos próprios participantes .

Os participantes também serão incentivados a desenvolver projetos individuais. A utilização das instalações do CAPACETE o uso do escritório e do espaço expositivo, assim como outras infra-­estruturas, serão disponibilizados para tais projetos , e o contato com instituições e agentes locais também será agenciado. O programa irá organizar viagens para diferentes locais, de acordo com o interesse do grupo de participantes selecionados (caminhadas, seminários em diferentes locais, etc.), e para isso, iremos colaborar com organizações similares no Brasil e na América do Sul.

Encontros individuais com profissionais locais e visitantes, bem como visitas a estúdios de artistas locais também serão oportunamente organizados. É importante notar que o CAPACETE não é um programa baseado em práticas de estúdio ou atelier. Instalações de trabalho estarão disponíveis e poderão ser organizadas levando em consideração caso a caso, mas espaços de trabalho designados especificamente, não serão fornecidos automaticamente para cada participante.

Custos e Taxas

Todos os participantes devem pagar uma taxa anual de participação no valor de R$ 6.000,00, a ser paga em duas parcelas (consulte a ficha de candidatura para obter mais informações). Esta taxa corresponde a 15 % do custo total de execução do programa. Os outros 85 % dos custos do programa serão abordados numa base individualizada, e que exigirá que os candidatos cubram os custos diretamente ou, em conjunto com o CAPACETE , recorrendo ao auxílio de fundações e instituições em seu país de origem, para o financiamento por meio de programas de incentivo e bolsas.

O custo anual para a realização do programa é de R$ 40.000,00 por participante. O CAPACETE pretende buscar bolsas para todos os participantes de até 85% deste valor (R$ 34.000,00). Este custo não inclui alojamento, alimentação, transporte ou outras despesas que possam incorrer aos participantes.

É intenção do CAPACETE, encontrar financiamento para o custear o programa para todos os participantes por meio de bolsas de fundações, governos e apóio do setor privado. CAPACETE irá trabalhar com cada candidato selecionado para encontrar a melhor solução financeira para a sua participação no programa, e custos de vida, em um sistema que irá considerar as necessidades individuais. Apesar de não podermos garantir esta ajuda financeira, é de nossa ambição, ajudar todos os candidatos aceitos a encontrar financiamento para os restantes 85 % das taxas do programa.

CAPACETE vai oferecer 2 a 3 subvenções aos candidatos que não têm acesso a bolsas de estudo e outros auxílios financeiros por meio de instituições nacionais e internacionais ou doadores privados. Estas bolsas não pretendem cobrir a taxa de participação fixa no valor de R$ 6.000,00. Estas taxas continuarão a ser a responsabilidade dos beneficiários.

CAPACETE também vai oferecer oportunidades de até 20 horas semanais de trabalho remunerado para os participantes interessados, de modo a auxiliar o financiamento de sua estadia no Rio de Janeiro. Até o presente momento, Antônio Dias, Ernesto Neto, Tiago Carneiro da Cunha, Daniel Steegmann, Galleria Nara Roesler ofereceram oportunidades de trabalho para o termo de 2015. Ao longo de 2014, esperamos conseguir mais possibilidades de parceria para atender às possíveis necessidades dos candidatos selecionados. Estes trabalhos consistem de estágios remunerados com artistas e instituições locais. Os participantes podem alugar um espaço em nossa estrutura (quarto privado ou compartido), ou podem encontrar o seu próprio alojamento (consulte a ficha de inscrição para maiores detalhes). Todos os participantes terão também que dedicar 8 a 10 horas por semana para a manutenção do espaço ( biblioteca, planejamento, plantio, cozinhar, limpar, etc.)

Interlocutores e Seminaristas

Interlocutores: Grupo de interlocutores convidados regulares que seguirá os estudantes ao longo do programa. Estes interlocutores irão oferecer seminários e palestras no programa anual. Os principais conselheiros são Amilcar Packer, Daniela Castro e Helmut Batista. As biografias estão no documento anexado ou no nosso site www.capacete.net.

Palestrantes convidados : CAPACETE também convida artistas , teóricos , curadores e outros colaboradores de diferentes origens para propor cursos , seminários ou outras formas de intercâmbio com os participantes ao longo do ano; ser. CAPACETE irá manter um diálogo aberto com os participantes , considerando-­se o seu interesse e objetivos, mesmo em relação a convidando-­os relevantes.

Interlocutores e Seminaristas para 2016

Andrea Fraser, Pedro de Niemeyer Cesarino , Raimond Chaves, Leandro Cardoso Nerefuh, Teresa Riccardi, Max Hinderer, Falke Pisano, Julien Bismuth and Elfi Turpin.

As propostas dos seminários e as respectivas biografias estão no documento anexado e no nosso site www.capacete.net.

Participantes

CAPACETE opera no nível do para-­acadêmico e as inscrições para o programa são gratuitas e abertas para candidatos de qualquer idade, de todo o mundo, e que atuam na área da cultura. No entanto, a prioridade do programa é para pesquisadores em início de carreira. Não é imperativo que os candidatos possuam diploma universitário para sua elegibilidade, mas espera-­se que o candidato tenha dedicação consistente em relação a sua própria investigação. Os candidatos podem ter uma formação educacional ou interesse em diferentes disciplinas (antropologia, dança, etc.), no entanto, é importante que os candidatos entendam as diretrizes do programa. Note-­se que este programa herda e transforma 16 anos de atividades do CAPACETE Entretenimento. Assim, a fim de que se tenha uma melhor compreensão do CAPACETE, recomendamos olharem o documento em anexo, a fim de entender as especificidades deste cenário e contexto.

O CAPACETE reúne profissionais de diferentes formações e que estão totalmente investidos em sua prática. Portanto, será exigido que o participante conceda dedicação integral às atividades globais do programa .

Participants of the 2015 program are: Caroline Valansi (BRASIL),
Daniel Jablonski (BRASIL), Giseli Vasconcelos (BRASIL), Lucas Sargentelli (BRASIL), Joen Vedel (DINAMARCA), Adeline Lepine (FRANCA), Oliver Bulas (ALEMANHA), Tanja Baudoin (HOLANDA), Félix Luna (MEXICO), Andrew de Freitas (NOVA ZELANDIA), Komarova Asia (RUSSIA),
Refilwe N Nkomo (AFRICA DO SUL), Maricruz Alarcon (CHILE)

Inscrição

-­ O formulário de candidatura pode ser baixado em: www.capacete.org

e deverá ser enviado até a data estipulada, para o email: opencall@capacete.org.

-­ O processo de inscrição deve ser exclusivamente on-­line; todo material enviado por outros meios, não será aceito.

-­ O prazo para as inscrições é até o dia 24 de maio de 2015. As candidaturas recebidas após esta data não serão considerados.

Processo de Seleção

-­ O processo de seleção para o programa de pesquisa CAPACETE 2016 consiste em duas etapas: uma pré-­seleção e seleção final.

-­ O candidato pré-­selecionado será contatado em maio para outras entrevistas por meio de telefone ou Skype, e se possível, em pessoa.

-­ Os candidatos finalistas selecionado serão contatados até junho, para que possa se dar andamento com toda a burocracia necessária, assim como com outras preparações necessárias. Este será também o momento em que a nossa administração vai ajudar os candidatos a encontrar apoio financeiro, se necessário. O CAPACETE não pode garantir o apoio financeiro, mas se compromete a fazer o possível para garantir que cada candidato aceito seja devidamente financiado.

Calendário 2016

O programa terá a duração de 10 meses, entre o período de 1º de março 16 dezembro de 2016. As candidaturas devem ser enviadas até o dia 24 de maio de 2015. A seleção final dos participantes será anunciada em julho de 2015.

Devido as Olimpíadas, teremos interrupção no mês de agosto.

Outras perguntas por favor consulte nosso site em Perguntas freqüentes!

Breve História do CAPACETE entretenimentos

CAPACETE surge como continuação do programa de residências artísticas de pesquisa CAPACETE entretenimentos. CAPACETE entretenimentos foi uma iniciativa autônoma, sem fins lucrativos para a investigação interdisciplinar, produção e debate público, destinada a promover um conjunto diversificado de atividades, a maioria das quais estiveram especificamente relacionados ao Brasil e ao contexto latino-americano. Sediada no Rio de Janeiro desde 1998, bem como em São Paulo desde 2009, o CAPACETE entretenimentos esteve em rede com diversos atores e iniciativas da vida política e sócio-­cultural, nacional e internacional, tendo como perspectiva o desenvolvimento de colaborações de médio e longo prazo. Dentre instituições culturais públicas e privadas e o mundo acadêmico, o CAPACETE procurou dissecar as formas de subjetividade inerentes à vida contemporânea por meio da produção de diferentes formas de pensar e novas formas de agir dentro de seu contexto local. O CAPACETE entretenimentos realizou atividades como seminários, publicações, exposições ‐ nacionais e internacionais -, e residências de pesquisa para artísticas e autores, bem como apresentações multidisciplinares de trabalhos que se relacionam com uma pluralidade de práticas críticas contemporâneas. O projeto de residência continuará a existir, trabalhando de forma a ajudar projetos iniciados por ex-­residentes. O novo programa CAPACETE descrito acima neste texto, iniciará suas atividades com base no conhecimento adquirido a partir de nossa experiência de longo prazo com ex-­residentes e colaboradores.

Para mais informações sobre CAPACETE e suas atividades, ver arquivo anexado, ou acesse o site www.capacete.org

Posted by Patricia Canetti at 1:42 PM

maio 4, 2015

Residência Paço das Artes 2015 - Inscrições

O Paço das Artes abre inscrições para o programa de Residência 2015, que tem por objetivo fomentar a produção e a pesquisa sobre a arte contemporânea em suas diferentes linguagens, selecionará dois projetos nas seguintes categorias: 01 (uma) Residência Artística e 01 (uma) Residência Curatorial. O programa se desenvolverá no Paço das Artes e a residência será finalizada com a exposição do projeto desenvolvido.

Inscrições até 15 de maio de 2015

Paço das Artes
Avenida da Universidade 1, Cidade Universitária, São Paulo

REGULAMENTO

1. OBJETIVO

O programa de Residência Paço das Artes, com duas modalidades de participação, é um novo edital aberto pela instituição, que já contava com o Edital da Temporada de Projetos – programa criado em 1997 e dedicado às produções artísticas, curatoriais e críticas emergentes. Os principais objetivos do Programa de Residência Paço das Artes são:

1.1 Aprofundar e ampliar o apoio à produção e pesquisa sobre a arte contemporânea.

1.2 Receber pelo período de três meses um projeto de um artista e um projeto de curadoria na instituição, que realizarão ao término desse período uma exposição no Paço das Artes, localizado à Avenida da Universidade, 1, Cidade Universitária.

1.3 Estimular a pesquisa, a criação e a reflexão crítica sobre a arte contemporânea.

1.4 Formar novos públicos para a arte contemporânea.

1.5 Promover a interação entre artistas, críticos, curadores e instituições culturais.

2. DAS CATEGORIAS DE PARTICIPAÇÃO

A) Residência Artística: Será selecionado um projeto inédito e individual a ser desenvolvido no Paço das Artes durante 03 (três) meses. O período de residência contempla o desenvolvimento do projeto proposto, produção e acompanhamento da montagem da exposição até a sua abertura. Aproximadamente 1 (um) mês antes do término da residência, a instituição dará início à produção da exposição.

B) Residência Curatorial: Será selecionado um projeto de curadoria para desenvolvimento de pesquisa e exposição. O projeto deve levar em consideração o contexto do Paço das Artes. O período de residência contempla o desenvolvimento do projeto proposto, além da produção e acompanhamento da montagem da exposição até a sua abertura. Aproximadamente 1 (um) mês antes do término da residência, a instituição dará início à produção da exposição.

3. DAS CONDIÇÕES

3.1. Os candidatos devem ser brasileiros natos ou residir no Brasil há mais de cinco anos, nesse caso possuir RNE, e ter acima de 18 anos;

3.2 É vedada a inscrição de membros do júri e da comissão organizadora, funcionários, servidores, prestadores de serviço ligados diretamente à Associação e membros do Conselho de Administração e seus parentes de até 3° grau;

4. DA INSCRIÇÃO

4.1 O Paço das Artes abre inscrições para a Residência Artística e Curatorial 2015. A Residência Paço das Artes abrange projetos artísticos em diversas linguagens: pintura, gravura, desenho, escultura, objeto, instalação, fotografia, videoarte, videoinstalação, performance, happening, multimídia, novas mídias (eletrônicas e digitais), arte online, ciberarte, software arte; bem como propostas curatoriais.

4.2 Os projetos apresentados devem ser inéditos e exclusivos para o Edital de Residência Paço das Artes 2015.

4.3 Serão aceitas inscrições de projetos de residências individuais e de curadoria.

4.4 As inscrições ocorrerão de 15 de abril a 15 de maio e poderão ser realizadas pessoalmente no Paço das Artes ou por Correio.

4.5 O formulário de inscrição deve ser acessado no website da instituição (www.pacodasarte.org.br).

4.7 Para se qualificar para a avaliação, a inscrição deverá incluir os seguintes documentos impressos:

a) formulário de inscrição preenchido, datado e assinado (disponível no site da instituição);

b) currículo atualizado com indicação de participação em mostras individuais e/ou coletivas e/ou em curadorias realizadas que possam evidenciar a trajetória do artista/curador. No caso de projeto de artista, o proponente deve anexar portfólio contendo até 10 imagens. O portfólio não deve ultrapassar o tamanho A4 e no caso de apresentação em CD ou DVD, esta não deve ultrapassar 5MB. Trabalhos em vídeo não devem exceder a duração de 10 minutos.

c) breve apresentação do projeto, memorial descritivo claro, contendo conceito sucinto, projeto, equipamentos necessários, cronograma de desenvolvimento do trabalho e pré-orçamento detalhado de execução do projeto proposto (para análise de adequação financeira);

4.8 O material deve estar contido em embalagem apropriada e lacrada, citando o nome do artista e/ou curador, devendo ser entregue pessoalmente na recepção do Paço das Artes ou pelos Correios, aos cuidados do Núcleo de Projetos.

4.9 Para a entrega no Paço das Artes devem ser respeitados os horários de funcionamento da instituição (vide site).

4.10 Para o envio da inscrição pelos Correios, o material deverá conter o aviso de recebimento (AR), no seguinte endereço:

Paço das Artes
Avenida da Universidade, 1
Cidade Universitária
São Paulo – SP
CEP: 05508-040

4.11 Para o caso de envio pelos Correios será considerado o registro de postagem.

4.12 Os projetos não selecionadas não serão devolvidos e o material será inutilizado.

5. DOS CRITÉRIOS PARA SELEÇÃO

5.1 Serão levados em conta:

a) prática, percurso artístico e/ou percurso curatorial;
b) qualidade artística e poética, ineditismo da proposta e coerência conceitual;
c) grau de inovação do projeto;
d) viabilidade do cronograma proposto;
e) adequação orçamentária do projeto ao orçamento do Programa;
f) clareza no memorial descritivo e do desenvolvimento da proposta.

6. DA SELEÇÃO

6.1 A seleção será realizada por comissão julgadora composta por até 05 (cinco) críticos/artistas/curadores convidados pela Associação.

6.2 Além de um projeto de Residência Artística e um de Residência Curatorial, a comissão deverá selecionar 03 (três) projetos suplentes, sendo dois de artistas e um de curadoria.

6.3 Ocorrendo desistência ou impossibilidade de contratação por parte de algum selecionado será chamado o primeiro suplente da lista.

6.4 A comissão de seleção é soberana, não cabendo veto ou recurso às suas decisões.

6.5 O resultado do processo seletivo será divulgado no site www.pacodasartes.org.br.

7. DAS CONDIÇÕES DE RESIDÊNCIA PAÇO DAS ARTES 2015

7.1 São benefícios dos selecionados:

a) Prêmio de R$ 4.500,00 (quatro mil e quinhentos reais) ao artista selecionado e prêmio de R$ 4.500,00 (quatro mil e quinhentos reais) ao curador selecionado. No caso de coletivo artístico ou projeto de mais de um curador, apenas o representante receberá o prêmio. O pagamento do prêmio é dividido da seguinte forma: 50% no início da residência e 50% ao final.

b) Acesso ao ateliê Paço das Artes, no subsolo da instituição, para o desenvolvimento da residência.

c) Caso o artista ou curador não resida em São Paulo, receberá uma (01) passagem (ida e volta) em território nacional e hospedagem durante o período de residência (três meses) em local a ser definido pela instituição.

d) Suporte de até 40 horas de profissionais técnicos para auxiliar nas necessidades técnicas do projeto.

e) Suporte de até 20 horas de profissionais orientadores, artistas/críticos ou curadores especializados, indicados pela instituição e/ou pelo proponente para acompanhamento do projeto.

f) O artista e o curador selecionados deverão realizar ao menos 03 encontros abertos ao público (cada) para apresentação do projeto/processo de residência.

g) Uma exposição apresentada no Paço das Artes em espaço e data de acordo com a agenda da instituição.

h) O projeto de Residência Artística selecionado poderá contar com um montante de até R$ 15.000,00 (quinze mil reais) para o desenvolvimento de todas as etapas que compõem o projeto e sua exposição. Tais como: produção da obra, compra de materiais para desenvolvimento de obra, produção de textos, aluguel de equipamentos, comunicação visual para exposição do projeto, montagem e desmontagem da exposição, seguro, transporte, designer, projeto arquitetônico, impressão de folder, entre outros itens necessários para a completa execução do projeto selecionado. Estes valores serão administrados pela instituição, de acordo com suas normas de funcionamento.

OBS.: Não estão incluídos neste valor os itens 7.1. a, c, d, e do presente edital.

i) A proposta de Residência Curatorial poderá contar com um montante de até R$ 35.000,00 (trinta e cinco mil reais) para o desenvolvimento de todas as etapas do projeto, tais como: pesquisa das obras, compra de materiais para desenvolvimento da obra, possíveis taxas de empréstimo, produção de textos, aluguel de equipamentos, comunicação visual para exposição do projeto, montagem e desmontagem da exposição, seguro, transporte, designer, projeto arquitetônico, impressão de folder, entre outros itens necessários para a completa execução do projeto selecionado. Este valor será administrado pela instituição, de acordo com suas normas de funcionamento.

OBS.: Não estão incluídos neste valor os itens 7.1. a, c, d, e do presente edital.

j) Ter o seu projeto divulgado no site do Paço das Artes.

k) O período de residência e exposição será definido pelo Paço das Artes.

OBSERVAÇÕES:

a) Os materiais gráficos que fazem parte da residência e exposição deverão ser submetidos à aprovação institucional.

b) caso o artista obtenha apoio, a Associação poderá oferecer inserção do logo no painel de entrada do Paço das Artes, mediante análise e prévia aprovação da direção.

8. DAS OBRIGAÇÕES DOS SELECIONADOS:

a) Assinar contrato com a Associação.

b) Dar os créditos ao Paço das Artes sempre que expuser ou difundir o projeto realizado com o apoio do Edital de Residência Paço das Artes 2015. As logomarcas do Paço das Artes e do Governo do Estado de São Paulo deverão obrigatoriamente ser fixadas em todas as peças gráficas de divulgação dos projetos selecionados, sob as chancelas “Apresenta” e /ou “Realização”, de forma padronizada, devendo ser aprovados pela Associação antes de sua veiculação.

c) Realizar apresentação pública abordando o desenvolvimento do projeto ao final da Residência.

d) Realizar encontro com o Educativo do Paço das Artes sobre o processo de residência e proposta expositiva

e) Realizar gratuitamente palestra em local fora do Paço das Artes tais como equipamentos da Secretaria de Cultura caso seja solicitado.

f) Comparecer ao Paço para cumprir uma carga horária mínima de 10h semanais para a realização do projeto e apresentar relatório quinzenal de atividades realizadas fora da instituição relacionadas ao projeto.

g) Realizar em colaboração com a equipe do Paço, presencialmente ou à distância, os procedimentos de pré-produção para o desenvolvimento do projeto de Residência sem ônus para a instituição necessariamente no período de 30 dias úteis antes do início de suas atividades.

h) As imagens dos projetos desenvolvidos, bem como quaisquer informações referentes à Residência Paço das Artes 2015, poderão ser utilizadas em diferentes meios de comunicação a critério do Paço das Artes.

OBSERVAÇÃO:

a) A Associação não se responsabiliza por danos ocorridos às obras expostas ou possíveis remontagens das mesmas durante o período da mostra dos projetos Residência 2015.

9. DA DIVULGAÇÃO

9.1. A divulgação dos selecionados ocorrerá entre os meses de junho e julho de 2015 através do site do Paço das Artes (www.pacodasartes.org.br). O artista e o curador selecionados serão notificados por e-mail, correio e/ou telefone.

10. DOS DIREITOS AUTORAIS E DO DIREITO DE IMAGEM

10.1. Pela adesão à presente Convocatória, o (a) candidato (a) inscrito (a) que venha a ser selecionado (a) autoriza a Associação e o Governo do Estado de São Paulo a utilizar imagens da produção artística das etapas do projeto em mídia impressa ou eletrônica, para divulgação dos projetos.

10.2. As instituições que constam do item acima poderão, ainda, autorizar a utilização dessas imagens, cujos direitos são ora cedidos a terceiros, para fins educacionais e de divulgação, sem comercialização.

10.3. É responsabilidade do artista e curador selecionados obterem licenças de direitos de propriedade intelectual e de direitos autorais incidentes sobre as obras de terceiros a serem utilizadas em seu projeto. As referidas licenças de direitos deverão ser colocadas à disposição da Associação, devidamente assinadas e com firma reconhecida e apresentadas antes do período expositivo.

11. DISPOSIÇÕES FINAIS

11.1 O ato de inscrição implica a automática autorização, por parte do artista/curador selecionado, de gravação de sua imagem e voz, bem como a posterior utilização institucional, sem limitação de prazo e território, para as finalidades a que se propõe esta Convocatória.

11.2 Os esclarecimentos referentes ao Edital de Residência Artística e Curatorial serão prestados pelo telefone 3814-4832 – Ramal 118, das 14 às 18 horas, de terça a sexta-feira, ou pelo e-mail: pacodasartes@pacodasartes.org.br.

11.3 O ato de inscrição implica a automática e plena concordância com todos os termos desta Convocatória, e a inobservância das normas estabelecidas implica o indeferimento da inscrição do projeto.

11.4 Casos omissos serão definidos pela comissão de seleção e pela diretoria da Associação Paço das Artes.

Fonte: Convocatória Residência Paço das Artes 2015

Posted by Patricia Canetti at 8:46 AM