Página inicial

Salões & Prêmios

 


agosto 2017
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    
Pesquise em
salões & prêmios:

Arquivos:
agosto 2017
julho 2017
junho 2017
maio 2017
abril 2017
março 2017
dezembro 2016
novembro 2016
setembro 2016
agosto 2016
julho 2016
maio 2016
abril 2016
fevereiro 2016
janeiro 2016
outubro 2015
setembro 2015
agosto 2015
julho 2015
junho 2015
maio 2015
abril 2015
março 2015
fevereiro 2015
janeiro 2015
novembro 2014
outubro 2014
setembro 2014
agosto 2014
julho 2014
junho 2014
maio 2014
abril 2014
março 2014
fevereiro 2014
janeiro 2014
novembro 2013
outubro 2013
setembro 2013
agosto 2013
julho 2013
junho 2013
maio 2013
abril 2013
março 2013
fevereiro 2013
janeiro 2013
dezembro 2012
novembro 2012
outubro 2012
setembro 2012
agosto 2012
julho 2012
junho 2012
maio 2012
abril 2012
março 2012
fevereiro 2012
janeiro 2012
novembro 2011
outubro 2011
setembro 2011
agosto 2011
julho 2011
junho 2011
maio 2011
abril 2011
março 2011
fevereiro 2011
janeiro 2011
dezembro 2010
novembro 2010
outubro 2010
setembro 2010
agosto 2010
julho 2010
junho 2010
maio 2010
abril 2010
março 2010
fevereiro 2010
janeiro 2010
dezembro 2009
novembro 2009
outubro 2009
setembro 2009
agosto 2009
julho 2009
junho 2009
maio 2009
abril 2009
março 2009
fevereiro 2009
janeiro 2009
dezembro 2008
novembro 2008
outubro 2008
setembro 2008
agosto 2008
julho 2008
junho 2008
maio 2008
abril 2008
março 2008
fevereiro 2008
janeiro 2008
dezembro 2007
novembro 2007
outubro 2007
setembro 2007
agosto 2007
julho 2007
junho 2007
maio 2007
abril 2007
março 2007
fevereiro 2007
janeiro 2007
dezembro 2006
novembro 2006
outubro 2006
setembro 2006
agosto 2006
julho 2006
junho 2006
maio 2006
abril 2006
março 2006
fevereiro 2006
janeiro 2006
dezembro 2005
novembro 2005
outubro 2005
setembro 2005
agosto 2005
julho 2005
junho 2005
maio 2005
abril 2005
março 2005
fevereiro 2005
janeiro 2005
dezembro 2004
novembro 2004
outubro 2004
setembro 2004
agosto 2004
julho 2004
junho 2004
maio 2004
As últimas:
 

fevereiro 27, 2013

Prefeitura de João Pessoa dá calote em artistas do XIV SAMAP

Artistas participantes do 14º Salão Municipal de Artes Plásticas de João Pessoa, SAMAP – Paraíba, solicitam explicações e ações!

Viemos a público declarar os inúmeros problemas que os artistas participantes do 14º SAMAP vêm enfrentando desde o início de sua realização:

1) O edital sofreu uma retificação de datas de inscrição, avaliações do júri, informação aos artistas selecionados e o prazo de entrega de trabalhos para a montagem da exposição. Para os artistas de fora do Estado da Paraíba, foi quase inviável o envio dos trabalhos a tempo ocasionando, inclusive, o cancelamento de prêmio já dado a uma artista cuja obra chegou ao Salão com atraso. Entretanto, e apesar do cancelamento do prêmio, a mesma obra foi exposta no Salão.

2) Solicitações Urgentes do envio de imagens em alta resolução para a confecção do catálogo do Salão além de inúmeros documentos elencados no edital.

3) Após aberto o Salão e sem nenhuma informação recebida, os artistas redigiram uma carta ao Sr. Maurílio Marques Estrela (então coordenador do Salão) solicitando imagens da exposição, bem como o envio do convite eletrônico e/ou impresso e links para possíveis matérias de divulgação. O que conseguimos foi um email com imagens do espaço expositivo enviado pelo Sr. Maurílio.

4) Durante o período expositivo – 14/12/2012 a 02/02/2013 não obtivemos mais contato sendo que as respostas sobre os pagamentos dos pró-labores, dos prêmios e outras eram tentadas pelos artistas através de incontáveis telefonemas locais e interurbanos nos quais éramos transferidos de um numero de telefone a outro, de uma instituição a outra, de um responsável a outro...

5) Passados mais de 20 dias do encerramento da mostra, artistas continuam sem receber os pró-labores, e alguns trabalhos que seriam devolvidos para fora do Estado, não conseguem ser retirados pela equipe de transporte pelos mais variados motivos.

6) O catálogo do Salão não foi feito e nem tão pouco dito quando será.
Como resultado final, fica-nos o imenso descaso e não profissionalismo dos organizadores do Salão para com os artistas que tornaram Possível a sua realização.

* Premiação e Comissão de Seleção estão divulgados no site Paraíba.com.br.

Solicitamos uma posição da Prefeitura Municipal de João Pessoa e da FUNJOPE – Fundação Cultural de João Pessoa de esclarecimento aos artistas nos itens elencados acima e para o qual a Prefeitura e a FUNJOPE se responsabilizaram através de Edital Público.

Sem mais, artistas participantes do 14º SAMAP:

Alessandra Savoy Duarte
Ana Luiza Araújo Santos
André Luiz Costa Souza
Angella Conte
Angela Santos
Antonio Alves de Lima Júnior
Antonio Ferreira Neto
Bertrand Martins
Bruno Vieira de Brito
Francisco Dantas Filho
Clarice Machado Ramos de Almeida
Cristiane Soares e Silva
Cybele Andrade Dantas
Diego Castro Pedroso
Edilson Batista de Lima
Elen Braga Gruber
Elton Lucio dos Santos
Emanuel Silva Oliveira
Fernanda Barros Barreto
Fernando Ancil de Souza Gaede
Gabriel Domingues Petito Vieira
Genildo Barbosa de Lima
Gordana Manic
Isabel Cristina de Lima Gomes
Jaime Lauriano Neto
Kauê Lopes Garcia
Laís Guedes Pereira
Leonardo Cavalcanti de Albuquerque Ayres
Letícia Rita Souza Reis
Luiz Carlos Brughera
Maíra Gouveia Ortins
Marcia Gadioli
Marta Vicente Egrejas
Natália Canto Ferreira
Rafael Passos
Renato de Brito Bezerra de Mello Junior
Ricardo Alvarenga Ribeiro
Silvio De Camillis Borges
Jacinto Diogo Correia Neto
Wagner Falcão Carlos

Fevereiro de 2013

Posted by Patricia Canetti at 9:58 AM | Comentários(4)

fevereiro 13, 2013

18º Festival Internacional de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil - Selecionados

A convocatória da mostra Panoramas do Sul do 18º Festival Internacional de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil encerrou-se em outubro de 2012, após um recorde no número de inscritos: foram enviadas mais de 2.000 propostas de todas as regiões que compõem o Sul geopolítico do planeta - América Latina, Caribe, África, Oriente Médio, Europa do Leste, Sul e Sudeste asiático e Oceania.

Comissão curadora: Eduardo de Jesus, Fernando Oliva, Júlia Rebouças e Solange Farkas

SELECIONADOS

Akram Zaatari, LÍBANO
Alexandre Brandão, BRASIL-MG
Ali Cherri, LÍBANO
Amanda Melo, BRASIL-PE
Ana Prata, BRASIL-MG
Andrew de Freitas, NOVA ZELÂNDIA
Ayrson Heráclito, BRASIL-BA
Bakary Diallo, MALI
Basir Mahmood, PAQUISTÃO
Bita Razavi, IRÃ
Bridget Walker, AUSTRÁLIA
Caetano Dias, BRASIL-BA
Cão (Bruno Palazzo, Dora Longo Bahia, Maurício Ianês, Ricardo Carioba) - coletivo, BRASIL-SP
Carlos Guzmán, COLÔMBIA
Carlos Mélo, BRASIL-PE
Charly Nijensohn, ARGENTINA
Chico Dantas, BRASIL-PB
Christian Bermudez, COSTA RICA
Clarissa Tossin, BRASIL-RS
Claudia Joskowicz, BOLIVIA
Coletivo Madeirista, BRASIL-RO
Daniel Escobar, BRASIL-RS
Daniel Jacoby, PERU
Daniel Steegmann-Mangrané, ESPANHA/BRASIL
Dor Guez, ISRAEL
Em'kal Eyongakpa, CAMARÕES
Eneida Sanches, BRASIL-BA
Enrique Ramírez, CHILE
Ezra Wube, ETIOPIA
Federico Lamas, ARGENTINA
Fernão Paim, BRASIL-BA
Flávia Ribeiro, BRASIL-SP
Gabriel Mascaro, BRASIL-PE
Gabriel Torggler, BRASIL-SP
Gabriela Golder, ARGENTINA
Gianfranco Foschino, CHILE
Gregg Smith, AFRICA DO SUL
Gui Mohallem, BRASIL-SP
Gusztáv Hámos, HUNGRIA
Haig Aivazian, LÍBANO
Hou Chien Cheng, TAIWAN
Ip Yuk-Yiu, HONG KONG
Irineu Rocha da Cruz, CABO VERDE
Iván Marino e Aya Eliav – dupla, ISRAEL e ARGENTINA
Jacinto Astiazarán, MÉXICO
Jeanno Gaussi, AFEGANISTAO
João Loureiro, BRASIL-SP
Lais Myrrha, BRASIL-MG
Laura Huertas Millan, COLOMBIA
Lenora de Barros, BRASIL-SP
Letícia Ramos, BRASIL-RS
Lorraine Heller-Nicholas, AUSTRÁLIA
Lucas Bambozzi, BRASIL-MG
LucFosther Diop, CAMARÕES
Luiz de Abreu, BRASIL-MG
Luiz Roque, BRASIL-RS
Mahardika Yudha, INDONÉSIA
Mahmoud Khaled, EGITO
Marcellvs L., BRASIL-MG
Maria Klabin, BRASIL-RJ
Mariana Xavier, BRASIL-RS
Maurício Arango, COLOMBIA
Maya Watanabe, PERU
Michel Zózimo, BRASIL-RS
Morgan Wong, HONG KONG
Nazareno Rodrigues, BRASIL-SP
Nurit Sharett, ISRAEL
Olivia McGilchrist, JAMAICA
Omar Salomão, BRASIL-SP
Orit Ben-Shitrit, ISRAEL
Pablo Lobato, BRASIL-MG
Pedro Motta, BRASIL-MG
Rafael Carneiro, BRASIL-SP
Rehema Chachage, TANZANIA
Roberto Bellini, BRASIL-MG
Roberto Winter, BRASIL-SP
Rodrigo Bivar, BRASIL-DF
Rodrigo Garcia Dutra, BRASIL-RJ
Rodrigo Sassi, BRASIL-SP
Roy Dib, LÍBANO
Sebastian Diaz Morales, ARGENTINA
Sherman Ong, MALÁSIA
Soft turns (Olejnik & Gorlitz) – dupla, POLÔNIA
Tales Bedeschi, BRASIL-MG
TaoHui, CHINA
Tatewaki Nio, JAPÃO/BRASIL-SP
Teresa Berlinck, BRASIL-SP
Tiago Romagnani Silveira, BRASIL-SC
Tiécoura N'Daou, MALI
Vijai Patchineelam, BRASIL-RJ
Virgínia de Medeiros, BRASIL-RJ
Viviane Teixeira, BRASIL-RJ
Vygandas Simbelis, LITUÂNIA
Zafer Topaloglu, TURQUIA

Convocatória pública recebeu mais de duas mil inscrições de todo o mundo. Festival de 2013 incluirá também artistas convidados e segmento histórico

A convocatória da mostra Panoramas do Sul do 18º Festival Internacional de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil encerrou-se em outubro de 2012, após um recorde no número de inscritos: foram enviadas mais de 2.000 propostas de todas as regiões que compõem o Sul geopolítico do planeta - América Latina, Caribe, África, Oriente Médio, Europa do Leste, Sul e Sudeste asiático e Oceania.

A lista de artistas selecionados (abaixo) abrange 34 países (envolvendo nove países da América Latina, sete da África, cinco do Oriente Médio, cinco do Sudeste asiático, quatro do Leste europeu e dois da Oceania). Entre os projetos estão instalações, videoinstalações, desenhos, esculturas, pinturas, livros de artista e vídeos.

A comissão curadora, composta por Solange Farkas, Júlia Rebouças, Fernando Oliva e Eduardo de Jesus, destaca o alto nível dos trabalhos inscritos e a renovação de uma série de questões conceituais e formais que habitam o eixo Sul geopolítico, desde abordagens políticas ligadas a conflitos até inusitados modos de observar e perceber a cidade.

No momento em que comemora 30 anos de existência, o Festival celebra não apenas sua consolidação, mas também sua maturidade. Aberto a todos os formatos e linguagens artísticos desde 2011 (então em sua 17ª edição), o Festival se constitui na maior plataforma internacional de difusão e reflexão sobre a arte produzida pelo Sul geopolítico. A celebração de três décadas inclui um segmento histórico que, além de traçar um mapeamento da trajetória do Videobrasil desde 1983, constitui um centro irradiador de questões que norteiam Panoramas do Sul.

FONTE
18º Festival anuncia 94 artistas selecionados em open call

Posted by Patricia Canetti at 3:08 PM | Comentários(1)

fevereiro 5, 2013

4º Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia - Inscrições

Serão oferecidos 03 (três) prêmios no valor de R$ 10.000,00 cada, a partir da seguinte proposição temática: “Homem Cultura Natureza”, para as categorias documental, artística e fotógrafos paraenses (ver detalhamento no edital abaixo).

Inscrições prorrogadas até 15 de fevereiro de 2013

Informações:
www.diariocontemporaneo.com.br
91-3184-9327 / 8367-2468 ou contato@diariocontemporaneo.com.br e premiodiario@gmail.com.
Realização: Diário do Pará
Patrocínio: Vale
Apoio institucional: Casa das Onze Janelas e Museu Histórico do Estado – MHEP do Sistema Integrado de Museus / Secult-PA e Museu da Universidade Federal do Pará (MUFPA).

EDITAL

1 APRESENTAÇÃO

1.1 O 4º Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia é um projeto realizado em Belém e promovido pelo jornal “Diário do Pará”, empresa da Rede Brasil Amazônia de Comunicação, que abrange a fotografia em toda a sua diversidade.

1.2 O 4º Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia tem o objetivo de contribuir na ampliação do espaço para a produção fotográfica nacional consolidando o Pará como lugar de reflexão e criação das artes da imagem e será aberto a todo o território nacional, aos artistas brasileiros ou estrangeiros residentes no país.

1.3 O 4º Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia terá como tema “Homem Cultura Natureza.” O objetivo desta edição é propor ao artista pensar a ideia de natureza como linguagem e cultura tendo como perspectiva a imagem como representação. O projeto selecionará e premiará trabalhos fotográficos que respondam a uma noção ampliada das relações propostas no tema ou que apontem ainda intersecções entre gêneros tradicionais como o retrato e a paisagem.

2 DA PREMIAÇÃO E VALORES

2.1 Serão oferecidos 03 (três) prêmios no valor de R$ 10.000,00 cada, a partir da seguinte proposição temática: “Homem Cultura Natureza”.


2.1.1 Prêmio Homem Cultura Natureza – Destinado a todos os artistas selecionados que apresentem trabalhos de abordagem documental, voltados ao cotidiano – região, paisagem ou comunidade – ou originados de um projeto específico de documentação;

2.1.2 Prêmio Diário Contemporâneo – Destinado a todos os artistas selecionados cujo trabalho fotográfico apresente relações com outras linguagens e suportes – instalação, vídeo, objeto, performance, ou ainda proponha novas sintaxes na representação fotográfica;

2.1.3 Prêmio Diário do Pará – Destinado somente a fotógrafos paraenses e/ou residentes atuantes no Pará por pelo menos 03 (três) anos. Este prêmio abrange todas as poéticas e propostas conceituais.

2.2 Será oferecida uma ajuda de custo aos artistas selecionados para a produção de suas obras no valor de até R$ 1.200,00 (Hum Mil e Duzentos Reais) cujo pagamento será efetuado após um mês da data da abertura da mostra, mediante a apresentação das notas fiscais dos serviços de produção da obra fotográfica. Uma única nota poderá ser enviada no valor total da ajuda de custo ou uma quantidade de notas de produção dos serviços que somadas atinjam o valor mencionado. Atenção: não serão aceitas notas fiscais avulsas e o valor a ser repassado para o artista será de até R$ 1.200 reais.

2.3 As notas fiscais deverão ser emitidas em nome da RBA Rede Brasil Amazônia de Televisão Ltda – CNPJ: 05.143.490/0001-07. Inscrição Estadual: 15113279-8 / Inscrição Municipal: 072 525-2 e deverão ser enviadas para contato@diariocontemporaneo.com.br ou por correios com a seguinte identificação de destinatário:

4º Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia

RBA/Diário do Pará – Departamento Financeiro

Av. Almirante Barroso, nº 2190

Bairro: Marco – CEP: 66.093-905 - Belém/PA.

3. DA INSCRIÇÃO

3.1 O artista poderá inscrever-se livremente e concorrer a qualquer um dos prêmios de acordo com a sua linha de trabalho.

3.2 Todos os candidatos deverão enviar seus dossiês/portfólios junto com a ficha de inscrição, devidamente preenchida e de forma legível, e 01 (um) envelope selado para devolução no caso de não serem selecionados. Este material deverá conter em anexo autorização devidamente assinada pelo autor do trabalho ou seu representante para que a Organização do projeto se encarregue da referida devolução. Para os artistas residentes em Belém, a inscrição poderá ser feita pessoalmente no mesmo endereço e em horário comercial de segunda a sexta. Os dossiês e portfólios deverão ser enviados para:

4º Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia – Coordenação de Produção

Rua Gaspar Viana, 773 · Reduto Belém · PA – CEP 66053-090.

Maiores informações: (91) 83672468 e contato@diariocontemporaneo.com.br

3.2.1 Os dossiês que não possuírem esta documentação ou que não forem retirados até a data do dia 19 de abril de 2013 serão inutilizados. O artista residente em Belém deverá retirar seu dossiê e portfólio no escritório da Coordenação do projeto no endereço cima.

3.2.2 Os trabalhos deverão ser enviados somente na forma impressa. Sendo assim, deverão ser enviados 01 (um) dossiê e/ou 01 (um) portfólio no tamanho máximo de 30×40 e que contenha os seguintes itens:

I- Série de, no mínimo, oito (8) a, no máximo, doze (12) imagens no tamanho máximo de 24×30 cada uma;

II – Breve apresentação sobre o trabalho com no máximo quinze (15) linhas;

III – Currículo resumido em uma (1) folha;

IV – Dados técnicos de montagem, formato e dimensões para apresentação da obra. Para o caso de séries constituídas de dípticos, trípticos ou polípticos, a quantidade permitida de imagens – total das imagens únicas apresentadas no portfólio – será ampliada para até no máximo 16 imagens. É importante ressaltar que neste caso também deverão ser obedecidos os limites apresentados nos itens 5.3 e 5.4.

3.2.3 Para trabalhos que se constituam como instalações ou utilizem outros suportes deverá ser enviado 01 (um) portfólio juntamente com o projeto de montagem com a indicação de quaisquer outros elementos necessários à devida apresentação da obra. No caso de obras em suporte de vídeo, o candidato poderá inscrever no máximo até três (3) obras e enviar seus trabalhos em DVD com as especificações técnicas e de montagem, caso seja necessário. Os trabalhos em vídeo não deverão ultrapassar a duração de 07 (sete) minutos.

3.2.4 Para trabalhos coletivos, somente 01 (um) representante assinará a ficha de inscrição e os demais nomes que compõem o grupo deverão constar no dossiê e/ou portfólio. Integrantes de coletivos já inscritos não poderão participar individualmente.

3.2.5 O período de inscrição para o 4º Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia será de 07.01.2013 a 09.02.2013 (VER PRORROGAÇÃO). Para os trabalhos enviados por correio, a data limite para postagem será o dia 08.02.2013. No caso de trabalhos enviados no último dia de postagem é aconselhável o uso de serviços de correio expresso. A Organização do projeto não se responsabilizará por eventuais atrasos dos correios.

4 DA COMISSÃO DE SELEÇÃO E PREMIAÇÃO

4.1 A Comissão de seleção e premiação do 4º Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia será constituída pelos seguintes profissionais:

Luiz Braga, fotógrafo. Expõe em diversas mostras no Brasil e exterior, entre elas a 53ª Bienal de Veneza e Contemporary Brazilian Photography em Tóquio.


Maria Helena Bernardes, artista. Formada em Artes Visuais pela UFRGS e professora de História e Teoria da Arte na Arena, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul.


Armando Queiroz, artista. Atua como curador independente em exposições e projetos no Brasil. Obteve o Prêmio Marcantonio Vilaça 2009/2010 entre outros.


4.2 A Comissão de seleção e premiação do 4º Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia selecionará até no máximo 25 artistas, incluindo os 03 (três) contemplados com os prêmios.

4.3 A comissão terá a liberdade de contemplar o artista com qualquer uma das três premiações. Fica claro que o projeto não propõe hierarquia na premiação.

4.4 A Comissão terá autonomia para decidir pela não concessão de prêmio para nenhuma das obras, caso não representem, segundo análise, o tema proposto pelo evento.

5. DOS TRABALHOS SELECIONADOS

5.1 Os trabalhos selecionados deverão ser entregues no espaço expositivo até no máximo dia 22 de março. Para os artistas que não residirem em Belém recomenda-se atenção quanto à data de envio das referidas obras. Os trabalhos devem ser enviados sem custos para a organização do projeto, ficando esta encarregada da devolução das obras sem custos para o artista no prazo de 20 dias a contar da data de encerramento da mostra. Os trabalhos deverão ser endereçados para:

4º Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia – Coordenação de Produção

Rua Gaspar Viana, 773 – Reduto Belém – PA – CEP 66053-090

5.2 Os trabalhos deverão ser embalados com material resistente que não comprometa a integridade física da obra, devendo o artista enviar em anexo as orientações para acondicionamento na devolução, que será feita com reaproveitamento do material de embalagem enviado, fator importante para a devolução do trabalho.

5.3 Para as obras bidimensionais os tamanhos não devem ultrapassar o formato de 50x60cm. Para os casos de instalação ou objeto, o espaço físico destinado à obra não deverá ultrapassar a largura de 2,00m x 3,00m e altura de 2,20m (dois metros e vinte centímetros), incluindo propostas para instalação de parede.

5.4 No caso de séries constituídas a partir de dípticos, trípticos ou polípticos o tamanho final de apresentação do trabalho deverá obedecer aos mesmos limites propostos para instalação ou objeto descritos no item 5.3.

5.5 Não é aconselhável o uso de foamboard para montagem devido a sua fragilidade às condições climáticas da região norte, sendo sugerido em substituição, o uso de PVC ou outro material similar de maior resistência. A organização não se responsabilizará por eventuais danos provenientes do uso do material mencionado.

5.6 Os trabalhos audiovisuais deverão ser entregues nas mídias Blu-ray ou DVD, cujos equipamentos serão disponibilizados pela organização do projeto. Entretanto esta não se responsabilizará por problemas de incompatibilidade tecnológica, devendo o artista selecionado fazer com antecedência a checagem de mídias do seu trabalho.

6. DA PROGRAMAÇÃO GERAL

6.1 O 4º Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia realizará mostra coletiva com os trabalhos dos artistas selecionados e premiados nas salas Valdir Sarubi e Laboratório das Artes do Espaço Cultural Casa das Onze Janelas em Belém. O projeto incluirá em sua programação exposição de trabalhos de Walda Marques, artista convidada desta edição. A mostra especial do artista convidado será apresentada no Museu da Universidade Federal do Pará, instituição parceira do projeto. Para o mesmo espaço, está programada mostra especial reunindo a produção recente de artistas paraenses com trabalhos selecionados pela curadoria do projeto.

6.2 Além das mostras expositivas, o projeto é constituído por palestras, encontros com artistas, oficinas e atividades de arte educação. As atividades ocorrerão desde o seu lançamento oficial em 5 de fevereiro até o encerramento das exposições em 26 de maio.

7. DA PUBLICAÇÃO DO CATÁLOGO

7.1 O projeto publicará na edição seguinte a esta, catálogo das imagens dos trabalhos selecionados e premiados e ensaio do artista convidado. A publicação incluirá textos críticos, artigos e entrevistas concebidos originalmente para a programação realizada.

7.2 Após o resultado de seleção e premiação, todos os artistas selecionados deverão enviar imagens em alta resolução de seus trabalhos para a divulgação do projeto e publicação do catálogo.

7.3 Os artistas premiados e selecionados receberão uma cota de 3 exemplares do catálogo do projeto.

8. DISPOSIÇÕES GERAIS

8.1 É proibida a participação de membros da diretoria da empresa promotora e patrocinadora do projeto, assim como de parentes dos membros da equipe de organização, comissão de seleção e premiação.

8.2 Os trabalhos a serem inscritos não necessitam ser inéditos, porém não será aceita a inscrição de obras premiadas em outros projetos.

8.3 Os três (3) trabalhos premiados serão incorporados ao acervo da Casa das Onze Janelas e duas (2) obras do artista convidado serão doadas ao acervo do Museu da UFPA. Neste caso caberá à direção do MUFPA decidir em comum acordo com o artista sobre quais obras deverão compor seu acervo e definir qualquer especificação técnica que porventura venha a ser necessário.

8.4 A divulgação dos premiados e selecionados será feita pela imprensa, internet e blog do projeto. Em caso de desistência do artista em participar ou de sua não localização no prazo de sete (7) dias após a divulgação do resultado, sua participação ficará automaticamente cancelada.

8.5 A comissão de seleção e premiação é soberana para definir o resultado final da mostra e a inscrição do candidato importa em aceitação de todas as condições propostas no presente regulamento.

8.6 O 4º Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia e a Casa das Onze Janelas oferecerão as condições adequadas para a mostra, devendo todos os artistas selecionados fazer seguro de suas obras, pois a organização do projeto estará isenta de qualquer responsabilidade em caso de eventuais sinistros ou danos aos trabalhos.

8.7 No caso dos trabalhos dos artistas convidados, o projeto se encarregará dos custos de produção, transporte, embalagem, seguro das obras e outras necessidades técnicas para apresentação do trabalho.

8.8 Os artistas selecionados ficam cientes de que as imagens de seus trabalhos poderão ser utilizadas durante o período de um (1) ano, a contar da data de abertura da mostra, nas peças de divulgação do projeto por parte da empresa promotora e de seus patrocinadores assim como para a publicação do catálogo do projeto. O projeto garante os devidos créditos dos artistas e a informação de que as referidas imagens, no caso de utilização, sejam contextualizadas no âmbito do projeto.

8.9 Calendário

8.9.1Lançamento do edital: 5/1
8.9.2Inscrição: 7/1 a 9/2
8.9.3Lançamento do catálogo: 5/02
8.9.4Seleção: 20 a 22/2
8.9.5Palestras: de 22/02 a 26/05
8.9.6Entrega dos trabalhos selecionados: 23/02 a 22/03
8.9.7Montagem da mostra: 23 a 25/03
8.9.8Abertura da mostra: Casa das 11 Janelas: 26/3 e Museu da UFPA: 27/3
8.9.9Oficinas: Março-Maio
8.9.10 Ação educativa: 26/03 a 26/05
8.9.11 Desmontagem da mostra: 27 a 29/05
8.9.12 Devolução dos trabalhos: 30/05 a 15/06

FONTE: www.diariocontemporaneo.com.br

Posted by Patricia Canetti at 11:58 AM | Comentários(2)

fevereiro 4, 2013

Reconvexo: I Festival Nacional de Vídeo-Projeções Urbanas e Interativas - Inscrições

Artistas, designers, arquitetos, programadores e profissionais que trabalham com obras de vídeo-projeções mapeadas e interativas, podem se inscrever para concorrer a seleção de seis projetos: quatro para Vídeo-projeções para Galeria e dois para Vídeo-projeções em Ambientes Externos. O festival acontecerá de 11 a 18 de abril, nas cidades de Cachoeira e São Felix, no Recôncavo Baiano, com vídeo projeções nas ruas das cidades, exposição em galeria, oficinas e palestras, com o intuito de popularizar as artes tecnológicas, resignificar espaços arquitetônicos e exibir trabalhos de vídeo-mapping.

Inscrições de 11 de janeiro a 18 de fevereiro de 2013

Os selecionados receberão infra-estrutura e equipamentospara a exibição de seus projetos eterão custeadas despesas com transporte,alimentação e hospedagem. Na programação do evento, serão exibidos vídeo-projeçõesdos artistas Eder Santos e Coletivo Visio; realizadas oficinas sobre "Introdução a Projeção Mapeada" - ministrada por Jarbas Jacome, e "Intervenções Urbanas com Grafite Digital – LaserTag" - ministrada por Fred Paulino; performance do Coletivo Audiovisual Xaréu eexposição na Galeria Leite Alves – Hansen Bahia.

O idealizador Fernando Rabelo, artista e professor da UFRB – Universidade Federal do Recôncavo Baiano,quer inserir Cachoeira e São Felix no circuito de festivais de arte digital e promover intercâmbio entre artistas, estudantes e comunidade local, além de incentivar a criação de obras contextualizadas no Recôncavo da Bahia.O Festival também incentivaatividades de intervenção urbana autônomas durante os dias de realização do evento, onde qualquer pessoa pode trazer seu equipamento e projetar suas idéias.

O Reconvexo: I Festival Nacional de Vídeo-Projeções Mapeadas e Interativastem o apoio financeiro da Secult – Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, através do Fundo de Cultura; e apoio da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

REGULAMENTO

O Festival Reconvexo acontecerá nas cidades de Cachoeira e São Félix, Bahia, entre os días 11 a 18 de abril de 2013. Estará dedicado a promoção e difusão de trabalhos video- artísticos, na modalidade vídeo-mapping, tendo um caráter arte-educador com a exposição de obras em ambientes de galeria e espaços urbanos externos, além da realização de oficinas e visitas monitoradas durante sua programação. As inscrições para participação nas exposições serão gratuitas, devendo ser respeitadas a descrição do presente Regulamento, neste sentido, expomos:

Art.1. Participação:

§1º. O Festival Reconvexo abre inscrição para pessoa física e jurídica de natureza cultural na modalidade projeção, “vídeo-mapping”, de obras artísticas. A convocatória é direcionada a artistas, designers, músicos, técnicos, engenheiros, arquitetos, programadores, educadores e qualquer outra pessoa que desenvolva trabalhos de projeção e interatividade audiovisuais, situados na interseção entre artes visuais e arte e tecnologia.

Art. 2. Inscrição:

§1º. O período de inscrições será de 11 de janeiro de 2013 a 18 de fevereiro de 2013, podendo, eventualmente, ser prorrogado por mais sete dias.

§2o. As inscrições devem ser feitas exclusivamente através do formulário on-line, disponível no site do evento www.reconvexo.com.br. Além dos dados pessoais, é necessário incluir uma proposta visual e/ou esquema de projeção contendo os detalhes técnicos e a descrição da obra.

§3o. As inscrições poderão ser feitas por indivíduos ou grupos, mas no caso de inscrições em grupo, um dos membros deve se responsabilizar pela inscrição.

§4o. O Festival Reconvexo só se responsabilizará por alimentação, hospedagem, translado, passagem aérea e ajuda de custo para uma pessoa por projeto selecionado. Demais informações técnicas encontram-se no Art.5 deste edital.

Art.3. Seleção e Categorias:

§1º. Vídeo-projeções em Ambientes Externos: serão selecionados 2 (dois) trabalhos nesta categoria que inclui espaços arquitetônicos urbanos com superfície de projeção de até 12 metros de largura, em áreas definidas por mapeamento, "mapping".

a) Os locais onde as obras serão projetadas são de livre escolha dos artistas e podem ser definidos a partir de fotos da cidade, fachadas e monumentos urbanos, acessíveis através do site maparec.ufrb.edu.br.

b) Os selecionados deverão desenvolver projetos originais de criação e projeção para serem apresentados na duração de no máximo 1 (uma) hora e 30 (trinta) minutos e o mínimo de 40 (quarenta) minutos cada.

§2º. Vídeo-projeções para Galeria: serão selecionados 4 (quatro) trabalhos nesta categoria que inclui vídeo-projeções em objetos cotidianos, inusitados, esculturas e demais superfícies, totalizando um espaço de montagem de até 3 metros cúbicos, para serem exibidos em galeria.

a) Os objetos ou superfícies físicas onde serão projetadas as obras são de responsabilidade do artista.

b) Os selecionados deverão desenvolver projetos originais de criação e projeção para serem exibidos durante 7 dias.

Art.4. Orientação para as propostas:

§1º. Dentre as diversas abordagens deste campo, atualmente denominado "Mapping", espera-se que as propostas de trabalho apresentem apropriações originais, interativas e de simplificada realização, ou seja, configurada com equipamentos acessíveis no Brasil. As interferências audiovisuais e interativas estão inseridas sobre os substratos arquitetônicos, tecnológicos, sociais e culturais de seu entorno. Entendemos que obra interativa é aquela que abre espaço para a ação pública, estimulando as diversas formas sensitivas.

§2º. Neste sentido, ainda que de forma não exclusiva ou restritiva, são temas de interesse desta convocatória a projeção que valorize o patrimônio histórico, narrativas espaciais, cenografia projetiva, projetos utópicos, bem como aproximações de contextos locais e espaços urbanos. Não obstante, os interessados são estimulados a propor sua própria perspectiva do campo.

Art.5. Critérios de Avaliação:

§1º Nenhum membro da Comissão de Curadoria poderá ter trabalho inscrito para este regulamento.

§2º. As propostas inscritas serão julgadas segundo os seguintes critérios de peso equivalente:

- Qualidade da proposta;

- Adequação da proposta à Categoria inscrita;

- Adequação técnica da proposta compatível com o projeto enviado

- Adequação ao propósito e contexto desta convocatória.

§3º. Divulgação dos projetos selecionados:

- Os projetos selecionados serão divulgados 7 (sete) dias após o encerramento das inscrições;

- Os resultados serão divulgados no site do evento e aos selecionados, através do email fornecido no ato da inscrição.

Art.6. Estrutura e Apoio aos selecionados:

§1º. A organização do Festival Reconvexo disponibiliza equipamentos e assistência técnica para a realização das projeções e instalações. Serão oferecidos recursos de infra-estrutura e montagem para as obras selecionadas.

§2º. O festival não se responsabiliza por objetos autorais que não sejam encontrados facilmente no mercado bem como, materiais específicos para construção das obras ou transporte de objetos.

§3º. Nas Vídeo-projeções em Ambientes Externos, (casas, monumentos históricos, muros, edificações em ruínas, entre outros) e demais espaços urbanos de até 12 metros de largura, cada selecionado nessa categoria fará, antecipadamente, um teste de projeção e ajustes técnicos por 1 (uma) hora.

a) O festival se responsabiliza pela estrutura de proteção, extensões de energia, caixas de som e suporte para projetores com conexão HDMI ou VGA, além de 2 projetores de 8.000 ansilumens, um para cada exibição. Demais equipamentos como computadores, arquivos, conectores ou adaptadores específicos serão de responsabilidade dos autores.

b) A programação do Festival Reconvexo prevê duas noites de exibição e duas exibições por noite, sendo que cada exibição terá sua própria equipe técnica, de produção e segurança.

§4º. As Vídeo-projeções para Galeria podem ser de natureza industrial ou natural, modelados, esculturas, utensílios domésticos, móveis ou qualquer tipo de suporte físico nos quais serão projetados e/ou mapeados, desde que obedeçam o requisito de seleção de montagem em no máximo 3 (três) metros cúbicos.

a) O Festival disponibilizará 2 tipos de projetores, de 3000 e 5000 ansilumens e computadores Macintosh, sendo que deverá ser utilizado para cada projeto apenas um projetor e um computador.

b) De acordo com a análise de viabilidade junto à produção do evento, poderão ser disponibilizados outros equipamentos e acessórios para a instalação das obras.

c) Os artistas selecionados para a exposição poderão chegar até três dias antes para a montagem técnica e configuração do espaço expositivo.

§5º. A cada artista selecionado poderá ser oferecida uma ajuda de custo no valor de até R$500,00 (quinhentos reais) referente a custos extras não cedidos pelo evento, como objetos específicos, transporte de objetos, entre outras eventualidades de produção da obra.

Art.7. Direitos de imagem:

§1º. Ao inscrever-se, caso selecionado, o artista se compromete em ceder as imagens do seu trabalho apresentado gratuitamente e sem qualquer ônus, por um prazo de 3 anos, para usos com fins de divulgação institucional, cultural e promocional por parte dos realizadores, patrocinadores e apoiadores do Festival Reconvexo e seus eventuais programas de fomento à cultura, em qualquer tipo de mídia.

Cachoeira, janeiro de 2013

Posted by Patricia Canetti at 8:16 PM

Vetor: Convocatória para Residências Artísticas no Rio Grande do Sul - Inscrições

Através do Projeto VETOR, contemplado na 9a edição do Prêmio Rede Nacional Funarte Artes Visuais, o Atelier Subterrânea abre inscrições de âmbito nacional para a seleção de 3 propostas em residência artística (com duração de 30 dias), a serem realizadas no estado do Rio Grande do Sul, durante os meses de março, abril e maio de 2013.

Inscrições de 15 de janeiro a 15 de fevereiro de 2013

Informações
vetor@subterranea.art.br
www.subterranea.art.br
Realização: Subterrânea
Financiamento: Programa Rede Nacional Funarte Artes Visuais - 9ª Edição, Funarte, Ministério da Cultura, Governo Federal

EDITAL

Através do Projeto VETOR, contemplado na 9ª edição do Prêmio Rede Nacional Funarte Artes Visuais, o Atelier Subterrânea abre inscrições de âmbito nacional para a seleção de 03 propostas em residência artística (com duração de 30 dias), a serem realizadas no estado do Rio Grande do Sul, durante os meses de março, abril e maio de 2013. Este edital abarca toda a diversidade de manifestações contemporâneas em Artes Visuais, tais como vídeo, fotografia, pintura, desenho, escultura, performance, instalação, etc. Serão privilegiadas as propostas que integrem ações que articulem arte e comunidade, independente de propósitos pedagógicos e que não coloquem em risco a segurança dos artistas, participantes e do público. Podem participar da seleção somente pessoas físicas residentes nas regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil. No caso de coletivos, deverá ser inscrito o representante do grupo. As inscrições serão recebidas exclusivamente pelo e-mail vetor@subterranea.art.br, de 15 de janeiro a 15 de fevereiro de 2013.

O Atelier Subterrânea atuará como base de apoio das proposições artísticas que serão realizadas no interior do Rio Grande do Sul. Trata-se de uma oportunidade para artistas (brasileiros ou estrangeiros residentes pelo menos há dois anos no país) ou coletivos de artistas desenvolverem projetos de modo colaborativo nas comunidades onde estarão inseridos durante o período dos 30 dias consecutivos da residência. O proponente individual ou representante de coletivo deverá optar por uma das seguintes regiões geográficas do estado: Litoral, Serra ou Pampa. As escolhas das cidades serão realizadas após a fase de seleção dos projetos pela equipe de curadores em acordo com as proposições. Prioritariamente, serão escolhidas cidades com densidade demográfica menor que 200 mil habitantes.

Será oferecido a cada proposta contemplada pelo edital:

1. verba no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) para execução e apresentação das criações artísticas individuais ou coletivas;
2. apoio de hospedagem, alimentação e transporte. No caso de proposta de coletivo/grupo de artistas, o apoio será apenas para um integrante;
3. catálogo/DVD do projeto;
4. divulgação do projeto em mídias sociais na Internet, sites e para imprensa;
5. produção dos eventos de socialização e reflexão sobre as residências, além do lançamento do projeto e do catálogo.

O encerramento de cada residência contará com um evento público de compartilhamento das experiências na sede do Atelier Subterrânea, na cidade de Porto Alegre, assim como na(s) cidade(s) em que a residência foi executada. Ao final do projeto será lançado o catálogo + DVD, com o registro documental do projeto, a fim de difundir a reflexão sobre as experiências artísticas realizadas.

CRONOGRAMA:

1. Período de inscrições: de 15 de janeiro a 15 de fevereiro de 2013.
2. Divulgação dos selecionados (no site www.subterranea.art.br e por email): dia 25 de fevereiro de 2013.
3. Evento de lançamento do projeto no Atelier Subterrânea: março de 2013.
4. Período de execução dos projetos: março, abril e maio de 2013, 30 dias consecutivos para cada residente selecionado.
5. Evento de encerramento e lançamento do catálogo/DVD (presença de todos os artistas participantes): junho de 2013.

MATERIAL DE INSCRIÇÃO:

O proponente deve enviar os documentos listados abaixo para o e-mail vetor@subterranea.art.br (serão aceitos documentos em formato PDF ou JPEG, sendo o limite máximo 10MB):

1. Ficha de inscrição preenchida e assinada (disponível para download no site www.subterranea.art.br)
2. Currículo Vitae resumido (máximo 2 páginas A4, arquivo em DOC ou PDF);
3. Cópia do RG E CPF digitalizados ou passaporte (no caso de estrangeiros residentes no Brasil há pelo menos dois anos);
4. Comprovante de residência digitalizado;
5. Portfólio (1 arquivo PDF de no máximo 10 páginas, aceita-se links para vídeo no VIMEO ou YOUTUBE).

SELEÇÃO:

1. Serão selecionados 03 propostas de residência artística;
2. Cada candidato, brasileiro ou estrangeiro residente no Brasil há pelo menos dois anos, pode se inscrever com apenas 1 proposta, seja ela como proponente individual ou como representante de coletivo;
3. Não serão aceitos no edital proponentes residentes na região sul do Brasil;
4. As propostas que estiverem em desacordo com as exigências deste regulamento estarão desclassificadas.

A comissão de seleção será composta pela equipe de coordenação do Projeto VETOR (gestores do Atelier Subterrânea), os quais avaliarão as propostas baseados nos seguintes critérios de avaliação:

1. Clareza de objetivos na proposta de trabalho apresentada;
2. Coerência entre proposta e região geográfica escolhida;
3. Exequibilidade da proposta dentro do período de 30 dias e da verba disponível;
4. Qualidade do portfólio apresentado;
5. Interação com a comunidade: as propostas devem obrigatoriamente envolver a comunidade local no processo e deverão prever pelo menos 01 oficina ou palestra gratuitas.

A decisão da comissão julgadora é soberana e irrevogável.

OBRIGAÇÕES DOS CONTEMPLADOS:

1. Os artistas selecionados deverão assinar contrato de autorização de uso de imagem e termo de compromisso com o projeto VETOR;
2. As propostas selecionadas deverão ser executadas e apresentadas dentro de um período de 30 dias, não sendo possível prorrogação;
3. As datas de execução de cada proposta serão definidas pela produção/curadoria juntamente com os artistas selecionados, considerando os meses de março, abril e maio de 2013;
4. Os artistas selecionados deverão escrever um texto de pelo menos 1 lauda sobre a experiência de residência para ser publicado no catálogo do projeto;
5. Os artistas selecionados deverão registrar o processo em fotos e apoiar a produção na geração de conteúdo para o blog do projeto VETOR. Este material também poderá ser utilizado no catálogo do projeto VETOR.
6. Os artistas selecionados deverão realizar pelo menos 01 palestra ou oficina nos locais em que executarão a residência e 01 palestra e apresentação do projeto no Atelier Subterrânea, em Porto Alegre.

REALIZAÇÃO:
Subterrânea

FINANCIAMENTO:
Programa Rede Nacional Funarte Artes Visuais - 9ª Edição, Funarte, Ministério da Cultura, Governo Federal

Posted by Patricia Canetti at 12:38 PM