Página inicial

Salões & Prêmios

 


agosto 2017
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    
Pesquise em
salões & prêmios:

Arquivos:
agosto 2017
julho 2017
junho 2017
maio 2017
abril 2017
março 2017
dezembro 2016
novembro 2016
setembro 2016
agosto 2016
julho 2016
maio 2016
abril 2016
fevereiro 2016
janeiro 2016
outubro 2015
setembro 2015
agosto 2015
julho 2015
junho 2015
maio 2015
abril 2015
março 2015
fevereiro 2015
janeiro 2015
novembro 2014
outubro 2014
setembro 2014
agosto 2014
julho 2014
junho 2014
maio 2014
abril 2014
março 2014
fevereiro 2014
janeiro 2014
novembro 2013
outubro 2013
setembro 2013
agosto 2013
julho 2013
junho 2013
maio 2013
abril 2013
março 2013
fevereiro 2013
janeiro 2013
dezembro 2012
novembro 2012
outubro 2012
setembro 2012
agosto 2012
julho 2012
junho 2012
maio 2012
abril 2012
março 2012
fevereiro 2012
janeiro 2012
novembro 2011
outubro 2011
setembro 2011
agosto 2011
julho 2011
junho 2011
maio 2011
abril 2011
março 2011
fevereiro 2011
janeiro 2011
dezembro 2010
novembro 2010
outubro 2010
setembro 2010
agosto 2010
julho 2010
junho 2010
maio 2010
abril 2010
março 2010
fevereiro 2010
janeiro 2010
dezembro 2009
novembro 2009
outubro 2009
setembro 2009
agosto 2009
julho 2009
junho 2009
maio 2009
abril 2009
março 2009
fevereiro 2009
janeiro 2009
dezembro 2008
novembro 2008
outubro 2008
setembro 2008
agosto 2008
julho 2008
junho 2008
maio 2008
abril 2008
março 2008
fevereiro 2008
janeiro 2008
dezembro 2007
novembro 2007
outubro 2007
setembro 2007
agosto 2007
julho 2007
junho 2007
maio 2007
abril 2007
março 2007
fevereiro 2007
janeiro 2007
dezembro 2006
novembro 2006
outubro 2006
setembro 2006
agosto 2006
julho 2006
junho 2006
maio 2006
abril 2006
março 2006
fevereiro 2006
janeiro 2006
dezembro 2005
novembro 2005
outubro 2005
setembro 2005
agosto 2005
julho 2005
junho 2005
maio 2005
abril 2005
março 2005
fevereiro 2005
janeiro 2005
dezembro 2004
novembro 2004
outubro 2004
setembro 2004
agosto 2004
julho 2004
junho 2004
maio 2004
As últimas:
 

outubro 23, 2012

Edital de estímulo à produção audiovisual: projetos selecionados para 2013

Edital de estímulo à produção audiovisual: projetos selecionados para 2013

Foram definidos os projetos para execução no primeiro semestre de 2013 pelo Edital de estímulo à produção audiovisual: fulldome e fachada digital do Espaço TIM UFMG do Conhecimento.

Júri responsável: André Guimarães Brasil, professor do Departamento de Comunicação Social, da UFMG; Laura Guimarães, coordenadora de Comunicação e Audiovisual do Espaço TIM UFMG do Conhecimento e professora do Departamento de Comunicação Social, da UFMG; Patrícia Azevedo, professora do Departamento de Fotografia, Teatro e Cinema, da UFMG; Renata Marquez, professora do Departamento de Análise Crítica e Histórica da Arquitetura, da UFMG; Vanessa Fagundes, assessora de comunicação da Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (FAPEMIG)

Selecionados:

- Fachada digital: Medidor de paisagem sonora, de Lívia Chagas e Wemerson Machado

- Fulldome: Quantas linhas são necessárias para apagar um retângulo preto?,de Andrei Rubina Thomaz

As propostas receberão um incentivo de R$5.000,00 para execução e serão exibidas no Espaço no próximo ano.

Posted by Cecília Bedê at 10:59 AM

outubro 19, 2012

Situações Brasília : Prêmio Funarte de Arte Contemporânea 2012 do Distrito FederalF - Premiados

Situações Brasília : Prêmio Funarte de Arte Contemporânea 2012 do Distrito Federal

Situações Brasília : Prêmio Funarte de Arte Contemporânea 2012 do Distrito Federal acaba de divulgar os artistas premiados nesta primeira edição. O maior salão de artes visuais da região central do Brasil selecionou quatro artistas, de Minas Gerais e São Paulo, para receber R$ 10 mil como prêmio aquisitivo. Eles também terão suas obras integradas ao acervo do Museu Nacional da República.

Prêmio Funarte de Arte Contemporânea 2012 do Distrito Federal recupera uma iniciativa realizada em Brasília pela última vez em 1998. Naquele ano, aconteceu o Prêmio Brasília de Artes Visuais visando formar acervo para o MAB – Museu de Arte de Brasília. Na ocasião, foram premiados, com prêmio aquisitivo, nomes como Miguel Rio Branco, Nelson Felix, Rosângela Rennó, Arthur Omar, Mário Cravo Neto, hoje artistas de ponta da arte contemporânea brasileira. A valorização do trabalho destes criadores no mercado nacional e internacional de arte inviabilizaria hoje a aquisição destas obras para acervos públicos. SITUAÇÕES BRASÍLIA também aposta em jovens artistas que despontam no cenário da arte contemporânea como promessas.

Premiados:

André Terayama – SP
Título 1: Sem título # 10 da série Esculturas de segundos 2011 62 x 42 cm
Tit 2: Sem título # 9 da série Esculturas de segundos 2011
Tit 3: Sem título # 3 da série Esculturas de segundos – 2011

Ricardo Burgarelli e Luiza Horta – MG
Título: Arquivo de Obras em Acabamento – 2012 - Instalação de fotografias, vídeo, gravura, impressão digital, mesa , bancos, televisão e etc.

Pedro David – MG
Título: Sufocamento – políptico da série Madeira de Lei – 2012 - Fotografia impressão por pigmentos minerais sobre papel off set . 10 imagens de 60 x60 cm em folhas de 85 x 66 cm, com molduras de 90 x 70 cm. Área total de 180 x 350 cm.

O mesmo procedimento será seguido com os outros cinco artistas convidados, que receberão prêmio aquisitivo no valor de R$ 10 mil:
Laura Lima (RJ),
Marcelo Silveira (PE),
Milton Marques (DF),
Paula Trope (RJ)
Pedro Motta (MG).

Situações Brasília : Prêmio Funarte de Arte Contemporânea 2012 do DF reúne artistas contemporâneos de vários estados brasileiros, escolhidos a partir de edital de seleção e/ou convidados por ter já uma trajetória consolidada. O projeto foi concebido e é coordenado pelo artista plástico, designer gráfico e produtor cultural Evandro Salles. A realização é da produtora Dani Estrella e na curadoria estão também Cristiana Tejo, curadora do Projeto Made in Mirrors, e Wagner Barja, curador e diretor do Museu Nacional da República.

Posted by Marília Sales at 1:29 PM

outubro 16, 2012

Call for entries: Kino der Kunst - Inscrições e informações para os artistas

Call for entries: Kino der Kunst

KINO der Kunst, uma combinação nova e única no mundo do festival de cinema e exposição de arte, vai realizar a sua primeira edição de 24 a 28 de abril de 2013. Cinemas e museus de Munique vai apresentar uma Competição Internacional, retrospectivas, especial se concentra, fala e multi-canal de instalações. KINO der Kunst investiga a relação entre arte visual e cinema, o foco programático sendo a abordagem atual de filmar artistas de ficção e narração.

Inscrições até o dia 15 de dezembro de 2012

KINO der Kunst representado por EIKON Süd GmbH
Birkerstrasse 22, D-80636 München
+49 (0) 89 130 14 30 10 ou info@kinoderkunst.de
www.kinoderkunst.de
diretor artístico: Heinz Peter Schwerfel; o diretor: Dr. Ernst Ludwig Ganzert

Informações para o artista sobre o custo-benefício de editais
As informações abaixo, todas de caráter objetivo, copiadas do edital, servem para ajudar o artista iniciante a decidir sobre a sua participação no evento em questão. Leia sobre esta iniciativa do Canal no Salões&Prêmios.

GANHO PARA INSCRITOS: nenhum

GANHO PARA SELECIONADOS: Dois prêmios no valor de € 20.000

CUSTOS OPERACIONAIS: Inscrição on-line e envio do DVD à Munique.

Convidamos artistas visuais de todo o mundo para apresentar seus trabalhos recentes para a Competição Internacional. Todas as inscrições devem revelar uma abordagem inovadora para as diversas formas narrativas do cinema em um alto nível técnico. Eles devem ter sido produzidos após 1 de Janeiro de 2011. Um júri internacional, apresentando, entre outros, artista de Nova York Cindy Sherman, artista e cineasta Isaac Julien de Londres e Jean de Loisy, diretor do Palais de Tokyo, em Paris, vai premiar dois principais prêmios no valor de € 20.000.

Único canal de obras de qualquer tamanho ou formato, feitas por artistas plásticos, são aceitos. Todos os filmes serão apresentados online, e exclusivamente on-line, em www.kinoderkunst.de. Depois de digitar seus dados (endereço, título do filme, os créditos, a biografia do diretor, sinopse, detalhes técnicos), você recebe um número de registro que você precisa enviar, juntamente com um DVD, para o endereço indicado Munique de KINO der Kunst. Prazo para submissão é 15 de dezembro de 2012.

Entrada filme para a Competição Internacional: www.kinoderkunst.de

Para mais informações sobre www.kinoderkunst.de

KINO der Kunst é uma parceria com o Estado da Baviera Ministério da Ciência, Pesquisa e Artes, a Fundação Federal de Cultura, a Allianz Cultural Foundation, BMW e da Coleção Goetz, em colaboração com a Universidade de Televisão e Cinema de Munique, a Academia de Belas Artes , Pinakothek der Moderne / Schaustelle, Museu Brandhorst e ARRI.


Regulamento:

1 A apresentação de candidaturas está aberto a todos os artistas visuais.
O pedido deve ser apresentado através da Internet é livre e não está sujeita a qualquer restrição.
A chamada para inscrições é destinado a filmes de arte internacionais de qualquer comprimento em formato único canal, que foram produzidos depois de 1.1.2011.
São excluídos da participação documentário e narrativa não-trabalho experimental.

2 O formulário de inscrição assinado e um DVD para exame têm até 30 Novembro 2012 submetido ao escritório do Festival CINEMA DE ARTE.
Filmes com diálogos que não são em Inglês deve ser legendados em Inglês.
Cada filme é um formulário de envio deve ser usado.
O formulário deve ser preenchido e assinado.

3 Custo e risco de material de transporte visualização e copia a seleção para o festival assumida pelo contribuinte. Isto aplica-se mesmo se as cópias são enviadas de outros festivais.
O remetente tem que organizar a entrega de cópia.

4 O potencial para a triagem estão DCP/HD/BluRay/16mm/35mm. Formatos de vídeo são copiados para o disco rígido do festival.

5 Cópias de filmes são segurados durante o evento para o seu valor de impressão.

6 Todas as parcelas de países não comunitários devem ser claramente identificados com a declaração aduaneira "Somente para fins culturais não tem nenhum valor", ser fornecida.
Os embarques fora da UE deve ser acompanhado por um pró-forma de mais de 10 euros. Os custos incorridos devido a declarações incorrectas será cobrar do remetente.

7 Arquivando confirma que o filme pode ser exibido no festival. Remetente para confirmar a apresentação e ter verificado a partir de terceiros que estavam envolvidos na produção, que concordam em participar do festival.

8 Proprietário concorda que o filme apresentado em trechos de três minutos para anunciar o festival na TV e shows de Internet.

9 A impressão, direitos autorais livres fotos do filme e uma foto do artista com uma resolução mínima de 300 dpi (Formato: JPG, TIF ou BMG) deve, ao selecionar para publicidade e relações públicas são fornecidos. O participante concorda que o texto fornecido e fotos são publicadas no catálogo do festival e no site do festival.

10 Alertas de participação e não-participação dos filmes apresentados feita a partir de 15 Fevereiro 2012 via e-mail.
Os títulos de todos os filmes participantes serão publicados no site do festival e outros sites.

11 Cópias de visionamento pode ser devolvido apenas se um envelope selado e endereçado e pode ser pego em pessoa.

12 O Festival de Cinema de arte é o EIKON Süd GmbH

Posted by Marília Sales at 9:58 AM | Comentários(1)

outubro 10, 2012

Temporada de Projetos 2013: Inscrições e informaçãos para artistas e curadores

Temporada de Projetos 2013

O programa mais tradicional do Paço das Artes, a Temporada de Projetos, abre suas inscrições ao público entre os dias 27 de agosto e 10 de novembrobro de 2012. Clique aqui para baixar a ficha de inscrição e aqui para conhecer a convocatória.

O júri que irá selecionar os escolhidos para a Temporada de Projetos 2013 é formado por Ananda Carvalho, Camila Duprat, Maikon Rangel e Paula Borghi (pré-seleção) e Priscila Arantes, Martin Grossmann, Angélica de Moraes e Nancy Betts (seleção).

Inscrições até o dia 10 de novembro de 2012.

Paço das Artes
Av. da Universidade 1 Cidade Universitária
CEP 05508-040 São Paulo/SP, Brasil
11-3814 4832
Ficha de inscrição

Informações para o artista sobre o custo-benefício de editais
As informações abaixo, todas de caráter objetivo, copiadas do edital, servem para ajudar o artista iniciante a decidir sobre a sua participação no evento em questão. Leia sobre esta iniciativa do Canal no Salões&Prêmios.

GANHO PARA INSCRITOS: nenhum

GANHO PARA SELECIONADOS:
Os artistas escolhidos receberão o Prêmio de Participação de R$ 1.300. Já o projeto de curadoria receberá o valor de R$ 3.200.

CUSTOS OPERACIONAIS: Elaboração e envio do material abaixo relacionado:
a) ficha de inscrição, devidamente preenchida e assinada;
b) texto conceitual explicativo da proposta, com objetivo e justificativa do projeto;
c) memorial descritivo técnico com 1 (uma) lauda (1.000 caracteres sem espaço);
d) currículo resumido do artista/curador;
e) cronograma de execução (tempo necessário para realização da obra/projeto);
f) registro de imagens a cores em papel ou CD devidamente identificados (não serão consideradas imagens em slide). As imagens devem estar acompanhadas de nome do artista, título e data da obra, técnica e dimensões;
g) orçamento detalhado do projeto, incluindo especificações dos materiais necessários e relação dos equipamentos que serão utilizados para a montagem. A não apresentação desse item exclui automaticamente o projeto da seleção;
h) no caso de projetos em vídeo ou de performance, serão aceitos somente DVDs editados ou demo com tempo máximo de duração de 5 (cinco) minutos.


Convocatória

CONVOCATÓRIA PARA O PROGRAMA TEMPORADA DE PROJETOS 2013

Um dos programas mais importantes do Paço das Artes, a Temporada de Projetos é um espaço dedicado às produções artísticas, curatoriais e críticas emergentes. Antes bienal, o programa se tornou anual em 2009, quando também passou a oferecer ajuda de custo aos artistas e curadores participantes.

Em 2013, a Temporada de Projetos completa 11 edições e realizará nove exposições individuais em espaço coletivo e um projeto de curadoria selecionados entre os inscritos na Convocatória.

INSCRIÇÕES 27 DE AGOSTO A 06 DE OUTUBRO DE 2012* (adiada)

REGULAMENTO

A Associação dos Amigos do Paço das Artes Francisco Matarazzo Sobrinho Organização Social de Cultura, sociedade civil sem fins lucrativos, no exercício das atribuições, conforme Estatuto Social registrado no 1º Oficial de Registro de Títulos e Documentos e Civil de Pessoa Jurídica de São Paulo,
torna pública a presente Convocatória, válida para todo o território nacional, e disposições abaixo estabelecidas:

I DO OBJETO

1.1. O objeto desta Convocatória é a seleção de projetos visando ao estímulo, à reflexão e à produção de artistas e curadores emergentes, no sentido de fomentar a diversidade das linguagens artísticas em suas variadas formas de manifestação, possibilitando, através de apoio financeiro, a realização de
exposições no espaço do Paço das Artes, localizado na Av. da Universidade, 01, Cidade Universitária, São Paulo.

II DAS CONDIÇÕES

2.1. Estão habilitadas a participar desta Convocatória pessoas físicas envolvidas com as artes visuais, considerando:

a) Pessoa Física: indivíduos ou representantes de grupo de artistas maiores de 18 (dezoito) anos.

2.2. Esta Convocatória é destinada a artistas brasileiros, brasileiros residentes no exterior ou estrangeiros com residência no Brasil.

2.3. É vedada a inscrição de membros do júri e da comissão organizadora, funcionários, servidores, prestadores de serviços ligados diretamente à Associação e membros do Conselho de Administração e seus parentes de até 3º grau.

2.4. Todas as ações propostas e produtos gerados nesta Convocatória deverão ser oferecidos ao público.

2.5. A presente Convocatória contemplará 10 (dez) projetos de exposições de arte contemporânea, a serem realizadas no espaço expositivo do Paço das Artes.

2.5.1. Entendido que as artes visuais constituem um campo de múltiplas manifestações, o (a) proponente terá ampla liberdade quanto às linguagens de arte contemporânea que serão desenvolvidas em seu projeto, podendo direcioná-las a qualquer público, observado o caráter exclusivo da obra para a
Temporada de Projetos 2013, e considerando que as mesmas serão expostas em local público de livre acesso.

2.5.2. O (A) proponente deverá considerar os resultados do projeto como contribuições ao conhecimento e à difusão de processos criativos em artes visuais. Deverão ser considerados a qualidade, o planejamento e a divulgação necessários para a disponibilização de seus resultados à sociedade.

2.6. O (A) proponente poderá inscrever até 3 (três) projetos, podendo ser selecionado apenas 01 (um), seja o mesmo individual ou em grupo. Caso deseje inscrever mais do que um projeto, o (a) proponente deve fazer uma ficha para cada proposta e enviá-las separadamente.

2.6.1. O (A) proponente deverá formatar o seu projeto obedecendo às exigências desta Convocatória, podendo escolher qualquer temática ou proposta que considere de interesse para as artes visuais.

III DA TEMPORADA DE PROJETOS 2013

3.1. A Temporada de Projetos do Paço das Artes abre espaço às produções artística e curatorial emergentes e à consequente reflexão crítica que as acompanha. Os selecionados receberão um Prêmio de Participação. O programa disponibiliza ajuda de custo aos selecionados residentes fora do Estado de São Paulo, dentro do território nacional. Além disso, a Temporada de Projetos conta com a publicação de um catálogo com imagens e textos críticos de todos os projetos apresentados.

3.2. Em 2013, a Temporada de Projetos realizará 9 (nove) exposições individuais em espaço coletivo e 1 (um) projeto de curadoria selecionados entre os inscritos.

IV DA INSCRIÇÃO/REGULAMENTO

4.1. O Paço das Artes, órgão da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, do qual a Associação dos Amigos do Paço das Artes Francisco Matarazzo Sobrinho Organização Social de Cultura é responsável pela gestão, abre inscrições para sua Temporada de Projetos 2013, abrangendo as manifestações artísticas contemporâneas em sua diversidade – pintura, gravura, desenho, escultura, objeto, instalação, fotografia, videoarte, videoinstalação, performance, happening, multimídia, novas mídias (eletrônicas e digitais), como arte online, ciberarte, software arte; bem como propostas curatoriais.

4.2. As inscrições serão gratuitas, realizadas no período de 27 de agosto a 06 de outubro 2012, devendo ser enviadas pelo correio ou feitas diretamente no Paço das Artes, contendo os itens necessários para efetivar a inscrição e as demais exigências constantes desta Convocatória.

4.3. As inscrições realizadas diretamente no Paço das Artes poderão ser feitas de segunda a sexta-feira, no período das 11h30 às 18h. No caso de inscrições enviadas pelo correio, será considerada a data de postagem.

4.4. Os participantes que realizarem a entrega do projeto via correio e desejam receber o comprovante devem fazer o envio na modalidade de carta registrada com Aviso de Recebimento (AR), até a data de postagem informada nesta Convocatória (item 4.2.).

4.4.1. O comprovante de Aviso de Recebimento dos Correios, documentando a entrega do projeto ao Paço das Artes, servirá como comprovante de inscrição.

4.4.2. O projeto completo deve estar contido em envelope A4 ou embalagem apropriada de mesmo tamanho, identificado com o nome do artista/curador, para o seguinte destinatário:
Paço das Artes / Núcleo de Projetos
Temporada de Projetos 2013
Av. da Universidade, 1
Cidade Universitária, São Paulo, SP, CEP 05508-040

4.5. Na hipótese de inscrição de propostas de grupo de artistas, apenas um membro deverá constar como responsável pela inscrição, sendo ele identificado como proponente e os demais como anuentes.

4.6. A Associação não se responsabiliza por projetos extraviados, não entregues no endereço e postados fora do prazo determinado nesta Convocatória.

4.7. O projeto deverá ser entregue na íntegra, não sendo admitidas alterações ou complementação posteriores à entrega.

4.8. Os projetos apresentados deverão ser de caráter contemporâneo, inédito e exclusivo para a Temporada de Projetos 2013.

4.9. A Associação não se compromete a devolver os projetos não aceitos. Os mesmos permanecerão à disposição dos inscritos para retirada pelo período de três meses após a seleção. Aqueles que desejarem ter seus projetos devolvidos pelo correio devem incluir envelope devidamente selado e com as informações do destinatário. Findo este prazo, a Associação dará aos mesmos o encaminhamento conveniente.

4.10. O projeto de artista poderá ser apresentado por artista individual ou por grupo de artistas (representado por um dos integrantes do grupo).

4.11. O projeto de curadoria poderá incluir obras de, no máximo, 7 (sete) artistas.

4.12. Não serão aceitas inscrições de artistas/curadores que participaram das edições de 2011 ou de 2012 da Temporada de Projetos.

V DO PROJETO

5.1. Os projetos para exposições individuais ou de grupos e de curadoria deverão conter, na forma impressa:

a) ficha de inscrição, devidamente preenchida e assinada (disponível no site www.pacodasartes.org.br);
b) texto conceitual explicativo da proposta, com objetivo e justificativa do projeto;
c) memorial descritivo técnico com 1 (uma) lauda (1.000 caracteres sem espaço);
d) currículo resumido do artista/curador;
e) cronograma de execução (tempo necessário para realização da obra/projeto);
f) registro de imagens a cores em papel ou CD devidamente identificados (não serão consideradas imagens em slide). As imagens devem estar acompanhadas de nome do artista, título e data da obra, técnica e dimensões;
g) orçamento detalhado do projeto, incluindo especificações dos materiais necessários e relação dos equipamentos que serão utilizados para a montagem. A não apresentação desse item exclui automaticamente o projeto da seleção;
h) no caso de projetos em vídeo ou de performance, serão aceitos somente DVDs editados ou demo com tempo máximo de duração de 5 (cinco) minutos.

VI DO PRÊMIO

6.1. Os projetos de artistas selecionados para exposição receberão a quantia de R$ 1.300,00 (um mil e trezentos reais) a título de Prêmio de Participação para Exposição.

6.1.1. O pagamento do Prêmio de Participação será realizado durante o período da exposição.

6.1.2. No caso de projeto de grupo, o pagamento será feito ao seu representante.

6.2. O projeto de curadoria selecionado receberá a quantia de R$ 3.200,00 (três mil e duzentos reais) a título de Prêmio de Participação para Curadoria. Os artistas participantes da curadoria receberão a quantia de 1.300,00 (um mil e trezentos reais) a título de Prêmio de Participação para Exposição.

6.3. O artista/curador selecionado residente em outro Estado será contemplado com passagem aérea (ida e volta dentro do território nacional), hospedagem e ajuda de custo por 5 (cinco) dias, de acordo com procedimento padrão da Associação. No caso de projeto apresentado por grupo, somente serão disponibilizados os itens acima para um representante.

OBSERVAÇÕES:

a) Não estão previstos custos de passagem aérea, hospedagem e traslados, nem custos de confecção e produção de obras para os artistas participantes do projeto de curadoria selecionado.

b) Casos omissos em relação ao projeto de curadoria serão analisados pelo júri e pela direção.

VII DA SELEÇÃO

7.1. A seleção será realizada por comissão julgadora composta por até 7 (sete) críticos convidados pela Associação, selecionados entre nomes renomados e jovens críticos.

7.2. São critérios gerais norteadores da avaliação dos projetos a serem contemplados pela presente Convocatória:

a) qualidade e excelência dos projetos;
b) qualidade artística e poética, ineditismo da proposta e coerência conceitual;
c) clareza do memorial descritivo e do desenvolvimento da proposta;
d) viabilidade do cronograma proposto;

e) adequação orçamentária do projeto ao orçamento da Temporada de Projetos 2013, que destinará o montante de R$50.000,00 (cinquenta mil reais) para o auxílio da produção de obras, valor este que será dividido entre os nove projetos de artistas e o projeto de curadoria

7.3. Além de nove projetos de artistas e de um projeto de curadoria, a comissão deverá selecionar três projetos suplentes, sendo dois de artistas e um de
curadoria.

7.4. Ocorrendo desistência ou impossibilidade de contratação por parte de algum selecionado, será chamado o primeiro suplente da lista.

7.5. A comissão não poderá selecionar projeto curatorial que apresente artista já selecionado em projeto de artista.

7.6. A comissão de seleção é soberana, não cabendo veto ou recurso às suas decisões.

7.7. O resultado do processo seletivo será divulgado no site www.pacodasartes.org.br.

VIII DAS OBRIGAÇÕES

8.1. À Associação cabem as seguintes obrigações:

a) para projetos individuais e em grupo: destinar um espaço expositivo de até 80 m² (oitenta metros quadrados);

b) para projeto de curadoria: destinar um espaço expositivo de até 200 m² (duzentos metros quadrados);

c) oferecer a proposta expográfica da mostra, definida por arquiteto contratado pela Associação, em diálogo com o artista/curador e os críticos;

d) imprimir materiais gráficos a critério da Associação, tais como convite e/ou programação visual;

e) divulgar as exposições por meio de assessoria de imprensa;

f) elaborar texto crítico para exposições individuais ou em grupo (no caso de curadoria, o autor do texto será o próprio curador);

g) incluir textos e imagens das mostras no site www.pacodasartes.org.br;

h) elaborar catálogo, incluindo todas as mostras ocorridas durante a Temporada de Projetos 2013, composto por textos institucionais, textos críticos e imagens;

i) a cada exposição, realizar um encontro com o artista ou grupo e, no caso da exposição de curadoria, encontro com o curador promovidos pela Associação junto ao Núcleo Educativo do Paço das Artes

j) preencher laudo técnico com as condições das obras na chegada e na saída do espaço expositivo do Paço das Artes.

OBSERVAÇÕES:
a) o espaço expositivo destinado a cada projeto selecionado poderá sofrer alterações para adequar-se ao programa de exposições da Associação.

b) a escolha dos autores dos textos críticos, textos institucionais e verbetes críticos fica a critério da Associação.

c) os conteúdos e formatos do convite, catálogo e/ou programação visual ficam a critério da Associação (qualquer material impresso específico deverá ser submetido à aprovação institucional e deverá constar do projeto e orçamento).

d) caso o artista obtenha apoio, a Associação poderá oferecer inserção do logo no painel de entrada do Paço das Artes, mediante análise e prévia aprovação da direção.

8.2. Ao artista/curador cabem as seguintes obrigações:

a) assinar contrato com a Associação, sob pena de cancelamento da exposição;

b) responsabilizar-se pelos encargos relativos à embalagem, ao transporte (entrega e retirada no local) e ao seguro das obras a serem expostas;

c) retirada (s) obra (s), ao término do período de desmontagem da mostra, de acordo com o cronograma estipulado pela Associação;

d) fornecer comprovantes das licenças de direitos de propriedade intelectual e de direitos autorais relacionados às obras de terceiros a serem utilizadas na (s) obra (s) expostas;

e) estar presente na abertura da Temporada de Projetos 2013, e durante a montagem de seu projeto, salvo motivo de força maior;

f) entregar material (projeto, memorial, biografia, ficha técnica, verbetes, imagens) para divulgação e realização do catálogo de acordo com o cronograma estipulado pela Associação;

g) comunicar por escrito à Associação eventuais mudanças de endereços, inclusão de apoiadores e outras informações relevantes;

h) observar as normas e procedimentos próprios da Associação;

i) participar do encontro com artistas, grupo ou curador (a) em data programada pela Associação junto ao Núcleo Educativo do Paço das Artes.

OBSERVAÇÃO:

a) A Associação não se responsabiliza por danos ocorridos às obras expostas ou possíveis remontagens das mesmas durante o período da mostra.

IX DA MOSTRA

9.1. As mostras dos artistas selecionados serão organizadas de acordo com programação, cronograma e orçamento definido pela Associação no decorrer do ano de 2013.

9.2. Os artistas realizarão exposições individuais paralelas em espaço coletivo.

X DA DIVULGAÇÃO

10.1. A divulgação dos selecionados ocorrerá entre os meses de dezembro de 2012 e janeiro de 2013, através do site do Paço das Artes (www.pacodasartes.org.br). Os artistas e o curador selecionados serão notificados por e-mail, correio e/ou telefone.

10.2. O resultado da seleção também será divulgado para a imprensa.

XI DOS DIREITOS AUTORAIS E DO DIREITO DE IMAGEM

11.1. Pela adesão à presente Convocatória, o (a) candidato (a) inscrito (a) que venha a ser selecionado (a) autoriza a Associação e o Governo do Estado de São Paulo a utilizar imagens da produção artística das etapas do projeto em mídia impressa ou eletrônica, para divulgação dos projetos.

11.2. As instituições que constam do item acima poderão, ainda, autorizar a utilização dessas imagens, cujos direitos são ora cedidos a terceiros, para fins educacionais e de divulgação, sem comercialização.

11.3. É responsabilidade do artista ou curador selecionado obter licenças de direitos de propriedade intelectual e de direitos autorais incidentes sobre as obras de terceiros a serem utilizadas na sua obra. As referidas licenças de direitos deverão ser colocadas à disposição da Associação, devidamente assinadas e com firma reconhecida, conforme modelo que será disponibilizado, sob pena de desclassificação. Em caso de contestação, o artista se tornará responsável civil e criminalmente, isentando os organizadores e demais empresas e/ou instituições vinculadas ao Paço das Artes de qualquer responsabilidade.

XII DA COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL

12.1. As logomarcas da Associação e do Governo do Estado de São Paulo deverão obrigatoriamente ser fixadas em todas as peças gráficas de divulgação dos projetos selecionados, sob as chancelas “Apresenta” e /ou “Realização”, de forma padronizada, devendo ser aprovados pela Associação antes de sua veiculação.

12.2. Caso a obra seja produzida com apoio financeiro da Associação, deverá trazer sempre que for exposta as logomarcas da Associação e do Governo do Estado de São Paulo, sob a chancela de “Apoio”. A aplicação da logomarca deverá ser aprovada pela Associação antes da sua veiculação.

XIII DISPOSIÇÕES FINAIS

13.1. O ato de inscrição implica a automática autorização, por parte do artista/curador selecionado, de gravação de sua imagem e voz, bem como a posterior utilização institucional, sem limitação de prazo e território, para as finalidades a que se propõe esta Convocatória.

13.2. Os esclarecimentos referentes à Temporada de Projetos serão prestados pelo telefone 3814-4832, das 14 às 18 horas, de segunda a sexta-feira, ou pelo e-mail: pacodasartes@pacodasartes.org.br.

13.3. O ato de inscrição implica a automática e plena concordância com todos os termos desta Convocatória, e a inobservância das normas estabelecidas implica o indeferimento da inscrição do projeto.

13.4. Casos omissos serão definidos pela comissão de seleção e pela diretoria da Associação dos Amigos do Paço das Artes.

Posted by Marília Sales at 5:12 PM | Comentários(1)

Rumos Cinema e Vídeo divulga selecionados da edição 2012-2014: Selecionados

Rumos Cinema e Vídeo divulga selecionados da edição 2012-2014

Selecionados: Andrea Tonacci (SP), Armando Praça (CE), Camis Garcia (SP), Carol Argamim Gouvêa (MG), Daniela Moreira (RJ), Fabio Alves (PR), Francisco Bahia (SP), Giovanni Francischelli (SP), Grupo Mesa de Luz (SP), Guille Martins(SP), Lea Van Steen e Raquel Kogan (SP), Luka Melero (RJ), Marcelo Andriguetti (RS), Matheus Leston (SP), Mirella Brandi (SP), Muepetmo (SP), Ricardo Pretti (RJ), Sheyla Smanioto (SP), Tamíris Spinelli (PR), Tiago Pedro (CE), Tiago Romagnani Silveira (SC)

O Rumos Cinema e Vídeo divulga os selecionados da edição 2012-2014. Foram 401 inscrições, vindas de todo o país, nas 3 categorias: Documentários para Web, para produções que exploram a linguagem da internet e recursos de dispositivos móveis; Espetáculos Multimídia, para performances e instalações multimídia e audiovisuais; e Filmes e Vídeos Experimentais, para projetos que subvertem estruturas e modos de criação convencionais. Dos inscritos 20 foram escolhidos.

Na categoria Filmes e Vídeos Experimentais, quatro foram selecionados – e ainda houve um prêmio especial da Comissão; Espetáculos Multimídia contemplou cinco inscritos; e Documentários para Web dez, na Modalidade B.

A categoria Documentários para Web – Modalidade A não atingiu o número mínimo de inscrições e a organização optou por cancelá-la. Para 2013, está prevista uma convocatória que contemplará esse recorte. Mantenha-se informado aqui pelo site ou pelas nossas redes sociais: Twitter ou Facebook.

Conheça os selecionados de edições anteriores do Rumos Cinema e Vídeo na base de dados Rumos. Acesse o catálogo da edição 2009/2011 e assista a entrevistas com os diretores.

Alcance Nacional

O edital 2012-2014 do Rumos Cinema e Vídeo atingiu as cinco regiões do país e selecionou inscritos de quatro delas. Do total de projetos inscritos, 5 são da região Norte; 38 da Nordeste; 46 da Sul; 298 da Sudeste e 14 da Centro-Oeste. Ao fim, foram escolhidos 2 do Nordeste, 4 do Sul, 13 do Sudeste e 1 do Centro-Oeste. Veja abaixo os selecionados:

- Documentários para Web – Modalidade B
Filmes de temática livre que exploram a linguagem web e/ou utilizam câmeras multiformato, smartphones e dispositivos móveis para a realização de vídeos autorais. Os projetos contemplados nessa modalidade participarão de um laboratório virtual para acompanhamento de todas as etapas de desenvolvimento, até a entrega do filme finalizado.

Saltimbanco 3.0
Camis Garcia, São Paulo (SP)

Com foco em acompanhar a convergência de mídias que vêm se consolidando no mundo todo, Saltimbanco 3.0 é um documentário para web que retratará, de forma interativa, os artistas de rua da Avenida Paulista. No site/projeto, o público encontrará, mapeado na avenida, o trabalho de artistas de diferentes modalidades. De maneira livre e participativa, o internauta escolhe que trabalho quer conhecer. Ao clicar no trabalho escolhido, inicia-se o trecho do documentário.

É Osso: As Ausências que a Morte Cava, a Presença que a Imagem Inventa
Sheyla Smanioto, Diadema (SP)

Este projeto propõe um documentário para web que verse sobre a relação entre objetos que fazem lembrar de pessoas já mortas, a ausência evocada pela morte e a imagem, que é uma espécie de presentificação da ausência. A ausência que a morte cava e a delicada presença que a imagem e os objetos tecem serão pensadas por meio do entrelaçamento de entrevistas sobre o tema, aliado à proposta estética de explorar vídeos de arquivo familiar, comuns na internet.

Sorria, É Sexta-Feira
Luka Melero, Niterói (RJ)

Toda sexta-feira à noite a ponte Presidente Costa e Silva, mais conhecida como Ponte Rio-Niterói, registra longos congestionamentos. A travessia dos pouco mais de 13 quilômetros de extensão da via pode durar mais de três horas. Em meio a esse caos urbano, serão realizadas entrevistas bem-humoradas sobre lazer e rotina, com a intenção de dar espaço para as pessoas se expressarem nesse momento de estresse.

Gamewhat?
Fabio Alves, Curitiba (PR)

O crítico Roger Ebert afirmou certa vez que videogames não podem produzir grandes obras de arte: “Acredito que video games podem ser elegantes, sutis, visualmente maravilhosos. Mas creio que a natureza dessa mídia a impede de passar do estado de artesanato para o de arte”. Será mesmo? Em Gamewhat? buscaremos entender de que forma a gamearte se apropria do caráter estético dos games de modo crítico e questionador, propondo reflexões inusitadas. Ebert está correto ou não? A resposta dependerá do caminho.

A Experiência do Sujeito Genérico
Francisco Bahia, São Paulo (SP)

O Google Street View apresenta uma possibilidade nunca antes imaginada: todas as grandes cidades do mundo inteiramente fotografadas em 360 graus, formando um continuum de espaço e tempo. Porém, o olhar que se desprende das cidades é um olhar pronto, vazio de experiência e subjetividade. Este documentário aborda a relação entre os limites da virtualidade e da experiência real, entre o olhar da técnica e o olhar subjetivo, carregado de significados.

Se Eu Demorar Uns Meses
Giovanni Francischelli, São Paulo (SP)

Se Eu Demorar Uns Meses é um K-Filme, ou seja, um filme desenvolvido no software livre Korsakow, um aplicativo baseado em banco de dados que trabalha relações entre unidades de vídeo, textos e imagens. Tendo como fundamento a interatividade e a não linearidade, o projeto resgata histórias de presos políticos que estiveram no Departamento Estadual de Ordem Política e Social (Deops), na cidade de São Paulo.

Boca de Rua – Vozes de Uma Gente Invisível
Marcelo Andriguetti, Porto Alegre (RS)

Documentário inédito, com dez minutos de duração, sobre a trajetória do jornal Boca de Rua, produzido inteiramente por moradores de rua de Porto Alegre e que há 12 anos lhes serve de fonte renda e oportunidade. Além de ser uma ferramenta que exalta a liberdade de expressão, a publicação é um exemplo de perseverança e democracia.

Corpos Trans*Lúcidos
Tamíris Spinelli, Curitiba (PR)

Corpos Trans*Lúcidos é um filme ensaio documental que, a partir da colagem de imagens autodocumentais publicadas on-line, busca lançar um olhar não exotizante e aprofundado sobre os corpos e as subjetividades de indivíduos nascidos com corpos biológicos femininos que optaram por alguma transformação física no sentido do gênero oposto.

O Centro Invisível
Carol Argamim Gouvêa, São João del-Rei (MG)

Ver quais são os modos de se capturar uma realidade. Um cego enxerga; na Eslovênia Evgan Bavcar tira fotos. Em Fortaleza não se percebe a cidade, não a enquadramos mesmo possuindo olhos. Um centro invisível. É a identidade de nossa capital cearense, a memória se perde, não é preservada e não a vemos. Resiste, se manifesta na luz ou na ausência desta. O centro se esconde e é revelado na tela. Em três episódios: uma cartografia do centro invisível, manifestado no sagrado, no profano e no mundano.

Onde os Sinos Falam
Tiago Pedro, Fortaleza (CE)

Onde os Sinos Falam irá abordar a Linguagem dos Sinos de São João del-Rei, tentando responder através de entrevistas e pesquisa histórica qual a importância dessa tradição secular nos dias de hoje.

- Espetáculos Multimídia
Performances e instalações que utilizam em seus processos criativos preponderantemente os meios audiovisuais. Os eventos multimídia exploram a presença de uma situação dessa natureza em espaços distintos dos da sala de cinema e de sua ocorrência na televisão e na internet, rompendo com a obrigatoriedade de uma tela única e frontal.

Armadilhas
Grupo Mesa de Luz, São Paulo (SP)

O projeto tem como objetivo a criação das seguintes obras artísticas: 1 – Criação e execução do espetáculo de cinema ao vivo Armadilhas, realizado pelo Grupo Mesa de Luz e que envolve a participação ativa do público; 2 – Criação do DVD interativo Laços.

Som e Chão
Tiago Romagnani Silveira, Florianópolis (SC)

O projeto Som e Chão propõe um diálogo rigoroso entre intenção, acaso e consequências para pesquisar a natureza da luz, do som e do ser humano. A pesquisa/performance/instalação busca criar um espaço de suspensão de certezas e tensão, para lidar com a dureza e a fragilidade do tempo, com os limites do corpo e a busca violenta de superação. A pesquisa explora como diferentes qualidades de tempo são geradas e experienciadas, como penetram e marcam o corpo em sua trajetória.

Orquestra Vermelha
Matheus Leston, Osasco (SP)

Orquestra Vermelha é a apresentação de uma banda de cinco músicos. Porém, apenas um deles está no palco. Os outros quatro são sombras, vídeos exibidos em grandes telas. Os elementos principais são, na realidade, as imagens e a iluminação. Por que vamos a apresentações musicais? Para ver pessoalmente nossos ídolos? Para admirar sua técnica? Para participar de um espetáculo audiovisual? No projeto, assim como em parte dos shows de hoje, talvez a música não seja tão importante.

BRANCO
Mirella Brandi e Muepetmo, São Paulo (SP)

BRANCO é uma apresentação audiovisual realizada ao vivo que explora a luz, de modo a gerar ambientes e sensações que se unem numa narrativa não linear e que se apropria da subjetividade perceptiva para amplificar a direção interpretativa e jogar com a percepção do público. Utiliza volumes variados de névoa e fumaça para imprimir suas imagens e busca no áudio não apenas a sensibilização, mas as reações causadas pelos efeitos físicos do som.

entremeios
Lea Van Steen e Raquel Kogan, São Paulo (SP)

entremeios é uma videoinstalação na qual público e obra interagem, que se utiliza do vídeo, da escultura e de dois fenômenos ópticos: a reflexão e a refração. Nessa obra inédita, vídeos de queimadas serão projetados nas quatro paredes do espaço. No centro, haverá um cubo de espelho colocado dentro de uma caixa de vidro transparente com água. O visitante, ao entrar, se colocará entre a projeção e a superfície reflexiva do cubo, e assim se verá refletido e refratado junto com as imagens.

- Filmes e Vídeos Experimentais
Filmes que extrapolam a estrutura clássica em busca de novos modos de construção da narrativa. Trabalham a não linearidade e formas originais de montagem; a hibridização de suportes e linguagens; e a subversão de características dos meios de captação e finalização, entre outros aspectos que podem ser explorados como elementos de experimentação.

Cine Penhor
Guille Martins, São Paulo (SP)

Um diretor de cinema decide espalhar anúncios pela cidade, convidando a população a penhorar seus vídeos domésticos. Em pouco tempo começam a chegar propostas com filmes de celular, VHS e super-8. Ao manipular e se apropriar dessas memórias alheias, o diretor acaba encontrando outro sentido para sua arte, que parecia estar esgotada. Cine Penhor é um documentário ficcional de colagem que busca, através da multiplicidade de texturas audiovisuais, trazer à tona a força espontânea de imagens anônimas.

O Porto
Ricardo Pretti, Rio de Janeiro (RJ)

O Porto é um filme ensaio que, através de uma cartografia do ambiente portuário do Rio de Janeiro, se propõe a refletir sobre a tensão entre passado e presente, tradição e modernidade. A partir das obras de urbanização do projeto Porto Maravilha, implementado pela prefeitura, o filme realizará uma sobreposição histórico-temporal das atividades antigas e atuais do porto, colocando-as em perspectiva, através de suas relações.

A Deusa Branca
Armando Praça, Fortaleza (CE)

A Deusa Branca trata da faceta menos conhecida do artista, engenheiro e teatrólogo Flávio de Carvalho: a sua incursão no cinema. Em 1958, Flávio parte em uma expedição rumo à Amazônia. Seu plano como diretor era realizar um ambicioso filme que uniria pesquisa etnográfica e o drama ficcional de uma menina branca raptada pelos índios. A empreitada foi um fracasso – o filme jamais foi concluído. Por meio de um precioso material de arquivo, pretende-se resgatar esse fascinante e obscuro episódio.

Origem: Destino
Daniela Moreira, Rio de Janeiro (RJ)

Imigrantes africanos legalizados no Brasil exploram e vivenciam como atores as narrativas orais de imigrantes africanos ilegais chegados aqui em navios de carga, fugindo de alguma contingência de sua terra de origem. O roteiro utiliza elementos narrativos emergidos de uma pesquisa etnográfica prévia; o filme pesquisa livremente procedimentos ficcionais, documentais e experimentais na busca de uma linguagem sensorial que dê conta da complexidade política e estética dessa experiência.

- Prêmio Especial

Já Visto, Jamais Visto
Andrea Tonacci, São Paulo (SP)

Já Visto, Jamais Visto é uma montagem de imagens gravadas, ao longo dos últimos 50 anos, nos mais diferentes suportes por Andrea Tonacci, cineasta marginal e diretor dos clássicos Bang Bang e Serras da Desordem. Um diálogo entre as memórias de um autor e as imagens que filmou e guardou ao longo de sua atividade cinematográfica. Segmentos de vida nunca exibidos, nunca revistos e nunca editados. Uma reflexão sobre imagens que permaneceram à margem da memória, e de memórias à beira do esquecimento.

Posted by Marília Sales at 11:28 AM | Comentários(2)