Página inicial

Salões & Prêmios

 


agosto 2017
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    
Pesquise em
salões & prêmios:

Arquivos:
agosto 2017
julho 2017
junho 2017
maio 2017
abril 2017
março 2017
dezembro 2016
novembro 2016
setembro 2016
agosto 2016
julho 2016
maio 2016
abril 2016
fevereiro 2016
janeiro 2016
outubro 2015
setembro 2015
agosto 2015
julho 2015
junho 2015
maio 2015
abril 2015
março 2015
fevereiro 2015
janeiro 2015
novembro 2014
outubro 2014
setembro 2014
agosto 2014
julho 2014
junho 2014
maio 2014
abril 2014
março 2014
fevereiro 2014
janeiro 2014
novembro 2013
outubro 2013
setembro 2013
agosto 2013
julho 2013
junho 2013
maio 2013
abril 2013
março 2013
fevereiro 2013
janeiro 2013
dezembro 2012
novembro 2012
outubro 2012
setembro 2012
agosto 2012
julho 2012
junho 2012
maio 2012
abril 2012
março 2012
fevereiro 2012
janeiro 2012
novembro 2011
outubro 2011
setembro 2011
agosto 2011
julho 2011
junho 2011
maio 2011
abril 2011
março 2011
fevereiro 2011
janeiro 2011
dezembro 2010
novembro 2010
outubro 2010
setembro 2010
agosto 2010
julho 2010
junho 2010
maio 2010
abril 2010
março 2010
fevereiro 2010
janeiro 2010
dezembro 2009
novembro 2009
outubro 2009
setembro 2009
agosto 2009
julho 2009
junho 2009
maio 2009
abril 2009
março 2009
fevereiro 2009
janeiro 2009
dezembro 2008
novembro 2008
outubro 2008
setembro 2008
agosto 2008
julho 2008
junho 2008
maio 2008
abril 2008
março 2008
fevereiro 2008
janeiro 2008
dezembro 2007
novembro 2007
outubro 2007
setembro 2007
agosto 2007
julho 2007
junho 2007
maio 2007
abril 2007
março 2007
fevereiro 2007
janeiro 2007
dezembro 2006
novembro 2006
outubro 2006
setembro 2006
agosto 2006
julho 2006
junho 2006
maio 2006
abril 2006
março 2006
fevereiro 2006
janeiro 2006
dezembro 2005
novembro 2005
outubro 2005
setembro 2005
agosto 2005
julho 2005
junho 2005
maio 2005
abril 2005
março 2005
fevereiro 2005
janeiro 2005
dezembro 2004
novembro 2004
outubro 2004
setembro 2004
agosto 2004
julho 2004
junho 2004
maio 2004
As últimas:
 

dezembro 18, 2009

61º Salão de Abril - Inscrições e Informações para o artista

Será realizado no período de 16/04 a 30/05/2010, o 61º Salão de Abril: Qual o lugar da arte?, que pretende com esse tema consolidar o projeto do Salão, através da continuidade das ocupações e mudanças ocorridas desde 2008. Portanto, o circuito expositivo na Praça do Passeio Público, na Rua Major Facundo, na Rua Senador Alencar, no Centro de Referencia do Professor/Galeria Antonio Bandeira e demais localidades da Cidade, permanecerá como percurso expositivo da mostra. A proposta pretende abranger um recorte da produção das artes visuais do Brasil, em suas variadas vertentes, com uma nova consciência de abertura.

Inscrições: 17 de dezembro de 2009 a 29 de janeiro de 2010
INCRIÇÕES PRORROGADAS ATÉ 06 DE FEVEREIRO DE 2010

As inscrições serão feitas em ficha própria ou fotocópia, acompanhada do dossiê do artista. O Edital e a ficha de inscrição poderão ser obtidos no site www.salaodeabrilfortaleza.com.br, www.fortaleza.ce.gov.br ou www.fortaleza.ce.gov.br/cultura. As inscrições deverão ser entregues diretamente na Galeria Antônio Bandeira, 61º Salão de Abril: – Coordenação de Artes Visuais, Rua Conde D’eu, nº. 560, Centro. Cep: 60055070, no horário de funcionamento: segunda a sexta das 9-12h e 14-17h.

Secretaria de Cultura de Fortaleza - SECULTFOR
Rua Pereira Filgueiras 04, Centro, Fortaleza - CE
85-31051358 / 1386 ou coordenacao@salaodeabril.ce.gov.br
www.salaodeabrilfortaleza.com.br

Galeria Antônio Bandeira - 61º Salão de Abril:
Rua Conde D’eU 560, Centro, Fortaleza - CE
Segunda a sexta: 9-12h e 14-17h.

Informações para o artista sobre o custo-benefício de editais
As informações abaixo, todas de caráter objetivo, copiadas do edital, servem para ajudar o artista iniciante a decidir sobre a sua participação no evento em questão. Leia sobre esta iniciativa do Canal no Salões&Prêmios.

GANHOS PARA SELECIONADOS:
- A Comissão selecionará 30 artistas, devendo cada selecionado receber um Prêmio no valor de R$ 2.500

- 01 Bolsa de Incentivo à Formação no valor de R$ 10.000, a um artista escolhido entre os trinta selecionados, para desenvolvimento de ações de suporte às atividades de formação e capacitação através de realização de programas de treinamento, residências, trocas de experiências, conhecimentos, vivências educativas, experimentações e investigações processuais, pesquisas estéticas e etc. O artista beneficiado pela bolsa fica livre para realizar a ação em qualquer Cidade dentro do território nacional. A ação deverá ter duração de pelo menos trinta dias.

GANHOS PARA INSCRITOS: nenhum

CUSTOS OPERACIONAIS:
- Poderá o proponente remeter o projeto por serviço de postagem da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos - ETC, com aviso de recebimento AR.

- As inscrições serão feitas em ficha de inscrição própria ou fotocópia, acompanhada do dossiê do artista.

- O artista deverá, obrigatoriamente, apresentar um dossiê, com formato máximo de 21x33 cm (tamanho ofício), que deverá conter currículo resumido, bem como projeto ou fotos, com formato máximo de 20x25cm, com a proposta artística a ser apresentada. O artista poderá anexar textos sobre os mesmos. Todas as fotos deverão conter no verso o nome do artista, dimensões da obra, título, material utilizado e ano de execução. Não serão aceitos slides. Somente serão aceitos DVD’s para inscrição nas categorias: Vídeo Arte e Performance.

- O material de inscrição dos artistas não residentes em Fortaleza e não selecionados somente será devolvido via correio quando acompanhado de envelope selado e sobrescrito com quantia suficiente para a devolução.

- Para a categoria Performance, os artistas deverão apresentar: conceito e memorial descritivo acompanhados de registro e/ou esboço ilustrativo, contando ainda os dias da apresentação da performance especificados.

EDITAL

Edital 61º Salão de Abril

O MUNICÍPIO DE FORTALEZA, através da SECRETARIA DE CULTURA DE FORTALEZA – SECULTFOR torna público o Concurso de Fomento às Manifestações Culturais, destinado a pessoas físicas, nos termos da Lei nº. 8666/93, e nas condições estabelecidas no presente Edital. Será realizado no período de 16/04 a 30/05/2010, o 61º Salão de Abril: Qual o lugar da arte?, que pretende com esse tema consolidar o projeto do Salão, através da continuidade das ocupações e mudanças ocorridas desde 2008. Portanto, o circuito expositivo na Praça do Passeio Público, na Rua Major Facundo, na Rua Senador Alencar, no Centro de Referencia do Professor/Galeria Antonio Bandeira e demais localidades da Cidade, permanecerá como percurso expositivo da mostra. A proposta pretende abranger um recorte da produção das artes visuais do Brasil, em suas variadas vertentes, com uma nova consciência de abertura.

1. DA AUTORIZAÇÃO E DOS RECURSOS

1.1 Esta ação está inserida no Programa de Incentivo a Exposições, que direciona recursos do Orçamento da SECULTFOR para o fomento e desenvolvimento dos artistas responsáveis pela produção das artes visuais.
1.2 O Concurso definirá a utilização dos recursos financeiros destinados a projetos que se enquadrem nas condições, critérios e prioridades estabelecidos no presente Edital.

1.3 A proposta do 61º Salão de Abril: QUAL O LUGAR DA ARTE? visa integrar esforços, aproximar poder público, artistas e população na busca por formas mais inclusivas de promover a interseção entre as diferentes vertentes da produção contemporânea no país. O planejamento desta edição prevê ações que vêm pensar as várias possibilidades de uso e função dos espaços, ao experimentar a rua e a galeria para sua exibição e trocas simbólicas. Ao levar arte para as ruas, além de garantir a acessibilidade a um maior número de pessoas, muitas delas alheias à produção artística visual, cria-se uma nova malha urbana que vem demarcar um circuito cultural no centro de Fortaleza, a partir da Galeria Antônio Bandeira.

2. DAS INSCRIÇÕES

2.1 As inscrições serão gratuitas e abertas a artistas brasileiros e estrangeiros legalmente residentes no Brasil há pelo menos 02 (dois) anos, e acontecerão no período de 17 de dezembro de 2009 a 29 de janeiro de 2010.

2.2 As inscrições deverão ser entregues diretamente na Galeria Antônio Bandeira, 61º Salão de Abril: – Coordenação de Artes Visuais, Rua Conde D’eu, nº. 560, Centro. Cep: 60055070, no horário de funcionamento: segunda a sexta das 09: 00 às 12: 00h e 14: 00 às 17:00h.

2.3 Poderá o proponente remeter o projeto por serviço de postagem da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos –ETC, com aviso de recebimento AR. Só serão aceitas inscrições postadas até o dia 29 de janeiro, (vale como confirmação o carimbo dos Correios). Não se responsabilizando a Secretaria de Cultura de Fortaleza por qualquer atraso havido na entrega das inscrições.

2.4 As inscrições serão feitas em ficha própria ou fotocópia, acompanhada do dossiê do artista. É imprescindível o completo preenchimento da ficha datilografada ou em letra de forma, legível. Só serão aceitas fichas de inscrição assinadas pelo próprio artista ou por representante legal, através de procuração com firma reconhecida. O Edital e a ficha de inscrição poderão ser obtidos no site www.salaodeabrilfortaleza.com.br, www.fortaleza.ce.gov.br ou www.fortaleza.ce.gov.br/cultura.

2.5 O artista deverá, obrigatoriamente, apresentar um dossiê, com formato máximo de 21x33 cm (tamanho ofício), que deverá conter currículo resumido, bem como projeto ou fotos, com formato máximo de 20x25cm, com a proposta artística a ser apresentada. O artista poderá anexar textos sobre os mesmos. Todas as fotos deverão conter no verso o nome do artista, dimensões da obra, título, material utilizado e ano de execução. Não serão aceitos slides. Somente serão aceitos DVD’s para inscrição nas categorias: Vídeo Arte e Performance.

2.6 O material de inscrição dos artistas não residentes em Fortaleza e não selecionados somente será devolvido via correio quando acompanhado de envelope selado e sobrescrito com quantia suficiente para a devolução.

2.6.1 O material de inscrição de todos os artistas inscritos será devolvido na Galeria Antonio Bandeira, no prazo máximo de 30 (trinta) dias, a partir da divulgação dos selecionados. Após esse período, a SECULTFOR não se responsabilizará pelo material mencionado.

2.7 Somente serão aceitas inscrições de obras produzidas a partir de 2008. Serão automaticamente desclassificadas obras que venham a participar de outra mostra até o início da exibição do 61º Salão de Abril, que compreende o período de 16 de abril a 30 de maio de 2010.

2.8 Cada artista somente poderá inscrever até 02 (dois) trabalhos em qualquer categoria dentro da linguagem das Artes Visuais, devendo o artista informar em qual categoria se enquadra o trabalho enviado. O artista poderá ainda, participar com um trabalho em grupo, além da inscrição individual, caso deseje.

2.8.1. A Comissão de Seleção verificará a técnica utilizada para simples conferência, não fazendo distinção de técnica ou categoria do projeto/obra enviado.

2.9 Para trabalhos realizados em grupo, apenas um representante assinará a ficha de inscrição, devendo os nomes dos demais integrantes constar em anexo.

2.10 Dípticos, trípticos e polípticos são considerados obras únicas.

2.11 Os artistas que inscreverem projetos que compreendam instalação ou obras que somente serão montadas para a abertura da mostra deverão anexar ao dossiê (conforme clausula 2.3 do presente edital) um projeto de montagem das mesmas.

2.12 Os projetos que importem em montagem poderão ser utilizados, também, para reprodução no catálogo em caso de seleção. (conforme item 8.2).

2.13 Para a categoria Performance, os artistas deverão apresentar: conceito e memorial descritivo acompanhados de registro e/ou esboço ilustrativo, contando ainda os dias da apresentação da performance especificados.

2.14 Os vídeos inscritos deverão ter no máximo 10 (dez) minutos de duração e devem estar em looping ou ser repetidos até o final da fita, obrigatoriamente. Quando selecionado, o artista enviará obrigatoriamente, no mínimo, duas (02) cópias do trabalho para apresentação. Ressalte-se que “Performances” deverão ter duração máxima de 15 (quinze) minutos.

2.15 Caso o artista opte por expor em espaços tradicionais, a Secultfor dispõe, no Centro de Referência do Professor e Galeria Antonio Bandeira, das seguintes medidas máximas:

Obras Bidimensionais: 4,00m (quatro metros) de largura e 2,00m (dois metros) de altura para as duas obras inscritas.

Obras Tridimensionais: 1,20m (um metro e vinte centímetros) de largura e de profundidade, por 2,50m (dois metros e cinquenta centímetros) de altura cada peça.

Instalações: 5m² (cinco metros quadrados) de área, com 2,50m (dois metros e cinquenta centímetros) de altura cada instalação.

Instalação de Parede: 4,00m (quatro metros) de largura, por 2,00m (dois metros) de altura.

2.15.1 Obras que excedem às medidas supramencionadas somente serão aceitas caso o artista se responsabilize pela criação de novas estruturas para estes dois espaços específicos.

2.16 O artista deverá, no ato da inscrição, optar por um espaço, dentre os disponibilizados pela Comissão Organizadora do Salão, caso opte por outros espaços públicos na Cidade; se o local for público, será necessária previa autorização da Regional do bairro; se for privado, do proprietário onde serão realizadas as intervenções.

2.17 Em todos os casos de proposta de obra envolvendo o uso de equipamentos eletrônicos ou de caráter especial, estes serão fornecidos pelo Salão, salvo equipamentos que não sejam: dvd, projetor de imagens e tv.

2.18 Não serão aceitas obras realizadas com materiais perecíveis, que ponham em risco os usuários dos espaços públicos ou danifiquem o Patrimônio.

2.19 Serão designados, através de ato da Secretária de Cultura de Fortaleza, a Comissão Organizadora do 61º Salão de Abril, bem como Comissão de Seleção/Curadoria da presente mostra.

2.20 Não poderão concorrer à seleção da presente mostra os membros da Comissão da Organizadora e Comissão de Seleção/Curadoria, bem como, servidores públicos municipais em atividade, efetivos ou não.

2.21 A Comissão Organizadora do 61° Salão de Abril rejeitará as inscrições que não estejam de acordo com os termos e condições do presente edital.

2.22 O ato da inscrição implica na automática e plena concordância com as normas deste regulamento.

3. DA SELEÇÃO E HABILITAÇÂO

3.1 A seleção dos trabalhos será realizada em etapa única nos dias 08,09 e 10 de fevereiro de 2010, pela Comissão de Seleção/ Curadoria composta por 03 (três) membros.

3.2 A seleção será feita através de análise de propostas (dossiê), como previsto na clausula 2.5 deste Edital.

3.3 A Comissão de Seleção do 61º Salão de Abril selecionará 30 (trinta) Artistas, devendo cada selecionado receber um Prêmio no valor de R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais).

3.3 O resultado da seleção será publicado nos sites www.salaodeabrilfortaleza.com.br, www.fortaleza.ce.gov.br/cultura e www.fortaleza.ce.gov.br, além do Diário Oficial do Município de Fortaleza, nos dias 11 e 12 de fevereiro de 2010. Todos os artistas selecionados serão comunicados nos 02 (dois) primeiros dias úteis após o resultado da seleção. No caso de desistência ou da não localização de um selecionado no prazo de 5 (cinco) dias, a Coordenação e a Comissão Curatorial cancelará a participação do artista.

3.4 Somente serão expostas as obras selecionadas, não sendo permitidas substituições ou modificações das mesmas após a seleção.

4. DO TRANSPORTE

4.1 Os artistas selecionados, não residentes em Fortaleza, deverão enviar suas obras por conta própria, acompanhadas de nota fiscal avulsa (fornecida pela Secretaria da Fazenda de cada Estado) à Secretaria de Cultura de Fortaleza.

4.2 A retirada das obras dos artistas selecionados residentes e não residentes em Fortaleza será de responsabilidade dos mesmos, que deverão retirar os trabalhos no Centro de Referencia do Professor, no prazo máximo de 30 (trinta) dias após o encerramento do Salão. Após tal prazo cabe à Secretaria de Cultura de Fortaleza tomar as devidas providências sobre os trabalhos não retirados, ficando a mesma isenta de qualquer obrigação no que se refere à devolução das obras selecionadas.

4.3 Recomenda-se que as obras selecionadas sejam acondicionadas em embalagens adequadas e resistentes (caixa de madeira, tubo de pvc, ou similares), se necessário, com instruções para reembalagens anexadas, já que sua devolução será feita com reaproveitamento das mesmas embalagens. Caso contrário, a SECULTFOR não se responsabiliza pela integridade das obras. O artista deverá depositar com antecedência o valor equivalente ao frete de retorno da obra à produção do salão, para que seja efetivado o seu retorno.

5. DA MONTAGEM

5.1. Caberá exclusivamente à Comissão de Seleção/ Curadoria o conceito para a montagem do 61º Salão de Abril.

5.2 As obras selecionadas serão montadas pela equipe do 61º Salão de Abril, a partir do planejamento realizado pela Comissão de Seleção, para os espaços da Praça do Passeio Público, passando pelas ruas Major Facundo e Senador Alencar, pelo Centro de Referência do Professor / Galeria Antônio Bandeira e demais localidades da Cidade de Fortaleza que seja conveniente para o projeto do artista, desde que, este, assegure no ato da inscrição autorização prévia do espaço para ocupação durante a exibição da mostra.

I – Equipamento e materiais especiais, necessários à apresentação da obra, serão fornecidos pelo artista, sendo de sua total responsabilidade a operacionalização e manutenção dos mesmos.

II – Obras que eventualmente tenham sido danificadas durante o transporte para o 61º Salão de Abril, somente serão expostas se houver tempo hábil para o restauro, e se a devida cobertura das despesas for efetuada pelo responsável.
5.3 O artista selecionado na categoria instalação poderá acompanhar a montagem no local determinado pela Comissão Organizadora em data a ser comunicada posteriormente.

5.4 Serão de responsabilidade do artista a manutenção e pleno funcionamento da obra durante sua exibição no salão. O artista deverá ainda enviar um manual de instrução (caso necessário) para evitar eventuais problemas de funcionamento. Caso o artista não se responsabilize pela manutenção do equipamento, a Comissão Organizadora retirará a obra da exibição.

6. DAS SELEÇÕES

6.1 A Curadoria de Seleção será constituída por 3 (três) membros, todos de reconhecimento nacional, definidos de acordo com a qualificação profissional ligada às artes visuais. O Salão será composto por uma Comissão de três membros que farão a Coordenação e Curadoria.

6.2 O Salão conferirá 30 (trinta) Prêmios no valor de R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais), cada, para os artistas selecionados, a serem descontados os devidos impostos.

6.3 O pagamento será realizado até a data de encerramento do 61° Salão de Abril. Todos os Prêmios serão corrigidos pelo INPC, de que trata a Lei Federal, em conformidade com a decisão da Comissão de Seleção e Premiação e com retenção dos impostos obrigatórios.

6.4 Os artistas selecionados informarão à SECULTFOR um banco, onde seja titular de conta corrente ou conjunta, no qual deverá ser depositado o valor referente ao prêmio. Não será aceita conta poupança.

7. DA PREMIAÇÃO

7.1 A premiação será realizada pela Comissão de Seleção e Premiação composta por 03 (três) membros, que serão críticos/curadores de arte de reconhecimento nacional, definidos de acordo com a qualificação profissional ligada às artes visuais. A seleção dos premiados será definida após visita à exposição montada.

7.2 O 61º Salão de Abril conferirá uma (01) Bolsa de Incentivo à Formação no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais), a um artista escolhido entre os trinta selecionados, para desenvolvimento de ações de suporte às atividades de formação e capacitação através de realização de programas de treinamento, residências, trocas de experiências, conhecimentos, vivências educativas, experimentações e investigações processuais, pesquisas estéticas e etc. O artista beneficiado pela bolsa fica livre para realizar a ação em qualquer Cidade dentro do território nacional. A ação deverá ter duração de pelo menos trinta dias.

7.4 O artista contemplado com a Bolsa de Incentivo à Formação se compromete em entregar um relatório com fotos e cronograma das atividades realizadas durante a bolsa, no prazo de quinze dias após a finalização da ação, sob pena de devolução do recurso já repassado.

7.4.1 O beneficiado com a Bolsa de Incentivo à Formação se obrigará a realizar palestra, curso, artigo ou quaisquer ações que viabilize a divulgação do projeto desenvolvido durante o período da bolsa.

7.5 O valor da Bolsa será pago em duas parcelas: 80% (oitenta por cento) até a data do encerramento do 61º Salão de Abril, e 20% (vinte por cento) ao fim do curso e apresentação de uma atividade mencionada no item 7.4.1 do presente Edital, devendo ser descontados todos os impostos.

7.6 O artista premiado com a Bolsa de Incentivo à Formação receberá o prêmio em qualquer agência bancária no Brasil, onde seja titular de conta corrente ou conjunta. Não será aceita conta poupança.

7.7 Não haverá prêmios específicos para qualquer categoria técnica.

8. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

8.1 As obras somente serão expostas da forma que foram selecionadas e não poderão ser retiradas antes do encerramento do 61º Salão de Abril, exceto em caso de obras que apresentarem defeitos não solucionados pelo artista.

8.2 Os artistas selecionados licenciam, automaticamente, seus direitos autorais à SECULTFOR, para a reprodução das obras selecionadas e dos projetos de montagem para fins de divulgação, sem fins lucrativos, do 61º Salão de Abril em formato impresso, eletrônico e veiculação das obras nas mídias utilizadas com esse fim.

8.3 As decisões das Comissões de Seleção serão irretratáveis e irrecorríveis.

8.4 Ficará a cargo da Comissão Organizadora qualquer deliberação posterior à extinção da Comissão de Seleção, que se dará logo após a abertura da exposição oficial do Salão, que tem início no dia 16 de abril.

8.5 Os casos omissos neste regulamento serão resolvidos pela Secretaria de Cultura de Fortaleza – SECULTFOR.

CRONOGRAMA

Inscrições: 17 de dezembro de 2009 a 29 de janeiro de 2010.
Seleção: 08, 09 e 10 de fevereiro de 2010.
Resultado da seleção: 11 e 12 de fevereiro de 2010.
Recepção da obras: 18 de fevereiro a 31 de março de 2010.
Exposição: 16 de abril a 30 de maio de 2010.

Maria de Fátima Mesquita da Silva
Secretária de Cultura de Fortaleza – SECULTFOR


Posted by Cecília Bedê at 3:38 PM | Comentários(5)

II Concurso Mário Pedrosa de Ensaios sobre Arte e Cultura Contemporâneas - Premiados

O II Concurso Mário Pedrosa de Ensaios sobre Arte e Cultura Contemporâneas, promovido pela Diretoria de Cultura da Fundação Joaquim Nabuco colhe o início de seu processo de consolidação como fórum de adensamento e divulgação do pensamento crítico nacional.

Com relação à edição passada houve um aumento de quase 1.000% do número de inscrições, saltando de 5 para 48. A comissão formada por Glória Ferreira, Miguel Chaia, Renato Janine Ribeiro e Cristiana Tejo analisou ensaios provenientes de São Paulo (16), Pernambuco (7), Rio de Janeiro (7), Minas Gerais (5), Rio Grande do Sul (3), Ceará (2), Goiás/DF (2), Paraíba (2), Paraná (2), Santa Catarina (2) e Bahia (1).

Premiados:
1º lugar- Pseudônimo: Pedro Riva; Autor: Adolfo Pedro Arribas Montejo (RJ)
"Os paradoxos da imagem: artes versus imagem"

2º lugar - Pseudônimo: Aurora Monteiro; Autores: Ticiano Pereira Monteiro e Luana Veiga (SC) "Citação/Plágio/Mentira/Roubo. Estratégias da produção contemporânea: apropriações e rearticulações"

3º lugar - Pseudônimo: Francisco Gomes; Autor: Fabio Allan Mendes Ramalho (PE)
"A crise da utopia do trabalho na América Latina: relatos de fuga e desolação nas margens"

Devido à grande quantidade de trabalhos relevantes apresentados para este certame, a comissão decidiu conceder menção honrosa e publicação no livro do concurso para os seguintes ensaios:

- Pseudônimo: Maria das Graças, autora: Marisa Flórido César (RJ)
"Humanidades Por Vir, "

- Pseudônimo: Heitor Villa-Lobos, autor: Carlos Eduardo Pereira Bernardes (PE)
"Crise e utopias nas obras coral-sinfônicas de Jorge Antunes no limiar do novo milênio"

- Pseudônimo: Robert Céard, autor: Paulo de Tarso Carvalho (PE)
"Precarité: notas sobre o narcisismo na arte"

Os analisadores constataram a alta qualidade do material submetido e ressaltaram a importância que o certame tem ao mapear as pesquisas, linhas teóricas e interesses do que está sendo produzido e elaborado nacionalmente no campo da cultura no Brasil.

Obedecendo ao edital, os ensaios foram apresentados com o pseudônimo de seus autores. Inicialmente, foi apresentado por cada examinador um grupo de ensaios com potencial para concorrer ao prêmio. Após minuciosa discussão desses ensaios apresentados, elaborou-se uma lista que foi analisada e discutida conjuntamente.

Os membros da comissão basearam-se nos critérios previstos no edital: relação com a temática exigida, contribuição para o entendimento da interação entre o campo artístico e as mudanças socioeconômicas e políticas, originalidade no tema, originalidade na abordagem, consistência na argumentação, clareza e correção lingüística e a formatação exigida (artigo 9º).

Tomou-se ainda como critério de avaliação o tom autoral dos trabalhos e sua consonância com o gênero ensaístico, com a originalidade que o caracteriza, além de considerar a diversidade de formas de posicionamento a partir da América Latina.

Resumo dos trabalhos premiados

Adolfo Montejo - O autor aborda os conflitos que envolvem a imagem em uma sociedade estetizada, problematizando a relação arte-visualidade, com indagações pessoais que expressam uma criativa e consistente estrutura de pensamento. O texto aborda as tensões que atravessam a contemporaneidade, apontando, no tempo, indícios de vários significados da história. Nesse sentido, ganha dimensão na análise a conflituosa relação que se estabelece entre arte e cultura, trazendo os indícios da presença da crise da utopia no pensamento e na cultura atuais. Ensaísta de mão cheia, o autor compõe uma obra plenamente aberta, com inúmeras hipóteses que podem ser desenvolvidas e que dão pleno sentido às possibilidades do conhecimento.

Ticiano Monteiro e Luana Veiga - Neste ensaio, estão simultaneamente presentes um texto em rede, para analisar a arte em rede, e uma clara aproximação entre sujeito reflexivo e objeto de estudo. Nesse sentido, o ensaio se faz por meio de um estilo que se ajusta perfeitamente ao tema tratado, mostrando ao mesmo tempo a criatividade da escrita e uma sui generis estrutura de apresentação e análise. O tema da utopia esparrama-se por todo o texto, em bem fundamentada explicitação teórica dos desdobramentos da transgressão que se chamam citação, plágio, mentira, roubo.

Fabio Allan Ramalho - Criativo ensaio que retoma a história do pensamento político com viés marxista, de forma inusitada, ao realizar uma crítica interna à teoria e ao imprimir atualidade a conceitos clássicos. Tendo por base a matriz trabalho e a referência classe trabalhadora, o ensaio relaciona o declínio das utopias revolucionárias no subcontinente latino-americano às vivências cotidianas de trabalhadores em várias situações de existência. O autor traz originais análises nos campos da literatura e do cinema, mostrando-se atento à tragicidade presente em diversas situações no mundo do trabalho.


Posted by Cecília Bedê at 2:58 PM

dezembro 15, 2009

Programa de Exposições 2010 do Centro Cultural São Paulo

A novidade para o Programa 2010 é que além de contarem com o acompanhamento de um crítico, os artistas selecionados participarão de uma série de encontros e atividades a serem realizados no Centro Cultural São Paulo com o objetivo de debater e aprimorar os seus projetos expositivos.

O edital selecionará até 18 artistas para realizarem uma exposição individual em espaço coletivo ao longo de 2010.
O Programa, que em 2010 completa vinte anos, propõe um mapeamento da jovem produção artística, abrindo espaço a artistas em início de carreira para a sua inserção no circuito de artes visuais e possibilitando o acesso do
público a obras representativas dessa produção.

Inscrições até 29 de janeiro de 2010

Para inscrever-se, é necessário enviar ao CCSP formulário de inscrição preenchido disponível no site www.centrocultural.sp.gov.br, além de portfólio e pré-projeto da exposição, conforme instruções presentes no edital. As inscrições só serão aceitas via correio.

Enviar para:
Centro Cultural São Paulo - Curadoria de Artes Visuais - Programa Anual de Exposições 2010
Rua Vergueiro 1000, Paraíso, São Paulo - SP
cep 01504-000

A seleção será realizada por uma comissão composta por dois profissionais do CCSP e três profissionais da área de artes visuais convidados pela instituição.

Informações para o artista sobre o custo-benefício de editais

As informações abaixo, todas de caráter objetivo, copiadas do edital, servem para ajudar o artista iniciante a decidir sobre a sua participação no evento em questão. Leia sobre esta iniciativa do Canal no Salões&Prêmios.

GANHO PARA SELECIONADOS:
Artistas selecionados receberão um cachê no valor de R$ 2.300. Concessão de quatro prêmios aquisitivos no valor de R$ 4.500 por meio do qual quatro artistas terão suas obras adquiridas para a Coleção de Arte da Cidade, sediada no CCSP, e um prêmio em dinheiro no valor de R$ 4.500 a um quinto artista para a realização de uma residência artística.

Aviso: O CCSP estará fechado entre os dias 21/12/09 e 04/01/10 para serviços
de manutenção.

GANHO PARA INSCRITOS: nenhum

CUSTOS OPERACIONAIS: enviar ao CCSP formulário de inscrição preenchido disponível no site www.centrocultural.sp.gov.br, além de portfólio e pré-projeto da exposição, conforme instruções presentes no edital.

Edital

PROGRAMA ANUAL DE EXPOSIÇÕES 2010

A Secretaria Municipal da Cultura FAZ SABER que, durante o período de 07 DE DEZEMBRO de 2009 a 29 DE JANEIRO de 2010, estarão abertas as inscrições para o Programa de Exposições 2010 do Centro Cultural São Paulo – Curadoria de Artes Visuais.

1. DO OBJETO

O presente edital visa selecionar até 18 artistas brasileiros ou estrangeiros residentes no país. O Programa de Exposições do Centro Cultural São Paulo privilegia o debate sobre a arte contemporânea desde sua criação, em 1990, propondo um mapeamento da jovem produção artística com o objetivo de abrir espaço a artistas em início de carreira para a sua inserção no circuito de artes visuais e possibilitar o acesso do público a obras representativas dessa produção.

2. DAS INSCRIÇÕES

2.1. As inscrições serão feitas em duas etapas:
2.1.1. Preenchimento do formulário disponível no site www.centrocultural.sp.gov.br.
2.1.2. Impressão e envio pelo correio do formulário de inscrição, acompanhado de portfólio e pré-projeto da exposição ou trabalho a ser apresentado no Centro Cultural São Paulo.

2.2. O portfólio deverá conter:
2.2.1. Curriculum Vitae contendo identificação, formação artística e atividades culturais, com endereço, telefone e e-mail para contato.
2.2.2. Documentação fotográfica impressa em cores de no mínimo 5 (cinco) e no máximo 15 (quinze) trabalhos recentes, sendo imprescindível que cada uma das fotos seja identificada com o nome do artista, título da obra, data, dimensões e demais dados que se julgar necessários. Para obras em vídeo ou web serão aceitos DVDs.
2.2.3. Documentação sobre a obra do artista, como catálogos, textos ou impressos em geral também poderão integrar os portfólios, não sendo este item condição obrigatória.
2.2.4. Os portfólios não deverão exceder o formato A4 (21,0cmx29,7cm).

2.3. O pré-projeto deverá conter:
2.3.1. Descrição sucinta e objetiva (em 1 lauda no máximo) da exposição ou trabalho a ser apresentado no CCSP. Ressalta-se que a discussão e o aprimoramento do pré-projeto integram as atividades do Programa de Exposições 2010.

2.4. Não serão aceitas obras para efeito de inscrição.

2.5. O material especificado (formulário, portfólio e pré-projeto) deve estar contido em envelope lacrado (ou embalagem apropriada lacrada) com o nome do artista, devendo ser dirigido a:

Curadoria de Artes Visuais
Centro Cultural São Paulo
Programa Anual de Exposições 2010
Rua Vergueiro, 1000, Paraíso
CEP 01504-000 – São Paulo – SP

2.6. O material deverá ser enviado pelo correio, com ficha de inscrição preenchida, com data de postagem até 29 de janeiro de 2010, inclusive.

2.7. O Centro Cultural São Paulo não se responsabiliza por eventuais envelopes extraviados pelos Correios. E no caso de greve, os envelopes deverão ser entregues pessoalmente.

2.8. O Centro Cultural São Paulo rejeitará as inscrições que não estejam de acordo com os termos deste edital, cuja inscrição implica na automática e plena concordância das normas nele estabelecidas.

2.9. É vedada a participação no concurso de familiares e integrantes da comissão julgadora, bem como de funcionários da Prefeitura do Município de São Paulo.

2.10. Informações gerais sobre o programa de exposições poderão ser obtidas pelo telefone (11) 3397-4002 ou no site www.centrocultural.sp.gov.br.

3. DA SELEÃO E SEUS CRITÉRIOS

3.1. Os portfólios serão examinados e selecionados por comissão designada e presidida pelo Diretor do CCSP - ou, na sua falta, pelo Diretor de Curadoria e Programação do CCSP -, composta por três profissionais da área de artes visuais, que serão oportunamente contratados para tal finalidade, e por um membro da Curadoria de Artes Visuais.

3.1.1. A seleção somente será realizada por meio de fotos, projetos, CDs, DVDs, não sendo aceitas obras originais ou maquetes para esta finalidade.

3.2. O critério de avaliação do júri tem em consideração os objetivos do Programa de Exposições do CCSP e a relevância da proposta do artista inscrito no panorama da produção artística contemporânea.

3.3. Todos os artistas selecionados serão contratados e receberão um cachê de R$ 2.300,00 (dois mil e trezentos reais), deduzidos os tributos previstos na legislação em vigor. Esse valor abrangerá todos os custos e despesas diretamente ou indiretamente envolvidas na exposição e será pago em 2 (duas) parcelas da seguinte maneira:
3.3.1. a primeira parcela, correspondente a 35% do valor do cachê, será paga 30 dias antes da abertura da exposição, mediante a apresentação do projeto e da aprovação do mesmo pela Curadoria de Artes Visuais do Centro Cultural São Paulo, que poderá solicitar modificações para atender às condições do espaço expositivo e aos propósitos do Programa.
3.3.2. a segunda parcela, correspondente a 65% do valor do cachê, será paga após a inauguração da respectiva exposição.

3.4. Os resultados da seleção serão divulgados na imprensa, no site do Centro Cultural São Paulo e no Diário Oficial da Cidade de São Paulo, a partir de 22 de fevereiro de 2009.

3.5. A decisão da Comissão é soberana e irrecorrível.

3.6. Devolução de portfólio e pré projeto pelo correio somente será realizada se o participante anexar envelope adequado, preenchido e selado com o correspondente valor do envio. Caso o valor da postagem seja insuficiente, o CCSP não se responsabilizará pela devolução. Não será aceito cheque postal ou dinheiro.

3.7. Os portfólios e pré projetos de todos os inscritos não selecionados estarão à disposição dos artistas na Curadoria de Artes Visuais do Centro Cultural São Paulo a partir de 22 de fevereiro de 2010 e deverão ser retirados, impreterivelmente, até 27 de março de 2010, de segunda a sexta-feira, no horário das 14h às 17h, no endereço especificado no item 2.5. Após essa data, o material será reciclado.

3.8. O Programa de Exposições inclui também a apresentação de até 6 (seis) artistas consagrados pelo público e/ou crítica especializada a serem oportunamente escolhidos e contratados pela Curadoria de Artes Visuais do Centro Cultural São Paulo

4. DO APRIMORAMENTO DOS PROJETOS EXPOSITIVOS E DAS EXPOSIÇÕES:

4.1. Os artistas selecionados serão divididos em grupos que realizarão exposições individuais simultâneas no decorrer do ano de 2010.

4.1.1. A organização dos grupos, a distribuição dos espaços de exposição e os períodos de permanência das exposições são atribuições da Curadoria de Artes Visuais e serão oportunamente divulgados.

4.2. Cada grupo de artistas participará de uma série de encontros e atividades a serem realizados ao longo de uma semana no Centro Cultural São Paulo com o objetivo de debater e aprimorar os projetos expositivos. As atividades, que deverão acontecer de dois a três meses antes da abertura de cada Mostra, contarão com o acompanhamento de curadores do CCSP, críticos do Programa de Exposições e artistas convidados. Ressalta-se que, no caso dos artistas residentes fora de São Paulo, o custeio da viagem ficarão a cargo do mesmo.


5. DA PREMIAÇÃO

Serão concedidos 4 (quatro) prêmios aquisitivos de R$ 4.500,00 (quatro mil e quinhentos reais) cada, deduzidos os tributos previstos na legislação em vigor, a 4 (quatro) artistas dentre aqueles selecionados pelo Programa, além de 1 (um) prêmio em dinheiro no valor de R$ 4.500,00 (quatro mil e quinhentos reais) a um quinto (um) artista para realização de residência artística.

5.1. Do prêmio aquisitivo:
5.1.1. A seleção para a premiação será feita entre os trabalhos apresentados nas mostras individuais simultâneas.
5.1.2. Os artistas selecionados pelo Programa de Exposições devem ter primazia à aquisição de pelo Prêmio Aquisitivo de todas as obras expostas no CCSP
.
5.1.2. As obras adquiridas por meio desta premiação serão incorporadas ao acervo da Coleção de Arte da Cidade.
5.1.3. A seleção para o prêmio aquisitivo será realizada por comissão composta por representantes da Diretoria do CCSP, da Coleção de Arte da Cidade e da Curadoria de Artes Visuais do CCSP, além do júri de seleção e do grupo de jovens críticos.
5.1.4. Esta votação será realizada após a inauguração da última mostra do ano.
5.1.5. O artista premiado deverá estar de acordo com o termo de aquisição e apresentar memorial poético (conceituação) e memorial técnico-descritivo da obra adquirida.
5.1.6. O Centro Cultural São Paulo terá direito de reprodução das imagens das obras adquiridas, desde que em publicações culturais.

5.2. Do prêmio para realização de residência artística:
5.2.1. A residência artística deverá ter duração mínima de 1 (um) mês e realizar-se em instituição pública ou privada nacional ou internacional notoriamente reconhecida a ser referendada pelo CCSP.
5.2.2. No prazo de 3 (três) meses a contar da data da publicação da ata de seleção, o artista premiado para a bolsa residência deverá apresentar a carta de aceite da instituição, bem como toda a documentação necessária para a sua viagem, incluindo vistos diplomáticos nos casos em que forem necessários, sob pena de perder o prêmio que será oferecido a um substituto indicado pela mesma Comissão Julgadora.
5.2.3. O artista premiado terá o prazo de 3 (três) meses após o término da residência para apresentar certificado de conclusão ou documento equivalente, expedido pela instituição que o abrigou, comprovando o seu aproveitamento. O artista deverá ainda apresentar, dentro desse mesmo prazo, um relato de sua experiência ilustrado com fotografias, vídeos ou desenhos, para os arquivos do CCSP e publicação no site.
5.2.4. A não apresentação de certificado ou documento de conclusão da residência implicará, obrigatoriamente, na imediata devolução integral do valor recebido à Municipalidade.

5.3. Em todos os casos, será facultativo ao artista a aceitação do prêmio, podendo este recusá-lo caso considere o valor ou as condições impróprias para a aquisição de sua obra ou realização de residência.

6. DAS OBRIGAÇÕES DO SELECIONADO:

6.1. Responder, dentro do prazo que lhe for concedido, às solicitações da Curadoria de Artes Visuais.

6.2. Fornecer equipamentos e materiais especiais eventualmente previstos para a instalação ou exibição das obras e não disponíveis no Centro Cultural São Paulo.

6.3. Entregar e retirar as obras a serem expostas nas datas e prazos estabelecidos oportunamente pela Curadoria de Artes Visuais do Centro Cultural São Paulo.

6.4. Responsabilizar-se pelos encargos relativos à embalagem, ao transporte e ao seguro das obras a serem expostas.

6.5. Entregar fotos e material para divulgação e para a peça gráfica referente à exposição, segundo modelo a ser fornecido pela Curadoria de Artes Visuais.
6.6. Fornecer a documentação requerida pelo Centro Cultural São Paulo.

6.6.1. O artista selecionado, para receber o cachê e/ou o prêmio, não poderá estar em débito com a Municipalidade de São Paulo e deverá fornecer cópia simples dos seguintes documentos: RG ou RNE (dentro do prazo de validade) e CPF; Curriculum; e Certidão de Tributos Mobiliários atualizada, caso seja inscrito no Cadastro de Contribuinte Municipal (CCM da Prefeitura).

6.6.2. O pagamento do prêmio será realizado obrigatoriamente mediante crédito em conta corrente mantida no Banco Bradesco S/A, na forma de depósito em conta corrente do Banco Bradesco S.A., conforme o Decreto nº 46.528, de 20/10/2005 ou legislação que lhe suceder. Somente os cachês também poderão ser pagos por meio de Ordem de Pagamento no guichê de caixa do Banco Itaú S.A., em qualquer uma de suas agências, bastando para isso identificar-se por intermédio da apresentação do original do RG e do CPF, nos termos da Portaria SF 02/2006.
6.6.3. Não cabe ao CCSP solucionar impedimentos relativos ao pagamento do cachê ou Prêmio no caso de inadimplência de documentação exigida pela Prefeitura.

6.7. Assinar termo de compromisso com a Curadoria de Artes Visuais quando solicitado.

7. DAS OBRIGAÇÕES DO CCSP:

7.1. Divulgar todas as mostras previstas no Programa de Exposições.

7.2. Produzir convites e folders.

7.3. Montar e desmontar as exposições.

7.4. Prover as condições técnicas necessárias à produção das mostras a que se refere este Regulamento.

8. DAS PENALIDADES:

8.1.1. Pela inexecução total do objeto contratual, multa de 20% (vinte por cento) sobre o valor do cachê;
8.1.2. Multa por descumprimento de cláusula contratual ou às determinações da fiscalização: 10% (dez por cento) sobre o valor do cachê;
8.3. A sanções são independentes e a aplicação de uma não exclui a das outras.

8.4. O prazo para pagamento de multas será de 5 (cinco) dias úteis a contar da intimação da CONTRATADA, sendo possível, a critério da CONTRATANTE, o desconto das respectivas importâncias do valor eventualmente devido à CONTRATADA. Não havendo pagamento da multa pela empresa, o valor será inscrito como dívida ativa, sujeitando-se ao competente processo executivo.

9. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS:


9.1. As responsabilidades civis, penais, comerciais e outras advindas de utilização de direitos autorais e/ou patrimoniais anteriores, contemporâneas ou posteriores à apresentação da proposta cabem exclusivamente ao artista selecionado.

9.2. A Secretaria Municipal de Cultura não se responsabilizará em hipótese alguma pelos atos, contratos ou compromissos assumidos de natureza comercial, financeira, trabalhista ou outra, realizado pelo selecionado para fins quaisquer de Contrato com a Prefeitura do Município de São Paulo (Secretaria Municipal de Cultura).

9.3. Fica assegurado ao Município de São Paulo o direito de, no interesse da Administração, anular ou revogar, a qualquer tempo, no todo ou em parte, o concurso, dando ciência aos participantes, na forma da legislação vigente.

9.4. Os artistas proponentes assumem todos os custos de preparação e apresentação de suas propostas e o Município de São Paulo não será, em nenhum caso, responsável por esses custos, independentemente da condução ou do resultado do concurso.

9.5. Os casos omissos serão resolvidos pela Direção do Centro Cultural São Paulo, ouvida a Curadoria de Artes Visuais.

Posted by Ana Elisa Carramaschi at 1:39 PM

dezembro 9, 2009

IFOTO abre inscrições para o deVERcidade 2010 - Dentro e Fora do Olhar

A quarta edição do deVERcidade apresenta uma investigação dentro e fora do olhar, propondo uma reflexão sobre os rumos que a fotografia contemporânea vem seguindo, abrindo a possibilidade para que os mais diversos segmentos possam colaborar na ampliação deste debate.

Os trabalhos inscritos serão analisados pela comissão de seleção formada por
- Silas de Paula (Fotógrafo, Professor da Universidade Federal do Ceará – UFC e Curador do IFOTO);
- Paulo Amoreira (Designer, Fotógrafo, Coordenador de Mídias Digitais da Secretaria de Cultura de Fortaleza – SECULTFOR e Curador do IFOTO);
- Tiago Santana (Fotógrafo, Editor e Curador do IFOTO);
- Eduardo Frota (Artista Plástico e Curador);
- André Scarlazzari (Diretor de arte e Cenógrafo);
- Bia Fiúza (Fotógrafa e Diretora do IFOTO).

Inscrições abertas até 31 de dezembro de 2009

A inscrição deve ser feita por meio do link presente do site do IFOTO anexando um ensaio fotográfico com até 10 imagens ou, quando for o caso, a proposta de instalação fotográfica. O regulamento também está disponível no site do Instituto da Fotografia.

As propostas selecionadas serão anunciadas no dia 12 de janeiro de 2010. Aberta a qualquer pessoa residente no Brasil ou coletivos atuantes no país.
O evento acontecerá de 24 a 28 de fevereiro de 2010 no entorno do Mercado dos Pinhões, em Fortaleza - Ceará.

Sede do IFOTO
Rua Gonçalves Lêdo 307, Praia de Iracema, Fortaleza – Ceará
85-3254.6385 / 8820.0083 ou ifoto@gmail.com
www.ifoto.org.br

Neste momento milhões de imagens são criadas, produzidas coletivamente e compartilhadas em redes de escala mundial. Que imagens são essas? Quem são seus autores? O que dessa produção permanecerá como memória e corpo do nosso tempo? Estas são algumas questões levantadas pelo Instituto da Fotografia – IFOTO com a quarta edição do deVERcidade, mostra de fotografia e artes visuais que acontecerá de 24 a 28 de fevereiro de 2010 no entorno do Mercado dos Pinhões, na Praia de Iracema, Fortaleza, Ceará. As inscrições para o deVERcidade 2010 estão abertas e podem ser feitas até o dia 31 de dezembro de 2009.

Em uma sociedade hiper-imagética o olhar experimenta a cegueira do excesso e a exaustão da repetição, que esvazia e dessignifica sentidos e compreensões. Ao mesmo tempo, transbordamentos e contaminações são incorporados ao processo de construção de imagens. Fotografia, Artes Visuais e Audiovisual trocam entre si signos e possibilidades de criação, instituindo novas formas de vivenciar o olhar. O Autor se multiplica em coletivos e situações e, no limite, se esvai. O Observador também compartilha da autoria. O processo de criação é Obra. O espaço expositivo pode ser o Corpo, o Ar ou uma Sensação.

Quem produz, pensa ou vive imagens pode participar do deVERcidade, que é um espaço para compartilhamento de idéias, olhares e inquietações. A quarta edição vem com uma novidade: é nacional. Fotógrafos e coletivos atuantes no Brasil podem inscrever até duas propostas por inscrição, mas somente uma poderá vir a ser selecionada. Os coletivos selecionados correspondem a uma única inscrição. A inscrição deve ser feita por meio do link presente do site do IFOTO (www.ifoto.org.br) anexando um ensaio fotográfico com até 10 imagens ou, quando for o caso, a proposta de instalação fotográfica. O regulamento também está disponível no site do Instituto da Fotografia.

Homenagem a Mário Cravo Neto
O fotógrafo baiano Mário Cravo Neto, falecido em agosto, será o homenageado na quarta edição do deVERcidade, Nas edições anteriores foram homenageados o historiador Nirez e os fotógrafos Chico Albuquerque e José Albano.

A realização é do IFOTO, com patrocinio da Oi Futuro, Governo do Estado do Ceará e Prefeitura Municipal de Fortaleza.


Informações para o artista sobre o custo-benefício de editais

As informações abaixo, todas de caráter objetivo, copiadas do edital, servem para ajudar o artista iniciante a decidir sobre a sua participação no evento em questão. Leia sobre esta iniciativa do Canal no Salões&Prêmios.

GANHO PARA SELECIONADOS: Os custos decorrentes de ampliações/impressões e montagem do ensaio serão de responsabilidade da organização da mostra.

GANHO PARA INSCRITOS: nenhum

CUSTOS OPERACIONAIS: nenhum

Regulamento

As inscrições serão feitas unicamente através de meio eletrônico, através do link apropriado no site do instituto da fotografia, www.ifoto.org.br, no período entre o dia 25 de novembro de 2009 e o dia 31 de dezembro de 2009. Só serão considerados inscritos aqueles que receberem a confirmação de inscrição, que será enviada por email para o endereço fornecido no ato de inscrição.

Participação

Qualquer pessoa residente no brasil ou coletivos atuantes no país.
Os coletivos selecionados correspondem a uma única inscrição.

Ensaio fotográfico

Para efeitos dessa mostra, será considerado ensaio fotográfico um conjunto de imagens que tenham sido produzidas ou reunidas a partir de um conceito específico, mesmo que não tenham sido realizadas no mesmo local ou período. O conjunto das imagens deve, necessariamente, corresponder à idéia proposta na contextualização do ensaio, através dos recursos de linguagem escolhidos pelo realizador para compartilhar o seu discurso e constituir a identidade do trabalho. A proposta de ensaio fotográfico pode vir acompanhada de um breve texto de apresentação, explicitando o conceito explorado.
Cada proponente pode participar com até dois ensaios fotográficos por inscrição, com até 10 imagens (700pixels, no maior lado, e 300dpi) cada. Cada proponente terá somente uma das propostas apresentadas selecionada.
Os custos decorrentes de ampliações/impressões e montagem do ensaio serão de responsabilidade da organização da mostra.

Instalação fotográfica

Para efeitos dessa mostra, será considerado instalação fotográfica um ambiente, interativo ou não, composto com recursos visuais que tenham sido reunidos em torno de ou a partir de imagens fotográficas, ou que as utilizem como um dos elementos principais do discurso, dentro de um conceito específico. O conjunto das imagens deve, necessariamente, corresponder à idéia proposta na contextualização da instalação, através dos recursos de linguagem escolhidos pelo realizador para compartilhar o seu discurso e constituir a identidade do trabalho. A proposta de instalação fotográfica pode vir acompanhada de um breve texto de apresentação, explicitando o conceito explorado, mas deve, necessariamente, acompanhar anexos com planta baixa e esquema de montagem, com todos os detalhes especificados, como lista de equipamentos utilizados, tipos de mídia, software e hardware (quando for o caso).
Cada proponente pode participar com até dois projetos de instalações fotográficas por inscrição, com ocupação de área de no máximo 4 metros cúbicos. Cada proponente terá somente uma das propostas apresentadas selecionada.
Os custos decorrentes de locação de equipamentos e montagem da instalação serão custeados pelo evento, dentro de uma margem de viabilidade da proposta.

Comissão curatorial

A comissão curatorial será composta por profissionais e pesquisadores da área da fotografia e artes visuais especialmente convidados para esse fim.
Os trabalhos serão considerados na sua contribuição para a linguagem fotográfica no sentido da inovação na abordagem do assunto, consistência técnica e estética, adequação ao modo de exibição escolhido e viabilidade de montagem.
A comissão curatorial poderá, sempre que considerar necessário, entrar em contato com o proponente dos projetos pré-selecionados para propor adaptações nas propostas de exibição apresentadas, na perspectiva de otimizar custos e tornar possível a realização do trabalho.

Propostas selecionadas

As propostas selecionadas serão anunciadas no dia 12 de janeiro de 2010, através do site do ifoto (www.ifoto.org.br)

Período da mostra

A mostra devercidade – dentro e fora do olhar acontecerá no entorno do mercado dos pinhões, praia de iracema, fortaleza, ceará, no período de 24 a 28 de fevereiro de 2010.

A mostra devercidade – dentro e fora do olhar é uma realização do instituto da fotografia – ifoto.

Dúvidas e informações:

Instituto da fotografia – ifoto
Rua gonçalves ledo 370, Praia de iracema, Fortaleza – CE
Cep: 60.110-260
85-3254-6385 ou ifoto@gmail.com
www.ifoto.org.br

Posted by Ana Elisa Carramaschi at 3:37 PM

Convocatória para Mostra Verbo 2010 - VI Edição

[scroll down for english version]

VERBO 2010

Inscrições projetos na área de PERFORMANCE para a 6ª edição da mostra VERBO:
15 de dezembro de 2009 a 28 de fevereiro de 2010

Os interessados deverão preencher a ficha de inscrição disponível para download na home da Vermelho – www.galeriavermelho.com.br, e encaminhá-la para verbo2010@galeriavermelho.com.br, ou via correio para:

MOSTRA VERBO 2010
Rua Minas Gerais 350, São Paulo - SP
01244-010
A/c Marcos Gallon

Informações para o artista sobre o custo-benefício de editais

As informações abaixo, todas de caráter objetivo, copiadas do edital, servem para ajudar o artista iniciante a decidir sobre a sua participação no evento em questão. Leia sobre esta iniciativa do Canal no Salões&Prêmios.

GANHO PARA SELECIONADOS:
A Vermelho cobrirá os seguintes custos:
- Hospedagem para artistas de fora da cidade de São Paulo, Brasil.
- Montagem da obra dentro do espaço (não inclui os materiais necessários para a performance, como terra, madeira, arame, areia e afins).
- Equipamentos: projetor de vídeo, DVD e CD players, auto-falantes, microfones.
- Divulgação.
- Folder da mostra.
- Captação em vídeo e foto da apresentação. nenhum

GANHO PARA INSCRITOS: nenhum

CUSTOS OPERACIONAIS:
- Trabalhos inéditos deverão incluir uma descrição detalhada do projeto de montagem (número de montadores, equipamentos necessários, número de horas necessárias para montagem e ensaios), e um esboço da ação no espaço. Nesse caso, o proponente deverá incluir ao material a ser enviado, 3 imagens digitais de trabalhos anteriores, no formato JPG ou TIF com 300dpis e 28 cm (lado menor).
- Projetos já apresentados anteriormente deverão incluir a versão em DVD - íntegra ou editada da obra, além de 3 imagens digitais no formato JPG ou TIF com 300dpis e 28 cm (lado menor).
- Portfólio digital do artista ou grupo.


Edital

A MOSTRA

A 6ª edição da mostra anual de performance VERBO ocorrerá de 14 a 19 de junho de 2010, nas salas 1, 2, 3, 4 e no pátio da Galeria Vermelho, em São Paulo. A programação da mostra conta ainda com a 3ª edição do seminário VERBO Conjugado, três oficinas de criação na área da performance, além do lançamento de livros e publicações cujos temas estejam associados a aspectos atuais da performance.

PROCESSO DE SELEÇÃO

Poderão participar da seleção de projetos para a VERBO 2010 obras inéditas ou já apresentadas de artistas ou grupos que desenvolvam trabalhos na área da PERFORMANCE. Não serão aceitos vídeos, instalações, fotografias, pinturas e outras proposições que não estejam alinhados com o caráter do evento. Cada artista ou grupo poderá participar com até 3 projetos distintos.

As performances que integrarão a VERBO 2010 serão selecionadas a partir do conceito e originalidade da proposta e do histórico de ações já apresentados em edições anteriores da mostra.

Artistas residentes fora da cidade de São Paulo deverão procurar incentivos para passagens, perdiems e cachê em instituições de suas cidades. A VERBO não tem como financiar esses custos. Caso necessário, a VERBO poderá disponibilizar cartas-convite para os pedidos de apoio.

O material enviado para seleção (CDs, DVDs e imagens digitais) não será devolvido aos remetentes. Caso o participante queira receber o material deverá incluir um envelope selado para devolução.

Os interessados em participar do projeto de seleção deverão encaminhar versões digitais dos documentos mencionados abaixo, até 28 de fevereiro de 2010, para verbo2010@galeriavermelho.com.br, ou via correio normal para o endereço mencionado acima.

DOCUMENTOS

1]. Formulário de inscrição preenchido disponível para download na home da Vermelho – www.galeriavermelho.com.br.

2]. Trabalhos inéditos deverão incluir uma descrição detalhada do projeto de montagem (número de montadores, equipamentos necessários, número de horas necessárias para montagem e ensaios), e um esboço da ação no espaço. Nesse caso, o proponente deverá incluir ao material a ser enviado, 3 imagens digitais de trabalhos anteriores, no formato JPG ou TIF com 300dpis e 28 cm (lado menor).

3]. Projetos já apresentados anteriormente deverão incluir a versão em DVD - íntegra ou editada da obra, além de 3 imagens digitais no formato JPG ou TIF com 300dpis e 28 cm (lado menor).

3]. Portfólio digital do artista ou grupo.

SELECIONADOS

A VERBO é um evento sem fins lucrativos financiado pela galeria Vermelho. O evento não conta com o apoio de leis de incentivo no Brasil. Portanto, é inviável o pagamento de cachês pelas apresentações.

A Vermelho cobrirá os seguintes custos:

1]. Hospedagem para artistas de fora da cidade de São Paulo, Brasil.

2]. Montagem da obra dentro do espaço (não inclui os materiais necessários para a performance, como terra, madeira, arame, areia e afins).

3]. Equipamentos: projetor de vídeo, DVD e CD players, auto-falantes, microfones.

4]. Divulgação.

5]. Folder da mostra.

6]. Captação em vídeo e foto da apresentação.

Para maiores informações, favor contatar marcos gallon – marcos@galeriavermelho.com.br

__________________________________________________________________________________

APPLICATION TO VERBO 2010

Galeria Vermelho informs that, from December 15th, 2009, to February 28th, 2010, will be accepting applications for the 6th edition of the Performance Art festival VERBO. Artists and groups interested in submit projects should fill up the application form available for download at www.galeriavermelho.com.br and send it to verbo2010@galeriavermelho.com.br or by regular post to:

MOSTRA VERBO 2010
Rua Minas Gerais 350, São Paulo - SP
01244-010
At. Marcos Gallon

THE FESTIVAL

The 6th edition of the Performance Art festival VERBO will be held at Galeria Vermelho from 14th to 19th June, 2010. The program of the festival also counts with the 3rd edition of the seminar VERBO Conjugado, three workshops, as well as, book and publication launches related to contemporary aspects of the Art of Performance.

SELECTION PROCESS

Artists and groups can submitted new creations or already presented pieces on performance Art. Videos, installations, photography, painting won’t be accepted. Each artist or groups can submit 3 distinct projects. Only one will be selected.

The selection will be based upon materials submitted with the application and on past performances presented at VERBO. The jury will look for professionalism, originality and creativity.

Accepted performing artists and groups living out of São Paulo or abroad, are invited to look for grants to cover travel expenses and Fees. VERBO is a non-profit event supported by Galeria Vermelho. The festival doesn’t count on grants from the Brazilian Ministry of Culture. Therefore, VERBO cannot take charge of Fees and travel expenses. Invitation letters will be provided.

All CDs and DVDs must be clearly labelled. If you are not selected for the show, and want your CDs, DVDs or any other material returned, please include a self-addressed stamped padded envelope with your application.

Completed applications and supporting materials must be received no later than February 28th at verbo2010@galeriavermelho.com.br or by regular post to the address mentioned above.

APPLICATION SHOULD INCLUDE

1]. Application Form available for download at www.galeriavermelho.com.br

2]. In the case of creations, please include a detailed description of the project (number of mounters, equipments, number of hours of setting up), and a sketch of the action in the space. In this in case, the proponent should also include 3 digital images of previous works, in JPG or TIF with 300dpis and 28 cms (smaller side).

3]. already presented projects should include the complete or edited version on DVD, and 3 digital images of previous works, in JPG or TIF with 300dpis and 28 cms (smaller side).

4]. Digital Portfólio.

SELECTED PROJECTS

Selected artists and groups will receive the following support from Verbo:

1]. Hotel accommodation in São Paulo.

2]. Setting up of the piece. Please note that it doesn’t include materials required for the construction and installation of the piece such as: send, earth, Wood, wire and so on.

3]. Equipments such as: projectors, sound systems, speakers and mics.

4]. Press

5]. Catalogue of the show.

6]. Vídeo and Photo recording.

more informations with marcos gallon – marcos@galeriavermelho.com.br

Posted by Ana Elisa Carramaschi at 3:01 PM

dezembro 7, 2009

Chamada de artigos - Revista Concinnitas 16

Concinnitas: Revista do Instituto de Artes da Uerj

A revista Concinnitas está recebendo artigos, entrevistas e resenhas para o número 16, a ser lançado em junho de 2010.

Calendário para Concinnitas 16
Recebimento de artigos, entrevistas e resenhas: até 09 de março de 2010.
Resultado: 09 de abril de 2010, divulgado no site www.concinnitas.uerj.br
Publicação: junho de 2010.

Concinnitas é uma publicação semestral do Instituto de Artes da UERJ, criada em 1996 e, a partir de 2005, vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Artes (PPGARTES).
Possui uma versão impressa com o ISSN 1415-2681 e uma versão on line www.concinnitas.uerj.br com o ISSN 1981-9897.
É classificada como B1 pela Capes.

Revista Concinnitas
Instituto de Artes da Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Rua São Francisco Xavier 524, Pavilhão João Lyra Filho, 11o andar, bloco E, sala 11.007, Maracanã, Rio de Janeiro - RJ
21-2334-0423 / 2334-0912 ou concinni@gmail.com

Normas:
1. O texto deve ser inédito (nas línguas português ou espanhol);
2. O texto será submetido a avalição de um consultor membro do conselho editorial ou de um consultor ad-hoc (peer review);
3. O autor é responsável pelo conteúdo do texto e deve garantir exclusividade até o recebimento do parecer do conselho editorial;
4. O autor de texto publicado deve cumprir um período de 2 anos para nova submissão de proposta;
5. O autor deve transferir os direitos autorais do texto para a revista Concinnitas imediatamente após a aprovação;
6. O texto aprovado e publicado não poderá ser republicado em um período de até 2 anos;
7. O texto aprovado será divulgado no site (www.concinnitas.uerj.br > arquivo > artigos em espera). Aqueles não publicados imediatamente após aprovação, poderão ser publicados na edição seguinte, conforme autorização do autor;
8. A seleção dos textos de cada publicação será feita pelo conselho editorial, baseando-se na aprovação e na data de recebimento;
9. Somente os textos que cumprirem as normas de publicação serão avaliados;
10. Os artigos e entrevistas devem ter até 40.000 caracteres sem espaço, editados em word, sem hifenação, sem tabulação de parágrafo e com entrelinha dupla;
12.As resenhas devem ter até 10.000 caracteres sem espaço, editadas em word, sem hifenação, sem tabulação de parágrafo e com entrelinha dupla;
13.O texto deve ser enviado por e-mail (concinni@gmail.com);
14.A folha de rosto deve conter:
- nome do autor com a vinculação profissional e/ ou universitária
- e-mail e endereço pessoal ou profissional
- título em português e inglês (até 6 palavras)
- resumo em português e inglês (até 500 caracteres sem espaço)
- três palavras-chave em português e inglês
15. Currículo resumido em forma de texto (até 500 caracteres sem espaço);
16. As notas devem vir no final do texto, numeradas em algarismos arábicos;
17. O texto deve conter bibliografia seguindo as normas da ABNT;
18. Devem ser enviadas até 3 imagens por e-mail (concinni@gmail.com), com legendas e não devem ser inseridas no corpo do texto (com indicação de posicionamento);
19. As imagens devem ser digitalizadas e enviadas por e-mail (concinni@gmail.com) em formato jpg, colorida, 300dpi, tamanho mínimo 12 x 18cm.

Posted by Ana Elisa Carramaschi at 5:59 PM | Comentários(1)

dezembro 2, 2009

Temporada de Projetos 2010 - Paço das Artes divulga selecionados

Programa único no panorama nacional, a Temporada de Projetos contempla dez propostas a serem expostas pelo Paço das Artes em 2010 – ano em que a Instituição comemora 40 anos de existência.

Em sua sétima edição, o programa recebeu quase 400 propostas, dentre as quais foram selecionadas dez.

Artistas Selecionados:
Ana Elisa Egreja
Estela Sokol
Geraldo Zamproni
Nino Cais
Pedro Varela
Rafael Campos Rocha
Rick Castro
Rodrigo Bivar
Tiago Judas

Projeto de curadoria contemplado:
Felipe Scovino

Sobre o programa

Esta edição do Programa acontece no ano em que o Paço das Artes celebra 40 anos de existência e a Temporada de Projetos, iniciativa-chave dentro das premissas teóricas da instituição, completa dez. A pré-seleção dos projetos ficou a cargo de júri composto por Ana Maria Maia, Márcio Harum, Paula Alzugaray, Priscila Arantes e Rejane Cintrão. A seleção final foi feita pela seguinte comissão: Angélica de Moraes, Cauê Alves, Daniela Bousso, Paula Alzugaray e Priscila Arantes.

Concebido por Daniela Bousso, diretora executiva do Paço das Artes, o Programa tem como objetivo o fomento às manifestações artísticas contemporâneas, sem restrição ao suporte utilizado pelo artista ou coletivo. Como observa a idealizadora, “a Temporada de Projetos conquistou um importante espaço no cenário artístico brasileiro, por conceder espaço aos profissionais em busca de reconhecimento e promover uma constante reflexão sobre os rumos das artes visuais no país”. Além de promover a produção artística por parte dos selecionados, o Programa ainda incentiva a reflexão teórica, já que cada projeto recebe uma apreciação crítica por um especialista convidado.

A partir de 2008 o Programa passou por aprimoramentos: após cinco edições bienais, a Temporada de Projetos se tornou anual. No mesmo ano, o Paço das Artes passou a premiar em dinheiro os autores contemplados e, caso vivam fora da capital paulista, também recebem apoio referente a transporte e hospedagem. Com a evolução do Programa, como explica a diretora técnica da instituição, a pesquisadora Priscila Arantes, “além dos artistas e curadores selecionados contarem com melhores condições para desenvolvimento de seus trabalhos, apostamos na dinamização das trocas de conhecimentos e experiências entre artistas, críticos, curadores e estudiosos”.

Temporada de Projetos – Um breve histórico

Ação pioneira no Brasil, criada há dez anos pela direção do Paço das Artes, a Temporada de Projetos se tornou um celeiro de artistas, críticos e curadores. Ao participarem dessa ação, os artistas têm a oportunidade de serem avaliados por crítica, público e classe artística. Desde seu surgimento, já alçou no cenário cultural mais de uma centena de profissionais, entre artistas, curadores e críticos, contabilizando um total de mais de cinquenta exposições.

Entre os nomes de artistas que despontaram nesta trajetória estão Gisela Motta, Leandro Lima, Lia Chaia, Daniela Kutschat, Rejane Cantoni, Ricardo Carioba, Raquel Kogan, Cine Falcatrua, Ana Holck, Marcellvs L., Débora Bolsoni. No campo da curadoria, destacaram-se Christine Mello, Kiki Mazzucchelli e Érika Fraenkel. Sua realização também contribuiu para o fortalecimento da jovem critica, com contribuições de Fernando Oliva, Juliana Monachesi, José Augusto Ribeiro, Cauê Alves, Paula Alzugaray, Daniela Maura Ribeiro, Guy Amado, Fernanda Albuquerque e Daniela Castro.

Paço das Artes

O Paço das Artes, Órgão da Secretaria de Estado de Cultura do Governo do Estado de São Paulo, foi criado em 1970 e atualmente é administrado pela Associação dos Amigos do Paço das Artes Francisco Matarazzo Sobrinho, Organização Social de Cultura. Centro cultural multidisciplinar, abrange todos os segmentos das artes visuais (pintura, desenho, gravura, escultura, fotografia, vídeo, arte tecnológica, design e multimídia), num esforço de estimular a exibição e a reflexão sobre a arte contemporânea nacional e internacional. Atualmente conta com a direção executiva da curadora e crítica de arte Daniela Bousso, direção técnica da pesquisadora e curadora Priscila Arantes e direção administrativa do engenheiro Selim Harari.

Posted by Cecília Bedê at 3:35 PM