Página inicial

Salões & Prêmios

 


novembro 2013
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
Pesquise em
salões & prêmios:

Arquivos:
As últimas:
 

setembro 29, 2006

Inscrições e informações para o artista: I LOVE MY GIF!

love003.gif

I LOVE MY GIF!

Inscrições de 1º a 27 de outubro de 2006

Comissão de seleção: Helga Stein, Lucas Bambozzi, Priscila Arantes

Envio de obras: arteaosvivos@gmail.com
www.arteaosvivos.com.br/ilovemygif/
Realização: Arte ao(s) vivo(s)
Promoção: Canal Contemporâneo


Informações para o artista sobre o custo-benefício de editais

As informações abaixo, todas de caráter objetivo, copiadas do edital, servem para ajudar o artista iniciante a decidir sobre a sua participação no evento em questão. Leia sobre esta iniciativa do Canal no Salões&Prêmios.

PRÊMIOS: Os premiados ganharão um kit ARTE AO(S) VIVO(S) e uma assinatura semestral do Canal Contemporâneo.

GANHO PARA SELECIONADOS: Todas as obras que forem premiadas ou receberem menções no I LOVE MY GIF! participarão da exposição virtual sediada no www.arteaosvivos.com.br e serão veiculados pelo www.canalcontemporaneo.art.br

GANHO PARA INSCRITOS: nenhum

CUSTOS OPERACIONAIS:

INSCRIÇÃO:
- A inscrição é gratuita. As obras devem ser submetidas em arquivo GIF (Graphic Interchange Format Files), com 380 pixels de largura x 275 pixels de altura e até 500Kb. Não serão aceitos outros formatos. Só serão consideradas inscritas as obras que chegarem acompanhadas de ficha técnica e currículo.

CESSÃO DE DIREITOS:
- Os selecionados serão convidados a ceder ao coletivo ARTE AO(S) VIVO(S) os direitos de transmissão, difusão, arquivo para fins promocionais e por serviços de mídia digital (Internet, CD-ROM, DVD) incidentes sobre seus trabalhos. As cópias das obras selecionadas ficarão em propriedade do coletivo, como parte do acervo histórico do evento, e poderão ser acessadas gratuitamente pelo público.


I LOVE MY GIF!

GIFS animados (Graphic Interchange Format Files) são uma paixão dos internautas! Contam estórias em poucos quadros, são necessariamente leves e portanto desafiam os problemas de definição e largura de banda. O ARTE AO(S) VIVO(S) convida você a participar de I LOVE MY GIF! Uma exposição virtual sediada em nosso site e no Canal Contemporâneo.

Para participar, basta criar e enviar-nos um GIF animado. Seus GIFS podem ser artísticos, pornográficos, narrativos, minimal ou rococó, o tema é livre e o quê importa é ser original. Os dez melhores trabalhos ganharão destaque em nossa página e serão veiculados pelo Canal Contemporâneo, além de ganhar um kit ARTE AO(S) VIVO(S) e uma assinatura do Canal Contemporâneo.

INSCRIÇÕES:
1º a 27 de outubro de 2006
DIVULGAÇÃO DOS SELECIONADOS:
2 de novembro de 2006

JÚRI: Três importantes nomes das artes visuais e tecnológicas do país são os responsáveis pela seleção dos trabalhos inscritos.

HELGA STEIN é fotógrafa e designer gráfica.Vem desenvolvendo projetos artísticos que discutem as mudanças nos paradigmas estéticos, simbólicos e representativos propiciados pela cultura digital, envolvendo fotografia, vídeo, música e internet. Autora do premiado auto-retrato Narkes e do projeto Andros Hertz, já exibiu seus trabalhos em importantes instituições: MIS-SP, MAM-SP, MAC-GO, Santander Cultural, Instituto Tomie Ohtake, Itaú Cultural, entre outras.

LUCAS BAMBOZZI é artista multimídia, documentarista e curador. Trabalha em várias mídias e suportes tendo construído um corpo consistente de obras em video, filme, instalação, trabalhos site-specific, videos musicais, projetos interativos para Internet e mídias digitais. Seus trabalhos vem sendo frequentemente premiados e exibidos em festivais e mostras em mais de 40 países. Recentemente foi curador e coordenador de eventos como SonarSound (2004), Forum Eletronika de Mídia Expandida (BH, 2005), Motomix 2006 e Festival arte.mov. Atua junto a diversos coletivos de intervenção em mídias e performances de live-vídeo com os grupos Cobaia e FAQ/feitoamãos.

PRISCILA ARANTES é crítica, teórica e curadora na área de arte e tecnologia. É autora de Arte e Mídia: perspectivas da estética digital (Ed. Senac/Fapesp), finalista do 48 Prêmio Jabuti, e de inúmeros artigos de arte contemporânea. É doutora em Comunicação em Semiótica pela PUC/SP, coordenadora do curso de Pós Graduação em Mídias Interativas do Centro Universitário Senac e professora da PUC/SP. Em 2006 desenvolve, no Paço das Artes, a curadoria Circuitos Paralelos: retrospectiva Fred Forest e organiza o evento Conexões Tecnolológicas, em pareceria com o Prêmio Cultural Sérgio Motta e o Canal Contemporâneo.

O REGULAMENTO

REQUISITOS
Serão aceitas obras produzidas a partir de 2005 por artistas de qualquer nacionalidade.
Não serão aceitas obras de conteúdo institucional, promocional e publicitário.
Cada participante poderá submeter até 3 (três) obras, mas apenas uma obra por autor poderá ser selecionada.

INSCRIÇÃO
A inscrição é gratuita. A obra deve ser enviada para arteaosvivos@gmail.com no formato indicado pelo regulamento e acompanhada de ficha técnica (título, autor, ano de produção, software utilizado) e currículo sucinto.
PRAZO- Somente serão aceitos trabalhos enviados até as 24 horas do dia 27 de outubro de 2006.
FORMATOS - As obras devem ser submetidas em arquivo GIF (Graphic Interchange Format Files), com 380 pixels de largura x 275 pixels de altura e até 500Kb. Não serão aceitos outros formatos.
Só serão consideradas inscritas as obras que chegarem acompanhadas de ficha técnica e currículo.

SELEÇÃO
A seleção das obras se baseará nos critérios de ineditismo, humor e elegância computacional.
DIVULGAÇÃO - Os resultados da seleção serão divulgados no dia 2 de novembro de 2006, no site www.arteaosvivos.com.br.
MATERIAIS EXTRAS - A todos os selecionados será solicitado:
- uma versão light, tipo trailer, da GIF selecionada com até 50Kb.
CESSÃO DE DIREITOS - Os selecionados serão convidados a ceder ao coletivo ARTE AO(S) VIVO(S) os direitos de transmissão, difusão, arquivo para fins promocionais e por serviços de mídia digital (Internet, CD-ROM, DVD) incidentes sobre seus trabalhos. As cópias das obras selecionadas ficarão em propriedade do coletivo, como parte do acervo histórico do evento, e poderão ser acessadas gratuitamente pelo público.

PRÊMIOS
Um júri especializado, formado por três profissionais, premiará 10 (dez) obras.
Fica a critério do júri oferecer ainda menções especiais. O júri é soberano e sua decisão, final e irrevogável.
Todas as obras que forem premiadas ou receberem menções no I LOVE MY GIF! participarão da exposição virtual sediada no www.arteaosvivos.com.br e serão veiculados pelo www.canalcontemporaneo.art.br. Os premiados também ganharão um kit ARTE AO(S) VIVO(S) e uma assinatura semestral do Canal Contemporâneo.

Posted by João Domingues at 12:44 PM

setembro 28, 2006

Premiados e Selecionados UniversidArte XIV

Premiados e Selecionados UniversidArte XIV

Prêmio Universidade Estácio de Sá 2006, conferido por Luiz Camillo Osorio e Marcio Doctors: Marcos Chaves

Prêmio UniversidArte 2006, conferido por júri popular: Thamar

Artistas Selecionados por Luiz Camillo Osorio e Marcio Doctors no ano de 2006:
Adelino de Oliveira, Alexandre Braga, Alexandre Murucci, Analu Nabuco, Camilla Rocha, Cláudia Melli, Felipe Braga, Leila Souza, Rick Castro, Rodrigo Torres, Tito Senna, Viviane Teixeira

UniversidArte XIV
21-2503-7052 ou universidarte@estacio.br
www.estacio.br/site/universidarte

Posted by João Domingues at 10:25 AM

setembro 22, 2006

Selecionados Fiat Mostra Brasil

Selecionados Fiat Mostra Brasil
Adriana Barreto e Bruna Mansani - SC - Vale lugar ao sol - Performance/ site specific
Andrei Thomaz - SP - Labirintos -arte digital
Bruno de Faria - SP - Delivery, coleção particular -Intervenção - teleintervenção
Cristiano Lenhardt - PE - Ao Vivo - Instalação áudio e vídeo
Daniel Escobar - RS - Perto demais - Pintura
Fabiana Wielewicki - SC - Segunda Natureza: oitavo andar, maravilhosos e instantâneo -Fotografia
Fabiola Tasca - MG - Escritura - Instalação
Felipe Cohen e Daniel Trench - SP - O sonho de Constantino - Videoarte
Grupo EmpreZa - GO - Salve, Salve - Instalação Áudio e Vídeo
Grupo Gia - BA - Projeto de Interferências - instalação e intervenção urbana
Henrique Oliveira - SP - Tapumes -Site specific
Katia Prates - RS - Paisagens -Fotografia
Leonora Weissmann - MG - Pinturas - Corpos Paisagem - Pintura
Luiz Roque - RS - Projeto Vermelho - Videoarte
Marcelo Moscheta - SP - Refeitório - Gravura
Marcus Bastos - SP - F... Interface Disforme -Web-arte
Mariana Silva da Silva - RS - A Distância - Fotografia
Mariane Rotter - RS - Indutor de Percepção Cotidiana - Livro - Fotografia
Marta Neves - MG - As 12 tarefas -Performance
Martha Gabriel - SP - Mosaico de Vozes - Web-arte
Milena Travassos - CE - Vertigem - Instalação Áudio e Vídeo
MM não e confete - SP - Manifeste-se 2.0 - Instalação e Intervenção Urbana
Nydia Negromonte - MG - Sem Título - Performance
Raquel Stolf - SC - Grilo -Instalação Áudio
Ricardo de Cristofaro - MG - Objeto Ansioso número 03 - Arte Digital - Instalação
Rodrigo Borges - MG - Entre Tem Ar - Site Specific
Rodrigo Freitas - MG - Sem Título - Pintura
Thais Ueda - SP - Utopédia - arte digital
Vera Bighetti, FullFil Fullness - SP - arte digital
Vulgo - MG - Rotativos - Instalação ou Intervenção Urbana

Comissão de seleção: Eduardo de Jesus, Giselle Beiguelman, Járed Domício, Marcos Hill, Maria Ivone dos Santos, Marisa Mokarzel, Stéphane Huchet

Fiat Mostra Brasil
www.sitefiatmostrabrasil.com.br

Com a expressiva participação de 2.221 artistas, que apresentaram 2.833 trabalhos, foram selecionados os 30 nomes para o FIAT MOSTRA BRASIL, projeto que culmina com uma exposição no "Porão das Artes", no prédio da Fundação Bienal de São Paulo, a partir de 7 de novembro, simultaneamente ao grande evento internacional.

Os 30 trabalhos escolhidos são de autores provenientes de oitos Estados - BAHIA, Salvador: Grupo Gia (Mark Dayves Costa, Tiago Pinto Ribeiro, Ludmila Britto, Pedro Marighella, Cristiano Rocha Píton, Everton Marco Santos), Projeto de Interferências (categoria: instalação e intervenção urbana). CEARÁ, Fortaleza: Milena Travassos, Vertigem (categoria: Instalação Áudio e Vídeo). GOIÁS, Goiânia: Grupo EmpreZa (Mariana Pedrosa Marcassa, Paulo Vicente da Veiga Jordão, Keith Richard da Silva Nunes, Fernando Peixoto da Costa, Maria Beatriz Costa Miranda, Antônio José Drummond Barboza, Alexandre Adalberto Pereira, Christiane Cavalcante Frauzino, Fabio Tremonte), Salve, Salve (categoria: Instalação Áudio e Vídeo). MINAS GERAIS, Belo Horizonte: Fabiola Tasca, Escritura (categoria: Instalação); Leonora Weissmann, Pinturas - Corpos Paisagem (categoria: Pintura); Nydia Negromonte, Sem Título (categoria: Performance); Rodrigo Borges, Entre Tem Ar (categoria: Site Specific); Rodrigo Freitas, Sem Título (categoria: Pintura); Marta Neves, As 12 tarefas (categoria: Performance); Vulgo (Wellington Cançado e Simone Cortezão), Rotativos (categoria: Instalação ou Intervenção Urbana). MINAS GERAIS, Juiz de Fora: Ricardo de Cristofaro, Objeto Ansioso número 03 (categoria: Arte Digital - Instalação). PERNAMBUCO, Recife: Cristiano Lenhardt, Ao Vivo (categoria: Instalação áudio e vídeo); RIO GRANDE DO SUL, Porto Alegre: Daniel Escobar, Perto demais (categoria: Pintura); Katia Prates, Paisagens (categoria: Fotografia); Luiz Roque, Projeto Vermelho (categoria: Videoarte); Mariana Silva da Silva, A Distância (categoria: Fotografia); Mariane Rotter, Indutor de Percepção Cotidiana - Livro (categoria: Fotografia). SANTA CATARINA, Florianópolis: Adriana Barreto e Bruna Mansani, Vale lugar ao sol (categoria: Performance/ site specific); Fabiana Wielewicki, Segunda Natureza: oitavo andar, maravilhosos e instantâneo (categoria: Fotografia); Raquel Stolf, Grilo (categoria: Instalação Áudio). SÃO PAULO, São Paulo: Andrei Thomaz, Labirintos - (categoria: arte digital); Bruno de Faria, Delivery, coleção particular (categoria: Intervenção - teleintervenção); Felipe Cohen e Daniel Trench, O sonho de Constantino (categoria: Videoarte); Henrique Oliveira, Tapumes (categoria: Site specific); Marcelo Moscheta, Refeitório (categoria: Gravura); Martha Gabriel, Mosaico de Vozes (categoria: Web-arte); Marcus Bastos, F... Interface Disforme (categoria: Web-arte); MM não e confete (Mariana K e Milena Zafir), Manifeste-se 2.0 (categoria: Instalação e Intervenção Urbana); Thais Ueda, Utopédia (categoria: arte digital); Vera Bighetti, FullFil Fullness (categoria: arte digital).

Os artistas, além de participarem da mostra em São Paulo, recebem um prêmio de R$12.000,00, o maior do gênero no País (R$ 360.000,00). Entre os 30 escolhidos estão trabalhos que acenam com novas estratégias para pensar a contemporaneidade, de criadores brasileiros que ainda não foram absorvidos pelo circuito das artes.

Segundo o júri, como todo o projeto dos 30 anos da FIAT é voltado a refletir sobre o futuro, apostou-se nas obras que articulam novos vetores para a produção artística, de autores ainda não conhecidos. "São propostas mais arriscadas, pois como é possível falar em futuro sem correr riscos?", explica o grupo de jurados. Trata-se de um projeto que busca revelar por onde andam as vibrações do movimento contemporâneo brasileiro, funcionando mais como sismógrafo do que como radar, para captar questões mais candentes.

O júri, formado por pensadores interessados em vislumbrar novos rumos para a produção de conhecimento, reúne: Giselle Beiguelman - webartista, professora de Semiótica da pós-graduação da PUC-SP; Járed Domício - artista e coordenador da FUNCET (Fundação de Cultura Esporte e Turismo de Fortaleza); Marisa Mokarzel - diretora e curadora do Espaço Cultural Casa das Onze Janelas, do Sistema Integrado de Museus da Secretaria Executiva de Cultura do Estado do Pará, em Belém; Marcos Hill - professor em graduação e pós-graduação de História da Arte na UFMG, autor de livros sobre a arte contemporânea; Stéphane Huchet - professor da Escola de Arquitetura da UFMG, de Fundamentos e Crítica de Arte, e membro do Comitê Brasileiro de História da Arte e Pesquisa; Eduardo de Jesus - professor da Faculdade de Comunicação e Artes da PUC Minas, expert em produção audiovisual contemporânea; e Maria Ivone dos Santos - artista e professora em pós-graduação de Artes Visuais do Instituto de Artes da UFRGS.

Com estas características, o FIAT MOSTRA BRASIL apresenta-se como um possível celeiro de uma nova safra de artistas que está por vir e como uma interessante opção de visitação, num momento em que todo o circuito das artes encontra-se em plena efervescência em função da aproximação da Bienal Internacional de São Paulo.

O projeto FIAT MOSTRA BRASIL traz a chancela da Casa Fiat de Cultura, instituição recentemente criada para consolidar a política cultural da empresa. Localizado em Nova Lima, Região Metropolitana de Belo Horizonte, trata-se de num moderno espaço cultural aberto às mais diversas manifestações artísticas e que pretende, com suas realizações, ter alcance nacional, como esta exposição em São Paulo. "Ao criar o Fiat Mostra Brasil, a FIAT pretende delinear um recorte bastante ousado das artes visuais produzidas hoje no país e suprir uma carência de iniciativas e eventos que estimulem a produção, a formação de público e a democratização do acesso às artes", afirma José Eduardo de Lima Pereira, presidente da Casa Fiat de Cultura.

www.sitefiatmostrabrasil.combr

Posted by João Domingues at 11:51 AM | Comentários(2)

setembro 1, 2006

Vencedores Prêmio CNI-SESI Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas 2006/2007

Vencedores Prêmio CNI-SESI Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas 2006/2007
Carlos Melo (Pernambuco. Vive e trabalha no Recife)
Laura Lima (Minas Gerais. Vive e trabalha no Rio de Janeiro)
Leandro Lima e Gisela Motta (S. Paulo. Vive e trabalha em S. Paulo)
Lucia Laguna (Rio de Janeiro. Vive e trabalha no Rio)
Sara Ramo (Espanha. Vive e trabalha em Belo Horizonte)

Comissão de seleção: Marcus Lontra, Marisa Mokarsel, Ricardo Resende

Comissão de premiação: Cristiana Tejo, Lisette Lagnado, Paulo Herkenhoff

Prêmio CNI SESI Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas
Gerência de Cultura SESI/DN
SBN Quadra 1 Bloco C, Ed. Roberto Simonsen, 10º andar, Brasília - DF 70040-903
0800-610606 ou premioartesplasticas@sesi.org.br
www.sesi.org.br/premioartes


Cada artista receberá uma bolsa de R$ 30 mil reais, para realizar um trabalho que será acompanhado ao longo de um ano por um crítico ou curador. Depois, serão organizadas mostras itinerantes das obras realizadas, e a edição de um catálogo. No final das exposições, cada artista indicará uma obra, como doação, para o acervo dos museus do circuito. A iniciativa da CNI e do SESI tem por objetivo estimular a produção de novos artistas em diversas áreas das artes visuais e, com isso, dar visibilidade ao cenário contemporâneo das artes e também dos espaços culturais. Além de incentivar a produção artística, o Prêmio também irá proporcionar o enriquecimento do acervo de museus dos principais centros culturais do País.

AÇÃO EDUCATIVA

As mostras do Prêmio CNI SESI Marcantonio Vilaça buscam ir além da mera contemplação dos trabalhos de alguns artistas, aproximando a arte da sociedade com ações específicas, além de incentivar de forma inédita o trabalho de novos artistas brasileiros.

Em todas as cidades da itinerância, universitários preparados por curadores, organizadores e pelos próprios artistas que estão expondo tentarão instigar os visitantes a refletirem sobre o que vêem e como essas obras interferem em seu cotidiano.

Posted by João Domingues at 12:57 PM | Comentários(1)