Página inicial

Salões & Prêmios

 


novembro 2013
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
Pesquise em
salões & prêmios:

Arquivos:
As últimas:
 

abril 20, 2005

Sérgio Porto 2005 - Resultado

Sérgio Porto 2005 - Resultado

Albano Afonso [SP], Alexandre Monteiro [RJ], Cezar Migliorin [RJ], Chico Cunha [RJ], Clarisse Tarran [RJ], Edna Rezende [MG], Isabel Löfgren [RJ], Marcelo Moscheta [SP], Mauro Espíndola [RJ], Miguel Trelles [NY], Renato Velasco [RJ],Sandra Schechtman [RJ], Teresa Vianna [SP]

Sérgio Porto tem novo curador internacional

Por indicação do Secretário Municipal das Culturas, Ricardo Macieira, a partir de junho de 2005, Luis R. Cancel é o novo curador das galerias de arte do Espaço Cultural Sérgio Porto.

Cancel tem longa carreira internacional, com especialização em arte latino-americana. Ele foi curador da primeira grande mostra sobre o tema - "Presença latino-americana nas artes nos EUA", da qual participaram inúmeros artistas brasileiros; dirigiu o Museu de Artes do Bronx, NY, por 13 anos; foi Secretário de Cultura de NY, de 1991 a 1994, e há sete anos vinha transitando entre NY e Rio de Janeiro, tornando-se residente no Brasil em 2002. Desde então, atuou como consultor internacional do MAM - RJ (2002), assinou a curadoria de "Palavras+", no SESC Rio, em 2003, e foi co-curador da mostra "Sonhando de Olhos Abertos: Dadá e Surrealismo", no Instituto Tomie Ohtake [SP] e Museu Oscar Niemeyer [Curitiba], em 2004.

A escolha artística de Luis R. Cancel para as galerias do Sérgio Porto em 2005 é:

junho | julho
"Chino | Latino" [pinturas]: Chico Cunha [RJ] e Miguel Trelles [NY]

Cancel quer estimular questões de estilo ao reunir os trabalhos dos dois artistas, que ocuparão em conjunto os dois espaços expositivos. "Encontrei incríveis semelhanças estéticas e conceituais entre eles, ainda que jamais tenham se encontrado ou sequer visto as obras um do outro", argumenta o curador.

agosto | setembro
Teresa Vianna [SP] - galeria 1 - pinturas
Mauro Espíndola [RJ] - galeria 2 - instalação

Diz Cancel: "A pintura, cujo papel determinante nas artes visuais não pode ser ignorado, aparece em Teresa Vianna. Sua luxuriante aplicação da tinta em cores saturadas cria um trabalho pleno de energia, que exerce um impacto único no espectador. Espíndola representa o segmento da arte que cria camadas de narrativa ficcional através da construção de esculturas|objetos elaborados, que remete o visitante a localizá-los em um tempo e espaço quase histórico".

setembro | novembro
Clarisse Tarran [RJ] - instalação
Cezar Migliorin [RJ] - videoinstalação

Segundo o curador, "o vídeo como meio na arte contemporânea abrange da narrativa à total abstração. Migliorin usa o vídeo como "testemunha" de uma experiência subjetiva. Já o fio condutor do trabalho de Clarisse Tarran é a combinação da linguagem do imaginário popular com a crítica de características da sociedade brasileira."

dezembro 2005 | fevereiro 2006: "Fotografia conceitual" [coletiva]
Albano Afonso [SP], Isabel Löfgren [RJ], Alexandre Monteiro [RJ], Marcelo Moscheta [SP], Edna Rezende [MG], Sandra Schechtman [RJ] e Renato Velasco [RJ].

"A exposição inclui artistas que não são fotógrafos, mas que usam o processo fotográfico como parte integrante de suas criações. Historicamente, os artistas conceituais usavam a fotografia como ferramenta para documentar suas obras, mas nesta mostra, o processo fotográfico faz parte da manifestação do conceito", descreve Cancel.

A mescla de várias mídias na seleção 2005 atende, segundo o curador, a uma demanda atual. "Os artistas contemporâneos usam os meios mais diversos para explorar e expressar suas idéias e os espaços expositivos precisam abrigá-los e dar visibilidade pública a essa produção", ele afirma.

Freqüentador assíduo de exposições e ateliês cariocas, Cancel já conhecia o trabalho de Chico Cunha, Mauro Spíndola, Clarisse Tarran e Victor Arruda. Quando foi convidado para ser o curador do Sérgio Porto, gostou de saber que Arruda já era um dos selecionados deste ano, já que curador e artista estavam estudando possiveis espaços para uma exposição.

À exceção de Cunha e Trelles, os demais nomes foram escolhidos por Cancel a partir da análise de cerca de 200 portfolios encaminhados ao RIOARTE. Entusiasmado com a qualidade dos projetos apresentados, o curador acrescenta: "Estou conhecendo outros espaços da prefeitura para ver se há possibilidades de apresentar trabalhos muito interessantes que não puderam ser pautados para este ano nas galerias do SP". Luis R. Cancel também pretende intensificar o intercâmbio entre o Brasil e os Estados Unidos nas artes visuais e fazer circular algumas exposições do Sérgio Porto pelo Brasil.

Em razão da qualidade do material, avaliada como "excepcional", o curador sugeriu à Prefeitura que fosse organizado um arquivo de todos os projetos apresentados para que sirvam como banco de consulta a curadores nacionais e internacionais.

Sobre sua nova atividade no Rio, ele comemora:

"Sinto-me honrado com o convite para ser curador do Sérgio Porto, que tem uma missão pública e serve à comunidade das artes visuais e ao público de minha cidade adotiva. Sempre fui freqüentador do espaço e gostei de inúmeras exposições que visitei ali, muitas delas com curadoria de Claudia Saldanha, diretora da divisão de artes visuais do RIOARTE, e espero que o público aprecie a seleção de artistas para este ano."

Luis R. Cancel começou sua formação acadêmica em Artes Plásticas na High School of Music and Art - Lincoln Center, formou-se em Artes Plásticas no Pratt Institute, NY, e obteve o mestrado em Gestão em Artes Visuais, pela Universidade de Nova York e em Gestão Pública pela Universidade de Harvard.

Posted by Patricia Canetti at 4:18 PM

abril 14, 2005

Centro Cultural de São Francisco - selecionados

Projeto Artes Visuais 2005 do Centro Cultural de São Francisco

Artistas selecionados
Beatriz Pimenta (RJ), Jeims Duarte (PE), Lucimar Bello (SP), Rosilda Sá (PB), Valéria Pena-Costa (DF), Carolina Melo (MG) / Beth da Matta (PE)
Artistas convidados
Marcelo Samico (PE) e Ricardo Peixoto (PB)

Comissão de Seleção
Ernando Teixeira de Carvalho, Gabriel Bechara Filho, Maria do Carmo de Siqueira Nino, Rosires de Andrade Carvalho e Sebastião Gomes Pedrosa

Centro Cultural de São Francisco
Praça São Francisco s/n, Centro, João Pessoa - PB
83-218-4505 ou ccsaofrancisco@uol.com.br

Apoio: Vice-Governadoria do Estado, Prefeitura Municipal de João Pessoa, através das Secretarias de Educação e Cultura e do Gabinete Civil e do João Pessoa Convention & Visitors Bureau

Projeto Artes Visuais 2005 irá realizar 8 exposições

Nos espaços barrocos do antigo Convento de Santo Antônio, em João Pessoa, o Centro Cultural de São Francisco dá seqüência a seu programa de exposições de arte contemporânea - o Projeto Artes Visuais. Esse projeto, cujo objetivo é o de divulgar e promover a arte contemporânea, é realizado desde 1999 e, nestes seis anos de existência, apresenta os seguintes resultados: 51 exposições, envolvendo 184 artistas e totalizando 26.311 visitantes. Além disso, o Projeto tem proporcionado a formação de um público apreciador da arte atual, bem como o encontro desse público com o artista.

Continuando os trabalhos para a edição 2005, a Comissão de Seleção e Curadoria do Projeto Artes Visuais reuniu-se no último dia 21 de março, em João Pessoa.
A Comissão esteve composta pelos professores da UFPE e artistas plásticos Maria do Carmo de Siqueira Nino e Sebastião Gomes Pedrosa, de Pernambuco; do professores da UFPB, Gabriel Bechara Filho e Rosires de Andrade Carvalho, e do Pe. Ernando Teixeira de Carvalho, diretor do Centro Cultural de São Francisco. No entender da Comissão, o Projeto Artes Visuais está demonstrando sua importância e o grande interesse que desperta no meio cultural do País já que, após dois anos sem abrir edital de chamamento nacional, retoma o caminho original com um grande número de propostas recebidas. "Foram analisadas 50 propostas de todo o Brasil, com um alto nível de qualidade. Dessa forma, a Comissão propôs, e a direção do Centro Cultural de São Francisco aceitou ampliar de seis para oito as exposições a serem realizadas nesta edição do Projeto.", relata o coordenador do Projeto, o arquiteto Hugo Peregrino.
Dos trabalhos realizados pela Comissão saiu o seguinte resultado:

Segue-se, agora, a fase do agendamento das exposições com os artistas, que deverá estar concluída esta semana. "Após essa etapa, estaremos divulgando a agenda de exposições do Projeto Artes Visuais que, nesta edição 2005, deverá se iniciar em abril e se prolongar até março de 2006." continua o coordenador do Projeto, Hugo Peregrino

Posted by Patricia Canetti at 5:13 PM

XIV Encontro de Pesquisadores da ANPAP - recebimento de trabalhos

Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas
XIV Encontro de Pesquisadores da ANPAP

Acontece de 17 a 21 de outubro de 2005 na Universidade Federal de Goiás

Recebimento de trabalhos até 10 de junho de 2005

ANPAP- Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas
Programa de Pós-Graduação - Mestrado em Cultura Visual-FAV-UFG
Caixa Postal 131 - Campus II - Samambaia - 74001-970 - Goiânia - GO
Fone/Fax 62-521-1440
Ficha de inscrição, cronograma e taxas no www.anpap.org.br


XIV Encontro de Pesquisadores da ANPAP - Regras de Envio dos trabalhos

São solicitados ficha de inscrição, texto completo conforme especificação abaixo e abstract. Cada texto deverá ser enviado a um Comitê. Não serão aceitos envio de um mesmo texto a mais de um Comitê. Os autores só poderão se inscrever em mais de um Comitê em co-autoria.

Comitê:
· História,Teoria e Crítica
· Linguagens Visuais
· Curadoria
· Ensino e Aprendizagem da Arte
· Restauro, Conservação e Materiais

Os textos devem ser encaminhados obedecendo aos seguintes padrões:

1. Texto: Título (Arial 12, negrito centralizado)
2. Abstract : (Arial 11, itálico justificado , no máximo 10 linhas de 50 toques)
3. Na linha seguinte: nome do(s) autor(es), indicação de vinculação profissional, acadêmica e/ou estudantil, breve currículo(5 linhas). (Arial 8)
4. Dimensão máxima o texto : 12 laudas, incluindo imagens, sendo a lauda de 40 linhas de 90 toques, corpo Arial 11 , justificado.
5. Citações: Arial 9 (no final do texto)
6. Referências bibliográficas: Arial 8 ( no final do texto)
7. Imagens ( três no máximo P&B), formato .jpg com 300 dpi, enviadas em arquivos separados.
· As imagens podem ser: Imagens de página 21 X 15 cm ; ou
· Outras imagens 7cm de altura (mínimo) 10 cm de largura (máximo)
8. Texto, abstract e imagens, deverão ser enviados em arquivos distintos.

Não serão aceitos trabalhos enviados e não formatados corretamente

Os pesquisadores selecionados para participar do Encontro serão comunicados por e-mail.
Caso necessitem de carta-convite para participação no Encontro, favor enviar e-mail com os dados pessoais (endereço, nome completo, instituição a que pertence).

Posted by Patricia Canetti at 11:21 AM

MEMEFEST - inscrições abertas

MEMEFEST
Festival Internacional de Comunicação Radical

Inscrições até 20 de Maio de 2005

www.memefest.org/brasil
www.memefest.org
Idéias, perguntas ou colaboração com paulo.hartmann@memefest.org

Como resultado de nossa cultura globalizada, o MEMEFEST - FESTIVAL INTERNACIONAL DE COMUNICAÇÃO RADICAL, tem por objetivo apoiar trabalhos e manifestações relacionadas à contra-cultura, discutir e estimular o pensamento crítico a respeito da relação entre arte, sociologia e comunicação. Criado na Eslovênia em 2001, hoje, o MEMEFEST é um dos mais importantes Festivais Internacionais de Comunicação Radical do mundo (com a participação efetiva de mais de 36 países), e gostaria de estender o convite a todos os estudantes e profissionais brasileiros das áreas de comunicação, arte, design e estudos sociais para que participem de sua 4ª edição.

Categorias

Artes Visuais
A categoria "Artes Visuais" esta relacionada à produção de trabalhos estáticos ou interativos, baseados na interpretação da "Carta de Comunicação dos Povos" ("The People's Communication Charter"), a proclamação insistente de uma sociedade utópica onde todos os cidadãos têm igual acesso à comunicação.

Além...
A categoria "Além", pede aos participantes, uma resposta ao mesmo texto indicado na categoria de "Artes Visuais", (Carta de Comunicação dos Povos - The People's Communication Charter), mas que cujo formato, rompa com as atuais convenções acadêmicas e estéticas da arte.

Comunicação" e "Sociologia
Estas categorias estão relacionadas a produção textual e pede aos participantes que redijam uma resposta ao um trecho do "Nowhere to Hide" ( "Sem Esconderijo" ), de Douglas Rushkoff , que questiona as tentativas subversivas publicitárias.

Júri e Seleção de Trabalhos

Todos os trabalhos enviados ao MEMEFEST serão avaliados e julgados de forma aberta. Este ano a comissão de jurados internacionais conta com a participação de 20 acadêmicos, teóricos, pesquisadores e artistas de renomados para que contribuam com seus argumentos. Juntamente com a resposta do júri será enviado a cada participante um relatório de observações e contribuições a respeito de seu trabalho.

Jurados

Brian Holmes, Giselle Beiguelman, Howard Rheingold, Andrej Škerlep, Marcus Bastos, Zala Volcic, Tanja Kamin, Rastko Mocnik, Tanja Rener, Lucas Bambozzi, Nikola Janovic, Claire Pentecost, Chris Habib, PK Langshaw, Paul Shoebridge, Matt Soar, Zdravko Papic, Tom Liacas, Cleber Cardoso, Katherine Moline.

Sabendo da repercussão e produção dos artistas, designers, pesquisadores, teóricos e ativistas brasileiros no circuito internacional o júri do MEMEFEST este ano conta com a participação e contribuição especial de:

Giselle Beiguelman
É professora da pós-graduação em Comunicação e Semiótica da PUC-SP, editora da seção novo mundo da revista eletrônica Trópico, colaboradora da Leonardo, Iowa Web Review e Cybertext e responsável pelo site do projeto Arte/Cidade, coordenado por Nelson Brissac. Foi a única brasileira listada na seleção The 50 Best , realizada pelo international/media/art/award 2003 , promovido pelo ZKM, pelo projeto Paisagem0 , desenvolvido a convite do SESC em parceria com Marcus Bastos e Rafael Marchetti, e é representada pela Galeria Vermelho (São Paulo).

Lucas Bambozzi
Foi artista residente no Centro CAiiA-STAR (atualmente Planetary Collegium, no Reino Unido), onde atualmente finaliza seu MPhil (Master of Philosophy). Tem escrito inúmeros artigos e críticas sobre arte eletrônica e digital em publicações e catálogos no Brasil e no exterior. Foi o curador de novas mídias do Sonar Sound e um dos coordenadores do Digitofagia, ambos em 2004.

Marcus Bastos
É professor da PUC-SP. Pesquisa literatura experimental, com foco em tecnologias digitais. Foi editor do WebPaisagem0 (http://www.sescsp.com.br/sesc/hotsites/paisagem0/) É membro do Preguiça Febril (http://pfebril.net/)

Cleber Cardoso
Professor dos cursos de Comunicação Social das Faculdades JK, ICESP e FACITEC, todas no Distrito Federal. Atua como designer gráfico em projetos brasileiros de cooperação internacional voltados para a educação como FUNDESCOLA e Escola Aberta - Ministério da Educação. Mestrando em Arte Tecnologia pela Universidade de Brasília - UnB, artista performático interessando nas relações entre a autoria, co-autoria e a não autoria.

MEMEFEST 2004 recebeu mais de 350 trabalhos inscritos, de 36 países, e neste ano esperamos ultrapassar esses números.

O Festival é completamente on-line e todos os textos e formulários de inscrição podem ser encontrados no:
www.memefest.org/brasil
www.memefest.org

Equipe MEMEFEST Brasil 2005

Posted by Patricia Canetti at 11:10 AM

abril 7, 2005

Bolsa Iberê Camargo 2005 - inscrições abertas

Bolsa Iberê Camargo 2005

Inscrições até 11 de julho de 2005

Fundação Iberê Camargo
Rua Francisco Ferrer 453 / 602, Rio Branco, 90420-140, Porto Alegre - RS
Informações: 51-3028-4137 ou 3333-0584
cultural@iberecamargo.org
www.iberecamargo.org.br
A ficha de inscrição está disponível exclusivamente no site da FIC

Em 2005, a Bolsa Iberê Camargo chega a sua quinta edição, já estabelecida no calendário de bolsas de artes plásticas no Brasil, como um importante mecanismo de formação e aprimoramento de artistas.

Este ano, há novidades no regulamento. Estão sendo oferecidas duas bolsas para as quais os artistas podem mandar projetos. Uma delas é para o Art Institute of Chicago, nos Estados Unidos. A segunda é para a Sala de Arte Público Siqueiros e Galeria Garash, no México. Ao se inscrever, cada artista já escolhe para qual instituição gostaria de concorrer.

Além disso, como nas últimas edições, serão selecionados dez artistas que receberão destaque na Revista Digital do site da Fundação Iberê Camargo e um artista que será escolhido para participar do Programa Artista Convidado no Ateliê de Iberê Camargo, em Porto Alegre.

Regulamento

1. Informações gerais

A Fundação Iberê Camargo, conforme disposto no artigo 3º, inciso VII de seu estatuto, instituiu, em 2001, o seu programa anual de bolsas para artistas brasileiros em instituições internacionais. O programa é denominado "Bolsa Iberê Camargo em homenagem a Luiz Aranha", que foi mecenas de Iberê Camargo no início da sua carreira no Rio de Janeiro.

O objetivo do programa é propiciar a realização de residências artísticas no exterior por períodos de curta duração, em instituições de grande credibilidade no mundo da arte, de modo a contribuir para a formação e o aprimoramento de artistas e a incentivar atividades de intercâmbio e aprendizagem.

A Bolsa objetiva, igualmente, divulgar o trabalho de artistas brasileiros no site da Fundação Iberê Camargo e convidar um artista, selecionado pela Comissão Julgadora, para participar do Programa Artista Convidado do Atelier de Iberê Camargo, em Porto Alegre.

Nesta edição, são oferecidas duas bolsas, uma para cada diferente destino, como opção para os candidatos: The School of the Art Institute of Chicago, em Chicago, e um programa conjunto entre a Sala de Arte Público Siqueiros e Galeria Garash, na Cidade do México.

2. Da premiação:

Os artistas selecionados receberão da Fundação Iberê Camargo uma bolsa-auxílio, com a cobertura dos seguintes custos:

a) inscrição e taxas, assim como hospedagem, na instituição de destino, pelo período de três meses;

b) passagem aérea ida e volta em classe econômica;

c) ajuda de custo no valor de R$ 8.000,00 (oito mil reais) referente aos três meses de permanência.

3. As Escolas:

3.1. The School of the Art Institute of Chicago

Criado em 1866, o Art Institute of Chicago possui hoje uma das mais renomadas escolas de arte e design do mundo. Aliando a formação técnica à conceitual, a entidade proporciona a seus alunos uma experiência, que inclui prática em atelier e estudos de história, teoria e crítica de arte, além da convivência com diversos artistas internacionais e com o importante acervo da instituição.

Outras informações sobre a escola estão disponíveis no site:
http://www.artic.edu

3.2. Sala de Arte Público Siqueiros

Pertence à rede INBA de museus e galerias, que possui 14 espaços culturais na Cidade do México. A Sala de Arte Público Siqueiros compõe um espaço de extraordinária oferta de atividades e serviços culturais e está localizada no circuito de museus de Chapultepec, no coração de Polanco.

Sua missão primordial é a conservação e difusão da obra de David Alfado Siqueiros. Seu acervo constitui-se numa importante memória da pintura mexicana do século XX, contendo pinturas, escritos, gravações e filmes da trajetória desta figura essencial no movimento muralista mexicano.

A Sala de Arte Público Siqueiros possui uma sala permanente que oferece ao espectador novas leituras da obra desse muralista, além da sala denominada "El Cubo", um grande cubo branco de 90 m2, com 7 metros de altura, que em sua origem era o jardim da casa de Siqueiros, hoje destinado a exibir propostas específicas de artistas contemporâneos. Além disso, a Sala de Arte Público Siqueiros oferece arquivo e biblioteca, salão de leitura e uma programação de conferências, seminários, ciclos de cinema, etc.

Outras informações estão disponíveis no site:
http://www.siqueiros.inba.gob.mx
http://www.conaculta.gob.mx/saps/

Galeria Garash

Fundada em 2001 com o propósito de difundir e estimular a arte contemporânea, configura um espaço destinado a reunir, provocar e nutrir o diálogo entre artistas, grupos, instituições e consumidores de arte. Mais que uma galeria comercial, a Garash é um espaço que não só constrói a possibilidade de colocar em circulação projetos, produtos e produtores artísticos como também incentivar a sua atualização, bem como a geração de novas linguagens e estímulos artísticos.

Outras informações estão disponíveis no site:
http://www.garashgaleria.com

4. Inscrições:

As inscrições devem ser feitas a partir do preenchimento da ficha de inscrição, entrega de projeto a ser desenvolvido na instituição e de um dossiê do artista.

4.1. Ficha de inscrição - A ficha de inscrição está disponível exclusivamente no site da Fundação Iberê Camargo (www.iberecamargo.org.br). A inscrição será confirmada na tela, assim que o preenchimento do formulário for concluído.

4.2. Escolha da instituição - Na ficha de inscrição o artista deve selecionar uma das opções de residência: Chicago/USA (The School of the Art Institute of Chicago) ou Cidade do México/MX (Sala de Arte Público Siqueiros / Galeria Garash).

Opção Chicago/USA - A residência tem como objetivo a formação e desenvolvimento de um projeto. O artista deve apresentar um projeto que possa ser realizado utilizando os recursos disponíveis na School of the Art Institute of Chicago. A sua apresentação deverá ser suficientemente clara e podem ser anexados outros documentos ou fotos que o artista considere importantes para a compreensão da proposta.

Opção Cidade do México/MX - A residência tem como objetivo a realização de uma exposição no espaço "El Cubo" da Sala de Arte Público Siqueiros. O período de residência na capital mexicana será destinado para a execução do projeto. O projeto deve apresentar uma proposta clara da intervenção que o artista deseja realizar. Podem ser anexadas plantas ou simulações e fotos de outros trabalhos que sejam importantes para a compreensão da proposta.

4.3. Projeto - O projeto deve ser anexado na ficha de inscrição no campo "projeto". Deverá ter no máximo 2.400 (dois mil e quatrocentos) caracteres, contendo as informações necessárias sobre o trabalho que o candidato pretende desenvolver, no período de três meses, na instituição selecionada.

4.4. Dossiês - Os dossiês devem ser enviados pelo Correio para a Fundação Iberê Camargo, em envelope identificado com o número de inscrição, contendo os seguintes documentos:

a) portifólio, contendo no mínimo cinco imagens de trabalhos realizados nos últimos dois anos e cinco imagens de outros trabalhos que sejam relevantes para a compreensão do percurso do artista;

b) textos críticos publicados ou inéditos (se existirem) sobre o trabalho do candidato;

c) currículo atualizado e comprovação de participação do candidato em pelo menos três exposições individuais e/ou coletivas (catálogos, folderes, matérias de jornais, etc).

Os documentos deverão ser remetidos para a Fundação Iberê Camargo "Bolsa Iberê Camargo", Rua Francisco Ferrer, 453 / 602, Bairro Rio Branco, cep: 90420.140, Porto Alegre, RS.

4.5. Serão aceitas somente as inscrições e o envio dos dossiês feitos dentro dos prazos indicados.

5. Período de residência no exterior:
1º de setembro a 30 de novembro de 2005.

6. Prazo de inscrições:

As inscrições poderão ser feitas de 4 de abril a 11 de julho de 2005.

7. Público-alvo:

A bolsa é destinada a artistas brasileiros ou estrangeiros com residência comprovada há mais de cinco anos no Brasil. Serão priorizados artistas em processo de formação, com pelo menos quatro anos de produção sistemática em arte.

8. A seleção:

Será designada pela Fundação Iberê Camargo uma Comissão Julgadora formada por três especialistas da área das artes visuais, que fará a seleção através dos projetos e dos dossiês enviados pelos candidatos. Caberá à Comissão Julgadora:

a) selecionar os candidatos a serem contemplados com a Bolsa Iberê Camargo, sendo um para cada instituição em questão;

b) selecionar dez (10) artistas cujos trabalhos serão divulgados no site da Fundação Iberê Camargo, no decorrer do ano de 2005.

c) caso o candidato contemplado esteja impedido de cumprir o estágio oferecido pela bolsa (item "a"), esta será transferida em caráter de urgência, pela Fundação Iberê Camargo, para um dos dez artistas selecionados para o site, sem prejuízo ao programa de bolsas em curso;

d) selecionar um artista, a seu critério, dentre os inscritos, o qual receberá o convite para participar do Programa: Artista Convidado do Atelier de Iberê Camargo. O período de permanência no atelier de gravura em metal, localizado em Porto Alegre, será de uma (01) semana, com o acompanhamento técnico da equipe do atelier.

9. Idioma:

O recebimento da Bolsa Iberê Camargo, em sua quinta edição, requer o domínio da língua inglesa para os candidatos que selecionarem a opção da bolsa no Art Institute of Chicago. A Fundação Iberê Camargo realizará teste de proficiência com o candidato contemplado.

10. Obrigações do candidato selecionado:

O artista selecionado assinará um termo de compromisso com a Fundação Iberê Camargo, no qual se compromete a:

a) apresentar, ao longo de seus três meses de estada, duas aulas sobre sua própria produção artística e sobre a arte brasileira contemporânea;

b) fornecer à Fundação Iberê Camargo um relatório do período de residência, historiando atividades e trabalhos realizados;

c) fornecer informações sobre o desenvolvimento de seu trabalho no período de residência, para divulgação junto ao site da Fundação Iberê Camargo;

d) autorizar o uso de imagens de seu trabalho para divulgação pela Fundação nas diversas mídias;

e) realizar, após o retorno ao Brasil, uma palestra aberta ao público, em Porto Alegre, relatando sua experiência com o trabalho desenvolvido na instituição estrangeira.

11. Informações:

Mais informações podem ser obtidas junto à Fundação Iberê Camargo.

FONE /FAX: (51) 3028.4137 ou (51) 3333.0584
E-mail: cultural@iberecamargo.org

Site: http://www.iberecamargo.org.br/

No site, os interessados podem encontrar mais informações sobre a Bolsa e as ações da Fundação Iberê Camargo.

12. Disposições gerais:

12.1. Cada candidato poderá ser beneficiado uma única vez com a Bolsa Iberê Camargo.

12.2. Não serão apreciadas candidaturas de pessoas vinculadas direta ou indiretamente à Fundação Iberê Camargo.

12.3. Os candidatos deverão selecionar uma das instituições oferecidas, não podendo se inscrever em ambas.

12.4. Para efeito de inscrição, deverão ser apresentados trabalhos dos artistas que não sejam originais. Se apresentados trabalhos originais, a Comissão Julgadora os desconsiderará e a Fundação não se responsabilizará pelos mesmos.

12.5. Os dossiês não selecionados serão devolvidos pela Fundação Iberê Camargo em até seis meses após o término da data de inscrição, desde que os remetentes estejam devidamente identificados.

12.6. Dossiês enviados fora do prazo não serão aceitos em hipótese alguma e a Fundação Iberê Camargo não se responsabiliza pela sua guarda ou devolução.

12.7. A Fundação Iberê Camargo não fornecerá curso de preparação de idiomas. Caso o candidato selecionado não tenha fluência no idioma requerido, a bolsa será concedida, em caráter de urgência, a um dos dez candidatos selecionados para o site (item 8.b).

12.8. O ato de inscrição implica a automática e plena concordância com os termos deste edital.

12.9. Os casos omissos serão decididos pela Fundação Iberê Camargo.

13. Cronograma:

04 de abril 2005:
início das inscrições

11 de julho 2005:
encerramento das inscrições

29 de julho 2005:
divulgação do resultado da Bolsa

Setembro/Outubro/Novembro:
período de residência em Chicago ou na Cidade do México

Posted by Patricia Canetti at 1:33 PM