Página inicial

Salões & Prêmios

 


agosto 2017
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    
Pesquise em
salões & prêmios:

Arquivos:
agosto 2017
julho 2017
junho 2017
maio 2017
abril 2017
março 2017
dezembro 2016
novembro 2016
setembro 2016
agosto 2016
julho 2016
maio 2016
abril 2016
fevereiro 2016
janeiro 2016
outubro 2015
setembro 2015
agosto 2015
julho 2015
junho 2015
maio 2015
abril 2015
março 2015
fevereiro 2015
janeiro 2015
novembro 2014
outubro 2014
setembro 2014
agosto 2014
julho 2014
junho 2014
maio 2014
abril 2014
março 2014
fevereiro 2014
janeiro 2014
novembro 2013
outubro 2013
setembro 2013
agosto 2013
julho 2013
junho 2013
maio 2013
abril 2013
março 2013
fevereiro 2013
janeiro 2013
dezembro 2012
novembro 2012
outubro 2012
setembro 2012
agosto 2012
julho 2012
junho 2012
maio 2012
abril 2012
março 2012
fevereiro 2012
janeiro 2012
novembro 2011
outubro 2011
setembro 2011
agosto 2011
julho 2011
junho 2011
maio 2011
abril 2011
março 2011
fevereiro 2011
janeiro 2011
dezembro 2010
novembro 2010
outubro 2010
setembro 2010
agosto 2010
julho 2010
junho 2010
maio 2010
abril 2010
março 2010
fevereiro 2010
janeiro 2010
dezembro 2009
novembro 2009
outubro 2009
setembro 2009
agosto 2009
julho 2009
junho 2009
maio 2009
abril 2009
março 2009
fevereiro 2009
janeiro 2009
dezembro 2008
novembro 2008
outubro 2008
setembro 2008
agosto 2008
julho 2008
junho 2008
maio 2008
abril 2008
março 2008
fevereiro 2008
janeiro 2008
dezembro 2007
novembro 2007
outubro 2007
setembro 2007
agosto 2007
julho 2007
junho 2007
maio 2007
abril 2007
março 2007
fevereiro 2007
janeiro 2007
dezembro 2006
novembro 2006
outubro 2006
setembro 2006
agosto 2006
julho 2006
junho 2006
maio 2006
abril 2006
março 2006
fevereiro 2006
janeiro 2006
dezembro 2005
novembro 2005
outubro 2005
setembro 2005
agosto 2005
julho 2005
junho 2005
maio 2005
abril 2005
março 2005
fevereiro 2005
janeiro 2005
dezembro 2004
novembro 2004
outubro 2004
setembro 2004
agosto 2004
julho 2004
junho 2004
maio 2004
As últimas:
 

fevereiro 22, 2005

Concurso de Identidade Visual do 19° Prêmio Design Museu da Casa Brasileira

Concurso
Identidade Visual do 19° Prêmio Design Museu da Casa Brasileira

Inscrições de 1º de março a 1º de abril de 2005

Museu da Casa Brasileira - Prêmio Design
Av. Faria Lima 2705, 01451-000, São Paulo - SP
11-3032-3727 ou premiodesign@mcb.sp.gov.br
Diariamente, das 9h às 18h.
Regulamento completo: www.mcb.sp.gov.br

A partir do dia 1º de março estão abertas as inscrições para o Concurso de Identidade Visual do 19º Prêmio Design Museu da Casa Brasileira, mais antiga e prestigiada premiação de design de produto existente no país. A participação é aberta a todos designers gráficos, e a inscrição pode ser feita em nome de uma pessoa ou equipe até o dia 1º de abril. O vencedor receberá R$ 8 mil.

O cartaz é a peça de maior destaque do concurso, que abrange todo o design gráfico do Prêmio Design, incluindo convite digital e impresso, peça gráfica com o regulamento do prêmio e ficha de inscrição, banner, certificado, folder e aplicação em camisetas.

Os participantes podem fazer quantas inscrições quiserem, desde que sejam apresentadas separadamente, com fichas de inscrição individuais. Os trabalhos deverão ser entregues ou postados entre os dias 1º de março a 1º de abril de 2005 para Museu da Casa Brasileira - Prêmio Design.

Os trabalhos concorrentes serão apreciados nos dias 11 e 12 de abril, por um júri composto por sete profissionais de design e áreas afins, com a coordenação de Ruth Klotzel, curadora do Concurso de Identidade Visual do 19º Prêmio Design Museu da Casa Brasileira e diretora do Icograda (International Council of Societies of Graphic Design), entidade internacional de designers gráficos.

Os interessados podem acessar o site www.mcb.sp.gov.br para obter informações mais detalhadas do regulamento.

Posted by Patricia Canetti at 1:07 PM

fevereiro 21, 2005

Projeto Trajetórias 2005

Projeto Trajetórias 2005

Inscrições até 1º de abril de 2005

Fundação Joaquim Nabuco - FUNDAJ - Instituto de Cultura
Espaço Cultural Mauro Mota - Coordenação de Artes Plásticas
Rua Henrique Dias 609, Derby
52.010.100 - Recife - PE
Informações: T. 81-3421-3266 / F. 81-3421-3266 - Ramal 430 ou artes@fundaj.gov.br
Regulamento completo e ficha de inscrição no www.fundaj.gov.br

É com imensa satisfação que apresentamos o edital do projeto Trajetórias 2005. Demoramos a publicá-lo porque queríamos reformulá-lo, principalmente no que concerne ao equilíbrio de responsabilidades entre a Fundação Joaquim Nabuco e os artistas selecionados. Portanto, para garantir a inclusão de pró-labore para os artistas e tornar opcional a doação de obras à instituição, precisamos seguir alguns trâmites burocráticos, o que adiou nosso processo para fevereiro.

A seleção dos trabalhos será nos dias 7 e 8 de abril, e os resultados serão divulgados quatro dias depois, no dia 12.

A inscrição pode ser feita pelo correio e quem quiser fazê-la pessoalmente, deverá se dirigir à Coordenadoria de Artes Plásticas, no prédio da Fundaj no Derby, de segunda a sexta, das 9h às 12h e das 14h às 18h.

Entre os pré-requisitos solicitados estão as restrições: artistas e grupos de artistas brasileiros e estrangeiros requerentes não podem ter realizado exposição individual, em dupla ou coletiva em quaisquer das galerias da Fundaj nos dois anos anteriores ao prazo de inscrição; também só serão aceitas obras inéditas na Região Metropolitana do Recife.

Para a coordenadora do Espaço Cultural Mauro Mota, Jeanine Toledo, o projeto Trajetórias é muito importante, devido "ao reconhecimento dos artistas participantes, que não fica restrito a Pernambuco". Ela lembra que já houve inscrições de brasileiros que residiam em outros países. Jeanine acredita que a participação no Trajetórias seja enriquecedor para o currículo dos artistas, pois o processo de seleção é rigoroso.

A Fundaj realiza anualmente o programa de exposições Trajetórias. As mostras acontecem periodicamente, nas galerias Baobá, Massangana (ambas à av. 17 de Agosto, Casa Forte) e Vicente do Rego Monteiro (à rua Henrique Dias, 609, Derby).

Regulamento do Projeto Trajetórias 2005

I. DAS INSCRIÇÕES

1. A inscrição é gratuita.

1.1 Podem inscrever-se artistas plásticos e grupos de artistas brasileiros e estrangeiros, desde que não tenham realizado exposição individual, em dupla ou coletiva em quaisquer das galerias da FUNDAJ nos 2 (dois) anos anteriores ao prazo de inscrição estabelecido neste Regulamento.

1.2 As propostas de exposição somente serão aceitas para obras inéditas na região metropolitana da cidade do Recife.

2. Não poderão se inscrever membros da comissão de seleção e funcionários da FUNDAJ.

3. As inscrições poderão ser realizadas, pessoalmente ou pelo correio, de acordo com as instruções apresentadas na "Ficha de Inscrição", constante do Anexo I deste Regulamento.

4. Serão aceitas inscrições pelo correio, desde que a data de postagem seja compatível com o último dia do prazo estabelecido para o acolhimento das inscrições.

5. Requisitos para inscrição:
(a) Ficha de inscrição preenchida e assinada;
(b) Proposta da exposição, contendo: concepção (idéia básica ou características), relação de obras especificando técnicas, dimensões e materiais a serem utilizados e outros dados que se julgue importantes para melhor entendimento do trabalho. Tratando-se de obras que utilizem tecnologia, devem ser discriminados os equipamentos necessários para a leitura do trabalho durante a seleção;
(c) Quando se tratar de instalações, incluir concepção, plano de montagem, materiais e equipamentos a serem utilizados, além de informações que julgar importantes para o processo de análise e possível montagem;
(d) Dados pessoais e biográficos: nome completo, nome artístico, endereço completo, telefone, fax, correio eletrônico, formação artística, principais exposições realizadas, prêmios;
(e) Material impresso, a exemplo de folder, catálogo, artigos críticos publicados em jornais e periódicos;
(f) Portfólio, contendo entre cinco e dez fotos coloridas (se for o caso), medindo no mínimo 12 x 18cm e especificando no verso de cada uma delas: autor, título, técnica utilizada, dimensões e ano em que a obra foi realizada. As fotos devem mostrar o projeto proposto (se pronto) e trabalhos de fases anteriores, fornecendo indicações sobre os trabalhos desenvolvidos anteriormente pelo artista;
(g) As inscrições efetuadas por meio de correio deverão ser encaminhadas com envelope subscrito e selado, no mesmo valor da remessa encaminhada para inscrição, com vistas à posterior devolução do material;
(h) As propostas que não estiverem de acordo com as exigências deste Regulamento não farão parte da seleção pretendida; e,
(i) Os dossiês de propostas selecionadas não serão devolvidos.


II. DA SELEÇÃO DAS PROPOSTAS

6. A seleção será realizada através da análise das propostas inscritas por uma comissão integrada por três especialistas, entre críticos e curadores de arte, sendo um deles pertencente aos quadros da FUNDAJ, sob a presidência da Coordenação-Geral do Espaço Cultural Mauro Mota, a quem cabe votar, em caso de empate, sendo a homologação dos resultados efetuada pela Diretoria do Instituto de Cultura.

7. Será de responsabilidade da comissão de seleção entregar à Coordenação do Espaço Cultural Mauro Mota um parecer por escrito que justifique a escolha das propostas, sendo este assinado por todos os seus integrantes, após o que será elaborada uma ata dos trabalhos, assinada por todos os presentes.

8. As decisões da comissão são irrevogáveis e irrecorríveis, não podendo participar do julgamento quaisquer integrantes que tenham parentesco até segundo grau com os artistas inscritos.

9. O resultado da seleção será comunicado aos inscritos em até 7 (sete) dias após o julgamento.

10. As exposições serão agendadas pela área de artes plásticas do Instituto de Cultura, em acordo com a comissão de seleção, a quem cabe decidir se a proposta será mostrada individual ou coletivamente.


III. DAS RESPONSABILIDADES


A. Da FUNDAJ - Instituto de Cultura

11. Designar os membros da comissão de seleção, por meio de Portaria da Presidência, e selecionar os trabalhos, nas condições descritas no Capítulo II.

12. Indicar a distribuição das exposições, entre as galerias Baobá, Massangana e Vicente do Rego Monteiro, atendendo aos perfis estabelecidos para cada uma das respectivas galerias ou do tipo de espaço expositivo requerido pela obra.

13. Definir o calendário das exposições, atendendo, sempre que possível, às indicações sugeridas pelos artistas selecionados, e providenciar a sua divulgação na homepage da FUNDAJ.

14. Providenciar a impressão e postagem dos convites para divulgação da exposição na imprensa escrita e na homepage da FUNDAJ, com base nos materiais entregues pelos artistas.

15. Oferecer serviços de apoio aos artistas na montagem e desmontagem interna das exposições, assim como coquetel de abertura.

16. Disponibilizar texto crítico institucional.

17. Disponibilizar pró-labore de R$ 1.000,00 (Hum mil reais)

B. Dos Artistas Selecionados

18. Haver cumprido todos os requisitos de inscrição descritos no item. 50 do Capítulo I deste Regulamento.

19. Entregar material fotográfico (dez fotografias, de preferência coloridas), curriculum vitae e textos de apresentação da exposição em meio magnético (e-mail ou disquete), com antecedência de, no mínimo, 30 (trinta) dias da data de abertura das exposições.

19. Fornecer equipamentos e materiais previstos para a exposição e não-disponíveis na FUNDAJ. (favor consultar o setor de artes plásticas para conhecimento prévio dos equipamentos disponíveis).

20. Assinar "Termo de Compromisso", conforme consta do Anexo II deste Regulamento, concordando com as normas estabelecidas para a realização das exposições.

21. Doar à FUNDAJ uma das obras expostas, mediante a assinatura de um "Termo de Doação", conforme Anexo III, passando esta a fazer parte do acervo da Fundação.OPCIONAL

21.1 No caso de instalações, deverá ser fornecida, pelo artista, documentação correspondente.

22. Comercializar as obras expostas.

23. Retirar as obras da galeria no prazo máximo de 5 (cinco) dias úteis, a contar do término da exposição.

23.1 Expirado o prazo, a FUNDAJ não se responsabilizará pela guarda e conservação das obras, reservando-se o direito de dispor das mesmas como lhe aprouver, podendo incorporá-las ao seu acervo ou descartá-las.

24. Providenciar e arcar com os custos de fretes, transportes (até o local da exposição) e seguros das obras, inclusive na devolução (a partir do local da exposição), além de passagens aéreas.

25. Encaminhar as obras em embalagens resistentes, inclusive considerando que sua devolução será feita nas mesmas condições de recebimento.

26. Conceder à FUNDAJ direito de uso de imagem das obras apresentadas nas suas galerias em impressos da Fundação.

27. Danos ao patrimônio também serão de responsabilidade do artista, que deve se comprometer a reconstituir integralmente o que for modificado ou danificado no ambiente interno e externo das galerias.

27.1 Alterações radicais serão de responsabilidade do artista e só poderão ser implementadas com prévio consentimento, por escrito, da Presidência da FUNDAJ, por encaminhamento da Diretoria do Instituto de Cultura. Também neste caso o artista deve se comprometer a reconstituir integralmente o que for modificado ou danificado no ambiente interno e externo das galerias.

27.2 A comprovação da situação do patrimônio no início e ao final da exposição dar-se-á por meio de vistoria realizada pela Coordenação-Geral de Logística da Diretoria de Planejamento e Administração da FUNDAJ, por solicitação do Instituto de Cultura. Dos termos da vistoria deverá ser dado ciência ao artista.


IV. DA DESCRIÇÃO FÍSICA DAS GALERIAS

28. Os perfis das galerias estão a seguir descritos:

A. Galeria Vicente do Rego Monteiro: Área expositiva de 99,60m2 (46 metros lineares), dividida em 2 salas com a mesma dimensão; pé-direito útil de 3,0m; teto em malha de ferro galvanizado; Iluminação: spots presos à malha de ferro e alimentados por tomadas dispostas na malha; piso em cerâmica marrom; ar condicionado central e paredes pintadas na cor branco neve.

B. Galeria Baobá: Área expositiva de 81,24m2 (47 metros lineares) divida em 2 salas com a mesma dimensão; pé-direito útil de 2,10m; teto em colméia de madeira; Iluminação: spots fixados em trilhos presos ao teto; piso em pedra; ar-condicionado central; paredes de tijolo aparente em argamassa pintadas na cor branco gelo.

C. Galeria Massangana: Área expositiva de 104m2 (36 metros lineares); pé-direito útil de 2,90m; teto em argamassa com pintura preto látex; iluminação com spots; piso emborrachado na cor preta; ar-condicionado central; paredes em concreto aparente e argamassa pintadas na cor branco gelo.


V. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

29. As plantas baixas e especificações técnicas das galerias Baobá, Massangana e Vicente do Rego Monteiro estão disponíveis no Espaço Cultural Mauro Mota e poderão ser obtidas na homepage da Fundação Joaquim Nabuco (www.fundaj.gov.br).

30. O ato de inscrição à seleção de pauta para as galerias Baobá, Massangana e Vicente do Rego Monteiro implica na plena aceitação deste Regulamento.

31. Os inscritos não-selecionados deverão retirar seus portfolios até 20 (vinte) dias após a data de divulgação dos resultados, após o que, se não retirados, serão descartados.

32. A documentação enviada pelo correio será devolvida, desde que atenda às exigências contidas na alínea g do item 5 do Capítulo I, após o que cessará toda e qualquer responsabilidade da instituição pela guarda dos referidos materiais.

Posted by Patricia Canetti at 3:50 PM

fevereiro 2, 2005

4ª Bienal de Cultura e Arte da UNE

4ª Bienal de Cultura e Arte da UNE

Inscrições até 12 de fevereiro de 2005

Secretaria da 4ª Bienal de Arte e Cultura da UNE
Rua Anhanguera 484
Barra Funda São Paulo
01135-000 SP
Informações: cuca@une.org.br ou pelo telefone 11-3392-4505
www.une.org.br

4ª Bienal de Arte e Cultura da UNE reunirá estudantes de todo continente

Entre os dias 25 de fevereiro a 02 de março, São Paulo - cidade que melhor sintetiza a diversidade cultural do país - será palco de um grande encontro com nossa América. Trata-se da Bienal de Arte e Cultura da UNE que, na sua 4ª edição traz o tema Soy Loco por ti, celebrando a união de artistas e estudantes de toda América Latina.

Inscrições de trabalhos - As inscrições (no Brasil) para as mostras - nas áreas de artes cênicas; cinema e vídeo, artes visuais; música; literatura; ciência e tecnologia - estão abertas até o dia 12 de fevereiro. Para participar, basta ter sido estudante do ensino superior no ano de 2004 e preencher a ficha disponível no site da UNE. O documento pode ser entregue pessoalmente ou enviado à Secretaria da 4ª Bienal de Arte e Cultura da UNE (Rua Anhanguera, 484 - Barra Funda - CEP: 01135-000 - São Paulo).

Integração cultural - Além de fazer circular os bens culturais produzidos nas universidades, o principal objetivo da Bienal é promover uma ampla reflexão sobre as possibilidades de integração da América Latina, a partir do diálogo entre a cultura de seus povos. Neste ano, a Bienal da UNE acontece juntamente com o XIV Congresso Latino Americano e Caribenho de Estudantes (CLAE), que ajudará a viabilizar a vinda de um grande número de participantes de outros países. "A idéia é buscar uma identidade comum e uma rede de trocas culturais entre as diversidades que compõem nosso continente", explica o presidente da UNE, Gustavo Petta.

Programação - A 4ª Bienal de Arte e Cultura da UNE será um grande festival de cultura latino-americana, contando com uma rica programação de mostras universitárias, mostras convidadas, debates, oficinas e apresentação de projetos desenvolvidos pelo poder público, pelas entidades estudantis, ONG's, sociedades científicas e universidades. Todos as noites haverá um grande show para encerrar as atividades do dia.

História - Com a realização da primeira Bienal em 1999, na cidade de Salvador, a UNE retomou seu papel de referência no cenário da produção cultural universitária, área em que sempre teve papel de destaque. A Bienal reuniu cerca de 5.000 estudantes, além de diversas personalidades do mundo acadêmico, científico e artístico, como os músicos Leline, Chico César e o grupo Racionais MC's.

A iniciativa se consolidou de vez em fevereiro de 2001, com a realização da 2ª Bienal da UNE, no Rio de Janeiro. Mais de 8.000 jovens participaram. Nesta edição, as presenças marcantes foram Augusto Boal, Ziraldo, Oscar Niemeyer, O Rappa e Tom Zé.

Já a Bienal realizada em Recife, em fevereiro de 2003, pela primeira vez passou a concentrar seus debates em torno de um tema específico. Naquele ano, a partir da temática "Um encontro com a cultura popular", a Bienal trouxe uma programação que discutiu a identidade e a diversidade cultural brasileira. A 3ª Bienal também consolidou um projeto que vêm sendo desenvolvido pela UNE: o Circuito Universitário de Cultura e Arte, chamado de CUCA. (www.une.org.br/cuca). Os nomes de destaque desta edição foram o ministro Gilberto Gil e escritor Ariano Suassuna.

Atividades da Bienal

Mostras Universitárias - Apresentação dos trabalhos selecionados de acordo com o regulamento da Bienal nas áreas de artes cênicas; cinema e vídeo, artes visuais; música; literatura; ciência e tecnologia. Oportunidade de divulgação dos jovens artistas, as mostras serão também o momento de se observar e traçar o panorama da produção cultural dentro das universidades latino-americanas.

Oficinas e Mini-cursos - Atividades em que os participantes terão contato com diversas formas de produção e expressão cultural. As oficinas terão cunho artístico e serão divididas em dois níveis: iniciação e aprimoramento. Os mini-cursos, ministrados por professores universitários, irão capacitar os inscritos para trabalharem com a temática da história artístico-cultural brasileira.

Grupos de trabalho permanentes - A organização desses grupos, com a participação de representantes de todos os países da América Latina, vai gerar um Fórum de Discussão permanente, que funcionará como comitê de articulação para a 5ª Bienal, em 2007.

Bienal Itinerante - O objetivo é que a Bienal não fique restrita aos espaços do evento e se relacione com a comunidade local. Serão realizadas atividades em diversos espaços da cidade, buscando uma intensa troca de experiência e interação com as expressões artísticas de São Paulo.

Os contatos com Secretaria da Bienal podem ser feitos pelo endereço eletrônico cuca@une.org.br ou pelo telefone (11) 3392.4505. Faça sua inscrição, arrume a mochila e leve sua criatividade.

Mais informações: Site oficial da UNE: www.une.org.br.

Posted by Patricia Canetti at 8:52 AM | Comentários(1)

fevereiro 1, 2005

5° Fluxus - Festival Internacional de Cinema na Internet

FLUXUS comemora 5 anos com novo site e abrindo inscrições para a edição 2005

Inscrições até 23 de fevereiro de 2005

www.fluxusonline.com
Outras informações: info@fluxusonline.com e/ou 55 31 32931582 / 32968042

O Fluxus - Festival Internacional de Cinema na Internet, evento que reúne no site www.fluxusonline.com cinema, vídeo, digital, net-arte e trabalhos interativos, comemora em 2005 sua quinta edição. Para marcar a data, o festival pioneiro na internet inaugura um novo site onde é possível acessar aos 191 trabalhos que participaram do evento, em todas as suas edições. O Fluxus é o único festival no mundo que mantém acessível permanentemente on-line o acervo de trabalhos que fizeram parte de suas mostras competitivas e informativas.

As inscrições para 5ª. Edição

O Fluxus recebe inscrições até o dia 23 de fevereiro para a sua edição 2005. Serão aceitos trabalhos audiovisuais produzidos em qualquer formato (vídeo, filme, dv, flash) com duração de até 15 minutos, produzidos entre 2003 e 2005, e de qualquer gênero (ficção, documentários, experimentais e animações). O festival também recebe inscrições de trabalhos produzidos especialmente para a internet - web-arte, mídia-arte, trabalhos interativos.
As inscrições e o regulamento completo estão disponíveis no site www.fluxusonline.com.

As novidades do Fluxus 2005

Dividido em quatro mostras competitivas - E-cinema (ficções, experimentais), Anémic (animações), .doc (documentários) e Interactiva (web-arte, net-arte e interativos) - o Fluxus 2005 vai realizar uma mostra informativa, não competitiva, que pretende reunir as mais diversas possibilidades de feitura de imagens em movimento na internet e com as novas tecnologias de comunicação. Serão convidados a participar, videoblogues, vídeos feitos com celulares e com webcams, e obras de videodesign.

Porque a internet?

Criado em 2000, o Fluxus é um festival que acontece inteiramente on-line e pretende fazer da internet, além de um meio de exibição, um espaço de confluência de tendências das diversas mídias, suportes, linguagens e gêneros. O objetivo é permitir o acesso do público a realizações do mundo todo, que a partir do seu computador pode ver e interagir com produções audiovisuais autorais e independentes.

O Fluxus - Festival Internacional de Cinema na Internet, que estréia sua 5º. edição no dia 05 de maio, é uma realização da produtora cultural Zeta Filmes.

Posted by Patricia Canetti at 6:27 PM

XI Salão UNAMA de Pequenos Formatos

XI Salão UNAMA de Pequenos Formatos

PRÊMIOS
I. Grande Prêmio, aquisitivo, no valor de R$ 8,5 mil;
II. R$ 4 mil distribuídos em Prêmios Aquisição;
III. Prêmio Especial Graça Landeira, aquisitivo, no valor de R$ 3,5 mil

inscrições até 4 de março de 2005

Seleção e Premiação: 14 e 15 de março de 2005
Resultado: 16 de março de 2005
Salão: 15 de abril a 28 de maio de 2005

Galeria de Arte Graça Landeira
Campus Alcindo Cacela - UNAMA
Av. Alcindo Cacela 287
Umarizal - Belém - PA
66060-902
Maiores informações: 91-4009-3148 / 91-4009-3150
galeria@unama.br
emanuelfranco@unama.br
www.unama.br

Posted by Patricia Canetti at 9:49 AM | Comentários(20)