Página inicial

Livraria do Canal

 

A Livraria on line:

- como comprar

- como vender

Arquivos:
As últimas:
 

agosto 4, 2009

Revista Arte&Ensaios nº 14

a&e 14 - capa - 72 dpi.jpg

Revista Arte&Ensaios nº 14 (2007)

Preço: R$ 42 + correio

Como comprar: clique aqui para se informar

Formato fechado: 19,5 x 24 cm
Nº páginas: 416
Ilustrações em cores e/ou p&b: capa + caderno de 8 pp. em cores; restante em P&B.
Organização: PPGAV-EBA/UFRJ
Editora: PPGAV-EBA/UFRJ


Sumário

Edição Especial - Correspondência Transnacional

Editorial

Entrevista
Livros, botes e pássaros - Sutapa Biswas entrevistada por Michael Asbury

Colaborações
Longe ou perto demais para saber do que se trata - Moacir dos Anjos
Sombras / Shadows - Michael Asbury
A re-locação da autenticidade e os dilemas transnacionais - Oriana Baddeley
O sonho americano (sonhos que o dinheiro pode comprar) - Notas sobre o inter-nacionalismo na cultura moderna - Guilherme Bueno
Diálogos espaciais: os derramamentos de caramelos de Felix Gonzalez-Torres - Deborah Cherry
Arte e política à margem do multiculturalismo - Fernando Cocchiarale
Capítulos à parte - Glória Ferreira
Este Corpo é Todo Poros - Milton Machado
Vicissitudes do valor da anglicidade em Hamburgo do século 19: Nikolaikirche, a prefeitura e o sistema de água e esgoto - Toshio Watanabe
Mira Schendel: rumo a história de um diálogo - Isobel Whitelegg
Goeldi: um expressionista nos trópicos - Paulo Venancio Filho
Justamente o contrário - Carlos Zílio

Entrevista
Gostava da arte que produziam e gostava deles como pessoas. Assim, nos tornamos amigos - Entrevista de Guy Brett a Linda Sandino

Textos de referência
Introdução de Information - Kynaston McShine
Rumo a uma nova localidade: as bienais e a "arte global" - Hou Hanru
Nosso Bauhaus, barraco dos outros - Rasheed Araeen
Modernos fora dos eixos - Paulo Sergio Duarte
Da arte nacional brasileira para a arte brasileira internacional - Tadeu Chiarelli
O tango local e a dança global: Uma conversa inacabada entre Vasif Kortun e Cuauhtémoc Medina - Cuauthémoc Medina e Vasif Kortun

Dossiê - Correspondências
Introdução - Malu Fatorelli
Carta à mãe - Édouard Manet
Carta a Anita Malfatti - Mário de Andrade
Carta à família - Mário Pedrosa
Carta a Mira Schendel - Vilém Flusser
Carta a Hélio Oiticica - Lygia Clark
Carta a Lygia Clark - Hélio Oiticica
Brígida Baltar - Conversas por e-mail com Amal Saade e Christine Lemke, 2001

Página Dupla
David Medalla
Lúcia Nogueira

Resenhas
I shall be the tropical sun - Suzana Vaz
Doubtful Strait: um modelo da celebração da incerteza - Joanne Harwood
Tópicos sobre coletivos de artistas - Daniela Mattos/Alexandre Sá
London, London - Cristina Salgado
Questionando a necessidade de circular; fisicamente. Um encontro com Judy Freya Sibayan - ErikaTan


Editorial

Arte & Ensaios é uma publicação do Programa de Pós-graduação em Artes Visuais (PPGAV), da Escola de Belas-Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (EBA/UFRJ). Esta edição especial resulta de um projeto de colaboração entre o PPGAV e o centro de pesquisas TrAIN-Transnationai Art, Identity and Nation, University of the Arts London (UAL).

Representantes das duas instituições se encontraram, em setembro de 2006, no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, onde iniciaram discussões visando ao estabelecimento de um campo de conhecimento sustentável e dinâmico, para tratar da arte contemporânea produzida fora da Europa Ocidental e dos Estados Unidos. O projeto culmina com a realização de um colóquio na Tate Modern, com a duração de dois dias (14 e 15 de setembro de 2007), quando serão discutidas as formas de articulação e negociação entre os contextos nacional e internacional, no que tange à produção, exposição e interpretação da arte. O colóquio coincide com a exposição Hélio Oiticica: a body of colour, naTate Modern. Na verdade, Oiticica ocupa uma posição central no debate sobre a prática artística no contexto transnacional, e não surpreende que seja recorrentemente referido ao longo das páginas desta revista.

Editado por Michael Asbury, Guilherme Bueno, Glória Ferreira e Milton Machado, este número mantém o formato padrão da revista, bem como suas seções constituintes. Uma exceção é a encomenda feita à artista Sutapa Biswas do projeto da capa, que pela primeira vez é desenhada por um não-brasileiro. Ela, assim, se junta a um prestigioso grupo de artistas que, antes dela, assinaram a capa, tais como Amilcar de Castro, Aluísio Carvão, Antônio Dias, Carmela Gross, Cildo Meireles, Abraham Palatnik, Lygia Pape, Eduardo Sued e Carlos Zilio. Entrevistada por Michael Asbury, Biswas discute seu trabalho e a relação deste com sua experiência de vida.

Além de professores dos dois departamentos, que contribuíram com ensaios especialmente escritos para esta edição ou com textos relativos ao tema publicados anteriormente, foram convidados a participar os curadores Moacir dos Anjos e Fernando Cocchiarale. De modo geral, essas contribuições reconhecem que o estudo da arte em nível transnacional é inevitavelmente informado pela posição geopolítica individual e institucional de cada um. Observa-se também que o prefixo "trans" invoca uma idéia de fluxo e, se cabe recorrer a uma analogia científica, que tal movimento é produzido pela desigualdade, por um diferencial de forças agindo sobre um determinado corpo. Daí ser importante que esta edição não se ocupe exclusivamente do eixo Brasil-Grã-Bretanha, mas que possa oferecer um amplo conjunto de perspectivas voltadas para o desenvolvimento das práticas transnacionais na arte e suas articulações, em função das limitações de ordem geopolítica.

O envolvimento de Guy Brett com artistas que trabalham fora da Europa e dos Estados Unidos começou em meados dos anos 60, quando a atenção de artistas e críticos britânicos era dirigida principalmente para o que se passava em Nova York. Em entrevista a Linda Sandino, especialmente comissionada para esta edição, ele discute o papel desempenhado pelos artistas brasileiros em sua trajetória de crítico de arte, e a disseminação da arte das assim chamadas culturas periféricas em finais da década de 1980, um período marcado pela combinação de preconceitos residuais com uma gradual abertura de possibilidades para a atuação de artistas de localidades "não-centrais" no contexto das "capitais culturais".

Como tem sido o caso em edições anteriores de Arte & Ensaios, alguns textos de referência foram também selecionados e aqui incluídos. O papel dessa seção é introduzir novas audiências - principalmente por via das traduções - ao pensamento crítico de autores importantes. Já foram publicados textos de Roy Ascott, Hans Belting, Guy Brett, Benjamín Buchloh, Douglas Crimp, Hubert Damisch,Thierry de Duve, Hal Foster, Michael Fried, Jean-Claude Lebensztejn, Craig Owens, Jean-Luc Nancy e Gilles Tiberghien. Por se tratar de uma edição bilíngüe, o papel de iniciação que a seção desempenha funciona aqui em duas direções, e para nós é gratificante que os autores de ensaios fundamentais, originalmente escritos em português ou inglês, tenham generosamente permitido a republicação e a tradução de seus trabalhos. Os textos de referência incluídos nesta edição fornecem um breve histórico dos desenvolvimentos de uma prática curatorial "transnacional": da introdução de Kynaston McShine à exposição Information (1970, MoMA, Nova York) ao surgimento de exposições conscientemente transnacionais. Ensaios de Rasheed Araeen e Hon Hanru, ao lado das correspondências trocadas entre Vasif Kortun e Cuauhtémoc Medina, introduzem certos temas que têm influenciado e continuam influenciando o campo da prática de curadoria. Originalmente escritos em português, os ensaios de Paulo Sergio Duarte e Tadeu Chiarelli trazem análises esclarecedoras, a partir de uma perspectiva brasileira.

Artistas, estudantes e professores do PPGAV são freqüentemente convidados a contribuir com material visual para Arte & Ensaios. Esta edição apresenta dois artistas não ligados ao PPGAV, mas particularmente identificados com o projeto em questão: David Medalla, artista filipino baseado principalmente em Londres, e Lúcia Nogueira, artista brasileira que viveu em Londres, onde faleceu. Somos gratos a David Medalla, a Guy Brett e à Anthony Reynolds Gallery por terem facilitado a reprodução dessas imagens.

A seção de resenhas traz leituras críticas de exposições, livros e eventos recentes, com contribuições de Joanne Harwood, Daniella Mattos e Alexandre Sá, Cristina Salgado, ErikaTan e Suzana Vaz.

Esta edição especial inclui ainda um dossiê de cartas históricas de artistas, coordenado por Malu Fatorelli. Exemplos literais de correspondência transnacional vão de uma carta datada de meados do século dezoito, escrita no Rio de Janeiro por Manet, a uma troca contemporânea de e-mails, pela artista Brígida Baltar.

Somos gratos ao Centre for Brazilian Studies da University of Oxford por seu generoso apoio, particularmente ao professor Leslie Bethell, por ter acreditado na importância do projeto, em um momento crucial de sua implementação. Apoios complementares foram fornecidos pelos departamentos de pesquisa TrAIN e UAL, do Camberwell College of Arts e do Chelsea College of Art and Design.

Os Editores

Posted by Ana Maria Maia at 4:52 PM