Página inicial

Blog do Canal

o weblog do canal contemporâneo
 


julho 2017
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          
Pesquise no blog:
Arquivos:
julho 2017
junho 2017
maio 2017
abril 2017
março 2017
fevereiro 2017
janeiro 2017
dezembro 2016
novembro 2016
outubro 2016
setembro 2016
agosto 2016
julho 2016
junho 2016
maio 2016
abril 2016
março 2016
fevereiro 2016
janeiro 2016
dezembro 2015
novembro 2015
outubro 2015
setembro 2015
agosto 2015
julho 2015
junho 2015
maio 2015
abril 2015
março 2015
fevereiro 2015
janeiro 2015
dezembro 2014
novembro 2014
outubro 2014
setembro 2014
agosto 2014
julho 2014
junho 2014
maio 2014
abril 2014
março 2014
fevereiro 2014
janeiro 2014
dezembro 2013
novembro 2013
outubro 2013
setembro 2013
agosto 2013
julho 2013
junho 2013
maio 2013
abril 2013
março 2013
fevereiro 2013
setembro 2012
agosto 2012
junho 2012
abril 2012
março 2012
fevereiro 2012
novembro 2011
setembro 2011
agosto 2011
junho 2011
maio 2011
março 2011
dezembro 2010
novembro 2010
outubro 2010
setembro 2010
junho 2010
fevereiro 2010
janeiro 2010
dezembro 2009
novembro 2009
maio 2009
março 2009
janeiro 2009
novembro 2008
setembro 2008
agosto 2008
julho 2008
maio 2008
abril 2008
fevereiro 2008
dezembro 2007
novembro 2007
outubro 2007
agosto 2007
junho 2007
maio 2007
março 2007
janeiro 2007
dezembro 2006
outubro 2006
setembro 2006
agosto 2006
julho 2006
junho 2006
maio 2006
abril 2006
março 2006
fevereiro 2006
janeiro 2006
dezembro 2005
novembro 2005
setembro 2005
agosto 2005
julho 2005
junho 2005
maio 2005
abril 2005
março 2005
fevereiro 2005
janeiro 2005
dezembro 2004
novembro 2004
outubro 2004
setembro 2004
agosto 2004
junho 2004
maio 2004
abril 2004
março 2004
janeiro 2004
dezembro 2003
novembro 2003
outubro 2003
agosto 2003
As últimas:
 

julho 12, 2017

Diálogos Contemporâneos no MNBA, Rio de Janeiro

Exposição Diálogos Contemporâneos aborda a vivência francesa na formação de artistas brasileiros

Nesta sexta 14 de julho, data nacional da França, o Museu Nacional de Belas Artes, Ibram e MinC inauguram, em conjunto com o Consulado Geral da França no Rio de Janeiro, a exposição Diálogos Contemporâneos. A abertura será a partir das 15h e o visitante poderá vislumbrar os frutos do rico e diversificado entrelaçamento cultural entre o Brasil e a França, ao longo de décadas.

Num diálogo que envolve artistas braslleiros que foram acolhidos na terra de Poussin, Jacques-Louis David, Ingrés, Monet, Rodin, Yves Klein, entre outros, a fim de estudar e aperfeiçoar num país conhecido pelo grande legado deixado para a história da arte, de antes e do agora.

A mostra, com curadoria da diretora do Paço Imperial Claudia Saldanha e da pesquisadora e diretora do MNBA, Monica Xexéo, privilegia um recorte do acervo do Museu Nacional de Belas Artes, que se situa entre os anos 1920 até o contemporâneo, espelhando alguns ângulos da influência francesa na vivência de artistas modernos e contemporâneos brasileiros.

Reunindo cerca de 100 obras, entre pinturas, esculturas, desenhos e gravuras, a exposição Diálogos Contemporâneos contém alguns módulos como o das Premiações, enfocando artistas que depois de premiados puderam aprimorar sua obra em instituições lendárias como Academie Julian ou na Academie de la Grande Chaumière; o dos Olhares Estrangeiros, no qual artistas estrangeiros no Brasil puderam estudar na França, e ainda o dos Autônomos, que espontaneamente buscaram o desenvolvimento do seu trabalho em solo francês.

Na exposição Diálogos Contemporâneos, poderão ser vistos trabalhos de nomes como Tarsila do Amaral, Di Cavalcanti, Flavio Shiró, Antonio Bandeira, Gonçalo Ivo, Flávio Shiró, Sérvulo Esmeraldo, Antonio Bandeira, Luiz Áquila, Jorge Mori, e Lasar Segall, dentre vários outros artistas.

Posted by Patricia Canetti at 12:25 PM