Página inicial

Blog do Canal

o weblog do canal contemporâneo
 


setembro 2016
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30  
Pesquise no blog:
Arquivos:
As últimas:
 

setembro 4, 2016

Novas Aquisições - MAPA no CCSP, São Paulo

Centro Cultural São Paulo expõe obras do acervo do Museu de Artes Plásticas de Anápolis

O Centro Cultural São Paulo apresenta, no período de 3 de setembro a 4 de dezembro, a exposição Novas Aquisições - MAPA com produções dos artistas Carlos Sena, Marcelo Solá, Divino Sobral, Rodrigo Godá, Humberto Espíndola, Gê Orthof, Elyeser Szturm, Elder Rocha, Luiz Mauro, Pitágoras Lopes e Adir Sodré. A exposição reúne 13 trabalhos, todos incorporados, recentemente, ao acervo do Museu de Artes Plásticas de Anápolis (MAPA). São desenhos, pinturas e uma instalação.

Fez-se um recorte curatorial marcado pela diversificação de linguagens abordadas por artistas de Goiás, Distrito Federal, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Esses artistas, durante décadas, contribuíram para a construção da História da Arte e o aprimoramento da produção da região Centro-Oeste, e para o fortalecimento das divisas culturais geradas a partir da interação com as outras regiões do Brasil.

Outro princípio que norteia a concepção curatorial remete à afinação existente na pesquisa plástica e poética desses artistas, explica o curador da mostra, Paulo Henrique Silva. Apesar de a maioria utilizar suportes tradicionais como a tela e o papel, são capazes de preencher essas superfícies de inquietações inerentes ao mundo contemporâneo, onde o agora e o hoje são expressos por meio de manobras intelectuais extremamente sofisticadas.

A intenção, de acordo com a curadoria, é a de oferecer ao público um panorama temporal, que esboça o cenário da arte contemporânea no Centro-Oeste, desde os anos 60, com Humberto Espíndola, primeiro artista a vivenciar e operar códigos contemporâneos na região, perpassando pelo artista mato-grossense pertencente à geração dos anos 70, Adir Sodré; por Carlos Sena, Elder Rocha e Luiz Mauro, artistas emergentes da década de 80; por Marcelo Solá, Pitágoras Lopes, Divino Sobral, Elyeser Szturm e Gê Orthof, que fazem suas primeiras exposições no cenário local no início da década de 1990 e, para fechar este recorte, chega-se a Rodrigo Godá, que tem sua trajetória iniciada em meados dos anos 90.

Posted by Patricia Canetti at 11:22 AM