Página inicial

Blog do Canal

o weblog do canal contemporâneo
 


junho 2015
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30        
Pesquise no blog:
Arquivos:
As últimas:
 

julho 12, 2005

Ata da reunião no Rio de Janeiro para escolha dos representantes para o seminário das CSs em 4 de julho de 2005

Ata da reunião para a escolha de representantes para o seminário da Câmara Setorial de Artes Visuais

As 19:30 horas, do dia 4 de julho de 2005, na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, à rua Jardim Botânico 414, foi dado o início, pelo presidente da mesa Alexandre Lambert, a segunda plenária para eleição dos representantes que participarão do Seminário Nacional da Câmara Social de Artes Visuais, com o comparecimento de praticamente o dobro de participantes da primeira. Marcia Lontra perguntou quais seriam os itens da pauta a ser encaminhada a Funarte, ao que Ernesto Neto respondeu concordando com a necessidade de ser esboçada a pauta, mas apontando para a missão básica daquele momento, a eleição de pelo menos três representantes para as artes plásticas. Patrícia Canetti esclareceu que, dentro das artes visuais estão setorizadas pelo Minc até o momento, as categorias: artes plásticas, ate tecnológica, design, fotografia e artes gráficas. Alexandre Lambert se referiu ao fato de que os designers não tinham ainda se reunido. Foi perguntado onde a Funarte publicaria a pauta com as prioridades a serem discutidas no seminário. Márcia Lontra respondeu que o resultado do seminário será divulgado em setembro. Também foi perguntado: já que as artes visuais só se reuniram com seminários fechados, onde seria publicada a totalidade dos representantes inscritos e como se teria acesso a essa informação. Xico Chaves respondeu que se pretende divulgá-los a partir do dia 8 de julho. Alexandre Lambert lembrou da necessidade da assinatura de presença de todos os participantes da reunião com o nome completo acompanhado do número da carteira de identidade, documento esse a fazer parte da ata afim de legitimá-la. Isabela Frade perguntou se haveriam outros setores dos profissionais das artes visuais ou somente representantes dos artistas plásticos e se representantes da área de educação estariam junto. Alexandre Lambert respondeu que certamente estes também estariam representados no Seminário, dada a sua importância. Patrícia Canetti disse que a arte e a educação fazem parte da cadeia produtiva das artes visuais e são os responsáveis diretos na formação do público. Explicou que uma vez criadas as Câmaras Setoriais estas formarão grupos de trabalho para desenvolver temas específicos. Clarice Tarran disse que seria preciso que esses grupos se organizassem segmentando reuniões ao que alguém comentou que a Câmara Setorial é como um grande guarda-chuva que abarca a todos. Suzanne Tocci indagou se seria possível enviar representantes da Associação de Arte e Educação pelo fato da mesma já estar constituída. Alexandre Lambert respondeu que todas associações que se reuniram e enviaram seus representantes iriam ao seminário discutir a pauta organizada e Marcia Lontra disse não saber ainda o quadro dessa representação que virá dos diversos lugares.
Alexandre Lambert comunicou que Xico Chaves, Patrícia Canetti e Vera Condé os divulgarão resultados, respectivamente, através da Funarte, Canal Contemporâneo e Universidarte e que será feita uma reunião com os representantes que estudarão os três documentos gerados durante as discussões sobre Arte e Estado e que servirão de base, no Seminário, às propostas para uma política adequada. Ernesto Neto propôs a formação de um comitê de trabalho que resolvesse a pauta e a divulgasse e lembrou da necessidade de definir muito bem as prioridades. Clarice Tarran lembrou que o Rio de Janeiro está em posição de vantagem por ter uma base adquirida nas discussões sobre Arte e Estado, que os outros estados não possuem e Patrícia Canetti comentou que no Seminário poderemos tomar conhecimento das visões dos diferentes estados e regiões. Xico Chaves considerou que o modelo de câmara do Rio de Janeiro poderá servir de modelo a outros lugares. Márcia Lontra, representante da Funarte, esclareceu o andamento da organização dos trabalhos do Seminário no país e calcula a participação de 40 a 50 pessoas. Patrícia Canetti é de opinião que devemos trabalhar para que todos os representantes sejam incluídos no Seminário, já que as artes visuais não tiveram nenhuma reunião anterior com o Minc. Alexandre Lambert perguntou, então, quem aprovava a sugestão de Ernesto Neto de eleger uma representação para discutir prioridades por meio dos textos e depois mostrá-las numa reunião seguinte. Fabiana tomou a palavra para informar que havia enviado pela Internet, um texto mostrando a importância em delegar podere político adequadamente, não só a pessoas carismáticas, mas também àquelas capazes de ouvir e de pensar coletivamente e transmitir esse pensamento. Disse, também, que pelo fato da Funarte estar conduzindo o processo todo não a legitima como representante dos artistas, que o motivo da reunião era tirar uma representação autônoma e que, por isso, seria melhor que não fossem escolhidos os mesmos nomes já existentes nessa entidade e em outras entidades já constituídas. Foi sugerida, também, a formação de pequenos grupos a indicarem os representantes, ao que Ernesto Neto retrucou dizendo que estamos na mesma canoa e certamente os eleitos serão pessoas que irão conduzir bem o que pensamos. Leu-se a carta de Lia do Rio declinando, por motivos pessoais, de ser candidata a representante. Dessa maneira restou o nome de Alexandre Lambert entre os candidatos que se apresentaram na primeira plenária. Depois de algumas deliberações decidiu-se que a votação seria feita visualmente, que o voto seria aberto e que seriam eleitos 3 representantes para a Câmara Setorial de Artes Visuais do Rio de Janeiro e mais 4 membros como grupo de apoio. Também se deliberou sobre a eleição dos suplentes, surgindo três propostas: a) Alexandre Lambert - que os suplentes seriam os candidatos a representantes não eleitos, visto que os candidatos que se apresentaram eram em número de 6. b) Fabiana Santos - que os três nomes não votados passassem a ser candidatos do grupo de apoio. C) A terceira proposta seria de exclusão desses nomes. Venceu a proposta b) por 20 votos. Apresentaram-se, no total, 20 candidatos, 6 para representantes (Alexandre Lambert, Patrícia Canetti, Suzanne Tocci, Fabiana Santos, Marcio Botner, Julia Czeko) e 14 para o grupo de apoio e dentre eles foram eleitos como:

Representantes: Patrícia Canetti (41 votos), Alexandre Lambert (39), Marcio Botner (37).

Grupo de apoio: Ricardo Basbaum (42 votos), Ernesto Neto (33), Clarisse Tarran (30), Lia do Rio (30).

Finalizando, Xico Chaves pediu que a Associação Arte e Educação também enviasse um representante ao Seminário, Alexandre Lambert que o grupo de apoio e representantes mantivessem contato, se reunissem e depois comunicassem a todos suas deliberações e Marcia Lontra , que um documento com o nome, registros e contatos dos representantes, fosse enviado para a Funarte juntamente com a Ata.

Rio de Janeiro, 4/7/05
Alexandre Lambert Soares
(Presidente da mesa)

Lia do Rio Cardoso Costa
(Secretária)

Lista de presença :
Alexandre Lambert - Márcio Ferreira - Daniela Cristina Silva - Lia do Rio Cardoso Costa - Roselane Pessoa de Albuquerque - Lucia G. Laguna - Anna Braga - Alessandra Vagh - Adriana Montenegro - Mara Ribas de M Silva - Xico Chaves - Ana Muglia - Nara Varela - Cristina de Pádula - Tânia Queiroz - Vera Condé - Bia Amaral - Claudia Pinheiro - Leonardo Videla - Ângela Freiberger - Ana Miguel - Anselm Ullrich - Cristina Ribas - Marcelo Valls de Souza - Fabiana Eboli Santos - Helio Youssef Haddad - Marcelo Caldas - Nadam Guerra - Fabio Carvalho - Efraim Almeida - Heleno Bernardi - Renata Vasconcellos - Ana Torres - Vasco Acioli - Patrícia Kunst Canetti - Sandra Schchtman - Roberta Álvares de Azevedo Macedo - Janaina de Oliveira Garcia - Suzanne Goldphin e Silva Tocci - Isabela Nascimento Frade - Leodgard Fernandes Rodrigues - Danielle Ihns - Joana Traub Csekö - Nelson Ricardo Martins - KhalilCharif H. Neto - Ana Flores Lopes - Maria Alice AAF. Bitttencourt - Claudia Herzenhut - Ricardo Roclaw Basbaum - Márcio Botner - Jorge Emanuel M e Silva - Ernesto Saboia Araújo Neto - Ana Holck - Julia Traub Ksekö - Marcos Quelhas Moreira Chaves - Clarice Tarran Duarte - Márcia Lontra.

Posted by Patricia Canetti at 12:16 AM