Página inicial

Livraria do Canal

 

A Livraria on line:

- como comprar

- como vender

Arquivos:
As últimas:
 

março 10, 2010

Dasartes - Ano 1, Agosto - Setembro 2009 – Número 5


capa_5aa.jpg

Dasartes - Número 5

Tipo de publicação: Bimestral
Preço: R$ 17,90 + correio

Como comprar: clique aqui para se informar

Formato fechado: 23 x 29 cm
Nº páginas: 132 páginas
Impressão: Em cores
Tiragem: 8000 exemplares
Peso: 536 g
Edição: Editora Selo
Capa: Vlademir Dias- Pino, Detalhe da enciclopédia, 2001

Editor- Chefe: Adolfo Montejo Navas

Colaboradores: Agnaldo Farias, Aline Leal, Almandrade, Ana Carolina Ralston, Ana Luiza Varella, Angélica de Moraes, Daniela Labra, David Barrio, Fábio Magalhães, Fernanda Lopes, Fernando Gerheim, Flávia Custódio, Guilherme Bueno, José Henrique Fabre Rolim, José Luiz Esteves, Marina de Caro, Newton Gotto, Raul Mourão, Rosangela Fernandes, Victor Arruda, Vinicius Peccin, Yale Renan

Sumário

11. Editorial - Adolfo Montejo Navas

14. Expediente

16. Cartas

18. Agenda

28. De Arte A Z
Mosaico de notícias e informações

34. Outras notas
Por dentro da Bienal de Veneza

37. Alto-falante
Raul Mourão mixa imagem e som

38. Entrevista
Ferreira Gullar: O poeta e crítico de artenunca perde a oportunidade de lançar nova polêmica

46. Capa
Wlademir Dias Pino - A arte gráfico-visual de Wlademir Dias Pino invade as páginas da Dasartes

54. Notícias
de Leda Catunda
Exposição em São Paulo releva 25 anos de produção da artista paulistana

58. Em foco
Arcângelo ianelli
Homenagem ao artista, que faria 87 anos em julho

64. Outra margem
Antoni Muntadas
O artista catalão acaba de receber o prêmio Velázquez de Artes Plásticas da Espanha

70. Destaque
Argentina Hoje
Com cor e irreverência, os artistas argentinos reaparecem no Brasil

78. Dossier
Arte no plural
Por que artistas se juntam para criar?

90. Resenhas e críticas*

100. Atualidades
Bienal de Veneza
Os erros e os acertos da maior bienal

104. Objeto do desenho
Demolindo e reconstruindo
Os vários usos da madeira de demolição

106. Garimpo
Gabriel Nehemy e Zécésar
O paulista e o goiano mostram sua arte

110. Arte- educação-cultura
O projeto pedagógico da Bienal do Mercosul
Marina de Caro cria um projeto voltado para toda população

112. Obra dos sonhos
Mariana Ximenes e Celacanto de Adriana Varejão
A paixão da jovem atriz pela obra de sua amiga

114. Flashback
Pintores viajantes
O Brasil visto por estrageiros

118. Turismo e arte
Buenos Aires
A arte na capital do tango

120. Coleção
Fábio Szwarcwald
O jovem colecionador combina obras contemporâneas de forma ousada

122. Valor
Por que ter um personal collector?
Veja o que um profissional pode fazer por sua coleção

124. Notas do mercado
Últimas notícias, vendas, recordes

126. Coluna do meio
Veja quem esteve nas aberturas e lançamentos de exposições

130. Leilões
Nacionais e internacionais

132. Observatório
Curador: Prós e contras, por Agnaldo Farias
É fácil falar mal do curador...

* Resenhas e Críticas
José Bechara - A casa, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, jun-set/09, por David Barro
João Modé, Projeto Respiração, fundação eva Klabin, Rio de Janeiro, mai-jul/09, por fernando Gerheim
Carlos Vergara, Paulo Darzé galeria de Arte, salvador, jun-jul/09, por Almandrade
Ocupação Nelson Leirner, Itaú Cultural, São Paulo, mai-jun/09, por Fernanda Lopes
I Mostra do Programa de Exposições 2009 - Cinema xperimental no Arquivo Multimeios, Centro Cultural São Paulo, São Paulo, ago/09, por Fernanda Lopes
Unica Zür, The Drawing Center, Nova Iorque, abr-jul/09, Manon, Swiss Institute, Nova Iorque, abr-jun/09, Sophie Calle - Take care of yourself, Paula Cooper por Ana Luiza Varellagallery, Nova Iorque, abr-jun/09, por Ana Luiza Varella
Rrobert Mapplethorpe, Galeria Fortes Vilaça, São Paulo, mai-jun/09, por José Henrique Fabre Rolim
Janaína Tschäpe, Galeria Laura Alvim, Rio de Janeiro, mai-jul/09, por Guilherme Bueno
Arte brasileira contemporânea: um prelúdio, Paulo Sérgio Duarte, Editora Opus- Plajap, Rio de Janeiro, 2008, por Veronica Stigger
Primeira Individual - 25 anos de crítica de arte, Antonnio Gonçalves Filho, Cosac Naify, São Paulo, 2009, por Fernanda Lopes
Maria Martins, escultora dos trópicos, Graça Ramos, ARTEVIVA Editora, Rio de janeiro, 2009, por Victor Arruda
New Art City - Nova York, capital da arte moderna, Jed Perl, Cia. das Letras, São Paulo, 2008, por Adolfo Montejo Navas

Apresentação
Adolfo Montejo Navas
Editor

Há algum tempo se vem produzindo uma situação constrangedora no meio artístico, que coloca os direitos sobre as imagens de arte (uso expositivo, reprodução) em um ostensivoprimeiro plano da atualidade espetacular. As limitações ou exigências sobre a divulgação por parte de alguns herdeiros e famílias acabam tendo o efeito contrário que desejariam os próprios artistas, provocando mais distância que aproximação. Neste sentido, a observação de um teórico da comunicação espanhol, de que "o kg da imagem é a mercadoria mais cara que há no mundo", continua atual. de fato, os conflitos econômicos acabam sendo mais importantes que a herança simbólica dos legados artísticos. Neste contexto, é mais fácil reconhecer diferenças entre a Fundação Iberê Camargo, Projeto Hélio Oiticica, Projeto Lygia Pape, ou herdeiros de Lygia Clark ou de Volpi.

Assim como não deve ser fácil ser herdeiro de uma grande obra ou acervo artístico, é fundamental que se tenha devida preocupação com o acesso ás obras, para, deste modo, estar à altura das cisrcunstâncias culturais, da necessidade coletiva. Aliás, há uma justiça econômica, cultural e social que deve ser re-equacionada neste âmbito, com uma maior sintonia, para evitar abusos de qualquer lado.

Infelizmente, esta carta tem tem um lado in memoriam para reinaldo Roels Jr., colaborador generoso da revista, cuja repentina morte nos causou profundo pesar. O seu trabalho crítico e cultural (Parque Lage, MAM-RJ), seu pensamento e erudição independentes, só em parte conhecidos (deixa até uma obra inédita, o livro sobre os objetos e a esculturabrasileira), são dignos de serem resgatados para outra memória. O seu desaparecimento deixa um vazio na arte brasileira.

neste número, diversificamos os interesses com entrevista a Antoni Muntadas, o artista catalão que acaba de receber o Prêmio Velazquez espanhol, uma singela homenagem á ausência de Arcangelo Ianelli (outra dedicatória da revista), o espaço para a arte argentina mais recente, sempre pouco conhecida aqui, e nossa capa dedicada a um pioneiro da visualidade no Brasil, Wlademir Dias Pino, além de uma entrevista com outro ícone da cultura brasileira, Ferreira Gullar. Corroboram o perfil híbrido de Dasartes as seções habituais: notícias de (Leda Catunda), colunas, resenhas, artigos diversos, informações, atualidades, design, turismo e arte educação, coleção entre outras.

Aproveitando estas últimas linhas, uma vez mais enfatizamos a necessidade de uma crítica estética que não seja superficial, só passatempo. A atribuição de conteúdos, como coloca Thomas McEvilley, longe de considerações simplistas "é um acontecimanto complexo e exigente, sem o qual nenhuma obra de arte poderia se dar". Por último, também gostaria de participar a todos os leitores a minha despedida destas páginas a partir do próximo número, desejando sempre a melhor leitura e navegação crítica.

Posted by Marília Sales at 6:32 PM