Página inicial

Salões & Prêmios

 


agosto 2017
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    
Pesquise em
salões & prêmios:

Arquivos:
agosto 2017
julho 2017
junho 2017
maio 2017
abril 2017
março 2017
dezembro 2016
novembro 2016
setembro 2016
agosto 2016
julho 2016
maio 2016
abril 2016
fevereiro 2016
janeiro 2016
outubro 2015
setembro 2015
agosto 2015
julho 2015
junho 2015
maio 2015
abril 2015
março 2015
fevereiro 2015
janeiro 2015
novembro 2014
outubro 2014
setembro 2014
agosto 2014
julho 2014
junho 2014
maio 2014
abril 2014
março 2014
fevereiro 2014
janeiro 2014
novembro 2013
outubro 2013
setembro 2013
agosto 2013
julho 2013
junho 2013
maio 2013
abril 2013
março 2013
fevereiro 2013
janeiro 2013
dezembro 2012
novembro 2012
outubro 2012
setembro 2012
agosto 2012
julho 2012
junho 2012
maio 2012
abril 2012
março 2012
fevereiro 2012
janeiro 2012
novembro 2011
outubro 2011
setembro 2011
agosto 2011
julho 2011
junho 2011
maio 2011
abril 2011
março 2011
fevereiro 2011
janeiro 2011
dezembro 2010
novembro 2010
outubro 2010
setembro 2010
agosto 2010
julho 2010
junho 2010
maio 2010
abril 2010
março 2010
fevereiro 2010
janeiro 2010
dezembro 2009
novembro 2009
outubro 2009
setembro 2009
agosto 2009
julho 2009
junho 2009
maio 2009
abril 2009
março 2009
fevereiro 2009
janeiro 2009
dezembro 2008
novembro 2008
outubro 2008
setembro 2008
agosto 2008
julho 2008
junho 2008
maio 2008
abril 2008
março 2008
fevereiro 2008
janeiro 2008
dezembro 2007
novembro 2007
outubro 2007
setembro 2007
agosto 2007
julho 2007
junho 2007
maio 2007
abril 2007
março 2007
fevereiro 2007
janeiro 2007
dezembro 2006
novembro 2006
outubro 2006
setembro 2006
agosto 2006
julho 2006
junho 2006
maio 2006
abril 2006
março 2006
fevereiro 2006
janeiro 2006
dezembro 2005
novembro 2005
outubro 2005
setembro 2005
agosto 2005
julho 2005
junho 2005
maio 2005
abril 2005
março 2005
fevereiro 2005
janeiro 2005
dezembro 2004
novembro 2004
outubro 2004
setembro 2004
agosto 2004
julho 2004
junho 2004
maio 2004
As últimas:
 

agosto 8, 2017

Prêmio Pipa 2017 - Conheça o vencedor e segundo colocado do Pipa online 2017

O público votou até o dia 6 de agosto nos 12 artistas que conquistaram pelo menos 500 votos no 1º turno e se classificaram para a segunda etapa. Foram computados quase 12.700 votos, distribuídos entre os 12 artistas participantes durante a semana do 2º turno. O vencedor do PIPA Online 2017 foi o artista Jorge Luiz Fonseca, que recebeu 4.101 votos ao total no final do 2º turno e será premiado com R$10 mil. A segunda colocada foi a artista Musa Michelle Mattiuzzi, que recebeu 2.965 votos e será premiada com R$5 mil. Ambos doarão uma obra para o Instituto PIPA (a serem definidas em comum acordo entre os artistas e a coordenação do Instituto).

Participaram também do 2º turno os artistas: Aleta Valente, Lyz Parayzo, Desali, Éder Oliveira, Mario Bands, Antonio Obá, Rubiane Maia, Christus Nóbrega, Paul Setúbal, Dalton Paula.

O Prêmio PIPA gostaria de esclarecer que verificou a origem dos votos na competição e seus perfis são legítimos, pertencendo a pessoas físicas reais e, em sua grande maioria, brasileiras. Aproveitamos a oportunidade para ressaltar o compromisso do Prêmio PIPA com a diversidade e seu absoluto repúdio a toda e qualquer atitude discriminatória.

OS VENCEDORES

Jorge Luiz Fonseca – Conselheiro Lafaiete, MG, 1966.

Conquistou 4101 votos do público, sendo o artista mais votado no 2º turno do PIPA Online. Jorge Luiz Fonseca trabalhou como professor do Departamento de Artes da UFJF e diretor de criação e produção de grupos de artesãos. Sua formação artística é autodidata com diferentes vivências e experiências profissionais como: maquinista de trem, marceneiro, designer de móveis, designer de moda e arte-educador.

Jorge Fonseca, fortemente influenciado pela cultura popular e por processos artesanais, aponta questões artísticas contemporâneas de forma singular, por meio de uma investigação estética que rompe com as fronteiras das artes plásticas e assume contornos de elemento cênico. Suas obras se constituem como objetos cotidianos interpretados e recriados, capazes de redimensionar materiais a partir de uma lógica pararreal e poética, com forte ação dramática. O inventor parece sempre questionar o que e arte e seu limiar com relação ao artesanato, principalmente ao se utilizar de procedimento típico de artesania, com latências que agenciam memorias, sorrisos, saudades, valores estéticos e existenciais. – Lux! [Catálogo da Representação Brasileira na Quadrienal de Praga em 2011]

Musa Michelle Mattiuzi – São Paulo, SP, 1983.

Segunda colocada no 2º turno do PIPA Online com 2.965 votos computados. Ex-bancária, ex-recepcionista, ex-operadora de telemarketing, ex-auxiliar de serviços gerais, ex-cuidadora de crianças, ex-dançarina, ex-mulher, ex-atendente de corretora de seguros, ex-esposa, ex-aluna. Foi jubilada pela Universidade Federal da Bahia, por racismo institucional. Negra, escritora, performer, move-se com arte de modo indisciplinar.

Sobre o PIPA Online

O PIPA Online é a categoria do Prêmio na qual todos os artistas indicados na edição vigente são convidados a participar. A participação não é obrigatória. O vencedor é definido pelo número de votos recebidos em sua página, aqui no site. O objetivo principal é divulgar todos os artistas indicados e a arte contemporânea brasileira através da internet.

Para saber mais sobre o PIPA Online 2017, clique aqui.

Nota da Coordenação

O Prêmio PIPA é hoje um dos maiores e mais importantes prêmios de arte contemporânea brasileira. Ele tem três categorias: o Prêmio PIPA, no valor de R$130.000, escolhido entre os quatro finalistas da edição por um Júri convidado especializado; o Prêmio PIPA Exposição Voto Popular, no valor de R$24.000, escolhido entre os quatro finalistas da edição pelo público visitante da Exposição dos Finalistas do Prêmio PIPA no MAM-Rio; e, finalmente, o PIPA Online, categoria que todos os artistas indicados da edição podem disputar e que premia o primeiro e segundo artistas mais votados pelo público na Internet com, respectivamente, R$10.000 e R$5.000.

A grande virada observada nas últimas horas do PIPA Online 2017 não só não é inédita na história do Prêmio, como é o diferencial do PIPA Online em relação às outras categorias do PIPA, contribuindo com dinamismo, surpresas e, principalmente, ajudando a divulgar a arte contemporânea brasileira a partir da mobilização dos artistas e do público em torno da competição.

O PIPA Online existe desde a primeira edição do Prêmio PIPA e sua função é, justamente, dar oportunidade de divulgação aos artistas que estão fora dos grandes centros e que não são representados por galerias. Ele é o único das três categorias do Prêmio em que todos os artistas indicados da edição podem participar (nesta edição, concorreram dos indicados), e tem se mostrado um grande aliado no sentido de destacar a diversidade e a descentralização da arte contemporânea brasileira. Os dois vencedores do PIPA Online 2016 foram, por exemplo, dois indígenas, Jaider Esbell e Arissana Pataxó.

Nota do Canal Contemporâneo

O episódio da virada de votos no Pipa online 2017 e os ataques de cunho racista e misógino à artista Musa Michelle Mattiuzi, que estava em primeiro lugar e passou à segunda posição, levantaram discussões no Facebook, inclusive quanto ao posicionamento da instituição em relação ao ocorrido e à validade da edição deste ano. Mais ainda, trouxe novamente à tona o debate sobre o papel dos artistas no formato do Pipa online, como também no próprio Prêmio Pipa. Vale a pena conferir, fazendo uma busca no Facebook por Prêmio Pipa nas publicações, para ler os comentários, refletir e participar do debate.

Posted by Patricia Canetti at 7:40 AM