Página inicial

Quebra de Padrão

 


setembro 2019
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30          
Pesquise em
Quebra de Padrão:
Arquivos:
As últimas:
 

junho 3, 2019

CANAL NO TUBO Giselle Beiguelman - Estéticas da Memória no Séc. 21

CANAL NO TUBO - www.canalcontemporaneo.tv
A artista Giselle Beiguelman apresenta as suas instalações Chacina da Luz e Monumento Nenhum e o debate Relações entre arte, patrimônio e cidade, com a participação de Agnaldo Farias, Renato Cymbalista e Marcos Cartum.

A artista Giselle Beiguelman apresenta as instalações Chacina da Luz e Monumento Nenhum, no Museu da Cidade de São Paulo (04/05 até 01/09), e o debate Relações entre arte, patrimônio e cidade, na programação do ciclo Diálogos do Museu, com a participação dos críticos convidados da exposição, Agnaldo Farias e Renato Cymbalista, e moderação do Diretor do Museu, Marcos Cartum.

A lista consta de uma reportagem do Canal Arte 1, uma apresentação e registros do debate sobre as instalações; e do registro da projeção no vão livre do Masp, do projeto masp.etc.br.

A seguir as descrições dos vídeos do canal Estéticas da Memória no Séc. 21 FAUUSP:

Reportagem do Canal Arte 1 sobre as instalações Chacina da Luz e Monumento Nenhum no Museu da Cidade de São Paulo. De 04/05 até 01/09.

A artista Giselle Beiguelman apresenta a instalação Chacina da Luz, em exposição no Museu da Cidade de 04/05 a 01/09

Por ocasião da realização das instalações Monumento Nenhum e Chacina da Luz, de Giselle Beiguelman, no Beco do Pinto e no Solar da Marquesa de Santos, o Museu da Cidade de São Paulo apresenta o debate Relações entre arte, patrimônio e cidade, na programação do ciclo Diálogos do Museu. Com a participação dos críticos convidados da exposição, Agnaldo Farias e Renato Cymbalista, e moderação do Diretor do Museu, Marcos Cartum, o encontro expande as questões colocadas pelas instalações, discutindo as estéticas e estratégias da arte no espaço público e suas redes de diálogo e tensão com as políticas públicas de memória.

O projeto masp.etc.br é uma produção colaborativa de imagens que teve como resultado uma projeção no vão livre do Masp, aqui entendido como um espaço simbólico: um campo dos confrontos e encontros da nossa história recente e que vai muito além do Museu. Para tanto, partimos de uma ampla varredura da produção estética da Paulista, incorporando registros, áudio e vídeo, de seus performers, ambulantes, artesãos, manifestantes, monumentos, moradores de rua, câmeras de vigilância etc. Todo registro é feito no Instagram com a hashtag #maspetcbr. Uma primeira intervenção foi feita no dia 11 de maio como resultado de uma Oficina realizada no Masp, no contexto da exposição Avenida Paulista. Realização: Grupo de Pesquisa Estéticas da Memória no Século 21 - Laboratório para OUTROS Urbanismos FAUUSP.

Posted by Patricia Canetti at 10:04 AM