Página inicial

Quebra de Padrão

 


novembro 2013
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
Pesquise em
Quebra de Padrão:

Arquivos:
As últimas:
 

junho 3, 2004

hiPer>montagem

vista_fundo.jpg

O campo de batalha... Foto: Domingues

A montagem de uma grande exposição como a hiPer nos coloca diante dos novos desafios que a arte enfrenta na contemporaneidade. Cada trabalho que é exposto, por mais "pronto" que esteja, ainda está em processo, dada a quantidade de variantes que este encontra no momento decisivo de sua realização.

guimaraes_montagem.jpg

Os irmãos Guimarães com sua obra em construção ao fundo. Foto: Domingues

Não estamos mais falando de trabalhos que saem prontos do ateliê. Conceito, programação, edição, instalação e, finalmente, interações acontecerão no espaço expositivo e com a presença do público. Diante da estrutura complexa de um grande evento, é impossível para o artista, por mais perfeccionista e controlador que ele seja, conhecer a priori o resultado de sua obra. Para os outros envolvidos, não é muito diferente. Trata-se de uma cadeia complexa formada por diversos profissionais e suas equipes - artistas; curador; arquitetos de espaço; designers; técnicos; produtor e a instituição, que mesmo tendo o objetivo comum da exposição como resultado, encontramos cada um lidando com os desafios e limitações de cada etapa que lhe diz respeito. Tensão e estresse passam a ser ingredientes básicos desse trabalho gigante.

dani_renata_eliane.jpg

A curadora Daniela Bousso e as responsáveis pela a arquitetura do espaço da hiPer, Renata Motta e Eliane Koseki. Foto: Domingues

Ainda sob o forte impacto da montagem, que nos imprime a experiência de seu processo, do todo e de cada um dos elementos que a compõem, é difícil parar, focar e refletir sobre os trabalhos expostos...

riben_montando.jpg

Ricardo Ribenboim monta o Bicho. Foto: Domingues

Posted by Patricia Canetti at 9:52 PM | Comentários(2)
Comments

PARABÉNS!!!
Realmente estamos entrando no processo que confirma que o objeto em si não conta; importa a maneira como é apresentado. Estamos fora do ateliê...
ADOREI

Posted by: Rogerio Gonçalves at junho 7, 2004 3:10 AM

....e haja dor de estomago!!!!!!!

Posted by: sandra schechtman at junho 14, 2004 6:24 PM
Post a comment









Remember personal info?