Página inicial

Cursos e Seminários

 


maio 2019
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31  
Pesquise em
Cursos e Seminários:
Arquivos:
maio 2019
abril 2019
março 2019
fevereiro 2019
janeiro 2019
dezembro 2018
novembro 2018
outubro 2018
setembro 2018
agosto 2018
julho 2018
junho 2018
maio 2018
abril 2018
março 2018
fevereiro 2018
janeiro 2018
dezembro 2017
novembro 2017
outubro 2017
setembro 2017
agosto 2017
julho 2017
junho 2017
maio 2017
abril 2017
março 2017
novembro 2016
outubro 2016
setembro 2016
agosto 2016
julho 2016
junho 2016
maio 2016
fevereiro 2016
janeiro 2016
novembro 2015
outubro 2015
setembro 2015
agosto 2015
julho 2015
junho 2015
maio 2015
abril 2015
março 2015
fevereiro 2015
dezembro 2014
novembro 2014
outubro 2014
setembro 2014
agosto 2014
julho 2014
junho 2014
maio 2014
abril 2014
março 2014
fevereiro 2014
janeiro 2014
dezembro 2013
novembro 2013
outubro 2013
setembro 2013
agosto 2013
julho 2013
junho 2013
maio 2013
abril 2013
março 2013
fevereiro 2013
janeiro 2013
dezembro 2012
novembro 2012
outubro 2012
setembro 2012
agosto 2012
julho 2012
junho 2012
maio 2012
abril 2012
março 2012
fevereiro 2012
janeiro 2012
dezembro 2011
novembro 2011
outubro 2011
setembro 2011
agosto 2011
julho 2011
junho 2011
maio 2011
abril 2011
março 2011
fevereiro 2011
janeiro 2011
novembro 2010
outubro 2010
setembro 2010
agosto 2010
julho 2010
junho 2010
maio 2010
abril 2010
março 2010
fevereiro 2010
janeiro 2010
dezembro 2009
novembro 2009
outubro 2009
setembro 2009
agosto 2009
julho 2009
junho 2009
maio 2009
abril 2009
março 2009
fevereiro 2009
janeiro 2009
dezembro 2008
novembro 2008
outubro 2008
setembro 2008
agosto 2008
julho 2008
junho 2008
maio 2008
abril 2008
março 2008
fevereiro 2008
janeiro 2008
dezembro 2007
novembro 2007
outubro 2007
setembro 2007
agosto 2007
julho 2007
junho 2007
maio 2007
abril 2007
março 2007
fevereiro 2007
janeiro 2007
dezembro 2006
novembro 2006
outubro 2006
setembro 2006
agosto 2006
julho 2006
junho 2006
maio 2006
abril 2006
março 2006
fevereiro 2006
As últimas:
 

maio 22, 2019

Tamar Guimarães no Cine Humberto Mauro, Belo Horizonte

Como parte da itinerância da 33ª bienal de São Paulo, o filme Ensaio, da mineira Tamar Guimarães, está sendo exibido no Cine Humberto Mauro (Av. Afonso Pena 1.537, Belo Horizonte) todos os sábados, às 15h. Com duração de 51min, a obra traz reflexões sobre racismo e misoginia no meio artístico. Filmada no próprio Pavilhão Bienal e com a participação do curador e funcionário da exposição, é mais um mergulho crítico da artista nas instituições de arte. As últimas exibições acontecem nos dias 25/05 e 01/06, e a obra não está disponível em plataformas digitais.

Desnudando a própria organização cultural, a trama mostra Isa, uma jovem diretora negra convidada por uma instituição de arte contemporânea para sugerir um projeto, ao que ela responde propondo uma adaptação de Memórias Póstumas de Brás Cubas em que será encenado apenas o velório. Durante os ensaios, Isa lida com o racismo e misoginia da equipe formada por relevantes nomes do cenário artístico. “Isso é inegável: a gente vive numa misoginia e numa pigmentocracia”, observa Tamar. “Embora a mestiçagem esteja em todo lugar, a pigmentocracia também está refletida em todo lugar, inclusive dentro da Bienal”, comenta, mas enfatizando que não há um ataque à Fundação Bienal ou seus funcionários, mas sim uma reflexão das estruturas do Brasil.

A artista conta que o interesse pelo formato do ensaio vem da tensão entre repetição e diferença, do estado de espera e a potência da renovação pelas mudanças internas de relações entre as partes. “Procurava um texto para um ensaio a ser filmado, e queria trabalhar com algo que falasse de um modo de ser e estar no Brasil. Memórias Póstumas, de Machado de Assis, me cativou muito porque há um ceticismo em relação ao progresso e uma leitura crítica afiada sobre a sociedade brasileira”, conta a artista, cujos trabalhos como Canoas (2010) e 15½ (2013) também exploram criticamente o sistema da arte.

É a segunda vez que a Itinerância da Bienal se estende ao espaço do Cine Humberto Mauro, construindo uma ponte com as galerias do Palácio das Artes. “Trazer a ocupação da mostra para o Cinema nos permite ampliar ainda mais as linguagens artísticas propostas pela curadoria, possibilitando um trânsito do público do cinema para as galerias”, observa Uiara.

Tamar Guimarães - Nascida em Viçosa (MG) em 1967, Tamar estudou música em Jerusalém, Basel e Londres de 1987 a 1992, antes de decidir se dedicar às artes visuais. Em 2002, formou-se em artes plásticas no Goldsmiths College, em Londres e concluiu mestrado na Malmö Art Academy, na Suécia, além de um segundo mestrado na Academia Real de Artes Plásticas da Dinamarca, onde vive atualmente. Hoje, obras de Tamar Guimarães estão em coleções como Tate Modern (Londres), Museo Nacional Reina Sofía (Madri), Guggenheim (Nova York), Guandong Museum (China) e Inhotim (Brumadinho, MG). Ela expôs em museus, galerias e festivais na Europa, nas Américas, no Oriente Médio, na Ásia e na Oceania. Já participou da Bienal de Veneza duas vezes, de Gwangju (Coreia do Sul) e de Sharjah (Emirados Árabes). Já fez parte da Bienal de São Paulo em 2010, 2014 e 2018.

Itinerância 33ª Bienal de São Paulo – Com o título afinidades afetivas, a 33ª Bienal de São Paulo ocupou o Pavilhão Bienal no ano passado e, em março de 2019, as galerias do Palácio das Artes receberam um recorte da exposição, com curadoria de Jacopo Crivelli. Entre as obras que compõem a itinerância, estão trabalhos de Waltercio Caldas, Tamar Guimarães, Alejandro Corujera, Roderick, Sofia Borges, Sara Ramo e Maria Laet. A exposição está aberta à visitação até o dia 2 de junho.

Posted by Patricia Canetti at 5:13 PM

Cadu fala sobre Desenho e Outros Crimes do Desejo no IED, Rio de Janeiro

O IED (Istituto Europeo di Design) recebe no próximo dia 27 de maio de 2019, às 19h30, o artista visual Cadu, que irá falar sobre “Desenho e Outros Crimes do Desejo”. Para ele, o desenho “trabalha a relação, a convivência, entre razão e afeto, e está longe da demanda atual de as pessoas quererem resultado em curto tempo”. “O desenho é a união, a convivência, entre contrários, contra tudo o que se espera em termos de desempenho, rapidez. O desenho explora o autoconhecimento, o contato com entidades que nos habitam, e que às vezes parecem monstruosidades para nós”, diz. “O desenho possibilita uma abertura para momentos poéticos”.

Cadu faz uma analogia com Lampião (1898-1938), “porque ele sintetiza o papel de ser um anarquista ou apenas um bandoleiro”. “O desenho espelha o que não queremos ver em nós mesmos”, aponta.

O desenho, a seu ver, opera a “indescribilidade”, “prospectando alguma coisa que não sabemos bem qual é. “É um processo que confunde prospecção e razão, em que precisamos manter o fluxo, e seguir as dúvidas que valham a pena, os mistérios”, conta.

O evento integra o curso Master Profissional em Design de Espaços | Metodologia Madein e é gratuito e aberto ao público, mediante inscrições online.

Cadu (1977, São Paulo) é artista plástico, professor do Instituto de Artes da UERJ, da PUCRio e da Escola de Artes Visuais do Parque Lage. A prática artística de Cadu lida com a criação de sistemas, máquinas, instalações, pinturas, desenhos e esculturas que incorporam elementos da natureza para impulsionar as barreiras da relação entre o homem e a paisagem. Esses sistemas também são utilizados para explorar a arte sonora. O artista recebeu a Bolsa Iberê Camargo, que lhe concedeu um programa de residência em 2001 no London Print Studio. Em 2008, foi artista visitante na Universidade de Plymouth, a convite do ArtsCouncil (Reino Unido). Cadu foi finalista do Prêmio Marcantonio Vilaça em 2011. Foi indicado ao PIPA em 2010, 2011, 2012 e venceu a edição de 2013. Vive e trabalha no Rio.

Posted by Patricia Canetti at 4:59 PM

maio 12, 2019

Ingresso na Escola Guignard - UEMG será via ENEM

Este ano o ingresso na Escola Guignard, da Universidade do Estado de Minas Gerais - UEMG, será via Enem. A Guignard, que está completando 75 anos, oferece cursos de Bacharelado e de Licenciatura em Artes.

Inscrições no Enem 2019 até 17 de maio de 2019

- A UEMG é 100% Enem nos Cursos Presenciais!
- Para ser aluno da Escola Guignard e da Escola de Música, o candidato deverá prestar o Enem.
- Atenção: provas de habilidades específicas para os cursos de Música e Artes Plásticas continuarão a ser aplicadas pela UEMG e por isso o candidato deve ficar atento a data da prova.
- Acesse o site do Inep Enem

Posted by Patricia Canetti at 7:48 AM

maio 11, 2019

Ambiente cultural e de negócios na China: oportunidades e desafios com Fausto Martha Godoy na Unibes Cultural, São Paulo

Projeto Latitude reúne especialistas em São Paulo para discutir casos concretos que ilustram as dificuldades do comércio internacional de arte. O encontro é gratuito e conta com a participação do ex-diplomata e atual coordenador no Núcleo de Estudos e Negócios Asiáticos da ESPM Fausto Martha Godoy.

14 de maio de 2019, terça-feira, das 10 às 13 horas

Unibes Cultural
Rua Oscar Freire 2500, Pinheiros, São Paulo, SP
11-3065-4333
Inscrições online

O projeto Latitude – Platform for Brazilian Art Galleries Abroad, uma parceria entre a Associação Brasileira de Arte Contemporânea – ABACT e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos – Apex-Brasil, voltada para a internacionalização da arte brasileira, promove três encontros temáticos gratuitos com especialistas em negócios, comunicação e administração nos meses de maio, junho e julho.

No dia 14/05, terça-feira, das 10 às 13 horas, na Unibes Cultural, o ex-diplomata e atual coordenador no Núcleo de Estudos e Negócios Asiáticos da ESPM Fausto Martha Godoy desenvolve a conversa “Ambiente cultural e de negócios na China: oportunidades e desafios”, compartilhando sua experiência sobre as especificidades do mercado chinês no contexto asiático.

O modelo de palestras e conversas com especialistas Encontros Temáticos vem sendo conduzido pelo projeto Latitude com a colaboração da pesquisadora Ana Leticia Fialho e de Mônica Novaes Esmanhotto, sócias da Além Consultoria. Realizados na Unibes Cultural, em São Paulo, e voltados para a capacitação de profissionais do mercado de arte, eles trazem assuntos de interesse a agentes do sistema das artes como artistas, galeristas, profissionais de feiras de arte, produtores e gestores culturais.

Os encontros seguintes são:

- 18/06 – “Galerias de arte e plataformas digitais: do institucional ao comercial” – aborda estratégias de comunicação e oportunidades de negócios em ambiente digital
- 16/07 – “Especificidades e desafios das galerias de médio porte” - aborda procedimentos e práticas para a expansão de negócios

Posted by Patricia Canetti at 4:04 PM

Consciência Cibernética[?] Horizonte Quântico promove discussão em torno da série Black Mirror no Itaú Cultural, São Paulo

Itaú Cultural faz série de debates sobre as consequências da cultura computacional no comportamento humano inspirada em Black Mirror. Em sinergia com a exposição Consciência Cibernética [?] Horizonte Quântico, a programação acontece em três encontros semanais no Itaú Cultural. Em cada um deles, é exibido um episódio da série de Charlie Brooker veiculada pela Netflix, seguido de um debate com especialistas áreas diversas. No primeiro dia, antes do início da atividade, o público é convidado a visitar a mostra, ao lado do seu idealizador, Marcos Cuzziol, gerente do Núcleo de Inovação do instituto, e da artista Rejane Cantoni que fez a pesquisa das obras expostas.

15, 22 e 29 de maio de 2019, sempre às quartas-feiras, das 19h às 21h30h

Itaú Cultural
Avenida Paulista 149, São Paulo, SP

APRESENTAÇÃO

Nos dias 15, 22 e 29 de maio (sempre quartas-feiras), das 19h às 21h30h, o Itaú Cultural realiza a programação Impactos da Tecnologia nas Relações Humanas – Perspectivas a partir de Black Mirror. Ao todo, são três encontros que partem de questões levantadas em episódios da série de Charlie Brooker e debatem sobre mudanças nos comportamentos e relacionamentos humanos em consequência do rápido desenvolvimento das tecnologias computacionais.

Em todos os debates, o mediador é o psicanalista Christian Dunker. Os convidados são o médico patologista Paulo Saldiva, a geneticista Mayana Zatz, o biblioteconomista e historiador Marcos Galindo, Jeferson J. Arenzon, do Instituto de Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, e Sílvio Meira, co-fundador do Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife – C.E.S.A.R. – e pesquisador na área de Engenharia de Software.

A série de encontros tem início na última semana da exposição Consciência Cibernética [?] Horizonte Quântico, em cartaz no instituto até o dia 19 (domingo). A mostra apresenta nove trabalhos de oito artistas da Áustria, Brasil, Estados Unidos, França, Reino Unido, Suíça e Turquia que indicam, com olhar artístico, um futuro em que máquinas cibernéticas terão consciência e estabelecerão diálogo com os seres humanos e entre si.

“Black Mirror ilustra questões atuais de forma direta e potente”, observa Marcos Cuzziol, gerente do Núcleo de Inovação do Itaú Cultural. “Os episódios escolhidos, debatidos por convidados de diversas áreas de conhecimento, podem nos ajudar a pensar de forma diferente a atual cultura digital e seus impactos sobre o comportamento humano”, complementa.

EPISÓDIOS E DEBATES

A primeira quarta-feira, dia 15, é especial e a programação tem início às 17h, com uma visita à exposição Consciência Cibernética [?] Horizonte Quântico, guiada pela artista visual Rejane Cantoni e por Marcos Cuzziol, que assinam, respectivamente, a pesquisa e a concepção da mostra. Rejane é, também, criadora de QUANTUM, uma das obras em exposição, desenvolvida com pesquisa de Cuzziol e produção da equipe Itaú Cultural.

Os participantes da visita garantem, assim, um ingresso para a programação, que começa às 19h com a exibição de San Junipero, episódio 4 da terceira temporada da série veiculada na Netflix. Nele, uma jovem tímida e uma garota extrovertida se conhecem no ano de 1987, em uma cidade litorânea, e formam uma conexão que parece transcender tempo e espaço. Às 20h, começa um debate que reflete sobre a trama, reunindo Paulo Saldiva e Rejane.

No dia 22, The Entire Story of You (Toda a sua história), episódio 3 da temporada de estreia, conduz a programação, que tem como convidados Mayana Zatz e Marcos Galindo. A história se passa em um futuro no qual todos têm aceso a um implante de memória, que grava tudo o que os seres humanos fazem, veem e ouvem.

O último encontro, no dia 28, tem como ponto de partida a exibição de Playtest (Versão de Testes), episódio 2 da terceira temporada, no qual um viajante americano se inscreve para testar um novo sistema de jogo revolucionário, mas descobre que as emoções são mais reais do que imaginava. Esse limiar entre os universos virtuais e físicos é debatido, na sequência, por Jeferson J. Arenzon e Sílvio Meira.

PROGRAMAÇÃO

DIA 15 DE MAIO (QUARTA-FEIRA)

17h
Visita monitorada à exposição Consciência Cibernética [?] Horizonte Quântico, com Marcos Cuzziol e Rejane Cantoni.
Vagas: 40 (os participantes já garantem um convite para o encontro)

19h
Exibição de San Junipero (episódio 4, temporada 3)

20h
Debate com Paulo Saldiva, médico patologista, e Rejane Cantoni, artista visual. Provocação do psicanalista Christian Dunker.

DIA 22 DE MAIO (QUARTA-FEIRA)

19h
Exibição de The Entire Story of You (Toda a sua história – episódio 3, temporada 1)

20h
Debate com Mayana Zatz, geneticista, e Marcos Galindo, biblioteconomista e historiador. Provocação do psicanalista Christian Dunker.

DIA 29 DE MAIO (QUARTA-FEIRA)

19h
Exibição de Playtest (Versão de Testes – episódio 2, temporada 3)

20h
Debate com Jeferson J. Arenzon, do Instituto de Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, e Sílvio Meira, co-fundador do C.E.S.A.R. - Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife e pesquisador na área de Engenharia de Software. Provocação do psicanalista Christian Dunker.

SERVIÇO

Impactos da tecnologia nas relações humanas – Perspectivas a partir de Black Mirror
Dias 15, 22 e 29 de maio de 2019 (quartas-feiras), das 19h às 21h30h
Duração: 150 minutos
Classificação indicativa: 16 anos
Sala Itaú Cultural (110 lugares)
Interpretação em Libras

Posted by Patricia Canetti at 2:58 PM