Página inicial

Cursos e Seminários

 


novembro 2013
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
Pesquise em
Cursos e Seminários:
Arquivos:
As últimas:
 

junho 9, 2013

5º Encontro Paulista de Museus no Memorial da América Latina, São Paulo

5º Encontro Paulista de Museus

O Encontro propõe debater políticas públicas para as instituições museológicas brasileiras e ampliar a interlocução e a rede de colaboração dos museus paulistas.

19 a 21 de junho de 2013

Memorial da América Latina
Av. Auro Soares de Moura Andrade 664, Barra Funda, São Paulo
Inscrições online com preenchimento de ficha de inscrição

APRESENTAÇÃO

O Encontro Paulista de Museus é uma realização da Secretaria de Estado da Cultura, executada pelo Grupo Técnico de Coordenação do Sistema Estadual de Museus e pela Organização Social de Cultura ACAM Portinari.

Desde 2009, reúne anualmente mais de 1000 participantes, entre prefeitos, secretários de cultura, dirigentes e profissionais de museus do estado de São Paulo e de todo o país.

O Encontro propõe debater políticas públicas para as instituições museológicas brasileiras e ampliar a interlocução e a rede de colaboração dos museus paulistas.

Como nas edições anteriores, o evento conta com a presença de especialistas renomados, em uma programação que busca discussões de interesse da comunidade museológica e, também, estimular ações de aperfeiçoamento, qualificação e fortalecimento dos museus paulistas.

Realizado em três dias, o evento contemplará em sua programação:
1. Palestras e mesas de discussão sobre temas museológicos atuais;
2. Balanço das atividades do SISEM-SP e reflexões do Conselho de Orientação do SISEM-SP para a Política Estadual de Museus;
3. Painéis digitais com apresentações institucionais ou de projetos realizados pelos museus paulistas;
4. Reuniões temáticas;
5. Mesas expositivas de fornecedores da área museológica.

Ofereceremos, também, os almoços e cafés no próprio local, ampliando os momentos de convívio e de contato entre os participantes.

PÚBLICO-ALVO

O 5º Encontro Paulista de Museus é gratuito e aberto aos profissionais interessados no tema, com destaque para:
• Gestores e profissionais que atuam em museus públicos e privados;
• Autoridades municipais, estaduais e federais que atuam nas áreas da cultura, patrimônio histórico, educação, turismo e desenvolvimento local;
• Pesquisadores nas áreas da História, Ciência, Tecnologia, Comunicação, Arquitetura e Artes;
• Provedores de soluções para museus e acervos, nos segmentos de conservação, segurança, documentação, pesquisa, museografia e educação;
• Estudantes de pós-graduação, graduação, técnicos e demais interessados em museologia.

PROGRAMAÇÃO

1º Dia - 19 de junho

9h - Recepção e credenciamento
Café de boas-vindas

9h - 18h - Painéis Digitais: Foyer do Auditório

9h - 18h - Estandes de Instituições Parceiras e de Fornecedores: Área Lateral do Auditório

Local: Auditório Simon Bolívar – Memorial da América Latina

9h30 – 10h15 - Abertura (autoridades)
- Representante da Fundação Memorial da América Latina (FMAL)
- Luiz Coradazzi, Director of Arts do British Council
- Representante da Secretaria Municipal de Cultura (SMC)
- Representante do Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM)
- Renata Motta, coordenadora da Un. de Preservação do Patrimônio Museológico (UPPM)
- Marcelo Araújo, secretário de Estado da Cultura
- Governador do Estado de São Paulo

10h15 - Saudação de Abertura, abordando a adesão do Estado de São Paulo ao Sistema Nacional de Cultura e a construção da Política Estadual de Museus
- Marcelo Araújo, secretário de Estado da Cultura

10h45 - Conferência: Museus e fortalecimento das relações sociais: como engajar a comunidade na causa dos museus
- Janet Vitmayer, Diretora do Horniman Museum de Londres

12h30 - Almoço

14h - Políticas públicas para museus no contexto federativo
Mediador: Antônio Carlos Sartini
- Eneida Braga Rocha, presidente do IBRAM (a confirmar)
- Renata Motta, coordenadora da UPPM
- Afonso Luz, diretor do Museu da Cidade de São Paulo

15h30 - Intervalo para o café

16h - Políticas públicas para museus e seus diversos atores
Mediadora: Maria Cristina de Oliveira Bruno
- Anna Helena Altenfelder, supervisora do CENPEC
- João Carlos de Figueiredo Ferraz, presidente do Instituto Figueiredo Ferraz (a confirmar)
- Marília Bonas, diretora executiva da Associação dos Amigos do Museu do Café - Organização Social de Cultura

17h30 - Apresentação de Painéis Selecionados 1
- Feira Estação Arte e Ferrovia para todos, Museu Ferroviário de Bauru
- Memória do seu bairro, Museu da Cidade (Praia Grande)
- A construção colaborativa das exposições do Museu Histórico e Arqueológico de Lins

18h30 - Lançamento da publicação
- “Questões Indígenas e Museus – debates e possibilidades”
- DVD do documentário “1932: 80 anos do movimento constitucionalista”
- “Que público é esse?”

2º Dia - 20 de junho

8h - Recepção e credenciamento

9h - 18h - Painéis Digitais: Foyer do Auditório

Auditório Simon Bolívar – Memorial da América Latina

9h - Apresentação do Balanço 2012 e perspectivas do SISEM-SP
- Renata Motta, Davidson Panis Kaseker e Luiz Fernando Mizukami

10h - Reflexões do Conselho de Orientação do SISEM-SP para a Política Estadual de Museus
- Representante do Conselho de Orientação do SISEM-SP

10h30 - Intervalo para Café

10h50 - Apresentação de Painéis Selecionados 2
- Implantação do Centro de Referência do Futebol Brasileiro, Museu do Futebol
- Implantação da reserva técnica, Museu de Arte Contemporânea de Sorocaba
- Exposição itinerante “Cabeça dinossauro, o novo titã brasileiro”, Museu de Zoologia

11h50 - Sessão preparatória para as reuniões das macrorregiões

12h10 - A Conferência Internacional do ICOM no Rio de Janeiro, 2013
- Carlos Brandão, presidente do comitê organizador e Maria Inês Mantovani, presidente do ICOM Brasil

12h30 - Almoço

14h - Reuniões das macrorregiões: subsídios para elaboração da Política Estadual de Museus - Mediação: representantes regionais do SISEM-SP

Local: Salas da Uninove

- Noroeste Paulista (SJRP, Araçatuba)
- Oeste Paulista (Presidente Prudente, Marília)
- Nordeste Paulista (Franca, Ribeirão Preto, Barretos)
- Centro (Bauru e Central)
- Sudoeste Paulista (Sorocaba e Registro)
- Vale do Paraíba e Litoral (SJC e RMBS)
- RA Campinas
- RMSP

16h30 - Intervalo para Café

17h–18h30 - Reuniões temáticas

Local: Vários espaços no Memorial da América Latina

- Documentação e Pesquisa de Acervos Museológicos – mediadora: Juliana Monteiro, Coordenadora do Comitê de Política de Acervo da SEC SP, com participação de Fernando Cabral, Juliana Rodrigues Alves e Wilton Guerra
- Indicadores de Resultados – mediadora: Claudinéli Moreira Ramos, SEC-SP, com participação de Joanne Orr, CEO do Museums & Galleries Scotland; e Larissa Graça, Fundação Roberto Marinho
- Edital SISEM-ProAC – mediadora: Antonieta Derktigil, diretora do ProAC-Editais, com participação de Luiz Fernando Mizukami
- Museus Históricos – mediadora: Marília Bonas, diretora executiva da Associação dos Amigos do Museu do Café
– Bibliotecas de museus – mediadora: Adriana Ferrari, coordenadora da UBL – Unidade de Bibliotecas e Leitura

3º Dia - 21 de junho

9h - 18h - Painéis Digitais: Foyer do Auditório

Local: Auditório Simon Bolívar – Memorial da América Latina

9h - Apresentação de Painéis Selecionados 3
- Museu em destaque, ações educativas, Museu Histórico e Pedagógico Dr. Washington Luís (Batataes)
- Ações socioeducativas e culturais, Museu Casa de Portinari (Brodowski)
- Projeto Pinacoteca Botucatu, Pinacoteca do Estado

10h - Contribuições Temáticas: Segurança do Patrimônio Museológico
– Alessandra Labate Rosso, Comitê Paulista do Escudo Azul

11h - Intervalo para Café

11h30 - Contribuições Temáticas: Educação em Museus
– Adriana Mortara, coordenadora do CECA-Brasil
- Marina Toledo, coordenadora do Centro de Referência de Educação em Museus (Museu da Língua Portuguesa)

12h30 - Almoço

14h - Plenária de encerramento
- Apresentação dos resultados das reuniões das macrorregiões
- Apresentação dos resultados das reuniões temáticas
- Debate e votação sobre periodicidade do Encontro Paulista de Museus

17h - Café de encerramento

Fonte: www.encontropaulistademuseus.org.br

Posted by Patricia Canetti at 11:59 AM

Seminário Internacional Arranjos Experimentais | Cultura Numérica Audiovisual na USP, São Paulo

Arranjos Experimentais | Cultura Numérica Audiovisual

O evento reúne arte e ciência em um Seminário Internacional, com a participação de pensadores mundialmente conhecidos e apresentação de espetáculos dos mais importantes artistas da cena da performance audiovisual contemporânea, para criar um espaço de cruzamento entre o pensamento cientítifico e as constantes transformações estéticas e tecnológicas da arte digital performática.

Participantes: Alexandre Rangel, Almir Almas, Ana Carvalho, André Parente, Arlindo Machado, Caio Fazollin, Carmen Gil, Cornélia Lund, Embolex, Esther Hamburger, Henrique Roscoe, Katia Maciel, Marcus Bastos, Mary Ann Doanne, Mia Makela, Patrícia Moran, Rubens Rewald, Steve Dixon, Valentina Montero; coordenação de Patrícia Moran

17 a 22 de junho de 2013

ECA-USP Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo
Av. Prof. Lúcio Martins Rodrigues 443, Cidade Unversitária, São Paulo

Paço das Artes
Av. da Universidade 1, Butantã, São Paulo

TUSP – Teatro da Universidade de São Paulo
R. Maria Antônia 294, Consolação, São Paulo

Informações: arranjosexperimentais@gmail.com
ou 11-3091-1997 (LAICA – USP)
Inscrições online com preenchimento de ficha de inscrição

APRESENTAÇÃO

“Arranjos Experimentais – Cultura Numérica Audiovisual” reúne arte e ciência em um Seminário Internacional, com a participação de pensadores mundialmente conhecidos e apresentação de espetáculos dos mais importantes artistas da cena da performance audiovisual contemporânea.

Coordenado pela professora da ECA/USP e realizadora de cinema e vídeo Patrícia Moran, o formato do evento congrega seminário e performances para criar um espaço de cruzamento entre o pensamento cientítifico e as constantes transformações estéticas e tecnológicas da arte digital performática.

Complementando a programação, o CINUSP Paulo Emílio receberá a mostra de vídeo “Arranjos Experimentais – arte audiovisual latino-americana”, sob a curadoria de Valentina Monteiro, produtora e curadora em artes visuais e cinema. Por ocasião da abertura da Mostra teremos uma palestra de Valentina.

“Arranjos Experimentais – Cultura Numérica Audiovisual” acontecerá entre os dias 17 e 22 de junho, com mostra de vídeos no CINUSP, Seminário Internacional na ECA-USP e performances no Paço das Artes. A cerimônia de abertura, acontecerá no dia 19 de junho, no TUSP – Teatro da Universidade de São Paulo, com performance do artista e pesquisador Steve Dixon, atualmente Reitor da Escola de Artes Lasalle, em Singapura. Dixon apresentará a performance multimídia, inédita no Brasil, “T.S. Eliot’s The Waste Land”.

O evento é uma iniciativa do Laboratório de Investigação e Critica Audiovisual (LAICA), do Programa de Pós-graduação em Meios e Processos Audiovisuais da ECA-USP. Conta com o apoio da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão da USP, do CINUSP Paulo Emílio, CNPq e FAPESP. Arranjos Experimentais também conta com o apoio institucional e material da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo e o Departamento de Cinema, Televisão e Rádio da ECA.

Seminário Internacional “Arranjos Experimentais”

O evento apresenta em sua primeira edição, um Seminário científico internacional, com palestras, leituras de portifólio e debates. Entre os palestrantes Mary Ann Doanne, da Universidade de Berkley, Califórnia; Mia Makela, performer finlandesa, reconhecida internacionalmente como uma das precursoras do Live Cinema, Cornélia Lund, da Universidade de Hamburgo (Alemanha) e coordenadora do projeto “Fluctuating Images” dedicado à arte-mídia contemporânea, http://www.fluctuating-images.de/, Ana Carvalho, professora da Universidade Fernando Pessoa (Portugal), e renomados pensadores brasileiros das artes midiáticas, como Arlindo Machado, André Parente e Katia Maciel.

Para participar do seminário, os interessados devem inscrever-se via Ficha de Inscrição. As vagas são limitadas.

Performa Paço

No Paço das Artes, um dos berços da arte contemporânea nacional e internacional, duas noites de performances audiovisuais inéditas em São Paulo, alguns deles especialmente para o evento.

Entre as performances Suonombra, uma das mais recentes peças da artista finlandesa Mia Makela. “X=X”, de Henrique Roscoe (HOL), “MeditaMáquina (2013)” , de Alexandre Rangel, VJ também criador do software livre “Quase Cinema” e espetáculos de Ana Carvalho, Almir Almas, Caio Fazolin e Coletivo Audiovisual Embolex.

Com espetáculos de artistas com diferentes propostas estéticas, Performa Paço – Arranjos Experimentais é proposto um espaço de experimentação e celebração da produção contemporânea de música visual, de Live Cinema, de espetáculo audiovisual em tempo real. Para ampliar e a intensificar o intercâmbio com instituições representativas desta produção, foi estabelecida uma parceria com o Paço das Artes, onde acontecerão as performances no Performa Paço, evento anual da casa dedicado à performances de diversas naturezas. Priscila Arantes, diretora técnica da instituição, concebe o evento que está em sua terceira edição, abrigando as performances, oferecendo apoio financeiro e institucional. O Performa Paço conta com apoio de equipamentos da Tela Mágica Produções. Este ano o Performa Paço conta com a curadoria de Patrícia Moran e VJ Spetto.

Anualmente o Paço organiza o Performa Paço, evento dedicado a performances de diversas naturezas. Priscila Arantes, diretora técnica da instituição, concebe o evento que está em sua terceira edição, abrigando as performances, oferecendo apoio financeiro e institucional. O Performa Paço conta com apoio de equipamentos da Tela Mágica Produções.

PROGRAMAÇÃO

19 de junho
20h – Cerimônia de Abertura
Performance multimídia “T.S. Eliot’s The Waste Land”, de Steve Dixon
Local: TUSP / Centro Universitário Maria Antonia

20 de junho
14h – Abertura
“Escala e corpo no cinema e em outras telas ”, Mary Ann Doanne (Universidade da Califórnia – Berkley – EUA)
“A desmontagem do dispositivo cinematográfico” Arlindo Machado (Universidade de São Paulo)
Debatedora: Patricia Moran (Universidade de São Paulo)
17h – Seminário
“Música Visual – Aspectos de um não-gênero”, por Cornélia Lund (Universidade de Hamburgo – Alemanha)
“Instruções para filmes”, por Kátia Maciel (Universidade Federal do Rio de Janeiro)
Debatedor: Marcus Bastos (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo)
Local: ECA USP

21 de junho
14h – Seminário
“Do cinema experimental ao cinema performático”, por André Parente (Universidade Federal do Rio de Janeiro)
“O processo de composição de performances audiovisuais”, por Mia Makela (Finlândia)
“Possibilidades de documentação da composição nas práticas audiovisuais performativas contemporâneas”, por Ana Carvalho (ISMAI – Instituto Superior da Maia)
Debatedora: Esther Hamburger (Universidade de São Paulo)
17h – Seminário – Leitura de Portfólio
Steve Dixon
. Debatedora: Rubens Rewald (Universidade de São Paulo)
Local: ECA USP
20h – Performa Paço
“X=X“, de Henrique Roscoe (HOL)
“MeditaMáquina (2013)”, Alexandre Rangel (VJ Xorume)
EMBOLEX 99%, Coletivo Audiovisual Embolex

Local: Paço das Artes

22 de junho
19h – Performa Paço
“CorpoCinesis”, Almir Almas com participação artística: Rogério Borovik, Paulo Costa, Roger Bacoom, Emilie Sugai, Mestre Griot Alcides Lima e Ceaca.
“Systematic Ilusion” Ana Carvalho (Portugal)
“PI Remix”, Caio Fazollin
“Suonombra”, Mia Makela Video Mapping de Objetos
Video-objetos “Libellum”, por Carmen Gil Vrolijk (Colombia)

Local: Paço das Artes

Fonte: www2.eca.usp.br/laica/seminarios/

Posted by Patricia Canetti at 11:25 AM

Seminário Internacional O sequestro da imagem: apropriações na fotografia na Caixa Cultural, São Paulo

O sequestro da imagem: apropriações na fotografia

O evento traçará um panorama histórico sobre o caminho trilhado pela fotografia. Surgida no século XIX, este recurso para documentar a realidade, ao longo do século seguinte, ganhou um espaço antes ocupado pela estética e pintura. Nesse contexto, o seminário proporá reflexões teóricas sobre seu diálogo com a produção artística e irá além da discussão sobre o alargamento das fronteiras iniciais delineadas para a fotografia, refletindo sobre as novas potencialidades criativas e, principalmente, sobre a apropriação de imagens.

Participantes: Cássio Vasconcellos, David Evans, Dor Guez, Elaine Caramella, Fabio Cypriano, Francesca Lazzarini, Oscar Muñoz, Rosângela Rennó

28 a 30 de junho de 2013

Caixa Cultural São Paulo - Auditório 6º andar
Praça da Sé 111, Centro, São Paulo
A pré-inscrição pode ser feita por meio do site www.portodecultura.com.br, mas não garante a vaga; por isso é necessário chegar com uma hora de antecedência.

APRESENTAÇÃO

O sequestro da imagem: apropriações na fotografia é o tema de um seminário internacional que a Caixa Cultural São Paulo promove, entre dias 28 e 30/6, em parceria com a graduação em Arte: História, Crítica e Curadoria da PUC-SP e a empresa de marketing cultural Porto de Cultura.

O evento traçará um panorama histórico sobre o caminho trilhado pela fotografia. Surgida no século XIX, este recurso para documentar a realidade, ao longo do século seguinte, ganhou um espaço antes ocupado pela estética e pintura. Nesse contexto, o seminário proporá reflexões teóricas sobre seu diálogo com a produção artística e irá além da discussão sobre o alargamento das fronteiras iniciais delineadas para a fotografia, refletindo sobre as novas potencialidades criativas e, principalmente, sobre a apropriação de imagens.

O seminário terá como palestrantes o historiador e especialista em fotografia David Evans (na foto ao lado) e a crítica e curadora Francesca Lazzarini. Integrarão o debate os artistas Dor Guez, Oscar Muñoz, Rosângela Rennó e Cássio Vasconcellos, e os professores Elaine Caramella (Departamento de Arte, PUC-SP) e Fabio Cypriano (professor-doutor da PUC-SP, crítico de arte da Folha de S. Paulo e colaborador das revistas Frieze, na Inglaterra, e Flash Art, na Itália) atuarão como mediadores. Veja abaixo a programação completa do evento e saiba mais sobre os participantes.

O seminário internacional O sequestro da imagem: apropriações na fotografia é gratuito e tem um número limitado de vagas – veja abaixo como se inscrever. O evento é patrocinado pela Caixa Econômica Federal e conta com o apoio institucional da PUC-SP, do Transamérica Hospitality Group, do Instituto Votorantim e da Avianca.

PROGRAMAÇÃO

Mesa 1 - Momentos de ruptura
Data: 28/6, sexta-feira
Horário: 15h às 17h
A valorização da experimentação e o rompimento dos paradigmas estabelecidos pela fotografia gerando uma pluralidade de experiências estéticas a partir da apropriação de imagens.
Participantes: Francesca Lazzarini – David Evans – Elaine Caramella (mediação).
Provocadora: Rosângela Rennó.

Mesa 2 – Apropriação e Colecionismo
Data: 29/6, sábado
Horário: 15h às 17h
Decomposição e recomposição de imagens em trabalhos artísticos que usam o processo de apropriação e o acúmulo de objetos pertencentes ao contexto emblemático da cultura de massa e da sociedade de consumo.
Participantes: Oscar Muñoz – Cassio Vasconcellos – Fabio Cypriano (mediação).
Provocadora: Francesca Lazzarini.

Mesa 3 – Contra o esquecimento
Data: 30/6, domingo
Horário: 15h às 17h
O uso da fotografia como registro e preservação de memória, a partir estratégias que questionam os limites de sua linguagem.
Participantes: Rosângela Rennó – Dor Guez – Fabio Cypriano (mediação).
Provocador: David Evans

SOBRE PARTICIPANTES

David Evans – Primeiro membro do Departamento de História e Teoria da Fotografia do Centro de Pesquisa do Birkbeck College na Universidade de Londres. Autor do livro “Appropriation” entre outros é articulista e comentarista em publicações de renome (dentre elas Afterimage, Eye, Foam, History of Photography).

Francesca Lazzarini – Artista, crítica e curadora. Desde 2011, colabora como coordenadora do programa e professora da Bienal Master of Fine Arts in Imaging Arts – Photography – na cidade de Modena. Colaborou para a fundação e desenvolvimento da Fondazione de Fotografia de Modena, projeto promovido pela Fondazione Cassa di Risparmio di Modena.

Dor Guez – Artista multidisciplinar, cujas instalações combinam práticas de vídeo e fotografia. É professor no Departamento de História e Teoria na Bezalel Academy of Arts and Design, em Jerusalém, e pesquisador de arquivos afiliado à Universidade de Tel Aviv.

Oscar Muñoz – O foco de sua obra na relação entre imagem e memória. Investiga a natureza da representação, borrando as fronteiras entre a fotografia, gravura, desenho, instalação, vídeo e escultura, muitas vezes fazendo uso de materiais inusitados. Suas obras podem ser vistas em importantes coleções de arte como Museum of Modern Art de New York, Colección Cisneros (Caracas), Tate Modern (Londres).

Cássio Vasconcellos – Fotógrafo paulistano, integra o seleto grupo do Blink – 100 photographers, 10 curators, 10 writers, livro publicado pela Phaidon Press, Inglaterra. Sua série Noturnos recebeu os prêmios de Melhor Exposição de Fotografia do ano de 2002, eleita pela APCA e o Prêmio Porto Seguro de Fotografia, em 2001. Destaca-se pela especialização de fotos aéreas.

Rosângela Rennó – Doutora em artes pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, São Paulo (1997). Como artista, já expôs em diversas mostras coletivas e individuais ao redor do mundo. A mais recente foi a exposição individual em 2012 Frutos Estranhos/ Seltsame Früchte / Strange Fruits. Centro de Arte Moderna, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, Portugal e Fotomuseum Winterthur, Winterthur, Suiça. Seu trabalho está presente na coleção de importantes instituições como Tate Modern, Art Institut of Chicago, Inhotim, Museo Reina Sofia, Guggenheim NY, entre outros.

Elaine Caramella – Doutora livre-docente em Linguagem e valor artístico pela Unesp (2004), professora e pesquisadora do Departamento de Arte da PUC-SP, onde coordena o curso de graduação em Arte: História Crítica e Curadoria e é líder do grupo de pesquisa História da Arte, Crítica e Curadoria (cadastrado no CNPq). É autora de livros, capítulos de livros e artigos sobre Teoria e História da Arte.

Fabio Cypriano – Doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP. É professor da Universidade, crítico de artes plásticas da Folha de S. Paulo e colaborador das revistas Frieze (Inglaterra) e Flash Art International (Itália), entre outras.

Posted by Patricia Canetti at 11:08 AM