Página inicial

Cursos e Seminários

 


novembro 2013
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
Pesquise em
Cursos e Seminários:
Arquivos:
As últimas:
 

fevereiro 28, 2008

Seminário Olhar para o século XIX: Missão Artística Francesa no Brasil no Itaú Cultural, São Paulo

Seminário Olhar para o século XIX: Missão Artística Francesa no Brasil
Participantes: Cláudia Valladão de Mattos, Luciano Migliaccio, Pedro Martins Caldas Xexéo, Vagner Carvalheiro Porto

Inscrições a partir de 5 de março de 2008

Itaú Cultural
Av Paulista 149, estação Brigadeiro do metrô, São Paulo - SP
11-2168-1776 / 1777
www.itaucultural.org.br
Inscrições: 11-2168-1779, segunda a sexta, 10-21h; sábados e domingos, 10-19h
Seminário Olhar para o século XIX: Missão Artística Francesa no Brasil: 14 e 15 de março de 2008


Nos dias 14 e 15 de março (sexta e sábado), o Museu de Numismática Herculano Pires oferecerá ao público o Seminário Olhar para o século XIX: Missão Artística Francesa no Brasil”, que retoma a importância destes estrangeiros na formação de repertório artístico brasileiro.

O evento, que acontecerá na Sala Itaú Cultural - Av. Paulista, 149 [250 lugares] compreende palestras com especialistas, além de visitas ao Museu, cujo acervo guarda inúmeras peças desenhadas e produzidas por artistas ligados à Missão, tais como Jean-Baptiste Debret e Zépherin Ferrez.


Programação:
14 de março, sexta-feira, 19h

Abertura

20h
Palestra - Missão Artística Francesa: uma visão contemporânea, com Pedro Martins Caldas Xexéo.
A permanência e a atuação da Missão Artística Francesa no Brasil, geraram uma série de interpretações e debates, por vezes contraditórios. A presente palestra visa analisar a partir de uma visão contemporânea a ação dos integrantes da Missão Artística durante as décadas iniciais do século XIX e a sua contribuição para o desenvolvimento da arte e da arquitetura no Brasil.


15 de março sábado, 13h30
Recepção

14h
Palestra - Os artistas da Missão Francesa e a Academia Imperial de Belas Artes do Rio de Janeiro, com Luciano Migliaccio.

A fundação da Academia Imperial de Belas Artes do Rio de Janeiro, em 1826, é muitas vezes apresentada como uma conseqüência da vinda da Missão Artística Francesa para o Brasil. Este evento foi, na realidade, fruto de embates e negociações com a cultura artística portuguesa e de divergências entre os próprios membros do grupo francês, numa peculiar adaptação ao novo meio. Enfocando em particular a obra de Jean-Baptiste
Debret, de Nicolas-Antoine Taunay e do seu filho Félix-Émile, será apresentado um quadro da formação da principal instituição brasileira de ensino artístico do século XIX, e das características que marcaram o desenvolvimento da arte no país.

15h30
Palestra - A Missão Francesa, os artistas viajantes e a origem da pintura de paisagem no Brasil, com Cláudia Valladão de Mattos.

No início do século XIX, dois eventos decorrentes da chegada da corte portuguesa ao Brasil, marcaram o surgimento de um novo contexto local para as artes no país: a abertura dos portos, que aumentou o fluxo de artistas viajantes ao país e a chegada da Missão Francesa, que teve como principal conseqüência a fundação da primeira Academia de Belas Artes no Rio de Janeiro. Embora os estudos tendam a considerar separadamente estas contribuições, gostaríamos de chamar a atenção para a importância da comunicação entre artistas viajantes e acadêmicos na construção de um novo repertório artístico e, mais particularmente, para o surgimento da pintura de paisagem no Brasil do século XIX.

17h30
Palestra de encerramento - Moedas e medalhas no Brasil do século XIX: arte e produção da Missão Artística Francesa, com Vagner Carvalheiro Porto.

A presente Palestra pretende sintetizar os conteúdos relativos a marcante presença da Missão Artística Francesa no país, enfocando técnicas e histórico das gravações de moedas e medalhas no Brasil da época, além de destacar a presença da arte nas atividades relativas a Numismática. A apresentação terá como base a discussão do conteúdo iconográfico de algumas raras moedas e medalhas produzidas no Brasil à época da Missão Artística Francesa, incluindo importantes peças do acervo do Museu de Numismática Herculano Pires - Instituto Itaú Cultural.


Palestrantes:
Cláudia Valladão de Mattos - Profª Dra. de História da Arte no Instituto de Artes da Unicamp e pesquisadora do CNPq. É autora de vários artigos e, dentre outros, dos seguintes livros: Goethe e Hackert: Sobre a Pintura de Paisagem (Ateliê Editorial, 2008), O Brado do Ipiranga (EDUSP, 1999). Possui doutorado em História da Arte pela Universidade Livre de Berlim e pós-doutorado pelo Courtauld Institute de Londres.

Luciano Migliaccio - Prof. Dr. de História da Arte no Departamento de História da Arquitetura e Estética do Projeto da FAU - USP e Professor Convidado no Curso de Pós-graduação em História da Arte e da Cultura do Departamento de História do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Unicamp. Atuou como curador do módulo “Século XIX”, da exposição “Brasil 500 anos”, 2000. Realizou estágio de pesquisa no Institut National d’Histoire de l’Art de Paris sobre a escultura do século XIX no Brasil. Possui doutorado em Storia dell’Arte Medievale e Moderna pela Università degli studi di Pisa.
Pedro Martins Caldas Xexéo - Conservador e curador das Coleções de Pintura e Desenho Brasileiros do Museu Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro. Atuou como curador da exposição “Missão Artística Francesa - Coleção Museu Nacional de Belas Artes” (Museu Oscar Niemeyer - Curitiba e Pinacoteca do Estado de São Paulo - São Paulo), 2007. É co-autor do livro A Missão Francesa (Sextante, 2003). É Museólogo e membro da Associação Brasileira dos Críticos de Arte.

Vagner Carvalheiro Porto - Prof. Dr. de História Antiga na Graduação de História da UniFIG e Arqueologia na Pós-Graduação da PUC. Coordenador e professor do curso Lato Sensu em Arqueologia na Unisa, onde é organizador e curador da “Coleção Notória da Universidade de Santo Amaro”. Desenvolve como pesquisador escavações arqueológicas em Israel e Portugal. [É consultor do Museu de Numismática Herculano Pires, no Instituto Itau Cultural.] Possui doutorado em Arqueologia com habilitação em Numismática, Patrimônio, Museologia e História Antiga pela USP.


Posted by João Domingues at 3:05 PM

Colóquio As Tramas do Contemporâneo no Itaú Cultural, São Paulo

Colóquio As Tramas do Contemporâneo
Participantes: Franklin Leopoldo, José Miguel Wisnik, Renato Mezan, Teixeira Coelho

5 e 6 de março, quarta e quinta-feira, 19h30

Itaú Cultural
Av Paulista 149, estação Brigadeiro do metrô, São Paulo - SP
11-2168-1776 / 1777 ou atendimento@itaucultural.org.br
Transmissão online: www.itaucultural.org.br
Ingressos distribuídos com meia hora de antecedência
Vagas : 250

Especialistas sobre arte e cultura debaterão sobre a noção de contemporâneo a partir da produção e das linguagens artísticas do nosso tempo.

Programação

5 de março, quarta-feira, 19h30
As Tramas da Cultura
O debate gira em torno da noção de contemporâneo a partir dos fenômenos socioculturais na atualidade.
Franklin Leopoldo - professor da FFCHL/USP, autor de Descartes, Metafísica da Modernidade, Bergson: Intuição e Discurso Filosófico, entre outras livros.
Renato Mezan - psicanalista, ensaísta e professor do Programa de Pós-graduação e do membro do Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae da PUC de São Paulo, autor de Tempo de Muda, entre outros livros.

6 de março, quinta-feira, 19h30
As Tramas das Artes
O foco do debate é a produção artística como processo de conhecimento e fruição estética.
José Miguel Wisnik - professor da FFLCH da USP, músico/compositor com três CDs e muitas parcerias gravadas, autor dos ensaios O Coro dos Contrários - a Música em Torno da Semana de 22; O Nacional e o Popular na Cultura Brasileira; e O Som e o Sentido.
Teixeira Coelho - professor da ECA/USP, escritor, curador e ensaísta, atua como curador-coordenador do Museu de Arte de São Paulo (Masp), consultor do Observatorio de Política Cultural do Itaú Cultural, autor de História Natural da Ditadura, Guerras Culturais, entre outros.

Posted by João Domingues at 2:51 PM

fevereiro 26, 2008

Projeto Especial 2008: Workshop O pensamento pela imagem, com André Parente no Parque Lage, Rio de Janeiro

Projeto Especial 2008
Workshop O pensamento pela imagem, com André Parente

13, 20 e 27 de março e 4 de abril de 2008

Escola de Artes Visuais do Parque Lage
Rua Jardim Botânico 414, Jardim Botânico, Rio de Janeiro - RJ
21-2538-1091 / 1879 ou eav@eavparquelage.org.br
www.eavparquelage.org.br
Horário: quintas, 19h30-21h30
Preço: R$ 200 por workshop (desconto de 10% para estudantes universitários e 20% para alunos da EAV)

A Escola de Artes Visuais desenvolverá um Projeto Especial prevendo uma série de atividades paralelas à grade de ensino regular. A cada ano será escolhida uma questão diferente em torno da qual se organizará workshops teóricos e práticos bem como palestras com artistas cujo trabalho esteja relacionado à questão. O objetivo do Projeto Especial é envolver toda a escola na discussão de uma questão que embora já faça parte de alguns cursos da grade normal possibilite agregar outros professores, novas formas de pensar. O pensamento pela imagem foi escolhido por ser crucial no debate da arte contemporânea e será o foco da reflexão de quatro workshops teóricos em cada semestre. A questão da imagem incorpora não só meios como a fotografia e vídeo, mas também a escultura e pintura. Essa amplitude será visualizada através de uma série de palestras aos sábados com artistas de meios diferentes. A relação entre workshops teóricos, práticos e palestras de artistas possibilitará ao interessado um estudo mais aprofundado sobre uma questão fundamental para arte atual.

Posted by João Domingues at 11:48 AM

Projeto Especial 2008: Palestras de Luiz Ernesto e Milton Machado no Parque Lage, Rio de Janeiro

Projeto Especial 2008
Palestras de Luiz Ernesto e Milton Machado

15 de março, sábado, 16h

Escola de Artes Visuais do Parque Lage
Rua Jardim Botânico 414, Jardim Botânico, Rio de Janeiro - RJ
21-2538-1091 / 1879 ou eav@eavparquelage.org.br
www.eavparquelage.org.br


A Escola de Artes Visuais desenvolverá um Projeto Especial prevendo uma série de atividades paralelas à grade de ensino regular. A cada ano será escolhida uma questão diferente em torno da qual se organizará workshops teóricos e práticos bem como palestras com artistas cujo trabalho esteja relacionado à questão. O objetivo do Projeto Especial é envolver toda a escola na discussão de uma questão que embora já faça parte de alguns cursos da grade normal possibilite agregar outros professores, novas formas de pensar. O pensamento pela imagem foi escolhido por ser crucial no debate da arte contemporânea e será o foco da reflexão de quatro workshops teóricos em cada semestre. A questão da imagem incorpora não só meios como a fotografia e vídeo, mas também a escultura e pintura. Essa amplitude será visualizada através de uma série de palestras aos sábados com artistas de meios diferentes. A relação entre workshops teóricos, práticos e palestras de artistas possibilitará ao interessado um estudo mais aprofundado sobre uma questão fundamental para arte atual.

Posted by João Domingues at 11:45 AM

fevereiro 25, 2008

Seminário Panorama do Pensamento Emergente na Livraria Cultura, Recife

Seminário Panorama do Pensamento Emergente
Participantes: Ana Paula Cohen, Carlos Bitu Cassundé, Cauê Alves, Cristiana Tejo, Daniela Labra, Juliana Monachesi, Luisa Duarte, Marisa Florido César, Marisa Mokarzel, Roberto Freitas, Rodrigo Moura, Taísa Palhares
Mediadores: Fernando Cochiaralle, Ivo Mesquita, Moacir dos Anjos, Paulo Herkenhoff

Inscrições abertas

Livraria Cultura - Auditório
Rua Madre de Deus s/n, Bairro do Recife, Recife - PE
Inscrições: 81-3232-1694, 3232-5399 ou pensamentoemergente@mamam.art.br
Seminário Panorama do Pensamento Emergente: 7 e 8 de março de 2008

Programação

7 de março, sexta-feira, 10h30
Mesa 1
Ana Paula Cohen, Daniela Labra, Roberto Freitas
Mediação: Ivo Mesquita

15h
Mesa 2
Cristiana Tejo, Rodrigo Moura, Taísa Palhares
Mediação: Fernando Cochiaralle

8 de março, sábado, 10h30
Mesa 3
Juliana Monachesi, Luisa Duarte, Marisa Florido César
Mediação: Paulo Herkenhoff

15h
Mesa 4
Carlos Bitu Cassundé, Cauê Alves, Marisa Mokarzel
Mediação: Moacir dos Anjos

Posted by João Domingues at 3:30 PM

fevereiro 22, 2008

Espaço do Olhar: Cursos 1º Semestre de 2008 - Tomie Ohtake, São Paulo

Espaço do Olhar
Cursos 1º Semestre de 2008
Professores: Adrianne Gallinari, Agnaldo Farias, Antonio Machado, Carlos Fajardo, Charles Watson, Claudio Vasques, Deborah Paiva, Dudi Maia Rosa, Edith Derdyk, Fernando Vilela, Flávia Ribeiro, Flora Leite e Marina Pecci, Germana Monte-Mór, Inaê Coutinho, Laura Vinci, Marcia Xavier, Marieta Ferber, Marina Saleme, Marisa Szpigel e Carlos Barmack, Milton Cipis, Odilon Moraes e Fernando Vilela, Pablo Vilar, Paulo Pasta, Peter Pal Pelbart

Inscrições abertas

Instituto Tomie Ohtake
Av. Faria Lima, 201, Pinheiros, São Paulo - SP
Informações: 11-2245-1937
www.institutotomieohtake.org.br


Espaço do Olhar é o nome do núcleo de cursos da Ação Educativa do Instituto Tomie Ohtake, no qual a instituição afirma o seu compromisso com a formação cultural da comunidade, oferecendo, por meio de cuidadosa programação, subsídios estéticos para a expansão da sensibilidade e da capacidade de expressão das pessoas.

O objetivo principal do Espaço do Olhar é formar o público leigo e atender o já especializado, oferecendo cursos de aprofundamento para profissionais da área e artistas. A proposta de formação do público fundamenta-se no desenvolvimento da percepção, propondo um novo olhar, um olhar apurado sobre a arte dos últimos 50 anos, principalmente a contemporânea, conforme o período de trabalho da artista plástica que dá nome ao espaço, Tomie Ohtake.

Com salas e auditórios especialmente projetados para a realização de cursos teóricos e práticos, workshops, simpósios e seminários, o Espaço do Olhar atua em sintonia com a curadoria de artes visuais do Instituto para a definição de suas atividades, sempre coordenadas por artistas, pensadores da arte e da cultura em geral.


Curso do 1º semestre de 2008 na ação educativa do Instituto Tomie Ohtake

Charles Watson
O processo criativo
workshop sobre o pensamento criativo

Público-alvo: artistas, designers, arquitetos, publicitários e interessados em processos de geração de novas idéias.
Período: 20 a 23 de março
Horário: quinta e sexta, 19-23h; sábado e domingo, 10-18h
Vagas: 50
Valor: R$ 350

A qualidade da informação oferecida é infra-estrutural, interdisciplinar e reveladora dos mecanismos que limitam nossas possibilidades criativas. Acreditou-se, sempre, que a geração de idéias e a conseqüente solução de conflitos/problemas insolúveis fossem produzidas apenas por indivíduos excepcionais, gênios. O workshop mostra de forma clara como esta afirmação é apenas um mito. Amplamente ilustrado com textos e vídeos, o curso aponta que a semelhança entre as dinâmicas criativas em áreas diversas supera frequentemente a diferença entre as linguagens. Entendendo mecanismos que podem limitar nossas possibilidades de criação, podemos pensar e discutir estratégias que, ludicamente, podem contornar essas tendências.


Carlos Fajardo
A Instalação
Público-alvo: profissionais, estudantes de artes plásticas, arquitetura, design e interessados em geral.
Duração: 3 meses
Período: 7 de março a 13 de junho
Horário: sextas, 14-17h
Vagas: 20
Mensalidade: R$ 250

Apresenta informações teóricas sobre os desdobramentos do conceito de instalação, de seu surgimento até hoje. Isso é realizado mediante atividades práticas, nas quais os alunos desenvolvem novos projetos.


Marieta Ferber
Design subversivo:
A transformação do desenho no século XX e XXI

Público-alvo: interessados em geral.
Duração: 3 meses
Período: 6 de março a 5 de junho
Horário: quintas, 14-17h
Vagas: 20
Mensalidade: R$ 150

Por meio de projeções, acompanha-se a mudança das formas e significados do design nos últimos cem anos, além de explicitar as intersecções e a forte influência da arte sobre o design. Consiste de projeções, textos, discussões e aulas teóricas que apresentam os expoentes e as principais obras nas diversas disciplinas: mobiliário residencial, urbano, de objetos, cenários e design gráfico.
Os exercícios das aulas práticas são realizados sobre os temas teóricos: Vanguarda Russa, Dadá, Surreal, De Stijl, Bauhaus, Movimento Moderno na Europa e no Brasil, Pop, Pós-Moderno, Arte Conceitual e Contemporânea.


Milton Cipis
Experimentando o design gráfico

Público-alvo: iniciantes e interessados em design gráfico
Duração: 2 meses
Período: 24 de março a 19 de maio
Horário: segundas, 20-22h
Vagas: 25
Mensalidade: R$ 150

Voltado para iniciantes e interessados em artes gráficas, não para designers, o curso propicia a experimentação na área da comunicação visual, por meio de exercícios e discussões capazes de aprofundar o pensamento sobre o design.


Pablo Vilar – Estúdio Guaiamum
Curso de montagem

Público-alvo: estudantes de artes plásticas, arquitetura, design e interessados em geral
Duração: 3 meses
Período: 7 de março a 13 de junho
Horário: sextas, 10-13h
Vagas: 20
Mensalidade: R$ 150

De perfil profissionalizante, oferece conhecimentos práticos e teóricos sobre o trabalho de montagem de exposições de Arte. Diante de exemplos práticos e imagens, pretende colaborar na formação de novos montadores, ou simplesmente orientar profissionais de outras áreas a solucionar assuntos ligados à montagem. Para isso, trata desde noções básicas de cuidados e manuseio, até o uso correto de ferramentas e outros recursos básicos.


Odilon Moraes e Fernando Vilela
A imagem narrativa e ilustração de livros

Público-alvo: profissionais, estudantes de arte, design e de literatura, ilustradores e interessados em geral.
Duração: 4 meses
Período: 4 de março a 17 de junho
Horário: terças, 18h30-21h30
Vagas: 20
Mensalidade: R$ 150

A idéia é penetrar no universo da ilustração como linguagem narrativa. A oficina é composta de aulas expositivas acerca da ilustração de livros, intercaladas por exercícios práticos com o objetivo de desenvolver um protótipo, boneco de um livro, ilustrado a partir de textos escolhidos. Nas aulas teóricas são abordadas questões relativas ao desenvolvimento da ilustração enquanto narrativas visuais através dos tempos, por meio de discussão de textos, análises de imagens e de livros. Nas aulas práticas são introduzidos alguns materiais e procedimentos para a criação das ilustrações, como a pintura em aquarela e algumas formas de gravura (monotipia, carimbo), entre outras técnicas. Ao longo do curso, cada aluno desenvolve seu próprio projeto.


Ponto de encontro: prática artística para adultos e crianças
Educadores do Instituto Tomie Ohtake:
Dayene Mari e Tiago Lisboa

Público-alvo: interessados em geral
Duração: 4 meses
Período: 8 de março a 28 de junho
Horário: sábados, 15-17h30
Vagas: 20
Preço: R$ 150 / mês (família); R$ 100 / mês (individual)

A Ação Educativa do Instituto Tomie Ohtake a fim de proporcionar um encontro entre adultos, crianças e adolescentes, oferece atividades que possam gerar produções criativas. Estimulando um diálogo entre as diferenças por meio de modalidades artísticas, os encontros, sempre aos sábados, das 15h às 17h, incluem visitas às exposições e atividades práticas no ateliê.


Agnaldo Farias
Oito encontros sobre a arte contemporânea

Público-alvo: interessados em geral
Duração: 2 meses
Período: 25 de março a 20 de maio
Horário: terças, 14h30-17h
Vagas: 30
Mensalidade: R$ 250

Pensado como desdobramento do curso anterior – Introdução à arte contemporânea –, esta etapa aborda, em cada encontro, dois a três artistas nacionais e internacionais. O elenco é escolhido em função do caráter significativo de suas obras que, por sua vez, são analisadas a partir de suas peculiaridades, aproximações e contrastes com outras poéticas.

Agnaldo Farias
Introdução à arte moderna – 2ª. parte
Escolas, tendências e teorias dos clássicos e românticos até o abstracionismo

Público-alvo: interessados em geral
Duração: 2 meses
Período: 25 de março a 13 de maio
Horário: terças, 20-22h
Vagas: 30
Mensalidade: R$ 250

Introdução às questões gerais da Arte Moderna
A polaridade entre Clássicos e Românticos
O Impressionismo – O que junta e o que separa Manet, Monet, Van Gogh, Gauguin e Cézanne?
O Impressionismo – O que junta e o que separa... (parte 2)
Expressionismos – Da angústia alemã à celebração da vida em Matisse
O que torna notável a escultura de Rodin, Rosso e Brancusi?
Picasso, o Cubismo e o mundo sob novos pontos de vista
Os mestres da abstração – Kandinsky, Mondrian e Malevich


Claudio Vasques
(técnico de gravura de Tomie, Volpi e Ianelli, entre outros)
Gravura em metal e outras modalidades

Público-alvo: profissionais, estudantes de arte e interessados em geral.
Duração: 3 meses
Período: 7 de março a 13 de junho
Horário: sextas, 9-12h
Vagas: 15
Mensalidade: R$ 150

A finalidade é mostrar aos participantes algumas possibilidades gráficas, fazendo com que obtenham resultados práticos e uma visão da arte de gravura em metal. Desperta o gosto pela experimentação e a busca de novos caminhos da expressão artística. Entre as técnicas, as Diretas – ponta-seca, buril, mezzotinta (os alunos farão suas gravuras em ponta-seca, bem como a impressão); as Indiretas – água-tinta, água forte e sucre (teoria e prática); e outras modalidades, como o processo Goetz (carborundo) e a impressão natural de "Paolo Bocone". São abordados ainda o Ex Libris, com cada aluno podendo criar e imprimir o seu respectivo trabalho, e a "comercialização da gravura", que conta com a visita de um artista gravador e um galerista.
Para os alunos que participaram dos primeiros módulos, continua o processo de aprendizagem, com acompanhamento personalizado para orientá-los na descoberta de uma forma pessoal de expressão.


Deborah Paiva
Ateliê de Criação: Caminhos na Pintura e no Desenho

Público-alvo: interessados em geral
Duração: 4 meses
Período: 10 de março a 23 de junho
Horário: segundas, 14-17h
Vagas: 30
Mensalidade: R$ 150


“Caminante no hay camino, se hace camino al andar”- Antonio Machado
Esta oficina visa a ajudar o aluno a construir seu trabalho de arte, a encontrar, na experiência de outros artistas, afinidades com a sua produção, a escolher materiais e técnicas adequadas aos seus projetos e, principalmente, a privilegiar a reflexão sobre o seu próprio caminho.


Dudi Maia Rosa
Aquarela

Público-alvo: artistas em formação e interessados em geral
Duração: 4 meses
Período: 6 de março a 03 de julho
Horário: quintas, 18h30-21h30
Vagas: 20
Mensalidade: R$ 150

A aquarela pode ser considerada uma técnica que alia simplicidade de procedimento à complexidade formal. Estabelece um diálogo ágil com a pintura e com o desenho e permite discutir questões importantes estabelecidas pela modernidade e que se desdobraram na contemporaneidade. A partir de exercícios introduzidos a cada aula, o curso pretende abordar questões como representação, estrutura, experimentação, transparência, cromatismo, entre outras, e tomá-las como base para uma melhor compreensão do percurso individual do participante, bem como pensá-lo em relação à atualidade de nosso contexto cultural.


Fernando Vilela
Pintura – módulo I

Público-alvo: artistas em formação e interessados em geral
Duração: 4 meses
Período: 3 de março a 23 de junho
Horário: segundas, 18h30-21h30
Vagas: 20
Mensalidade: R$ 150

O fundamento é ensinar o uso de alguns dos principais materiais, técnicas e procedimentos da pintura: preparação de tintas de têmpera a ovo e com outros aglutinantes; pintura a óleo; pintura com tinta acrílica; aquarela e guache; preparação de bases em papel, madeira e telas para pintura a óleo, a têmpera e acrílica. As aulas são práticas, em ateliê, e cada aluno pode desenvolver seu trabalho de criação explorando as diversas técnicas e materiais, aprofundando as possibilidades do espaço na pintura. Em cada aula são apresentadas telas de diferentes épocas, por meio de projeção em datashow, proporcionando breve panorama da história da pintura, da origem e usos dessas técnicas, e como a questão do espaço foi explorada nos trabalhos analisados.


Marina Saleme
Pintura e seu processo criativo

Público-alvo: artistas em formação e interessados em geral
Duração: 3 meses
Período: 5 de março a 18 de junho
Horário: quartas, 14-17h
Vagas: 15
Mensalidade: R$ 150

Explorar, entender e potencializar o processo criativo é o foco deste curso para os interessados em pintura como linguagem e pensamento.
No ateliê, a cada aula, são dadas propostas para a elaboração e execução de trabalhos que abordam os fundamentos da pintura – cor, contraste, espaço, figura-fundo, figuração-abstração. A idéia é desenvolver as diferentes possibilidades de realização de um trabalho, pensando ao mesmo tempo as questões técnicas, como materiais, tintas e suporte, e as questões criativas, fazendo com que o aluno, através de uma proposta coletiva, desenvolva seu projeto.
São também apresentados trabalhos de diversos artistas com diferentes poéticas, em forma de livros ou vídeos, para ilustrar e dialogar com os conteúdos tratados nas aulas, proporcionando ao grupo um panorama da pintura contemporânea e eventuais relações com o trabalho que o aluno pretenda realizar.


Paulo Pasta
Pintura: prática e reflexão

Público-alvo: alunos selecionados por portfólio
Duração: 4 meses
Período: 5 de março a 18 de junho
Horário: quartas, 19-22h
Vagas: 25
Mensalidade: R$ 150

A pintura é um trabalho investigativo no qual as idéias pré-concebidas não valem muito sem a justa resposta do fazer. Pinta-se, assim, para se poder ver –e não o contrário – e a próxima pintura, ou a do futuro, nascerá da anterior, da experiência passada; e desta forma, quase sempre, vamos precisar de tempo para compreender o que fizemos. Ela, a pintura, lança uma luz no exato lugar onde estamos. Para frente, quase nunca: progredimos à medida que o trabalho também progride. Estes são alguns dos principais aspectos abordados no curso, que busca equilibrar a reflexão e a prática. O propósito é ajudar o aluno a pensar seu trabalho e, ao mesmo tempo, oferecer uma interlocução que lhe proporcione meios importantes de tornar rico e revelador seu diálogo com a própria obra.


Adrianne Gallinari
Curso de desenho
Público-alvo: estudantes, artistas em formação e interessado em geral
Duração: 4 meses
Período: 3 de março a 23 de junho
Horário: segundas, 14-17h
Vagas: 20
Mensalidade: R$ 150

O curso pretende estabelecer uma investigação a partir do desenho de observação, despertando possibilidades, nas quais o reconhecimento da imagem e a percepção da forma se dão mediante exercícios práticos com bico-de-pena, lápis, nanquim e guache. No decorrer do curso, é desenhado um diário de imagens, transformado no final em caderno.


Flávia Ribeiro
Desenho: investigações
Público-alvo: estudantes, artistas em formação e interessado em geral
Duração: 4 meses
Período: 4 de março a 17 de junho
Horário: terças, 14-17h
Vagas: 20
Mensalidade: R$ 150

A construção da imagem e da visualidade é a meta desta proposta, que aborda questões relativas ao olhar e suas potencialidades, por meio do desenho e da fotografia. As aulas são estruturadas a partir da projeção de vídeos/documentários (Cartier Bresson, William Kentridge, Man Ray, Win Wenders, dentre outros), análise de imagens diversas, leitura de textos (Matisse, Certau, Walter Benjamim, Bill Viola e outros), propostas práticas/
exercícios e comentários sobre essa produção, a cada aula.


Edith Derdyk
Linhas de Horizonte: entre o corpo, o olhar e o espaço

Público-alvo: artistas, estudantes e interessados em geral
Duração: 4 meses
Período: 4 de março a 17 de junho
Horário: terças, 19-22h
Vagas: 15
Mensalidade: R$ 150

Diante de questões referentes ao potencial expressivo e construtivo da linha, sua natureza espaço-temporal, o curso focaliza o desenho e suas possibilidades poéticas, seja no campo bidimensional, seja no tridimensional.
O entorno, a paisagem (cultural/natural), a topografia, a fisicalidade do espaço, as geometrias espaciais, a expressão gráfica dos fenômenos materiais, a compreensão da linha como extensão do corpo e como força geradora da linguagem (duração, extensão, ritmo, tensão, forma, construção, direção, matéria) são alguns dos pressupostos para a formalização de proposições gráficas, amparadas por material iconográfico, dinamizando e ampliando o repertório visual dos participantes. Cada aluno pesquisa seus gestos e procedimentos que melhor possam expressar a conquista de uma poética pessoal.


Laura Vinci
Instalação e o espaço contemporâneo

Público-alvo: artistas em formação
Duração: 4 meses
Período: 3 de março a 23 de junho
Horário: segundas, 14-17h
Vagas: 20
Mensalidade: R$ 150

O objetivo é discutir e compreender o que é instalação e o espaço contemporâneo, por meio da reflexão e apreciação de obras atuais e da leitura de textos críticos e teóricos significativos. Além disso, é acompanhado de uma prática focada nos projetos individuais, proporcionando ao aluno um ambiente propício para o desenvolvimento e a elaboração de sua produção pessoal.


Inaê Coutinho
Olhar fotográfico 1
Público-alvo: interessados em geral
Duração: 4 meses
Período: 6 de março a 3 de julho
Horário: quinta, 9-12h
Vagas: 15
Mensalidade: R$ 150

Uma introdução à fotografia, apresenta os equipamentos básicos e seus funcionamentos, além de habilitar os alunos a conhecer e se apropriar das diversas etapas do processo fotográfico, desde a captação até a ampliação da foto. Como estímulo à percepção visual da luz são apreciadas imagens significativas da história da fotografia. A fotografia é apresentada como linguagem expressiva inserida no contexto histórico, social e artístico contemporâneo. Além de aulas teóricas, são realizados exercícios práticos individuais e em grupo.
Equipamento necessário: câmera fotográfica, preferencialmente com ajustes manuais.

Inaê Coutinho
Olhar fotográfico 2

Público-alvo: fotógrafos em formação e interessados em fotografia que dominem equipamento fotográfico de ajustes manuais.
Duração: 4 meses
Período: 5 de março a 18 de junho
Horário: quartas, 9-12h
Vagas: 15
Mensalidade: R$ 150

Este curso procura estimular o desenvolvimento do “olhar fotográfico”. Como estímulo ao desenvolvimento da linguagem pessoal, são analisadas, sob o ponto de vista estético, imagens e autores relevantes da história da fotografia. As questões técnicas da foto colorida (tanto em película quanto digital), como teoria da cor, filtragem e fotometria avançada, também são abordadas. Partindo de exercícios individuais e coletivos, há ainda reflexões sobre a produção dos alunos.


Marcia Xavier
Fotografia: pensamento visual

Público-alvo: estudantes, artistas, interessados em geral
Duração: 3 meses
Período: 5 de março a 18 de junho
Horário: quartas, 19-22h
Vagas: 15
Mensalidade: R$ 150

A fotografia hoje pode ser usada como a escrita, cujo vocabulário são as imagens. Sendo assim, a foto não é o resultado do nosso trabalho, mas a matéria e o objeto deste curso. O propósito é desenvolver e estimular projetos individuais que usam a fotografia como linguagem. As aulas buscam promover a pesquisa das diversas maneiras de se usar a imagem, por meio de exercícios práticos - colagem/fotomontagem, auto-retrato, uso do computador e máquina de xerox -, textos e projeções. O objetivo é traçar um caminho para cada tipo de abordagem e discutir em grupo a evolução de cada aluno, fazendo com que desenvolvam um diálogo estreito com suas respectivas obras.


Peter Pal Pelbart
O pensamento de Deleuze-Guattari hoje

Público-alvo: interessados em geral
Duração: 3 meses
Período: 6 de março a 05 de junho
Horário: quintas, 18h30-20h30
Vagas: 30
Mensalidade: R$ 150

O semestre é dedicado ao pensamento de Gilles Deleuze e Félix Guattari, a dupla endiabrada que marcou a paisagem filosófica das últimas décadas. Será feito um rastreamento desse pensamento tanto no plano especulativo quanto ético, político, estético etc. Assim, a partir de fragmentos extraídos de sua obra conjunta, são abordados temas tais como o desejo, a desterritorialização, o capitalismo, a micro política, a literatura, o rizoma etc. O alcance e a pertinência desse leque conceitual hoje são avaliados a partir das questões colocadas pelo contexto contemporâneo.


Crianças e Jovens
Flora Leite e Marina Pecci
Ateliê de criação para Crianças

Público-alvo: Crianças de 6 a 10 anos
Duração: 4 meses
Período: 06 de marçoa 26 de junho
Horário: quintas, das 14-17h
Vagas: 15
Mensalidade: R$ 150

Ateliê de criação é um espaço onde as crianças dispõem de um ambiente especialmente preparado para desenvolver percursos individuais, tendo como referência, para reflexão e produção, a obra de artistas contemporâneos. Os alunos trabalham com várias modalidades artísticas: pintura, desenho, modelagem em argila, colagem e papel machê; não somente experimentando as técnicas de cada linguagem, como também, explorando as intersecções entre elas.


Germana Monte-Mór
Desenho de observação

Público-alvo: jovens (ensino fundamental 2 e ensino médio)
Duração: 4 meses
Período: 5 de março a 18 de junho
Horário: quartas, 14-17h
Vagas: 15
Mensalidade: R$ 150

Proporciona ao aluno experiência prática e reflexiva por meio do desenho de
observação, instrumento para a busca de um novo olhar, uma nova percepção
visual do espaço ao redor. A proposta, assim, é construir um vocabulário gráfico com o uso da linha, do gesto, da representação da luz, da cor, da mancha, da ocupação do espaço, para inserir este fazer numa discussão mais ampla do desenho contemporâneo.


Marisa Szpigel e Carlos Barmack
Sacolão da Arte

Público-alvo: crianças a partir de 3 anos (acompanhantes podem participar da aula)
Duração: 4 meses
Período: 6 de março a 26 de junho
Horário: quintas, 9-12h
Vagas: 15
Mensalidade: R$ 150

A cada aula uma proposta diferente, com materiais inusitados. Além de integrar artes plásticas, música, moda, culinária e dança, O Sacolão da Arte é um campo aberto para novas idéias, escolhas, experiências e combinações, propondo a mistura de gostos, formas, cores, sabores e sons.


Posted by João Domingues at 11:52 AM

fevereiro 21, 2008

Cursos e Workshops Núcleo de Arte e Tecnologia da EAV Parque Lage, Rio de Janeiro

Cursos e Workshops Núcleo de Arte e Tecnologia da Escola de Artes Visuais do Parque Lage - 1º semestre 2008

Inscrições abertas

Escola de Artes Visuais do Parque Lage
Rua Jardim Botânico 414, Jardim Botânico, Rio de Janeiro - RJ
21-2538-1879 / 21-2538-1091 ou eav@eavparquelage.org.br
www.eavparquelage.org.br
Preços: R$ 200 a R$ 400


CURSOS
Laboratório de Pesquisas Gráficas e Digitais
Bia Amaral
Horário: quintas, 17-19h ou 19-21h
Preço: R$ 200
Início: março

Cotidiano e Mobilidade
Giodana Holanda
Horário: segundas, 17-19h ou quintas, 15-17h
Preço: R$ 200
Início: março

Imagem, tempo e movimento
João Velho
Horário: terças, 19h30-21h30
Preço: R$ 200
Início: março

Oficina de Vídeo
Simone Michelin
Horário: terças, 17h30-19h30
Preço: R$ 200
Início: março

Superfície Digital
Luiz Ernesto e Tina Velho
Horário: segundas, 19-22h
Preço: R$ 300
Início: março

Matriz Digital
Tina Velho
Horário: segundas ou quartas, 15-17h
Preço: R$ 200
Início: março

Ciberfólio
Joy Till
Horário: quartas, 20-22h
Preço: R$ 200
Início: março

Kynerama.com – Oficina de cinema digital interativo
João Velho e Rico Cavalcanti
Horário: sexta, 15-18h
Preço: R$ 350
Nº de vagas: 12 participantes
Duração do curso: um semestre
Início: março

WORKSHOPS
Transcinema
Kátia Maciel
Horário: terças, 15-17h
Preço: R$ 200
Início: maio
Período: 6 de maio à 24 de junho

Vídeo, diálogo e representação
Dias & Riedweg
Horário: quartas, 18-20h
Preço: R$ 400
Início: março
Período: 26 de março à 30 de abril

Midia e Arte
Anna Bella Geiger
Horário: sábados, 11-13h
Preço: R$ 200
Início: junho
De 1º de junho à 22 de junho

Net como Meio
Denise Cathilina
Horário: terças, 10-12h
Preço: R$ 200
Início: janeiro

POÉTICAS PARA O VÍDEO
Zalinda Cartaxo
Horário: quintas, 10-12h
Carga horária: 32 horas
Preço: R$ 200
Início: março
De 6 de março à 27 de junho

Colagens Digitais
Moana Mayall
Horário: sábados, 11-13h
Preço: R$ 200
Início: março
De 1º de março à 26 de abril

Espaço-Tempo-Real
Roberto Cabot
Horário: quartas, 18-20h
Preço: R$ 200
Início: maio
De 7 de maio à 25 de junho

Posted by João Domingues at 1:16 PM

corpocidade - Debates em estética urbana na UFBA, Salvador

corpocidade - Debates em estética urbana
Sessões temáticas: Cidade Imaterial; A cidade como campo ampliado da arte: comitê científico-artístico; Corpografias Urbanas; Modos de subjetivação na cidade

Comitê científico-artístico: Alejandro Ahmed, Daniela Brasil, Fabiana Dultra Britto, Glória Ferreira, Guilherme Bueno, Luis Antônio, Margareth da Silva Pereira, Paola Berenstein Jacques, Regina Helena Alves da Silva, Robert Moses Pechman, Ronald Duarte

Pré-inscrição até 21 de abril de 2008

Envio de propostas teóricas até 1º de junho de 2008

Envio de propostas artísticas até 15 de junho de 2008

corpocidade- comitê científico-artístico
Universidade Federal da Bahia -Programa de Pós-Graduação em Dança
Av. Adhemar de Barros s/n, Campus de Ondina, Salvador - BA
71-3283-6575 ou corpocidade@ufba.br
www.corpocidade.dan.ufba.br
Ficha de pré-inscrição
Coordenação geral: Fabiana Dultra Britto – PPGDança/UFBA
Comissão organizadora: Adriana Bittencourt – PPGDança/UFBA, Dulce Aquino – PPGDança/UFBA, Fabiana Dultra Britto – PPGDança/UFBA, Jussara Setenta – PPGDança/UFBA, Margareth da Silva Pereira – PROURB/UFRJ, Paola Berenstein Jacques – PPG-AU/FAUFBA, Priscila Lolata – produção, Rosa Ribeiro – webdesign

O encontro propõe um debate em estética urbana, entre o campo das artes e do urbanismo, articulando políticas culturais a territórios urbanos. Pretende-se estimular uma discussão acerca dos modos como se processam as noções de corpo, arte, ambiente e cidade nas práticas e discursos produzidos em diferentes campos do conhecimento e, em particular, nas artes visuais, dança, arquitetura e urbanismo. Pretende-se discutir as diferentes articulações possíveis entre corpo e cidade como estratégia de redesenho das suas condições participativas no processo de formulação da vida pública em que estão co-implicadas. Pretende-se instaurar uma arena de debates para a confrontação de idéias e experimentação coletiva de hipóteses em formatos teóricos e artísticos.

As propostas de experimentações a serem submetidas para seleção poderão ser tanto propostas de intervenção urbana quanto de comunicação durante o encontro (ver detalhes para submissão no ítem propostas). Serão contempladas 12 propostas para montagem de intervenções urbanas, selecionadas pelo comitê científico-artístico, para receber ajuda de custo no valor de R$ 2mil, para serem executadas na cidade de Salvador, ao longo do período do encontro.

Posted by João Domingues at 11:49 AM

fevereiro 18, 2008

ESPAÇOS - Curso com Lia do Rio no Parque Lage, Rio de Janeiro

ESPAÇOS - Curso com Lia do Rio

Inscrições abertas

Escola de Artes Visuais do Parque Lage
Rua Jardim Botânico, 414 Rio de Janeiro - RJ
21- 2538-1879/ 2538-1091, eav@parquelage.org.br
www.eavparquelage.org.br ou liadorio@globo.com
Horário: segundas e quartas, 9-12h
Período: março a julho de 2008
Mensalidade: R$ 210

Familiarizar o aluno com propostas que envolvem o espaço como material: espaço arquitetônico, espaço urbano, espaço natural, espaço e ação. Desativar convenções para dar lugar a novas abordagens. Revelar processos possíveis na construção da obra.

Posted by João Domingues at 2:21 PM

Workshop O Processo Criativo - Módulo II, com Charles Watson no ECCO, Brasília

Programa Pausa para Pensar
Workshop O Processo Criativo - Módulo II, com Charles Watson

6 a 9 de março de 2008

Espaço Cultural Contemporâneo - ECCO
SCN Quadra 3, bloco C, loja 5, Brasília - DF
61-3327-2027
www.eccobrasilia.com.br
Horário: quinta e sexta, 9-12h e 14-18h; sábado, 10-12h e domingo, 14-18h
Preço: 3 parcelas de R$ 150 (desconto de 10% para pagamento até 20/02 e assinantes do Clube Vip, 10% para pagamento à vista ou 20% para membros da OAB/DF)


O ECCO - Espaço Cultural Contemporâneo promove, novamente, o primeiro módulo do Workshop O PROCESSO CRIATIVO, com o professor Charles Watson, a partir de 06 de março, intensivo, com duração de apenas 4 dias.

É mais uma iniciativa no âmbito de seu programa de formação de público e que se insere no amplo Programa Educativo do espaço integrante do programa PAUSA PARA PENSAR.

Sobre o curso
O Workshop apresenta uma linguagem interdisciplinar do processo criativo. Embora use predominantemente metáforas e exemplos da arte contemporânea, existem inúmeras referências a outras disciplinas, como física, matemática e música. É dirigido não só a artistas, como também a designers, arquitetos, publicitários, profissionais liberais e a todos aqueles para quem a geração de novas idéias é fundamental.

Amplamente ilustrado com textos e vídeos, o curso mostra que a semelhança entre as dinâmicas criativas em áreas diversas supera frequentemente a diferença entre as linguagens.

O curso vai partir da análise dos seguintes tópicos: Definições da Criatividade na História Relação de Criatividade com Limite.

Sobre o professor
Charles Watson, 52, é irlandês radicado no Brasil há mais de 25 anos. Formado pela Bath Academy of Art (Inglaterra), desde 1979 integra o quadro de professores da Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Foi professor da EAV-RJ e ex-Diretor do Centro Hélio Oiticica (RJ). Em 1993 criou o Dynamic Encounters International Art Workshops,. programa que inclui visitas a museus, galerias e ateliês de artistas contemporâneos no Brasil e no exterior.

Em 1998, ministrou o workshop intensivo de desenho e conceitualização “Procedência & Propriedade”. Em 2006, seguiu ministrando cursos no Brasil e no Exterior, onde, até o início do 2º semestre concluiu o Dynamic Encounters Londres, juntamente com “O Processo Criativo” intensivo em Porto Alegre e São Paulo, além de mais duas edições do Workshop de Desenho e Conceitualização Procedência & Propriedade. Neste mesmo ano, com o Dynamic Encounters, Charles conduziu três grupos de trinta pessoas na 27ª Bienal de Arte de SP com participação de Agnaldo Farias, Franz Manata, Luiz Ernesto, Milton Machado, Fernando Cocchiarale, Eduardo Brandão, entre outros. Logo após, em New York, seguiu para a 26ª edição do projeto, com visitas ao MoMA, Metropolitan, Guggenhein, PS1, galerias e ateliers. Em 2007, Charles realizará a segunda edição do ano com o workshop intensivo de desenho e conceitualização “Procedência & Propriedade” com participantes de várias cidades do Brasil.

Posted by João Domingues at 1:58 PM | Comentários (3)

fevereiro 12, 2008

Simpósio O desenho e seus papéis no SESC Pinheiros, São Paulo

Simpósio O desenho e seus papéis

26 de fevereiro a 7 de março de 2008

SESC Pinheiros - Sala de Oficinas, 2ºandar
Rua Paes Leme 195, Pinheiros, São Paulo - SP
Idealização: Edith Derdyk


Programação

26 de fevereiro, terça-feira, 15-19h
Oficina
Guto Lacaz
“Pop-up (cartões tridimensionais)”

19h30
Abertura do simpósio O desenho e seus papéis
Palestra Inaugural com Edith Derdyk e Shirley Paes Leme

20h
Lançamento do livro -Disegno.Desenho.Desígnio

27 de fevereiro, quarta-feira, 15-17h
Oficina
Silvio Dworecki
O traço e o gesto

17h30-19h30h
Oficina
Arnaldo Battagini
“A Construção da Paisagem

20h
Auditório
Relatos de Experiências
O desenho e o processo de criação
Participantes: Flávia Ribeiro, Guto Lacaz, Arnaldo Battaglini e Silvio Dworecki

28 de fevereiro, quinta-feira, 15-19h
Oficina
Flavia Ribeiro
do desenho

20h
Auditório
Mesa redonda
O desenho e suas interfaces urbanas
Mediador: Pedro Mendes da Rocha, arquiteto
Participantes: Alexandre Wollner, designer; Marcelo Ferraz, arquiteto; Nelson Brissac, curador


29 de fevereiro, sexta-feira, 15-17h
Oficina
Silvio Dworecki
O traço e o gesto

17h30-19h30
Arnaldo Battaglini
A Construção da Paisagem

1 de março, sábado, 10h30-13h
Sala de Atividades
Mesa redonda
Percursos e percalços da linguagem do desenho na escola
Participantes: Edith Derdyk, Maria Lúcia Batezat, Mirian Celeste Martins

15-19h
Conversação
Os múltiplos territórios do desenho
Com Gisa Picosque e Mirian Celeste Martins


4 de março, terça-feira, 15-17h
Oficina Ester Grinspum
Desenhar um desenho

17h30-19h30
Oficina
Cláudio Cretti
A massa da linha e a linha da massa

20h
Auditório
Relatos de Experiências
O desenho e o processo de criação
Participantes: Ester Grinspum, Sergio Fingermann, Cláudio Cretti, Gal Oppido


5 de março, quarta-feira, 15-17h
Oficina
Gal Oppido
A Luz que Desenha

17h30-19h30
Oficina
Sergio Fingermann
Luzes e Sombras - Algumas questões

20h
Auditório
Mesa Redonda
O desenho e suas interfaces com a palavra
Mediador: João Bandeira
Participantes: Alexandre Alberto Martins, artista; Fernando Vilela, artista e ilustrador; Noemi Jaffe, poeta


6 de março, quinta-feira, 15-17h
Oficina
Ester Grinspum
Desenhar um desenho

17h30-19h30
Oficina
Claúdio Cretti
A massa da linha e a linha da massa

20h
Auditório
Mesa Redonda
O desenho e suas interfaces científica e técnica
Mediador: Ary Perez Participantes: Ton Marar, matemático; Raquel Kogan, artista; Laerte Sodré Jr., astrônomo


7 de março, sexta-feira, 15-17h
Oficina
Gal Oppido
A Luz que Desenha

17h30-19h30
Oficina
Sergio Fingermann
Luzes e Sombras - Algumas questões

Posted by João Domingues at 12:38 PM

Curso de Especialização Arte: crítica e curadoria na PUC, São Paulo

Curso de Especialização Arte: crítica e curadoria
Professores: Alécio Rossi, Ana Maria Salles Mariano, Anne Shirlei Araújo, Carmen Lúcia José, Cecília Salles, Christine Greiner, Daniela Bousso, Daniela K. Hanns, Elaine G. P. Caramella, Erson Martins, João Bandeira,Lenora de Barros, Lúcia Helena Ferraz Sant’Agostino, Lúcio Agra, Marcelo Araújo, Maria Inês Duarte, Naira Neide Ciotti, Priscila Arantes, Renata Vieira Mota, Sandra Camargo R. Mraz, Sonia Regis, Vera Cecília Achatkin

Inscrições abertas

PUC-SP – Faculdade de Comunicação e Filosofia (COMFIL)
Igreja de São Cristóvão
Avenida Tiradentes, 34, Luz, São Paulo – SP
11-3670-3300 ou infocogeae@pucsp.br
www.pucsp.br/cogeae
Coordenação: Norma Cristina Brasil Casseb, Regina Maria d’Aquino Fonseca Gadelha
Horário: Segundas e quartas, 14-18h
Início: 17 de março de 2008
Carga horária: 390 horas, divididas em quatro módulos seqüenciais
Preço: 1o. módulo R$ 4,176 mil (6x de R$ 696)
Promoção: PUC-SP – Faculdade de Comunicação e Filosofia (COMFIL)

Documentos necessários: curriculum vitae atualizado, cópia autenticada do diploma de graduação, carta justificando o interesse pelo curso, cópia do CPF, do RG, do comprovante de endereço (onde conste o CEP) e duas fotos 3x4


Curso de Especialização Arte: crítica e curadoria

A tradição dos estudos em Arte sempre esteve descolada de questões teórico-metodológicas e associada a normas e regimes, marcados pelo estudo descritivo e cronológico, com caráter historicista e impressionista.

A pós-graduação em "Arte: Crítica e Curadoria" quebra esse paradigma e apresenta uma proposta inovadora, reunindo os elementos plurais. A proposta contextualiza a produção artística às mudanças tecnológicas, aos jogos de mercado e às polêmicas atuais. Não se trata de negar a tradição, mas de repensá-la à luz de recortes teórico-metodológicos do presente.

Não é nosso objetivo atender de maneira mecânica às exigências do mercado de trabalho, mas ensinar o aluno a pensar e criar novos mercados de trabalho. Por isso, o forte embasamento teórico que visa a capacitar os profissionais para atuarem com competência crítica e senso de historicidade no cenário artístico cultural e no ensino superior.

Uma das principais características da pós-graduação é dar formação acadêmica para o crítico-curador, entendendo as ações do historiador, do crítico e do curador de arte como indissociáveis e complementares.

Ao fim do curso, o aluno estará apto para desenvolver atividades profissionais na interface entre história-crítica-curadoria de arte, podendo atuar na crítica de arte em empresas de mídia impressa e virtual, na consultoria de projetos artísticos e de artistas independentes e na curadoria e produção de eventos culturais de pequeno e grande porte em galerias, museus, centros culturais e institutos de arte. Outras linhas relacionadas são as de desenvolvimento de atividade docente em cursos superiores, além de organização de publicações, livros e catálogos de exposição, entre outras.

As disciplinas foram projetadas enfatizando a formação teórica e levando o aluno a ter um raciocínio relacional que permita um modo de pensar novo, percebendo as produções com alto teor de novidade artística e discernindo novos direcionamentos artísticos de modismos contemporâneos.

O conteúdo programático trata ainda da qualidade artística, da celebridade midiática e da responsabilidade da ação do crítico-curador como aquele que seleciona, exclui, atesta qualidade, divulga e propaga pela mídia, devendo ter consciência do valor de uma obra no mercado das artes para o processo cultural e para o processo histórico.

Além disso, o aluno é estimulado a entender o projeto de curadoria em seu sentido completo – desde a concepção até a execução –, o que inclui, o modo de organizar o espaço de exposição e saber fazer projetos de captação de recursos, além de entender das questões de materiais e procedimentos de montagem de exposição.

DISCIPLINAS/MÓDULOS
MÓDULO I
· Teoria e História da Arte
· Crítica e Curadoria
· Teoria e História da Arte Contemporânea
· Linguagem Imagética

MÓDULO II
· Arte e Estética
· Projeto Integrado de Crítica e Curadoria
· Introdução à Gestão Cultural e Políticas Públicas
· Sociologia da Arte

MÓDULO III
· Arte Contemporânea e Poéticas Visuais
· Aspectos da Teoria, Crítica e História da Arte para a Tradição
· Projeto Experimental de Crítica e Curadoria

MÓDULO IV
· Pesquisa em Crítica e Curadoria
Orientação de Monografia

Posted by João Domingues at 11:52 AM | Comentários (3)

fevereiro 8, 2008

Seminários Internacionais Museu Vale 2008: “ ... e para que poetas em tempo indigente?” no Vale, Vila Velha

Seminários Internacionais Museu Vale 2008
“ ... e para que poetas em tempo indigente?”

Inscrições abertas

Museu Vale
Antiga Estação Pedro Nolasco, s/n, Argolas, Vila Velha - ES
27-3333-2484
Inscrições: www.seminariosmv.org.br
Seminários Internacionais Museu Vale 2008: “ ... e para que poetas em tempo indigente?”: 5 a 9 de março de 2008

Os Seminários Internacionais da Vale fazem parte do calendário oficial dos eventos culturais realizados anualmente no país, sendo reconhecidos como um dos mais importantes fóruns de reflexão sobre o papel da arte no século XXI. Direcionados ao público de diferentes faixas etárias, níveis socioeconômicos, formações e experiências, promovem conhecimentos artísticos e filosóficos, possibilitando a compreensão do trabalho de artistas e pensadores. A intenção é pensar a arte como uma produção indispensável à existência, como um processo por meio do qual os homens interrogam as discrepâncias sociais e procuram descobrir possíveis caminhos que conduzam a uma superação da crise de sentido que assombra o mundo atual.

Seminários Internacionais Museu Vale 2008 - Programação:

5 de março, quarta-feira, 19h
Abertura
“Sobrevivência da arte em tempos de indigência”, por Aurora Garcia. Crítica de arte e professora da Universidade San Pablo-CEU e da Universidade Européia, Madri - Espanha.

21h
Lançamento do livro “Arte em tempo indigente”

6 de março, quinta-feira, 15-18h
Mesa 1 - A indigência de nosso tempo
“Terrorismo do frívolo”, por Ronaldo Brito. Crítico de arte e professor de História Social da Cultura, PUC-Rio
“A obra-prima decapitada - transfigurar o banal ou eximir-se da indigência?”, por Pierre Rodrigo. Professor de Filosofia da Universidade de Borgonha, Dijon - França

19-22h
Mesa 2 - Para que arte hoje?
“O efeito Rothko”, por Carlos Zílio. Artista plástico e professor da Escola de Belas Artes, UFRJ
“Para que arte e pra que crítica: encontros e desencontros”, por Luiz Camillo Osório. Crítico de arte e professor de Estética e História da Arte, UNIRIO

7 de março, sexta-feira, 15-18h
Mesa 3 - A indigência de nosso tempo
“A modernidade líquida e as poéticas do tempo”, por Marcos Lucchesi. Escritor e professor de Letras, UFRJ
“Homero e a essência da poesia”, por Antonio Cícero. Poeta e ensaísta

19-22h
Mesa 4 - Para que arte hoje?
“Por que arte hoje: o caso SUWUD”, por Tadeu Chiarelli. Crítico de arte, Curador-Chefe do MAM-SP e professor da Escola de Comunicação e Artes, USP
“Da indigência à inflação (ou da arte contra a banalidade)”, por Adolfo Montejo. Poeta, crítico e curador de arte

8 de março, sábado, 15-18h
Mesa 5 - A indigência de nosso tempo
“O Homem que sabe”, por Viviane Mosé. Escritora e professora de Filosofia
“A prosa teórica como sentido de nossa época”, por Alberto Pucheu. Poeta e professor de Teoria Literária, UFRJ

19-22h
Mesa 6 - Para que arte hoje?
“Entre a regra e a exceção”, por Teixeira Coelho. Curador do MASP e professor da ECA, USP
“Arte contemporânea - estratégias temáticas e banalização política”, por Paulo Sergio Duarte. Crítico de arte, professor de História da Arte e Diretor do Centro Cultural, Universidade Candido Mendes -RJ

9 de março, domingo, 11-14h
Mesa 7 - A indigência de nosso tempo
“Sobre a perda da simbolização”, por João Augusto Frayze-Pereira. Psicanalista

15-18h
Mesa 8 - Para que arte hoje?
“Caminhar pela sombra”, por Isabel Matos Dias. Professora de Filosofia da Faculdade de Letras de Lisboa e pesquisadora do Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa, Portugal

Organizadores e Debatedores

Almerinda Lopes - Professora de História da Arte, UFES
Fernando Pessoa - Professor de Filosofia, UFES

Posted by João Domingues at 1:22 PM

fevereiro 7, 2008

Cursos Collegio das Artes, São Paulo

Cursos Collegio das Artes
Professores: Edith Derdyk, Ester Grinspum, Eurico Lopes, Fábio Miguez, Hildebrando de Castro, João Carlos de Souza, Leda Catunda, Marco Giannotti, Nazareth Pacheco, Paulo Whitaker, Rejane Cintrão, Renata Pedrosa, Sara Muller, Shirley Paes Leme, Teresa Viana

Inscrições abertas

Collegio das Artes
Rua Cônego Eugênio Leite 273 , São Paulo - SP
11-3064-4740 ou cursos@collegiodasartes.art.br
www.collegiodasartes.art.br
Matrícula: R$ 100

Programação:
Ester Grinspum
Desenhar o real e desenhar o desenho

O curso pretende explorar a linguagem do desenho nas suas especificidades e aplicações. A dinâmica do curso se estrutura no exercício com a linha, o espaço, o lugar e as aplicações que daí surgirem. O desenho tem a qualidade de ser um produto plástico de resolução rápida, o que cria uma dinâmica com o tempo, que instaura uma realidade imediata.
Horário: quartas, 15-18h
Mensalidade: R$ 236
Vagas: 12


Eurico Lopes
Acompanhamento de Projetos em Pintura - prática de ateliê

O objetivo deste curso é de proporcionar o desenvolvimento e o aprimoramento de projetos individuais de pintura com ênfase na prática de ateliê. Questões técnicas e teóricas serão discutidas ao longo do curso a fim ampliar as possibilidades pictóricas dos trabalhos para que cada um encontre sua própria definição artística. A aula será dividia em três momentos: uma breve apresentação teórica inicial, acompanhamento crítico dos trabalhos, e por fim, uma discussão sobre a produção diária dos alunos.
Horário: segundas ou terças, 15-18h
Mensalidade: R$ 256
Vagas: 15 (cada turma)


Fábio Miguez
Pintura: ateliê orientado

O curso se propõe a acompanhar e discutir projetos em artes plásticas. Focado na produção dos alunos, as discussões terão como pano de fundo questões da arte contemporânea e da arte em geral.
Horário: quartas, 19h30-22h30
Mensalidade: R$ 286
Vagas: 13


Hildebrando de Castro
Pintura a Óleo Figurativa

O aluno entrará em contato com estratégias de individualização das figuras, exercitando o olhar observador do retrato e da paisagem, estabelecendo um diálogo entre a contemporaneidade da arte e a técnica figurativa a óleo.
Horário: quartas, 10h30-13h30
Mensalidade: R$ 236
Vagas: 10


João Carlos de Souza
Iniciação à pintura

O curso destina-se a estudantes de arte, artistas iniciantes e/ou em processo de formação. Orienta a reflexão a cerca da pintura contemporânea e trata igualmente de oferecer ao aluno ferramentas de percepção do olhar para a construção da sua poética na pintura.
Horário: segundas, 19h30-22h30
Mensalidade: R$ 256
Vagas: 15


Leda Catunda
Produção em arte contemporânea

Pretende-se abordar no curso questões pertinentes à produção em arte contemporânea. Para tanto, serão propostas leituras e discussões de textos específicos, escolhidos dentro de uma bibliografia recém publicada em português. Paralelamente, serão debatidas as produções dos participantes, através dos próprios trabalhos ou de registro fotográfico dos mesmos. Serão propostos ainda exercícios práticos visando aquecer a discussão sobre parâmetros, limites e o alcance poético na produção contemporânea.
Período: março, abril e maio
Horário: terças, 19h30-22h30
Preço: 1ª parcela de R$ 300 + 3 parcelas no cheque de R$ 200
Vagas: 20


Marco Giannotti
Curso de arte contemporânea

Na primeira parte, a orientação é individual e focaliza questões do aluno. Na segunda parte, a aula é coletiva e está centrada na discussão dos trabalhos produzidos em classe; obras de artistas relevantes no contexto contemporâneo aparecem como o contraponto para a enriquecer a
discussão.
Horário: quintas, 19h30-22h30 (a partir de abril de 2008)
Mensalidade: R$ 286
Vagas: 20


Nazareth Pacheco
Ateliê Orientado: Objeto e Instalação

Voltado para estudantes e artistas em formação, a orientação é dirigida a reflexão e ao acompanhamento de projetos. Pesquisa de novos suportes, técnicas e materiais para explorar novas possibilidades de expressão, amplia o conceito na pintura, escultura, objeto, instalação, fotografia e adequa essas descobertas ao trabalho que se pretende realizar.
Horário: quartas, 14-17h
Mensalidade: R$ 276
Vagas: 8


Paulo Whitaker
Pintura Contemporânea

Este curso visa o desenvolvimento da expressividade através das técnicas de pintura em óleo e acrílica sobre tela.
Horário: quintas, 14h30-17h30
Mensalidade: R$ 256
Vagas: 15


Renata Pedrosa
Produção de Imagens a partir do Cotidiano

O cotidiano contemporâneo é caracterizado pela presença e mesmo abundância de imagens, constituindo o que poderíamos chamar de uma “segunda natureza”, que se mostra geralmente mais efetiva e influente que o próprio ambiente “primeiro”, formado por paisagem e arquitetura. Esta profusão de imagens, tanto na paisagem urbana, por meio da propaganda, quanto nos meios de comunicação como a televisão e a internet, acabam por anestesiar nossa capacidade perceptiva, ao colocar tudo aquilo que aparece diante dos olhos em uma equivalência de desinteresse e diminuir a possibilidade de que possamos nos surpreender com o que acontece no entorno.

Partindo desta constatação, este curso busca oferecer uma orientação para aqueles que já produzem qualquer tipo de poética visual, por um viés da imagem. Por meio de exercícios práticos e explanações teóricas chamar para uma reflexão sobre a abundância de imagens no cotidiano contemporâneo e sua influência na produção de arte.

A produção prática é de importância central para esta oficina; os trabalhos produzidos no curso e fora dele serão analisados e discutidos em grupo, durante as aulas. Este procedimento permitirá o desenvolvimento de uma postura mais crítica em relação à percepção e “consumo” das imagens, ações muitas vezes entorpecidas pelos hábitos e costumes do cotidiano. Permitirá também uma desmistificação da criação artística enquanto atividade reservada a alguns “eleitos” que pudessem possuir um dom especial, pois evidenciará a relação entre os estímulos visuais do dia-a-dia e a construção de um discurso pessoal obtido através de um processo de trabalho.
Horário: quintas, 19h30-22h30
Mensalidade: R$ 276
Vagas: 15


Rejane Cintrão
Discussões sobre curadoria e montagem de exposições

Estes encontros visam refletir sobre as várias atividades que envolvem uma curadoria, os profissionais com os quais o curador deve trabalhar durante o processo e realização do projeto, como uma mostra é concebida, para quem ela é concebida, o espaço onde ela é apresentada e como ela é organizada e realizada.

Os inscritos deverão participar amplamente dos encontros, trazendo idéias, temas para debates e propostas para serem discutidas.
Horário: segundas, 19h30-22h30
Período: 3 de março a 30 de junho de 2008
Preço: 1ª parcela de R$ 300 + 3 parcelas no cheque de R$ 200
Vagas: 20


Shirley Paes Leme
Experimentação, reflexão e crítica de projetos individuais

Este curso visa promover discussões, experimentações e reflexões críticas a partir da apresentação da produção individual de cada aluno, abordando conceitos da arte contemporânea. Realizaremos leituras sobre a arte do século XX, abrangendo do minimalismo até o multiculturalismo.
Mensalidade: R$ 286


Teresa Viana - Curso: Iniciação à Pintura

O curso visa estimular a sensibilidade da construção, misturas e relações cromáticas, exercitando o olhar e seu diálogo com a cor no seu fazer artístico.
Horário: quintas, 10h30-13h30
Mensalidade: R$ 256
Vagas: 15


Curso para crianças
Educando o Olhar

Curso de desenho, pintura e escultura para criança e adolescente.
Este curso visa incentivar o fazer artístico, apresentando as técnicas do desenho, da pintura e da escultura a partir de suas necessidades. As aulas se desenvolvem a partir da expectativa de cada aluno, apontando o que pode ser melhorado na sua arte, como fazer, o que representar, como representar e que material utilizar. E, ainda, propomos a observação de obras de artistas históricos e contemporâneos, com a intenção de conhecer e investigar como esses artistas realizaram suas obras: como a fizeram, o que representaram, como representaram e que materiais utilizaram.
Horário: sextas, 14-16h30
Mensalidade: R$ 156
Vagas: 10


Vivência com Edith Derdyk
Escrituras do olhar: entre a palavra e a imagem

Esta série de encontros terá como foco a pesquisa sobre a relação entre a palavra e a imagem na construção do olhar e do imaginário, estimulando a criação de uma poética pessoal.

Os encontros pretendem proporcionar um trânsito entre distintas técnicas, linguagens, recursos e procedimentos gráficos: desenho, fotografia, poesia visual, xerox, colagem, vídeo, livro-objeto.

O ponto de partida para cada encontro será sempre a leitura de alguns fragmentos dos seguintes livros: Palomar de Ítalo Calvino, A paixão segundo G.H de Clarice Lispector e O partido das coisas de Francis Ponge. São textos que estimulam algumas motivações e formulações poéticas ao anunciar possibilidades da construção do olhar como gerador de múltiplos significados.

Período:

I - 23 de fevereiro: Francis Ponge - O partido das coisas

II - 22 de março: Ítalo Calvino - Palomar

III - 26 de abril - Clarice Lispector - Paixão segundo GH

IV - 24 de maio -

V - 21 de junho

Horário: sábados, 10-13h, 15-18h
Mensalidade: R$ 150 (cada módulo)
Vagas: 20


Sara Müller
Workshop aquarela

O curso visa aprofundar questões das artes plásticas com foco nas manifestações pictóricas e gráficas trazidas pela aquarela. Trabalharemos no decorrer das aulas cor, tonalidade, luz, espaço.

Período: de 18 a 22 de fevereiro, 15-18h
Preço: R$ 300 (2x 150)
Vagas: 8

Posted by João Domingues at 2:20 PM