Página inicial

Cursos e Seminários

 


novembro 2013
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
Pesquise em
Cursos e Seminários:
Arquivos:
As últimas:
 

setembro 18, 2006

Processo de Seleção para candidatos ao Mestrado e Doutorado em Artes Visuais - Universidade Federal do Rio de Janeiro

Processo de Seleção para candidatos ao Mestrado e Doutorado em Artes Visuais
Linhas de pesquisa: História e Crítica da Arte, Imagem e Cultura, Linguagens Visuais, Poéticas Interdisciplinares

Inscrições até 29 de setembro de 2006

Universidade Federal do Rio de Janeiro - Programa de pós-graduação em Artes Visuais da UFRJ
Escola de Belas Artes - Prédio da Reitoria
Av. Ipê 550 sala 720, Cidade Universitária, Ilha do Fundão, Rio de Janeiro - RJ
21-2598-1643 ou pos@eba.ufrj.br
Editais: www.eba.ufrj.br/posgraduacao/doutorado/home.html e www.eba.ufrj.br/posgraduacao/mestrado/home.html
Taxa: R$ 50

Calendário:
Mestrado
6 de novembro - Prova Escrita : 9-13h
9-10h - Período de consulta
10-13h - Realização da prova

8 de novembro - Entrevista com a Banca Examinadora: a partir das 9h
10 de novembro - Prova de Língua Estrangeira: 9-12h

Doutorado
22 de novembro - Prova Escrita: 9-13h
9-10h - Período de consulta
10-13h - Realização da prova

23 de novembro - Entrevista com a Banca Examinadora: a partir das 9h
27 de novembro - Prova de língua Estrangeira: 9-12h

Endereço das provas: Prédio da Reitoria - 7° andar - Ilha do Fundão- sala 720 - Rio de Janeiro/RJ).


EDITAL PARA EXAME DE SELEÇÃO
CURSO DE MESTRADO/2006

De ordem da Diretora da Escola de Belas Artes da UFRJ e de acordo com a legislação em vigor, a Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais/UFRJ torna público, para o conhecimento dos interessados, o processo de seleção dos candidatos ao Curso de Mestrado em Artes Visuais, nas quatro linhas de pesquisa do Programa: História e Crítica da Arte; Imagem e Cultura; Linguagens Visuais; e Poéticas Interdisciplinares, nos termos estabelecidos neste Edital.

I- DA INSCRIÇÃO
As inscrições ao Exame de Seleção para o Curso de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais estarão abertas no período de 14 de Agosto a 29 de Setembro de 2006, das 10:00 às 15:00 horas, na Secretaria do PPGAV, Escola de Belas Artes, Prédio da Reitoria, sala 720, Cidade Universitária, Ilha do Fundão.

1- Poderão inscrever-se como candidatos os graduados em Artes, Arquitetura, Filosofia, Letras, Ciências Sociais ou outros, a critério da Coordenação do Programa.

2- É obrigatório o preenchimento do Requerimento de Inscrição na Secretaria do PPGAV, no qual o candidato fará opção referente à Linha de Pesquisa do Programa.O Requerimento de Inscrição deverá ser acompanhado dos seguintes documentos:

a) Fotocópia do Diploma de Graduação ou Certidão de Conclusão do Curso (fotocópia autenticada). No caso da Certidão e, uma vez aprovado no exame, o aluno deverá apresentar o Diploma como condição para se submeter ao Exame de Qualificação.

b) Histórico Escolar do Curso de Graduação (fotocópia autenticada). No caso de alunos formandos, a sua aceitação estará condicionada à conclusão do seu curso até a data da matrícula no PPGAV.

c) Fotocópias da Carteira de Identidade, do CPF, do Título de Eleitor, do Certificado de Reservista e da Certidão de Casamento ( em caso de mudança do nome).

d) Duas fotografias 3x4.

e) Anteprojeto de Dissertação (modelo dos anteprojetos em anexo) para as Linhas de Pesquisa: História e Crítica da Arte; Imagem e Cultura; e Poéticas Interdisciplinares. O candidato deve apresentar Anteprojeto de Dissertação indicando sua inserção em uma dessas Linhas de Pesquisa do Programa (este ítem não é necessário para a Linha de Linguagens Visuais).

f) Curriculum vitae para todos os candidatos.

g) Portfolio para as Linhas de Pesquisa Linguagens Visuais e Poéticas Interdisciplinares,
conforme indicado abaixo:
- Para a linha Linguagens Visuais, um conjunto com, no mínimo, 10 (dez) e, no máximo, 20 (vinte) fotos da obra do candidato ou vídeo ( no caso de trabalhos neste meio e não como registro de produção), além de catálogos e impressos que comprovem atuação e participação artísticas;
- Para a linha Poéticas Interdisciplinares, um conjunto com 10 a 20 imagens ou produtos em qualquer suporte que possibilitem a análise da produção;

h) Comprovante original de pagamento de uma taxa de R$50,00, depositada na conta do PPGAV, abaixo-indicada:
Banco do Brasil (001)
Agência Botafogo (0287-9)
Conta 7.333-4
Código 7033-5

g) Os candidatos que não puderem comparecer pessoalmente à Secretaria do PPGAV poderão se inscrever por procuração com firma reconhecida. Para os candidatos de outros Municípios e Estados, as inscrições poderão ser feitas através do Correio, desde que seja respeitada a postagem até a data limite de 29 de Setembro de 2006.

h) Nenhum candidato poderá participar de qualquer etapa do processo de seleção, se houver qualquer pendência sobre a documentação requerida para inscrição.

j) Informações: tel (21): 2598.1643 ou pós@eba.ufrj.br
Av. Ipê, n.º 550
Prédio da Reitoria, 7º andar, sala 720
Cidade Universitária/ Ilha do Fundão
CEP: 21941-590 - Rio de Janeiro/ RJ

II- DA SELEÇÃO:
O Exame de Seleção ao Mestrado será realizado em duas etapas, ambas eliminatórias, havendo uma banca específica para cada Linha de Pesquisa.

1- A primeira etapa consistirá na apreciação da documentação apresentada pelo candidato e sua adequação ao perfil da Linha de Pesquisa pretendida. O resultado será divulgado no dia 23 de Outubro de 2006, das 13 às 16 horas, na Secretaria do Programa, sala 720/EBA.

2- A segunda etapa consistirá na realização de três provas:

2.1- Prova Escrita para cada uma das quatro Linhas de Pesquisa, de caráter eliminatório, devendo o candidato obter nota mínima 7 (sete). Serão formuladas pela banca três questões discursivas sobre os temas referentes aos Programas e Bibliografia das respectivas Linhas de Pesquisa. O candidato terá uma hora para efetuar consultas às fontes que julgar necessárias. Encerrado o período de consultas, dar-se-á início à prova, que terá a duração de três horas, totalizando o período de consultas mais o período da prova, quatro horas. Para desenvolver a prova o candidato não poderá recorrer às anotações realizadas na primeira hora.

2.2- Entrevista para cada uma das quatro Linhas de Pesquisa, visando a análise do Currículum, Anteprojeto e Portfolio (conforme indicado na documentação exigida). É também de caráter eliminatório, devendo o candidato obter nota mínima 7 (sete).

2.3- Prova de Suficiência em língua estrangeira - A prova de suficiência em língua estrangeira ( Inglês ou Francês) poderá ser realizada com o auxílio de dicionário. Esta prova é eliminatória, devendo o candidato obter a indicação "APROVADO" ou "REPROVADO".

ATENÇÃO:
O Exame de Seleção para o curso de Mestrado será realizado na Escola de Belas Artes, Edifício da Reitoria, 7o. andar, em sala a ser divulgada pela Secretaria do Programa ( sala 720) de acordo com o seguinte calendário:


De 14/08 a 29/09 Período de inscrição de candidatos
De 02/10 a 20/10 Avaliação de Documentos depositados pelos candidatos
Dia 23/10 Resultado da Avaliação de documentos
Dia 06/11 Prova Escrita da Linha de Pesquisa escolhida
Dia 07/11 Resultado da prova escrita
Dia 08/11 Entrevista com a Banca Examinadora
Dia 09/11 Resultado da Entrevista com a Banca Examinadora
Dia 10/11 Prova de Língua Estrangeira
Dia 13/11 Resultado da Prova de Língua Estrangeira
Dia 14/11 Resultado final do Exame de Seleção

III-DOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO:

A Banca Examinadora levará em consideração:

a) Na análise do Curriculum Vitae: a formação do candidato e sua experiência anterior em atividades ligadas à pesquisa e ao ensino nas respectivas áreas do Programa; no caso das linhas de pesquisa Linguagens Visuais e Poéticas Interdisciplinares, a sua atuação artística direcionada às linguagens contemporâneas.

b) Na análise dos Anteprojetos para as linhas de pesquisa História e Crítica da Arte, Imagem e Cultura e Poéticas Interdisciplinares: relevância e viabilidade da pesquisa proposta e sua adequação ao perfil das Linhas de Pesquisa do Programa. No caso das linhas de pesquisa História e Crítica da Arte e Imagem e Cultura, privilegiam-se as investigações sobre as artes visuais no Brasil.

c) Nas Provas Escritas: familiaridade substantiva com os programas e as bibliografias das Linhas de Pesquisa.

IV-DAS VAGAS :
Total - 20 vagas, assim distribuídas nas quatro linhas de pesquisa:
05 (cinco) para a linha de pesquisa História e Crítica da Arte
05 (cinco) para a linha de pesquisa Imagem e Cultura
05 (cinco) para a linha de pesquisa LinguagensVisuais
05 (cinco) para a linha de pesquisa Poéticas Interdisciplinares

V-DISPOSIÇÕES FINAIS
- As provas serão obrigatórias, eliminatórias e classificatórias.
- Em caso de empate terá prioridade o candidato que tiver obtido o conceito mais alto na prova escrita.
- Terão direito à matrícula os candidatos classificados até o limite máximo de vagas, e de acordo com a linha de pesquisa escolhida pelo candidato.
- Não é obrigatório o preenchimento do número de vagas oferecidas pelo Programa.
- Material informativo complementar ao Edital de Mestrado estará disponível na secretaria do PPGAV e no site da EBA.
- Informa-se aos candidatos que não haverá segunda chamada nem revisão de prova.
- Informações específicas sobre o perfil dos professores e das linhas de pesquisa do programa estarão a disposição dos candidatos na secretaria do PPGAV.
- A listagem final com os resultados das provas estará à disposição dos candidatos na Secretaria do Programa, no dia 14/11/2006.


EDITAL PARA EXAME DE SELEÇÃO
CURSO DE DOUTORADO/ 2006

De ordem da Diretora da Escola de Belas Artes da UFRJ, e de acordo com a legislação em vigor, a Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais /UFRJ torna público, para conhecimento dos interessados, o processo de seleção dos candidatos ao Curso de Doutorado em Artes Visuais nas quatro linhas de pesquisa do Programa: História e Crítica da Arte; Imagem e Cultura; Linguagens Visuais; e Poéticas Interdisciplinares, nos termos estabelecidos neste Edital.


1-DA INSCRIÇÃO

As inscrições ao Exame de Seleção para o Curso de Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais/UFRJ estarão abertas no período de 14 de Agosto a 29 de Setembro de 2006, das 10:00 às 15:00 horas, na Secretaria do PPGAV, Escola de Belas Artes, prédio da Reitoria, sala 720, Cidade Universitária, Ilha do Fundão

1- Poderão inscrever-se como candidatos os Pós-graduados, Mestres em Artes, Arquitetura, Filosofia, Letras, Ciências Sociais ou outros, a critério da Coordenação do Programa.

2- É obrigatório o preenchimento do Requerimento de Inscrição na Secretaria do PPGAV, no qual o candidato fará opção referente à Linha de Pesquisa do Programa. O requerimento de Inscrição deverá ser acompanhado dos seguintes documentos:

a) Fotocópia do Diploma de Graduação e de Mestrado, ou Declaração de Defesa. (fotocópias autenticadas). No caso de Declaração de Defesa, uma vez aprovado, o aluno deverá apresentar o Diploma como condição para se submeter ao Exame de Qualificação.

b) Histórico Escolar do Curso de Graduação e de Mestrado (fotocópias autenticadas).

c) Fotocópias da Carteira de Identidade, CPF, do Título de Eleitor, do Certificado de Reservista e da Certidão de Casamento, em caso de mudança do nome (autenticadas).
d) Duas fotografias 3x4.
e) Anteprojeto de Tese, que deve indicar sua inserção em uma das Linhas de Pesquisa do programa
f) Curriculum Vitae para todos os candidatos.
g) Portfolio para as Linhas de Pesquisa Linguagens Visuais e Poéticas Interdisciplinares, conforme indicado abaixo:
- Para linha Linguagens Visuais, um conjunto com no mínimo, 10 (dez) e, no máximo, 20 (vinte) fotos da obra do candidato ou vídeo ( no caso de trabalhos neste meio e não como registro de produção), além de catálogos e impressos que comprovem atuação e participação artísticas;
- Para a linha Poéticas Interdisciplinares, um conjunto com 10 a 20 imagens ou produtos em qualquer suporte que possibilitem a análise da produção;
h) Comprovante original de pagamento de uma taxa de R$50,00, depositada na conta do PPGAV/EBA, abaixo-indicada:
Banco do Brasil (001)
Agência Botafogo (0287-9)
Conta 7.333-4
Código 7033-5

i) Os candidatos que não puderem comparecer pessoalmente à Secretaria do PPGAV poderão se inscrever por procuração devidamente registrada em cartório. Para os candidatos de outros Municípios e Estados, as inscrições poderão ser feitas através do Correio, desde que seja respeitada a data limite de postagem de 29 de Setembro de 2006.

j) Nenhum candidato poderá participar de qualquer etapa do processo de seleção se houver qualquer pendência sobre a documentação requerida para a inscrição.

k) Informações: tel: (21) 25981643 ou pós@eba.ufrj.br
Av. Av. Ipê , n° 550 -Prédio da Reitoria
7º andar , sala 720, Cidade Universitária /Ilha do Fundão
CEP: 21941-590 - Rio de Janeiro / RJ


II-DA SELEÇÃO:

O Exame de Seleção ao Doutorado será realizado em duas etapas, ambas eliminatórias, havendo uma banca específica para cada Linha de Pesquisa.

1- A primeira etapa consistirá na apreciação da documentação apresentada pelo candidato e sua adequação ao perfil da Linha de Pesquisa pretendida. A listagem oficial das inscrições homologadas será divulgada no dia 21 de Outubro, das 13 às 16 horas, na Secretaria do Programa, sala 720/EBA.

2- A segunda etapa consistirá na realização de três provas:

2.1- Prova Escrita para cada uma das quatro Linhas de Pesquisa, de caráter eliminatório, devendo o candidato obter nota mínima 7 (sete). Serão formuladas pela banca três questões discursivas sobre os temas referentes ao Programa e Bibliografia das respectivas Linhas de Pesquisa. O candidato terá uma hora ( 60 minutos) para efetuar consultas às fontes que julgar necessárias. Encerrado o período de consultas, dar-se-á início à prova, que terá duração de três horas, totalizando quatro horas o período de consultas mais o período de prova. Para desenvolver a prova o candidato não poderá recorrer às anotações realizadas na primeira hora.

2.2- Entrevista, para análise do Currículum e no caso do Anteprojeto de Tese, também de caráter eliminatório, devendo o candidato obter nota mínima 7 (sete).

2.3- Prova de Suficiência em duas línguas estrangeiras (Inglês, Francês, Espanhol, Italiano ou Alemão), que podem ser realizadas com auxílio de dicionário. Estas provas têm caráter eliminatório devendo o candidato obter a indicação "APROVADO" ou "REPROVADO". O candidato poderá solicitar isenção de uma das provas, no momento da inscrição, mediante apresentação de certificado de aprovação em Prova de Língua em Exame de Seleção ao Mestrado.

3- O Exame de Seleção para o curso de Doutorado do PPGAV será realizado na Escola de Belas Artes, Edifício da Reitoria, no 7º andar, Cidade Universitária, em sala a ser determinada pela Secretaria do Programa ( sala 720) e obedecerá ao seguinte cronograma:


De 14/08 a 29/09 Período de inscrição
De 02/10 a 20/10 Avaliação de documentos apresentados pelos candidatos
Dia 20/10 Resultado da avaliação de documentos
Dia 21/11 Prova Escrita da Linha de Pesquisa escolhida
Dia 22/11 Resultado da Prova Escrita
Dia 23/11 Entrevista com a Banca Examinadora
Dia 24/11 Resultado da entrevista com a Banca Examinadora
Dia 27/11 Prova de Língua Estrangeira
Dia 01/12 Resultado da prova de Língua Estrangeira
Dia 05/12 Resultado final do Exame de Seleção


III-DOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO:

A Banca Examinadora levará em consideração:

a) Na análise do Curriculum Vitae: a formação do candidato e sua experiência anterior em atividades ligadas à pesquisa e ao ensino nas respectivas Linhas do Programa; no caso específico de Linguagens Visuais, a sua atuação artística direcionada às linguagens contemporâneas.

b) Na análise dos Anteprojetos: a relevância e viabilidade da pesquisa proposta e sua adequação ao perfil teórico às Linhas de Pesquisa do Programa. No caso das linhas de pesquisa História e Crítica da Arte e Imagem e Cultura, privilegiam-se a investigação sobre as artes visuais no Brasil.

c) Nas Provas Escritas: familiaridade substantiva com os programas e as bibliografias das Linhas de Pesquisa .

IV-DAS VAGAS
Total - 14 vagas, assim distribuídas:
- 05 ( cinco) vagas para a Linha de Pesquisa História e Crítica da Arte;
- 03 ( três ) vagas para a Linha de Pesquisa Imagem e Cultura;
- 03 ( três) vagas para a Linha de Pesquisa Linguagens Visuais.
- 03 ( três) vagas para a Linha de Pesquisa Poéticas Interdisciplinares

V- DISPOSIÇÕES FINAIS
-As provas serão obrigatórias, eliminatórias e classificatórias.
-Em caso de empate terá prioridade o candidato que tiver obtido o conceito mais alto na prova escrita.
-Terão direito à matrícula os candidatos classificados até o limite máximo de vagas, de acordo com a linha de pesquisa escolhida pelo candidato.
-Não é obrigatório o preenchimento do número de vagas oferecidas pelo Programa.
- Não haverá segunda chamada nem revisão de prova.
- Material informativo complementar ao Edital de Doutorado estará disponível na secretaria do PPGAV e no site da EBA.
- Informações específicas sobre o perfil dos professores e das linhas e pesquisa do Programa estarão a disposição dos candidatos na secretaria do PPGAV.
-A listagem final com os resultados das provas estará à disposição dos candidatos na Secretaria do Programa, no dia 05/12/2005.

Posted by João Domingues at 3:00 PM

setembro 15, 2006

I Simpósio Nacional de Pesquisadores em Comunicação e Cibercultura na PUC, São Paulo

I Simpósio Nacional de Pesquisadores em Comunicação e Cibercultura

25 a 29 de setembro de 2006

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo -Anfiteatro do TUCA
Rua Monte Alegre, 984, Perdizes, São Paulo - SP
11-3670-8000 ou cencib@pucsp.br
www.pucsp.br/pos/cos/cencib/simposio_nacional
Preço: R$ 100 para Professores(as) e pesquisadores(as), R$ 75 para Alunos(as) (Graduação e Pós-Graduação), R$ 50 para Alunos(as) da PUC/SP (Graduação e Pós-Graduação)
Promoção: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica (PEPGCOS)
Concepção, planejamento e organização: CENCIB - Centro Interdisciplinar de Pesquisas em Comunicação e Cibercultura
Patrocínio exclusivo: Itaú Cultural
Apoio financeiro: CAPES - Fundação Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Apoio cultural: TUCA - Teatro da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Comissão Organizadora: Edilson Cazeloto, Ana Lúcia Moura Fé, Heloísa Pereira e Maria Cristina Palhares Valencia, Zaira Regina Zafalon
Comissão de Apoio: Eduardo Cardoso Braga, Márcio Wariss Monteiro, Jorgson Smith Júnior, Michelle Prazeres e Henrique Zoqui Parra


I Simpósio Nacional de Pesquisadores em Comunicação e Cibercultura - Programação

25 de setembro, segunda-feira,
9h - Solenidade de abertura
Maura Pardini Bicudo Véras - Reitora da PUC/SP
Bader Burihan Sawaia - Vice-Reitora Acadêmica da PUC/SP
Anna Maria Marques Cintra - Presidente da Comissão Geral de Pós-Graduação da PUC/SP
Eugênio Trivinho - Coordenador Geral da Comissão Organizadora do Simpósio e do CENCIB - Centro Interdisciplinar de Pesquisas em Comunicação e Cibercultura

10h - Introdução geral
Comunicação e cibercultura: por uma articulação nacional de um novo campo científico interdisciplinar
Eugênio Trivinho (COS-PUC/SP)

10h30 - Painel 1
Pressupostos políticos, tecnoculturais e epistemológicos DA CIBERCULTURA: crítica do determinismo tecnológico
André Parente (UFRJ) - Rede e cibercultura
Othon Jambeiro (UFBA) - Os pilares infra-estruturais da comunicação
Theóphilos Rifiotis (UFSC) - A cibercultura em questão: rede, rizoma e fundamentos da socialidade

14h - Painel 2
Política e novos valores nas tramas do ciberespaço: horizontes da democracia e da liberdade
Francisco Menezes Martins (PUC/RS) - Cibercultura e valores contemporâneos: controles e liberdades nas redes digitais
Gilson Schwartz (ECA/USP) - Iconomia: valores materiais e imateriais na economia política das redes digitais
Henrique Antoun (UFRJ) - Mediação, mobilidade e governabilidade na cibercultura

26de setembro, terça-feira,
9h - Painel 3
Espaço/Tempo, sociabilidade e vida cotidiana na cibercultura: novos modelos, paisagens e práticas de comunicação [?]
André Lemos (UFBA) - Cibercultura e contemporaneidade: emissão, conexão, reconfiguração
Elizabeth Saad Correa (USP) - Cibercultura: um novo saber ou uma nova vivência?
Lucrécia D´Alessio Ferrara (PUC/SP) - O espaço líquido
Suely Fragoso (Unisinos) - Estou com sorte! Considerações sobre a domesticação do ciberespaço

14h - Painel 4
Subjetividade, imaginário e percepção em tempos de espetacularização do real
Juremir Machado da Silva (PUC/RS) - A sociedade "midíocre": tecnologias da cultura "midiótica"
Maria Cristina Franco Ferraz (UFF) - O estatuto da imagem no século XIX: por uma genealogia da cibercultura contemporânea
Yara Rondon Guasque Araujo (UDESC) - Os espaços perceptivos nos quais interagimos

19h - Painel 5
Subjetivação, identidade e interação em tempo real
Alex Primo (UFRGS) - Informação e interação através da micromídia digital: blogs, podcasting, vcasting, wikis, jornalismo open source, rss
Francisco Coelho dos Santos (UFMG) - Blog, a mídia do íntimo e do privado
Paulo Cunha Filho (UFPE) - Avatares, relacionamentos e simulacros: subjetivação e desenvolvimento moral na cibercultura

27de setembro, quarta-feira,
9h - Painel 6
Vigilância da intimidade e invisibilidade da violência na sociedade de controle
Fernanda Bruno (UFRJ) - Para quem quiser ver: intimidades públicas e previsões de identidade na cibercultura
Rogério da Costa (PUC/SP) - [Aguardando definição do título]
Rosa Maria Leite Ribeiro Pedro (UFRJ) - Vigilância e subjetividade na cibercultura: mapeando controvérsias

14h - Painel 7
Pesquisa, pensamento e metodologia no contexto dos desafios institucionais da hipermídia
Francisco Rüdiger (PUC/RS) - Perspectivas metodológicas da pesquisa em cibercultura
Sérgio Bairon (PUC/RS) - A reticularidade estético-científica do pensamento hipermidiático na cibercultura
Vinícius Andrade Pereira (UERJ) - Cibercultura material: sensorialidade e afetividade nos meios digitais

18h - Sessão plenária
Coordenação: Eugênio Trivinho (PUC/SP)
Reunião para discussão sobre a SOCIB - Sociedade Brasileira para o Estudo da Cibercultura (nomenclatura referencial provisória)
Auditório Banespa

28de setembro, quinta-feira
9h - Painel 8
Comunicação, educação e cibercultura
Marco Silva (UERJ) - Educar na cibercultura: a docência online e a formação da cibercidadania
Marcos Palacios (UFBA) - Desafios e propostas para o ensino e formação continuada das competências digitais em carreiras de Comunicação: uma síntese de um estudo internacional
Sueli Ferreira (ECA/USP) - [Aguardando confirmação]

14h - Painel 9
Estética, corpo e comunicação no horizonte da desmaterialização do real e do pós-humano
Edvaldo Souza Couto (UFBA) - O poder estético do corpo na cibercultura
Erick Felinto de Oliveira (UERJ) - "Hey Dude, where's my body?": tecnologias digitais e os discursos da descorporificação
Lucia Santaella (PUC/SP) - O fim do estilo na cultura pós-humana

19h - Painel 10
Arte e cibercultura [i]: novas mediações e apropriações culturais
Diana Domingues (UCS / UTP) - A engenharia da comunicação na ciberarte: software arte e os modos de comunicar
Gisela Castro (ESPM) - [Aguardando definição do título]
Simone Pereira de Sá (UFF) - Apropriações e mediações musicais na cibercultura

29de setembro, sexta-feira
9h - Painel 11
Arte e cibercultura [ii]: corpo, imersão e mobilidade
Gilbertto Prado (USP) - Acaso 30 e Cozinheiro das Almas: 2 projetos recentes
Giselle Beingelman (PUC/SP) - [Aguardando definição do título]
Lucia Leão (PUCSP) - [Aguardando definição do título]

14h - Plenária de encerramento
Conversações com o público
Prospectivas para a associação científica
Sistematização e avaliação dos resultados do simpósio
Mediação: Eugênio Trivinho (PUC/SP)

Posted by João Domingues at 2:41 PM

setembro 14, 2006

Workshop Estética e tecnologia, com Maria Beatriz de Medeiros, no Parque Lage, Rio de Janeiro

Workshop Estética e tecnologia, com Maria Beatriz de Medeiros

25 a 27 de setembro de 2006, 14-16h

Escola de Artes Visuais do Parque Lage
Rua Jardim Botânico 414, Jardim Botânico, Rio de Janeiro - RJ
21-2538-1879 / 21-2538-1091 ou eav@eavparquelage.org.br
www.eavparquelage.org.br

O workshop buscará pensar a arte e a tecnologia, hoje. Para tanto se fará necessário conceituar estética e linguagem, pensar a compreensão contemporânea de objeto técnico, objeto de uso, objeto estético e objeto belo. A recepção/interação da arte e tecnologia com o público também será questionada. Serão analisados trabalhos artísticos realizados pelo Man Ray, Marcel Duchamp, Bill Viola, Grupo de Pesquisa Corpos Informáticos, Maria Luiza Fragoso, Tânia Fraga, Matthew Barney, etc.


Todo o workshop será amplamente ilustrado com mostra de vídeos sobre arte e tecnologia.

Bibliografia resumida
ARANTES, Priscila. Arte e mídia. São Paulo: SENAC, 2005.
DELEUZE, Gilles e GUATTARI, Félix. Mil Platôs 1. Rio de Janeiro: editora 34, 1995.
DERRIDA, Jacques. A farmácia de Platão. São Paulo: Iluminuas, 1972.
FRAGOSO, Maria Luiza. Arte computacional no Brasil. Brasília: UnB, 2004.
MEDEIROS, Maria Beatriz. Aisthesis. Estética, educação e tecnologia. Chapecó: Argos, 2005.
MEDEIROS, Maria Beatriz (org.). Arte e tecnologia na cultura contemporânea. Brasília: Dupligráfica, 2002.
SANTAELLA, Lucia. Culturas e artes do Pós-humano. São Paulo: Paulus, 2003.
STIEGLER. Bernard. Aimer, s'aimer, nous aimer. Paris: Galilée, 2003.

* Bia Medeiros é carioca, estudou no Parque Lage de 1973 a 1981. Doutora em Artes e Ciências da Arte (Universidade Paris I-Sorbonne, 1989). Pós-doutora em Filosofia (Collège International de Philosophie, Paris, 2000). Coordenadora do Grupo de Pesquisa CORPOS INFORMÁTICOS (www.corpos.org) com exposições nacionais e internacionais. Vice-Presidente (2005-2006), Presidente (2003-2004) da Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas (ANPAP). Representante Adjunta para a área de Artes na CAPES (2005/2007). Coordenadora do Mestrado em Arte, UnB (2003-2004).

Posted by João Domingues at 10:31 AM

Inscrições: Trocas - Seminário Internacional da 27ª Bienal de São Paulo

Trocas - Seminário Internacional da 27ª Bienal de São Paulo
Palestrantes: Carlos Jiménez (Madri, Espanha), Ernesto Neto (Rio de Janeiro, Brasil), Maria Rita Kehl (São Paulo, Brasil), Nicolas Bourriaud (Paris, França), Paulo Herkenhoff (Rio de Janeiro, Brasil), Renata Salecl (Ljubljana, Eslovênia)

Inscrições abertas

Porão das Artes - Fundação Bienal de São Paulo
Parque Ibirapuera, Portão 3 - Pavilhão da Bienal, São Paulo - SP
Inscrições e informações: 11-5574-5922 ramal 257 / F: 11-5549-0230 ou seminarios27bsp@bienalsaopaulo.org.br
Preço: inteira R$ 52, meia R$ 27
Vagas limitadas
Coordenação: Rosa Martinez
Trocas - Seminário Internacional da 27ª Bienal de São Paulo: 9 e 10 de outubro de 2006

A 27a Bienal de São Paulo amplia sua extensão temporal:

Começa em janeiro de 2006 e vai até dezembro. Esta é uma entre outras atividades que distingue a presente edição: ou seja, fornecer ao público uma propagação gradual das idéias que nortearão a seleção dos artistas. Os Seminários Internacionais têm o formato de grupos de estudos e debates, antecipando a abertura da mostra e complementando-a. Foram programados seis Seminários convidando especialistas do Brasil e do Exterior. Cada Seminário durará dois dias e será organizado por um dos Curadores envolvidos na 27a Bienal, responsável pela escolha de um dos subtemas referentes ao título "Como viver junto". Com esta plataforma experimental, a Bienal agrega o valor de um congresso cultural e a participação de interessados nas práticas artísticas contemporâneas. É leigo quem optar por permanecer leigo, uma vez que tradicionalmente o Seminário é uma ferramenta educacional. Não por acaso, o primeiro Seminário discute a permanência e a reconfiguração dos Museus e de sua lógica expositiva. Reflexão que vale para a própria Bienal de São Paulo.

Lisette Lagnado
Curadora Geral da 27ª Bienal de São Paulo

Posted by João Domingues at 10:15 AM | Comentários (1)

setembro 12, 2006

Inscrições: Processo de Seleção para candidatos ao Mestrado em Artes da UERJ, Rio de Janeiro

Processo de Seleção para candidatos ao Mestrado em Artes Visuais - Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Inscrições de 25 de setembro a 10 de novembro de 2006

Universidade do Estado do Rio de Janeiro - PPGARTES
Rua São Francisco Xavier 524 Sala 11026, Bloco E, 11º andar, Maracanã, Rio de Janeiro - RJ
Informações: 21-2587-7985 ou ppgartes@uerj.br
Edital, o formulário de inscrição e o modelo de carta de recomendação: www.uerj.br/graduacao/unidades/inst_artes.htm
Os textos da bibliografia estarão disponíveis para cópias, a partir de 25 de setembro, na pasta Mestrado Artes no xerox do 11º andar da UERJ

O Programa de Pós-graduação em Artes oferece o curso de Mestrado em Artes, com área de concentração em Arte e Cultura Contemporânea, nas seguintes linhas de pesquisa:

a. História e Crítica da Arte - Inclui pesquisas em história, crítica e teoria da arte, destacando a multiplicidade contemporânea da instância teórica da arte e da cultura.
b. Processos Artísticos Contemporâneos - Reúne projetos de artes ligados à visualidade, à plástica, ao corpo, ao texto e ao som, articulando campo discursivo e processos de criação, recepção e difusão cultural.
c. Arte, Cognição e Cultura - Inclui projetos de ensino das artes, teoria da cultura e da arte, que abordem a dimensão cognitiva e as estruturas de significação presentes no fenômeno artístico, na percepção estética e nas manifestações multiculturais.

Requisitos para a seleção:
a) 02 (duas) fotos 3x4 coloridas, de data recente;
b) Cópia da Carteira de Identidade e do CPF;
c) Cópia do Diploma e Histórico Escolar de Graduação;
d) Curriculum Vitae, em duas vias;
e) Projeto de pesquisa, em duas vias, com Portfólio impresso (em papel), obrigatório para candidatos vinculados à linha de pesquisa "Processos Artísticos Contemporâneos" e quando pertinente para os demais candidatos;
f) 02 (duas) cartas de recomendação;
g) formulário de inscrição preenchido;
h) pagamento da taxa de inscrição.

Edital
Programa de Pós-Graduação em Artes - Turma 2007
Mestrado Acadêmico

O Instituto de Artes da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) faz saber aos interessados que, no período de 25 de setembro a 10 de novembro de 2006, estarão abertas as inscrições para a seleção dos candidatos ao Programa de Pós-graduação em Artes (PPGARTES), Curso de Mestrado, Área de Concentração em Arte e Cultura Contemporânea, para turma com início em 2007 / 1º semestre.

O Programa de Pós-graduação em Artes, Área de Concentração em Arte e Cultura Contemporânea, estrutura-se em torno de três Linhas de Pesquisa, a saber:
a. História e Crítica da Arte - Inclui pesquisas em história, crítica e teoria da arte, destacando a multiplicidade contemporânea da instância teórica da arte e da cultura.
b. Processos Artísticos Contemporâneos - Reúne projetos de artes ligados à visualidade, à plástica, ao corpo, ao texto e ao som, articulando campo discursivo e processos de criação, recepção e difusão cultural.
c. Arte, Cognição e Cultura - Inclui projetos de ensino das artes, teoria da cultura e da arte, que abordem a dimensão cognitiva e as estruturas de significação presentes no fenômeno artístico, na percepção estética e nas manifestações multiculturais.

O corpo docente do PPGARTES e a estrutura do curso de Mestrado encontram-se descritos no Anexo II a este Edital.

I - VAGAS E CLIENTELA:

I.1. Serão oferecidas 10 (dez) vagas para o curso de mestrado, destinadas a portadores de diploma de graduação plena, outorgado por Instituição de Ensino Superior (IES) oficial ou reconhecida.

I.2. Todos os candidatos serão submetidos a processo seletivo único.

I.3. A Coordenação do Programa de Pós-graduação em Artes reserva-se o direito de não preencher o total de vagas oferecido.

II - INSCRIÇÕES:

II.1. Período e Local das inscrições:

a) As inscrições serão realizadas no período de 25 de setembro a 10 de novembro de 2006, de segunda a sexta, das 9:00 às 17:00 horas, excetuando-se feriados e dias de ponto facultativo.
b) O local para as inscrições será a Secretaria do Programa de Pós-graduação em Artes, situada à Rua São Francisco Xavier, nº 524, Pavilhão João Lyra Filho, 11º andar, Bloco E, sala 11006, Vila Isabel, Rio de Janeiro. Telefones: 2587-7491.
c) O candidato deverá dirigir-se a qualquer agência do Banco Itaú e efetuar o depósito no valor de R$ 75,00 (setenta e cinco reais) em favor da UERJ, Agência 6134, conta corrente nº 13.231-2.
d) Após o pagamento da taxa, o candidato deverá retornar ao local de inscrição munido do comprovante de depósito bancário para preenchimento da ficha de inscrição em formulário próprio, além de apresentar, obrigatoriamente, os documentos listados a seguir.

II.2. Documentos Exigidos:

a) 02 (duas) fotos 3x4 coloridas, de data recente;
b) Cópia da Carteira de Identidade e do CPF;
c) Cópia frente e verso do Diploma de Graduação plena;
c.1. candidatos cujos diplomas ainda não tiverem sido expedidos pela Instituição de Ensino Superior (IES) no ato da inscrição para o processo seletivo, poderão se inscrever, desde que apresentem declaração da IES indicando as datas de conclusão e colação de grau de curso de graduação plena.
c.2. no caso de candidatos possíveis concluintes de curso de graduação plena, com término previsto no segundo semestre de 2006, é obrigatória a apresentação de declaração da IES de origem, indicando a data da provável conclusão do curso ou colação de grau.
d) Cópia do Histórico Escolar completo da graduação plena com a data da colação de grau;
d.1. Cópia do Histórico Escolar da Graduação com os registros até o semestre em questão, para os candidatos que estejam na condição expressa no item c.2.
e) Curriculum Vitae, em duas vias;
f) Projeto de pesquisa, em duas vias;
f.1. o projeto deve ter entre 10 e 15 laudas, versar sobre temas relativos às artes visuais e indicar a vinculação a uma das três linhas de pesquisa do curso, contendo:
Apresentação;
Objetivos;
Justificativa;
Metodologia;
Referenciais teóricos;
Fontes e bibliografia;
Portfólio impresso (em papel), obrigatório para candidatos vinculados à linha de pesquisa "Processos Artísticos Contemporâneos" e quando pertinente para os demais candidatos.
g) 02 (duas) cartas de recomendação, segundo modelo a ser retirado na Secretaria do Programa.

II.3. No ato da inscrição, o candidato deverá optar pelo idioma de Língua Estrangeira, a saber: inglês ou francês.
II.4. O candidato também deverá informar a linha de pesquisa na qual pretende desenvolver sua pesquisa.
II.5. Serão aceitas inscrições pelo correio (SEDEX), desde que a documentação chegue à Secretaria do Programa até às 17 horas do dia 10/11/2006.
II.6. Serão aceitas inscrições por procuração, desde que o procurador apresente instrumento válido de procuração e documento de identidade.
II.7. Candidatos estrangeiros deverão apresentar adicionalmente:
II.7.1. Cópia do diploma de graduação plena e histórico escolar completo com vistos consulares brasileiros e tradução feita por tradutor público juramentado no Brasil;
II.7.2. Passaporte válido com visto de entrada no Brasil, se cabível.

II.8. Resultado da Inscrição:

a) A inscrição dos candidatos no processo seletivo para o Programa de Pós-graduação em Artes só será confirmada após verificação da documentação apresentada.

b) O resultado da inscrição será divulgado pela Secretaria do Programa no dia 14/11/2006, a partir das 14:00 horas, através de uma listagem constando a menção: inscrição aceita ou inscrição não aceita.

c) Os candidatos que não apresentarem toda a documentação exigida acima terão menção de inscrição não aceita, estando, portanto, eliminados do processo seletivo.

III - DO PROCESSO SELETIVO:

III.1. O processo seletivo será constituído das seguintes etapas, todas obrigatórias:

a) Prova Escrita, de conhecimento específico, sem consulta, com duração de 3 (três) horas, na qual o candidato deve responder à questão referente à linha de pesquisa a qual se vincular, segundo programa e bibliografia em anexo (caráter eliminatório);
b) Prova de Língua Estrangeira, inglês ou francês, conforme opção do candidato, com duração de 2 (duas) horas, com consulta permitida somente a dicionários, trazidos pelo candidato (caráter eliminatório).
c) Análise do Curriculum Vitae e do projeto de pesquisa (caráter eliminatório);
c.1) Na análise do projeto de pesquisa, que inclui o portfólio (obrigatório para candidatos vinculados à linha de pesquisa "Processos Artísticos Contemporâneos" e quando considerado pertinente para os demais candidatos), será valorizada a pertinência da investigação proposta, assim como a sua adequação às Linhas de Pesquisa do Programa e às exigências acadêmicas do mestrado.
c.2) Na análise do Curriculum vitae, que inclui o histórico escolar e as cartas de recomendação, será especialmente levada em consideração a produção científica, técnica e cultural do candidato, bem como seu desempenho durante a graduação e as condições para realização do mestrado.
d) Entrevista (caráter classificatório).

IV - CRITÉRIOS PARA APROVAÇÃO DOS CANDIDATOS:
a) será considerado aprovado na Prova escrita , o candidato que obtiver nota mínima 7,0 (sete);
b) será considerado aprovado na(s) prova(s) de língua estrangeira, o candidato que obtiver nota mínima 7,0 (sete);
b.1. o candidato estrangeiro que não obtiver a nota mínima 7,0 (sete) no exame de proficiência em Língua Portuguesa será eliminado do processo seletivo;
b.2. a divulgação do resultado da prova de língua estrangeira apenas indicará os candidatos aprovados ou reprovados nesta etapa da seleção, sem indicação da nota.
c) será considerado aprovado na análise do projeto de pesquisa e do curriculum vitae, o candidato que obtiver média mínima 7,0 (sete), obtida das etapas c.1 e c.2 do processo seletivo;
d) na entrevista será atribuída nota de 0 (zero) a 10 (dez);
e) dos resultados das etapas a, c e d será extraída uma média final obtida pelo candidato;
f) a média final mínima para aprovação no processo seletivo será 7,0 (sete). O candidato poderá ser aprovado, mas não selecionado;
g) a classificação final dos candidatos será divulgada em ordem decrescente da média final obtida pelo candidato;
h) em caso de empate entre os candidatos, a classificação será decidida com base nos seguintes critérios:
h.1. maior nota na Prova Escrita;
h.2. maior nota na Prova de Língua Estrangeira;
h.3. maior nota na Análise do Projeto de Pesquisa e do Curriculum Vitae;
h.4. maior nota na Entrevista.
h.5. persistindo o empate, terá preferência o candidato mais idoso.

V - MATRÍCULA:

a) Terão direito à matrícula os candidatos aprovados e selecionados, respeitados os limites das vagas estabelecidas pelo Programa.

b) No ato da matrícula o candidato deverá apresentar os originais dos documentos: diploma de graduação, histórico escolar completo, CPF e identidade, para fins de conferência junto à Coordenação do Programa.

c) Em caráter excepcional, poderá ser aceita, provisoriamente, declaração de conclusão da graduação plena, mantendo-se a apresentação dos demais documentos previstos. A não apresentação do diploma de graduação no prazo de 12 (doze) meses, a contar da data da matrícula, implicará desligamento do aluno do Programa.

d) A matrícula dos candidatos selecionados para o Programa de Pós-graduação em Artes se realizará de 26 de fevereiro a 02 de março de 2007, de segunda a sexta, das 9:00 às 17:00 horas, na Secretaria do Programa.

e) Em caso de desistência da matrícula poderão ser convocados outros candidatos aprovados. A data para a reclassificação de candidatos encontra-se estabelecida no calendário deste edital.


VII - CALENDÁRIO:

a) INSCRIÇÕES:
Data: 25/09 a 10/11/2006
Horário: 9:00 às 17:00 horas
Local: Secretaria do Programa

b) RESULTADO DA INSCRIÇÃO:
Data: 14/11/2006
Horário: 14:00 horas
Local: Secretaria do Programa

c) PROVA ESCRITA:
Data: 20/11/2006
Horário: 14 às 17 horas
Local: O candidato deve se informar sobre o local da prova na Secretaria do Programa

d) DIVULGAÇÃO DO RESULTADO DA PROVA ESCRITA:
Data: 24/11/2006
Horário: 10 horas
Local: Secretaria do Programa

e) PROVA DE LÍNGUA ESTRANGEIRA:
Data: 24/11/2006
Horário: 14 às 16 horas
Local: O candidato deve se informar sobre o local da prova na Secretaria do Programa

f) DIVULGAÇÃO DO RESULTADO DA PROVA DE LÍNGUA ESTRANGEIRA:
Data: 30/11/2006
Horário: 14 horas
Local: Secretaria do Programa

g) DIVULGAÇÃO DO RESULTADO DA ANÁLISE DO CURRICULUM VITAE, DO PROJETO DE PESQUISA E DOS CANDIDATOS QUE FARÃO A ENTREVISTA:
Data: 30/11/2006
Horário: 14 horas
Local: Secretaria do Programa

h) ENTREVISTA:
Data: 01/12/2006
Horário: manhã (9 às 13 horas) e tarde (14 às 18 horas)
Local: O candidato deve se informar sobre o local da entrevista na Secretaria do Programa

i) DIVULGAÇÃO DO RESULTADO FINAL:
Data: 04/12/2006
Horário: 14 horas
Local: Secretaria do Programa

l) MATRÍCULA:
Data: 26/02 a 02/03/2007
Horário: 9 às 17 horas
Local: Secretaria do Programa

m) DIVULGAÇÃO DOS CANDIDATOS RECLASSIFICADOS:
Data: 06/03/2007
Horário: 9 horas
Local: Secretaria do Programa

n) MATRÍCULA DOS RECLASSIFICADOS:
Data: 06 a 09/03/2007
Horário: 9 às 17 horas
Local: Secretaria do Programa

VII - DISPOSIÇÕES GERAIS:

VII.1. A inscrição do candidato implicará conhecimento e aceitação das normas e condições estabelecidas neste Edital, não sendo aceita alegação de desconhecimento.
VII.2. As importâncias pagas não serão devolvidas quaisquer que sejam os motivos alegados.
VII.3. Poderá haver vista de prova, mas só serão analisados recursos para revisão de erro material. Por erro material entende-se erro no cômputo das notas.
VII.4. O exame de seleção só terá validade para o Curso que será iniciado em 2007.1º semestre.
VII.5. Havendo desistência após o início das atividades didático-pedagógicas não haverá chamada para candidatos aprovados e não selecionados, fora do calendário de reclassificação.
VII.6. Os casos omissos no presente edital serão resolvidos pela Coordenação do Programa de Pós-graduação em Artes.
VII.7. A documentação dos candidatos não selecionados no processo seletivo ficará à disposição dos respectivos interessados para retirada, na Secretaria do Programa de Pós-graduação em Artes, por um prazo não superior a 30 (trinta) dias, a contar da divulgação do Resultado Final da Seleção. Após esse prazo, os documentos restantes serão incinerados.
VII.8. Não será permitido o ingresso no local das provas e avaliações após o seu início.
VII.9. Sugerimos que os candidatos entreguem seus currículos usando a plataforma Lattes do CNPq, disponível no endereço eletrônico www.cnpq.br.


ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIAS E INFORMAÇÕES

COORDENAÇÃO DO PROGRAMA
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTES
Rua São Francisco Xavier, nº 524, Pavilhão João Lyra Filho, 11º andar, Bloco E, sala 11026, Vila Isabel, Rio de Janeiro.
Telefone: 25877491
e-mail: ppgartes@uerj.br

Posted by João Domingues at 3:29 PM

Cursos virgilio b_arco, São Paulo

Cursos virgilio b_arco
Professores: Daniela Maura Ribeiro, Estela Sokol, Fábio Miguez, Felipe Cohen, Laura Vinci, Otávio Donasci, Paulo Monteiro, Rodrigo Andrade, Sergio Romagnolo, Thais Rivitti, Wagner Morales, Wilson Sukorski

Inscrições abertas

Galeria Virgilio - virgilio b_arco
Rua Dr Virgilio de Carvalho Pinto 426, Pinheiros, São Paulo - SP
11-3062-9446 / 11-3061-2999 ou virgiliobarco@uol.com.br
www.galeriavirgilio.com.br

Cursos:
Ilustração para crianças
carimbo/ ilustração/ encadernação/ livrinhos artesanais
Prof. Estela Sokol
Público-alvo: crianças (5 a 11 anos)
Segundas, 10-12h
De 2 a 30 de outubro
R$ 180 + 25 de material

Desenho
Prof. Felipe Cohen
Segundas, 15-17h
De 4 de outubro a 13 de dezembro
R$ 180/mês

A Composição Temporal
Prof. Wilson Sukorski
Segundas, 19-22h
De 2 de outubro a 20 de novembro
R$ 200/mês

O Flagrante Fotográfico
Prof. Daniela Maura Ribeiro
Terças, 10-12h
De 3 de outubro a 12 de dezembro
R$ 180/mês

Desenho de Perspectiva e Desenho em 3D
Prof. Sergio Romagnolo
Terças, 14h30-17h
De 7 de novembro a 12 de dezembro
R$ 250/mês

Leitura de Portfólios/ Acompanhamento de Projetos
Prof. Laura Vinci
Terças, 20-22h
De 3 de outubro a 12 de dezembro
R$ 300/mês

Pintura Contemporânea
Prof. Paulo Monteiro
Quartas, das 10-12hs
De 4 outubro à 13 dezembro
R$ 250

Pintura
Prof. Fábio Miguez
Quartas, das 14-17h
De 4 outubro à 13 dezembro
R$ 300/mês

Para Gostar de Arte Contemporânea

Prof. Thais Rivitti
Quintas, 14-18h
De 5 de outubro a 30 de novembro
R$ 180/mês

Pintura
Prof. Rodrigo Andrade
Quintas, das 20-22h
De 5 outubro a 14 dezembro
R$ 300/mês

O Toque Físico como Perfomance Interativa
Pele x Pele_ Multimídia Não Audio-Visual, Nem Eletrônica
Prof. Otávio Donasci
Seleção para a montagem de instalação performática CARINHÓDROMO
Análise de performances com toque físico, gosto e cheiro.
Análise de materiais expressivos não áudio-visuais,eletrônicos.
O escuro como base para o toque. Exercícios e desenvolvimento de espetáculo dentro de instalação inflável no local.
Público alvo: perfomances, bailarinos, artistas plásticos, coreógrafos, atores e diretores.
Sábados, 13-18h
De 14 de outubro a 11 de novembro
R$ 200/mês

1) godard é simples, está tudo ali.
2) todo documentário é mentiroso
Prof. Wagner Morales
8 a 12 de dezembro, 20-22h


Voz em Movimento
Madalena Bernardes

1. Saúde vocal:
Corpo como instrumento, tocar e ser tocado, anatomia e fisiologia da integração entre voz-corpo-sentir-mente, aquecimento e sua manuntenção, respiração e regeneração, colocação e ressonãncia, metodologia de trabalho: a sua própria técnica.
2. Integração voz e corpo em movimento:
Os sentidos e a fala, física do movimento-percepção e continuidade, campo de ressonância e os diferentes planos espaciais, apoio e sustentação no deslocamneto, projeção vocal e geometria espacial.
3.As três fases da atuação:
Performer, o ator e o cantor, noções de composição e improviso cênico.
4. O som, a fala e o canto:
Apreciação histórica do desenvolvimento da técnica do canto dentro da música ocidental, canto étnico e sua razão social, a escolha do repertório e comparações estéticas, técnica e estética: ovo ou a galinha?

7 e 8 de outubro
R$ 360

Reinventando a Música
Eduardo Agni
Com base em apreciações teóricas e auditivas de diversas vertentes da música erudita contemporânea eclodidas na década de 50 - como o concretismo musical de Pierre Shaffer, a música aleatória de John Cage, dentre outras - essa oficina propões atividade lúdicas de livre criação musical através da manipulação de objetos ligados à vida cotidiana, como utensílios domésticos, tubos de PVC, aquários, vasos de cerâmica, conduítes, etc
Obs importante: não é necessário que o participante possua conhecimentos sobre música ou toque algum instrumento.
Exemplos de tópicos a serem abordados:
O som, o silêncio e o Tao/ Shoenberg e a crise da música tonal/ Edgar Varese e a busca de novas sonoridades;
Pierre Shaffer e o nascimento do Concretismo/O indeterminismo musical de John Cage/Música Minimalista;
As esculturas sonoras de Walter Smetack/ A música e o I Ching na visão do Uakti
A inventividade sem limites de Hermeto Pascoal.
18 de outubro, 19-22h
R$ 50

Posted by João Domingues at 3:08 PM

setembro 5, 2006

15º Encontro Nacional da ANPAP no Goethe-Institut, Salvador

15º Encontro Nacional da ANPAP - Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas
Arte: limites e contaminações

19 a 23 de setembro de 2006

Goethe-Institut
Av. Sete de Setembro 1809, Salvador - BA
71-3337-0120 ou info@salvadorbahia.goethe.org
Inscrições pela internet: www.anpap.org.br
Realização: ANPAP, UNIFACS
Parceria: CNPq, CAPES, FAPESB, PPGAV/UFBA, FIB, UFG


O tema do 15º Encontro da ANPAP é Arte: limites e contaminações. O tema delineia as preocupações sobre as quais as comunicações recairão, considerando os encontros da área de visualidades com outras áreas de conhecimento. Na chama pós-modernidade temos um encontro da Arte com a Ciência e a Tecnologia que remonta importantes períodos históricos, como no renascimento. Trata-se de um período de exploração e extrapolação de limites e profunda contaminação entre os saberes. Termos como interdisciplinaridade, multidisciplinaridade, transdisciplinaridade, hibridismos e outros nesse sentido são uma constante de nosso tempo. Questionar quais são os novos limites e as contaminações da área de Artes é o foco das discussões nos dias do congresso.

15º Encontro Nacional da ANPAP - Programação:

19 de setembro, terça-feira, 19h30
Teatro Goethe-Institut
Mesa de abertura: Políticas Culturais nas Artes Visuais

Apresentação e organização: Ana Glafira, Profª de Artes, titular na Câmara Setorial de Artes Visuais / MINC
Mediação | ANPAP
Participantes:
Antônio Grassi - Presidente FUNARTE;
Eliane Costa - Gerente de Patrocínio Petrobrás;
Jacqueline Medeiros - Coordenadora de Artes Visuais/Centro Cultural Banco do NE / Fortaleza;
Paulo Miguez - Profº Dr. CULT/UFBA e pesquisador na área de Políticas Culturais;
Paulo Sérgio Duarte - Crítico de Arte, é professor pesquisador do Centro de Estudos Sociais Aplicados/CESAP - Universidade Cândido Mendes/RJ;
Márcio Meira - Secretário de Articulação Institucional/ MINC;

20 de setembro, quarta-feira
9h
Credenciamento

10h
Palestra - Influência e transformação da Arte da África na Diáspora
Profa. Dra. Jacqueline Chanda, Arizona University, EUA

Comunicações
Teatro
11h
Commedia dell'arte, sequitur
Anna Barros

11h20
Projeto Brasília em Gravura
Maria Luiza Fragoso

11h40
Jogos de contaminação
Débora da Rocha Gaspar

12h
A leitura de imagem no sincretismo da propaganda de TV
Maria da Glória Weischeimar

14h
O espetáculo do real no reality show e na arte contemporânea: o gozo do olhar no umbral da fascinação e da morte
Vanessa Brasil Campos Rodrigues

14h20
Os documentos de trabalho analisados a partir dos conceitos de Peirce no processo de instalação de uma obra de artes visuais - "Benedictus, Relicarius Consagrados"
Andrea Bracher

14h40
Leitura de imagens e memória: uma abordagem circular entre arte e psicanálise
Terezinha Pacheco dos Santos Lima

15h
Pintescritura: Lacan, leituras semiolingüísticas da arte
Marco Antonio Ramos Vieira

15h20
A memória e o espaço nas Artes Visuais e na Geografia
Laura Gomes de Castilhos

16h
A nova pátina: ensaio de uma acepção contemporânea de ruína
Jeims Duarte dos Santos

16h20
A utilização de microesferas de vidros como carga em aglutinantes protéicos para a consolidação de estruturas em madeira
Conceição Linda de França

16h40
A restauração da cúpula da Basílica de São Sebastião da Bahia
Maria Hermínia Oliveira Hernandez

Sala 1
11h
Arte, mídia e educação: produção de sentido em textos sincréticos
Analice Dutra Pillar

11h20
Outros modos de ver: imagens cinematográficas no ensino de artes visuais
Henrique Lima Assis e Alice Fátima Martins

11h40
Fotografia e estética no cotidiano educacional
Adriana Rosely Magro

12h
Fotografia e vídeo: dobras e cicatrizes das interferências e performances urbanas
Luiz Cláudio da Costa

14h
Modernidade e modernismo: o projeto crítico de Kant e a concepção de arte modernista de Clement Grinnberg
Rosa Gabriella de Castro Gonçalves

14h20
O limite tênue entre o falsificador e o artista: o caso Van Meegeren
Charliston Pablo do Nascimento

14h40
Encontro entre Matisse e Anita
Cibele Regina de Carvalho

15h
Atravessamentos; de lenços passados a lenços amassados
Lucimar Bello P. Frange

15h20
Tradição e crítica: conflitos culturais em Lasar Segal
Vera Beatriz Siqueira

16h
Espaço portátil: exposição publicação
Regina Melim

16h20
A enunciação verbal nas artes visuais
Cleomar Rocha e Elias Cunha Bitencourt

16h40
Livro de artista: a arte e os princípios de organização da página
Cleomar Rocha e Carina Luisa Ochi Flexor


Sala 2
11h
A iconografia simbólica de adornos plumários dos índios Karajá
Maria Paulina Anna Antonio Van de Wiel de Barros

11h20
Grafismo da cerâmica arqueológica de Canaã dos Carajás: proposta de uso em produtos contemporâneos
Vânia Leite Leal Machado

11h40
A essência da arte brasileira escapa pelas fendas do figurino importado
Katiucya Périgo

12h
O corpo e o vestir no espaço
Agda Regina de Carvalho

14h
Uma experiência artística e docente em hospital psiquiátrico
Ana Elizabeth Lisboa Nogueira Cavalcanti

14h20
A instituição cultural e a atualização de professores de artes visuais: considerações sobre os resultados de uma pesquisa
Rejane G. Coutinho, Ana Mae Barbosa e Heloisa Margarido Sales

14h40
A formação do professor de artes visuais: especificidade e interações
Maria Silvia Bigareli e Ronaldo Alexandre de Oliveira

15h
Transdisciplinaridade ou a difícil arte de reunir professores
Sandra Regina Ramalho e Oliveira

15h20
A formação de professores: conteúdos atuais na sala de aula
Maria Cristina da Rosa

16h
Arte colonial sergipana: os retábulos da Igreja da Ordem Terceira do Carmo em São Cristóvão - SE
Roberta Bacellar Orazem

16h20
O sublime na arquitetura, na escultura e na poesia de Michelangelo Buonarroti
Marcela Rangel

16h40
A arquitetura de Oscar Niemeyer e a arte conceitual de Duchamp
Tsuruko Uchigasaki

Sala 3
11h
Methodo de desenho, pintura e arte applicada: entre a tradição e a modernidade, história da arte e educação brasileira
Rita Bredariolli

11h20
Representação, categorias cognitivas e desenho infantil
Maria Lucia Baterzat Duarte

11h40
O desenho infantil sob a ótica do contexto gerador do ato gráfico
Alessandra Klug

12h
Arte na educação infantil: competências
César Pereira Cola

14h
A poética da repetição
Andrea Hofstaetter

14h20
Jóia afetiva: sensíveis simbioses
Flávia Amadeu e Tânia Fraga

14h40
Duas capas em discurso
Anamelia Bueno Buoro

15h
Pesquisa em artes: acasos de permanências de um processo gráfico
Lurdi Blauth

15h20Grotesco: sushi com maionese
Antonio Carlos Vargas Sant'Anna

16h
Arte educadores: pesquisa e ensino na construção de um site interativo
Gerda Margite Schütz Foerste

16h20Processos de mediação na 5a. Bienal do Mercosul: uma análise no campo da arte e tecnologia
Franciele Filipini e Nara Cristina Santos

16h40
VII Salão do Mar: cartas náuticas para navegar
Maria Auxiliadora de Carvalho Corassa e Moema Martins Rebouças


Circuito Cultural
17h
Abertura da exposição no Goethe-Institut | Memórias da Pele | Giovana Dantas
Tarde de autógrafos | Lançamentos
Livros
Imagem também se lê | Sandra Regina Ramalho e Oliveira | Rosari
Fendas e Frestas | Maristela Ribeiro | FAPESB
Artes Visuais: da exposição à sala de aula | Ana Mae Barbosa, Rejane Coutinho, Heloisa Margarido Sales | EDUSP
Arte/Educação Contemporânea: consonâncias internacionais | Ana Mae Barbosa | Cortez
Corpos Informáticos: arte, corpo, tecnologia | Bia Medieros | EdUnB
O + é deserto.Documentos Areal | Helio Fervenza | Escrituras
Brecheret: a linguagem das formas | Daisy Peccinini | Instituto Victor Brecheret
Ciranda: ensaios em Narrativas visuais | Paulo Silveira (org.) | UFRGS
A fotografia nos processos artísticos contemporâneos | Alexandre Santos e Maria Ivone dos Santos (orgs) | UFRGS
Diário de Bordo | Edição do Programa Formas de Pensar a Escultura, Instituto de Artes, DAV/UFRG
Revistas
ARS | ECA-USP
Cultural Visual 8 | Diásporas de Poéticas Africanas | EBA-UFBA
Cadernos da Pós-Graduação | EBA-UFBA
CD-ROM
A Mansão de Quelícera | Antônio Vargas | UDESC
Jornais
Perdidos no espaço do III Fórum Social Mundial. N° 0 | Edição do Programa Formas de Pensar a Escultura/DAV-IA/UFRGS,
Perdidos no espaço do V Fórum Social Mundial. N° 1 | Edição do Programa Formas de Pensar a Escultura/DAV-IA/UFRGS
Perdidos no Espaço no Centro de Porto Alegre. N° 3 | Edição do Programa Formas de Pensar a Escultura / DAV-IA/UFRGS/Santander Cultural

19h
Coquetel de abertura da exposição Galeria EBEC
Pituba | Estesias | Ana Glafira, Tchello d'Barros e Fredy Correia

21 de setembro, quinta-feira,
Teatro
10h
Palestra - Brecheret do Mordernismo às Bienais
Daisy Peccinini

10h30
Mesa redonda - ANPAP: percursos
Daisy Peccinini, Silvio Zamboni, Bia Medeiros, Anna Barros e Cleomar Rocha

11h
Telefagia, esquizolinguagem e libidoeconomia: as metáforas aglutinantes das teleperformances do Perforum Desterro
Yara Rondon Guasque Araújo

11h20
Corpos informáticos: poéticas atuais: 2005
Bia Medeiros

11h40
Acaso 30 e Cozinheiro das Almas: dois projetos recentes
Gilbertto Prado

12h
Dispositivos móveis: espaços de desconexão e interconexão
Luisa Paraguai Donati

14h
O observador na arte e na ciência
Milton Sogabe

14h20
Percepção e pensamento visual: contribuições da ciência para o ensino-aprendizagem da leitura de imagens
Rachel de Sousa Vianna

14h40
Um percurso de pesquisa em curadoria: anotações para uma abordagem metodológica
Elisa de Souza Martinez

15h
Estrangeirismos empregados pela publicidade popular e seu vínculo imagético
Najla Fouad Saghié e Leda Guimaraes

15h20
Aspectos fenomenológicos da produção de mundos e objetos tridimensionais na hipermídia
Luiz Carlos Petry

16h
A moda como possível diálogo na formação docente em artes visuais
Jociele Lampert

16h20
Design para a educação: uma avaliação do uso da imagem nos livros infantis de língua portuguesa
Solange Galvão Coutinho e Verônica Emília Campos Freire

16h40
Linguagem visual em livros didáticos infantis
Solange Galvão Coutinho e José Fábio Luna da Silva

Sala 1
11h
A impossibilidade do realismo: uma abordagem filosófica acerca da imitação perfeita
Thiago Pinheiro Oliveira

11h20
Opus poesis: a metodologia da pesquisa nos cursos de graduação em artes
Yacy-Ara Froner Gonçalves

11h40
Sistema poético: uma emergência na/da arte contemporânea
Edmilson Vitória de Vasconcelos

12h
Olhar: o lugar da poética
Heliana Ometto Nardim

14h
Um olhar de 360º sobre seis obras públicas de Victor Brecheret na cidade de São Paulo - SP - Brasil
Aurélio Antonio Mendes Nogueira

14h20
Arte interativa e colaborativa em rede: o coletivo pernambucano Re:combo
Marilei Fiorelli

14h40
Imagem, arte e TV digital
Mario Maciel

15h
Entrelaçados: vídeos e fractais... ou a natureza e a sombra sintética
Romanita Disconzi

15h20
Reflexões sobre tecnologia e cultura
Valzeli Figueira Sampaio

16h
Produção e impressão: um processo de inclusão na gravura
Alana Moraes e José César Clímaco

16h20
Xilocidade: memória urbana gravada
Manoela dos Anjos Afonso

16h40
A matriz e gravura como meio de expressão visual
Lavinnia Seabra Gomes e José César Clímaco

Sala 2
11h
Arte e História: implicações políticas
Sheila Cabo Geraldo

11h20
Do sagrado ao profano: um olhar sobre a pintura na Bahia
Ceres Pisani coelho

11h40
Documenta: levantamento sistemático das artes plásticas em Bauru, de 1980 a 1990
José dos Santos Laranjeira

12h
O universo artístico popular de bairros de Goiânia
Maria Elízia Borges e Leda Maria Guimarães

14h
Paulo Gaiad - artista - viajante do século XX
Sandra Makowiecky

14h20
Leda Oliveira, Gatos Amarelos e Homens de Vidro numa Pistaparavida
José Mário Peixoto Santos

14h40
Rabiscos, manchas e borrões. O enigmático de uma escrita ou a aventura de construir imagens
Sebastião Gomes Pedrosa

15h
A dobra da imagem numa proposta "readymade situacion"
Eriel de Araújo Santos

15h20
Aspectos inovadores nas composições de Degas
Geraldo Souza Dias

16h
Investigação sobre a arte contemporânea a partir da perspectiva antropológica
Nadja de Carvalho Lamas

16h20
De modelos e escravas: diálogos entre Arte e História
Valéria Alves Esteves Lima

16h40
Hip hop: protagonista de novas políticas midiáticas
Célia Maria Antonacci Ramos

Sala 3
11h
O novo paradigma tecnológico e a produção em arte: conceitos introdutórios
Roseli Amado da Silva Garcia

11h20
Ecos digitais - poética e produção em foco
Sandra Albuquerque Reis Fachinello

11h40
O paradigma da imagem múltipla
Sérgio Antonio Penna de Moraes e José César Teatini Clímaco

12h
Subjetividade em rede: um sistema complexo
Silvia Laurentiz

14h
Artes visuais - método autobiográfico: possíveis contaminações
Maria Celeste de Almeida Wanner

14h20
Limites da arte e do mundo: apresentações, inscrições, indeterminações
Helio Custódio Fervenza

14h40
Teoria e História da Arte: um conflito de interpretações
Neide Marcondes

15h
Atuação e impacto no sistema das artes: instituições financeiras e seus centros culturais
Nei Vargas da Rosa

15h20
Notas sobre as contaminações e os limites da arte
Afonso Medeiros

16h
Um olhar sobre os dizeres do corpo
Miriam da Costa Manso Moreira de Mendonça

16h20
Memória da pele
Giovana Santos Dantas da Silva

16h40
O corpo emana | elementos da plástica corporal xavante
Maria Cristina Rezende de Campos

22 de setembro, sexta-feira,
Teatro
10h20
Ações fluidas
Débora Santiago

10h40
O processo como cruzamento de procedimentos: considerações sobre as relações de produção da arte contemporânea
Sandra Rey

11h
Possibilidades estéticas na criação da vida computacional e arte robótica
Suzete Venturelli

11h20
A arte cinética e a relação ciência e tecnologia
Almerinda da Silva Lopes

11h40
Arte: linguagem ou rizoma?
Ana Carolina de S. S. D. Mendes

12h
Arte e tecnologia: considerações sobre a arte como sistema
Nara Cristina Santos

14h
Mito de herói e o mito de artista
Maria Lucila Horn

14h20
T. Lucrecio Caro: vênus, el deseo y su representación
Antionio Ruiz Castellanos

14h40
Desestabilizando os limites - a arte relacional em sua forma complexa
Gabrielle Althausen

15h
Arte e biotecnologia - limites e contaminações
Lílian Cristina Monteiro França

15h20
Práticas de arte dialógica em colaboração com as comunidades: as singularidades dos community based projects do insight_05
Luiz Sérgio de Oliveira

Sala 1
10h
Luciana Mendonçca Dinoá e Madalena de Fátima Zaccara

10h20
Galeria Aberta: uma história por múltiplos atores
Sálvio Juliano P. Farias

10h40
Arte em evento nas novas galerias, as lojas-conceitos
Nara Silva Marcondes Martins

11h
As gavetas da cômoda. Ações poéticas no espaço urbano: projeto e destino
Didonet Thomaz

11h20
Cidade lúdica: a arte/paisagem na cidade contemporânea
José Arthur D´Alo Frota

11h40
Fronteiras do visível. Arte pública na Avenida Paulista: um estudo-intervenção na cidade de São Paulo
Lílian Amaral

12h
Incorporações de performances em projetos de arte
Yiftah Peled

14h
A fotografia como categoria do pensamento artístico
Patrícia Franca

14h20
O cinema na formação do sujeito
Virginia Maria Yunes

14h40
Clube da Objetiva: a estética predominante nos salões nacionais de arte fotográfica
Ana Rita Vidica e Maria Elízia Borges

15h
"África negra: imagem da Guiné Bissau": uma reflexão sobre os processos de apropriação em uma exposição fotográfica
Virginia Maria Yunes

15h20
A imagem erótica na fotografia de moda a partir das campanhas Sisley (2000 - 2006)
Vivianne Cabral e Silva

Sala 2
10h
Arte e mídias emergentes: modos de fruição
Rosangela Leote

10h20
Impurezas textuais: uma abordagem das relações entre texto e imagem na arte no século XX
Maria do Carmo de Freitas Veneroso

10h40
Fração localizada: dilúvio em busca de um lugar compartilhado
Maria Ivone dos Santos

11h
A ninfa cortada
Beatriz Basile da Silva Rauscher

11h20
Carla Zaccaginini e a percepção do olhar
Orlando Maneschy

11h40
Visualidade da cena: relações entre as práticas corporais
Alice de Fátima Martins e Daniela de Oliveira

14h
Sombra contraponto da luz, matérias impalpáveis
Maria das Graças Moreira Ramos

14h20
Poéticas no desvio do espaço doméstico: a casa revirada ao avesso
Alice Jean Monsell

14h40
TeCido do corpo social - um projeto de residência artística internacional
Maria Virginia Gordilho Martins

15h
Auto-referencialidade e meta-pintura
Marilice Villeroy Corona

15h20
A poesia expandida
Heloisa Helena da Fonseca C. Leão

Sala 3
10h
Temporalidades e interpretação: cultura visual em contextos educativos
Raimundo Martins

10h20
Cultura visual. Por uma instrução do olhar
Marcos Rizolli

10h40
A educação estética e a percepção visual no processo de criação artística no ensino técnico industrial
Marcia Lenir Gerhardt

11h
Uma aposta na continuidade da aprendizagem estética e visual: escola, parceria institucional e compromisso social
Irene Tourinho

11h20
A colagem digital de Juarez Paraíso
Dilson Rodrigues Midlej

11h40
Breves considerações sobre as experiências cinematográficas de Lygia Pape
Fernanda Pequeno da Silva

12h
O processo de criação de gravura de D. J. Oliveira
Edna de Jesus Goya

14h
O barro na arte: uma questão de limites
Isabela Mendes Sielski

14h20
Poéticas digitais: analógico, digital e sampler
Christine Pires Nelson Mello

14h40
A vídeo-instalação como estratégia de uma narrativa corporal
Danillo Silva Barata

15h
Imagem é risco
Elyeser Szturm

Circuito Cultural
18h
Congraçamento no Museu de Arte da Bahia | Modos de ver e entender a art I e II | Acervo

19h
Coquetel de abertura de exposição na Galeria ACBEU | artistas do Instituto SACATAR

Posted by João Domingues at 12:24 PM

setembro 4, 2006

Curso Como fotografar artes plásticas, com Luciano Mattos Bogado, no Ateliê da Imagem, Rio de Janeiro

Projeto Experiência
Curso Como fotografar artes plásticas, com Luciano Mattos Bogado

7 de outubro, sábado, 9-18h

Ateliê da Imagem
Av Pasteur 453, Urca, Rio de Janeiro - RJ
21-2244-5660 / 2541-6930 ou info@ateliedaimagem.com.br
www.ateliedaimagem.com.br
Preço: R$ 180

Ementa:
Apresentação e a relação do fotógrafo com as artes plásticas;
Leitura do objeto do registro fotográfico; possibilidades e utilizações práticas da fotografia nas artes plásticas (reproduções de quadros, objetos, documentação, processo;
Autenticidade de uma obra de arte, execução da idéia em parceria com o artista, etc);
Apresentação da técnica do fotógrafo, equipamento utilizado; os problemas práticos mais frequentes nas etapas do trabalho e algumas soluções;
A experiência pessoal do fotógrafo na mudança do registro em filmes para o suporte digital; tratamento da imagem, controle do processo.
Finalização do trabalho. O que entregar ao cliente;relações profissionais com os artistas e com as instituições.
2 reproduções básicas de quadros (superfície de reprodução padrão e diferenciada).
Captação, transferência e tratamento da imagem.

Luciano Mattos Bogado

Começou sua formação na década de 1980 com estudos em fotografia na Sociedade Fluminense de Fotografia e pintura na EAV - Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Pintou por quatro anos e fotografava como amador paralelamente. Interessado por cinema e com a possibilidade de sobreviver e produzir fotografando, vai substituindo a pintura a partir de 1986 pela fotografia. Participou de salões de arte, exposições coletivas na antiga FUNARTE e individuais.

Formado em Jornalismo pela Faculdade da Cidade e fotógrafo profissional desde 1987, atende a artistas plásticos, instituições de arte, agências de publicidade, empresas, editoras e veículos de comunicação.


Projeto Experiência

O projeto visa promover vivências intensivas com nomes atuantes da fotografia e arte contemporânea com foco em assuntos específicos. O formato é sempre um sábado das 9h às 18h, com intervalo para almoço.

Posted by João Domingues at 2:04 PM