Página inicial

Cursos e Seminários

 


novembro 2020
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30          
Pesquise em
Cursos e Seminários:

Arquivos:
novembro 2020
outubro 2020
setembro 2020
agosto 2020
julho 2020
junho 2020
abril 2020
março 2020
fevereiro 2020
janeiro 2020
dezembro 2019
novembro 2019
outubro 2019
setembro 2019
agosto 2019
julho 2019
junho 2019
maio 2019
abril 2019
março 2019
fevereiro 2019
janeiro 2019
dezembro 2018
novembro 2018
outubro 2018
setembro 2018
agosto 2018
julho 2018
junho 2018
maio 2018
abril 2018
março 2018
fevereiro 2018
janeiro 2018
dezembro 2017
novembro 2017
outubro 2017
setembro 2017
agosto 2017
julho 2017
junho 2017
maio 2017
abril 2017
março 2017
novembro 2016
outubro 2016
setembro 2016
agosto 2016
julho 2016
junho 2016
maio 2016
fevereiro 2016
janeiro 2016
novembro 2015
outubro 2015
setembro 2015
agosto 2015
julho 2015
junho 2015
maio 2015
abril 2015
março 2015
fevereiro 2015
dezembro 2014
novembro 2014
outubro 2014
setembro 2014
agosto 2014
julho 2014
junho 2014
maio 2014
abril 2014
março 2014
fevereiro 2014
janeiro 2014
dezembro 2013
novembro 2013
outubro 2013
setembro 2013
agosto 2013
julho 2013
junho 2013
maio 2013
abril 2013
março 2013
fevereiro 2013
janeiro 2013
dezembro 2012
novembro 2012
outubro 2012
setembro 2012
agosto 2012
julho 2012
junho 2012
maio 2012
abril 2012
março 2012
fevereiro 2012
janeiro 2012
dezembro 2011
novembro 2011
outubro 2011
setembro 2011
agosto 2011
julho 2011
junho 2011
maio 2011
abril 2011
março 2011
fevereiro 2011
janeiro 2011
novembro 2010
outubro 2010
setembro 2010
agosto 2010
julho 2010
junho 2010
maio 2010
abril 2010
março 2010
fevereiro 2010
janeiro 2010
dezembro 2009
novembro 2009
outubro 2009
setembro 2009
agosto 2009
julho 2009
junho 2009
maio 2009
abril 2009
março 2009
fevereiro 2009
janeiro 2009
dezembro 2008
novembro 2008
outubro 2008
setembro 2008
agosto 2008
julho 2008
junho 2008
maio 2008
abril 2008
março 2008
fevereiro 2008
janeiro 2008
dezembro 2007
novembro 2007
outubro 2007
setembro 2007
agosto 2007
julho 2007
junho 2007
maio 2007
abril 2007
março 2007
fevereiro 2007
janeiro 2007
dezembro 2006
novembro 2006
outubro 2006
setembro 2006
agosto 2006
julho 2006
junho 2006
maio 2006
abril 2006
março 2006
fevereiro 2006
As últimas:
 

novembro 12, 2020

Zona Aberta: atividades nas áreas externas do MAM, Rio de Janeiro

Zona Aberta é um ateliê móvel que propõe atividades e práticas artístico-pedagógicas nos jardins e demais áreas externas. O projeto regular, com programação quinzenal gratuita, visa a integração e participação de grupos e pessoas que frequentam o Aterro do Flamengo, a partir de diferentes formas de vivenciar e se apropriar do museu.

14 e 28 de novembro de 2020, sábados, das 14h às 16h

MAM Rio - Ponto de encontro: vão livre do MAM
Av. Infante Dom Henrique 85, Aterro do Flamengo, Rio de Janeiro

MAM Rio inaugura projeto que integra as área externas do museu, a partir de ateliês móveis abertos aos frequentadores do Aterro do Flamengo

No dia 14 de novembro, o Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM Rio) dará início ao Zona Aberta, um ateliê móvel que propõe atividades e práticas artístico-pedagógicas nos jardins e demais áreas externas. O projeto regular, com programação quinzenal gratuita, visa a integração e participação de grupos e pessoas que frequentam o Aterro do Flamengo, a partir de diferentes formas de vivenciar e se apropriar do museu.

A primeira ativação do Zona Aberta, uma aula pública de modelo vivo a céu aberto com o artista Robnei Bonifácio, será no sábado, dia 14 de novembro, às 14h. E no dia 28, os artistas Prili, Daniel Bruno e Antonio Amador vão coordenar a ação “Como iniciar um mapa”, direcionada a crianças com mais de sete anos.

“Com o Zona Aberta, além de potencializarmos os jardins e áreas externas do MAM Rio como lugares favoráveis para a experiência artística, cultural e de criação, desejamos, através da oferta de uma programação regular, que a população se aproprie do museu como espaço de lazer e opção para os fins de semana” afirma Gleyce Kelly Heitor, Gerente de Educação e Participação do MAM Rio.

Programação de novembro

Sábado, 14 de novembro, das 14h às 16h
Aula Modelo Vivo em Movimento, com Robnei Bonifácio*
O desenho com modelo vivo é uma disciplina complexa que envolve noções de proporção, movimento e composição. Mas conceitos básicos pode ser compreendidos rapidamente quando o ambiente favorece o desenho. Visitantes, passantes e educadores estão convidados a usarem material gráfico e desenhar situações típicas dos Jardins do MAM: pessoas de bicicleta, patins ou fazendo piquenique. Corpos e velocidades diferentes serão fontes de aprendizado, podendo conduzir a fluidez dos gestos. Para além de dar realismo ao desenho, o essencial é usá-lo como exercício do olhar. Robnei Bonifácio é artista e educador. Vive, trabalha e transita entre Rio de Janeiro e Nova Iguaçu.

Sábado, 28 de novembro, das 14h às 16h
Ação Como iniciar um mapa, com Prili, Daniel Bruno e Antonio Amador
O espaço ao redor do MAM Rio guarda diversas paisagens, texturas, sons e serve de espaço para diferentes pessoas praticarem inúmeras atividades. Nesta ação, mapearemos de maneira colaborativa elementos fixos - ou não, de maneira viva no entorno do museu. Trabalharemos com materiais de desenho, um mapa e algumas pistas para sugerir ideias e despertar curiosidades. Faixa etária: a partir de 7 anos. Prili, Daniel Bruno e Antonio Amador são artistas e educadores do MAM.

*Robnei Bonifácio (1991, Rio de Janeiro), vive, trabalha e transita entre as cidades do Rio de Janeiro e Nova Iguaçu. Formado em Gravura pela Escola de Belas Artes da UFRJ (2013), e mestre em Linguagens Visuais pelo Programa de Pós Graduação em Artes Visuais da UFRJ (2018). Entre 2011 e 2015 foi aluno na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Participou da mostra coletiva “Luzes Indiscretas entre colinas cônicas”, com curadoria de Marcelo Campos na galeria Simone Cadinelli (2018) e teve sua primeira exposição individual no Instituto Cultural Germânico (2013). Robnei, em seu trabalho, investiga maneiras de dialogar com espaço urbano através de desenhos, pinturas, propostas educativas e intersociais. Com estes meios, o artista aborda o subúrbio como território central para a produção de afetos, questionando o modo maquinal com que habitamos e nos deslocamos pela cidade.

Posted by Patricia Canetti at 1:51 PM