Página inicial

Cursos e Seminários

 


julho 2020
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31  
Pesquise em
Cursos e Seminários:

Arquivos:
julho 2020
junho 2020
abril 2020
março 2020
fevereiro 2020
janeiro 2020
dezembro 2019
novembro 2019
outubro 2019
setembro 2019
agosto 2019
julho 2019
junho 2019
maio 2019
abril 2019
março 2019
fevereiro 2019
janeiro 2019
dezembro 2018
novembro 2018
outubro 2018
setembro 2018
agosto 2018
julho 2018
junho 2018
maio 2018
abril 2018
março 2018
fevereiro 2018
janeiro 2018
dezembro 2017
novembro 2017
outubro 2017
setembro 2017
agosto 2017
julho 2017
junho 2017
maio 2017
abril 2017
março 2017
novembro 2016
outubro 2016
setembro 2016
agosto 2016
julho 2016
junho 2016
maio 2016
fevereiro 2016
janeiro 2016
novembro 2015
outubro 2015
setembro 2015
agosto 2015
julho 2015
junho 2015
maio 2015
abril 2015
março 2015
fevereiro 2015
dezembro 2014
novembro 2014
outubro 2014
setembro 2014
agosto 2014
julho 2014
junho 2014
maio 2014
abril 2014
março 2014
fevereiro 2014
janeiro 2014
dezembro 2013
novembro 2013
outubro 2013
setembro 2013
agosto 2013
julho 2013
junho 2013
maio 2013
abril 2013
março 2013
fevereiro 2013
janeiro 2013
dezembro 2012
novembro 2012
outubro 2012
setembro 2012
agosto 2012
julho 2012
junho 2012
maio 2012
abril 2012
março 2012
fevereiro 2012
janeiro 2012
dezembro 2011
novembro 2011
outubro 2011
setembro 2011
agosto 2011
julho 2011
junho 2011
maio 2011
abril 2011
março 2011
fevereiro 2011
janeiro 2011
novembro 2010
outubro 2010
setembro 2010
agosto 2010
julho 2010
junho 2010
maio 2010
abril 2010
março 2010
fevereiro 2010
janeiro 2010
dezembro 2009
novembro 2009
outubro 2009
setembro 2009
agosto 2009
julho 2009
junho 2009
maio 2009
abril 2009
março 2009
fevereiro 2009
janeiro 2009
dezembro 2008
novembro 2008
outubro 2008
setembro 2008
agosto 2008
julho 2008
junho 2008
maio 2008
abril 2008
março 2008
fevereiro 2008
janeiro 2008
dezembro 2007
novembro 2007
outubro 2007
setembro 2007
agosto 2007
julho 2007
junho 2007
maio 2007
abril 2007
março 2007
fevereiro 2007
janeiro 2007
dezembro 2006
novembro 2006
outubro 2006
setembro 2006
agosto 2006
julho 2006
junho 2006
maio 2006
abril 2006
março 2006
fevereiro 2006
As últimas:
 

julho 3, 2020

EAV Parque Lage agora oferece cursos online

Escola de Artes Visuais do Parque Lage se abre para alunos de todo o País, com 12 cursos de férias e quase 50 cursos semestrais originalmente formatados para plataforma on-line interativa

A partir das limitações impostas pela pandemia de Covid-19, a Escola de Arte Visuais do Parque Lage (EAV) repensa sua experiência pedagógica, que há 45 anos acontece em torno da maior floresta urbana do mundo. Em julho, a instituição lança 12 cursos de férias e abre o segundo semestre em agosto com aproximadamente 50 cursos remotos, em plataforma digital cedida pela Secretaria de Educação do Rio de Janeiro (em parceria com a Secretaria de Cultura e Economia Criativa). Todas as ementas foram concebidas já na conjuntura da pandemia e do consequente isolamento social. Os encontros acontecem ao vivo, por videoconferência, em ambiente on-line que proporciona a interação entre professores e alunos.

Ao longo do primeiro semestre de 2020, o corpo docente da instituição se reuniu para criar estratégias que, de alguma forma, sejam capazes de subverter a distância, ou até mesmo, tirar proveito dela. As aulas remotas são uma possibilidade potente de, pela primeira vez, a instituição se comunicar com públicos de fora do Rio. “Absorver novas referências como ponto criador de sentido para as aulas da EAV, trocando experiências com alunos de outros estados e adensando nosso repertório em arte brasileira, é algo que nos interessa de maneira singular”, comenta Ulisses Carrilho, curador da EAV.

“A necessidade de viabilizar os cursos no momento de isolamento social acabou gerando a oportunidade de ampliar nossa área de atuação para além do Rio de Janeiro. O formato on-line vai permitir que pessoas de vários pontos do País e até de outros países possam usufruir de cursos voltados para a conjuntura atual em diversos campos das artes visuais”, afirma Yole Mendonça, diretora da EAV Parque Lage.

Cursos de férias

Durante o mês de julho, a EAV oferece cursos on-line, de curta duração, desenvolvidos a partir de recortes temáticos e dinâmicas que consideram o isolamento social. A proposições tomam a arte como uma importante ferramenta de construção de sentido para pensar a atualidade em suas dimensões estéticas, sociais e políticas. Com variados temas que investigam as artes visuais em múltiplas linguagens e abordagens, será possível conhecer técnicas, elaborar novos processos artísticos, se aproximar de artistas, movimentos históricos e correntes teóricas de relevância para a contemporaneidade.

Ao todo, são 12 cursos livres, teóricos e práticos, voltados a pessoas interessadas em se aproximar ou aprofundar conhecimentos e práticas em artes visuais, com foco em arte contemporânea.

Entre os cursos, que têm duração total de quatro a oito aulas, destaque para ‘Colagem como forma de pensamento’, com Pedro Varela; ‘Pintura Contemporânea 2000-2020’, com Bob N e Gustavo Matos; ‘Introdução à Videoarte’, com Marcos Bonisson, e ‘Arqueologia do Cotidiano - O acontecimento e o trivial como instrumento de produção em arte’, com Fabia Schnoor.

Para ver ementas, horários e valores, acesse Cursos - Julho 2020.

Cursos regulares - 2º semestre (3/agosto a 12/dezembro)

Com início em 3 de agosto de 2020, os 48 cursos regulares da EAV Parque Lage estão subdivididos em sete núcleos: pintura e desenho, imagem em movimento, estudos críticos e curatoriais, volume e espaço, corpos, oficinas gráficas e fotográficas, e desenvolvimento de projetos/poéticas.

Um corpo docente de quase 40 professores/artistas - entre eles Iole de Freitas, Franz Manata, Charles Watson, Bernardo Magina e Clarissa Diniz - oferece proposições bastante diversas, com mensalidades a partir de R$ 300.

Em “A dinâmica das cores”, Bernardo Magina analisa teorias propostas por artistas desde Da Vinci até os dias de hoje, com ênfase nos estudos de José Maria Dias da Cruz sobre Cézanne. O objetivo é fazer o aluno pensar o uso da cor para além do círculo cromático tradicional newtoniano, buscando harmonia e ritmo na criação de paletas.

Em seu “Atelier da Escuta”, Ana Emerich propõe uma imersão na linguagem musical tradicional, no campo sonoro-experimental da arte, nas contaminações poéticas entre imagem sonora e imagem visual, em diálogo com o tempo presente.

O curso “A arte Cura”, com Nadam Guerra, tem proposta vivencial e prática inspirada no método de Anna Halprin e na psicomagia de Alejandro Jodorowsky. Através de uma abordagem contemporânea, o curso visita o xamanismo, a magia e a alquimia.

“Linguagens Visuais: Teorias e Práticas em Fotografia e Vídeoarte”, de Marcos Bonisson, tem como objetivo orientar/dialogar com todos os interessados (sem pré-requisitos) em pesquisar e trabalhar a partir de leituras, teorias e práticas experimentais com fotografia, videoarte, colagem e outros suportes.

Para acessar os cursos por dia de semana, turno ou faixa etária, acesse Cursos - Núcleos.

Sobre a EAV

A Escola de Artes Visuais foi criada em 1975, pelo artista Rubens Gerchman, para substituir o Instituto de Belas Artes (IBA). Seu surgimento acontece em plena Guerra Fria na América Latina, durante o período de forte censura e repressão militar no Brasil. A EAV afirma-se historicamente por seu caráter de vanguarda, como marco da não conformidade às fronteiras e categorias, e propõe regularmente perguntas à sociedade por meio da valorização do pensamento artístico.

Alguns exemplos marcantes da história do Parque Lage são a utilização do palacete como sede do governo da cidade de Alecrim em Terra em Transe, dirigido por Glauber Rocha em 1967; e a exposição Como Vai Você, Geração 80?, que reuniu 123 jovens artistas de diferentes tendências numa mostra que celebrava a liberdade e o fim do regime militar. O palacete em estilo eclético também palco de “Sonhos de uma noite de verão”, clássico shakespeariano, e serviu como locação para Macunaíma, de Joaquim Pedro de Andrade.

A Escola de Artes Visuais do Parque Lage está voltada prioritariamente para o campo das artes visuais contemporâneas, com ênfase em seus aspectos interdisciplinares e transversais. Abrange também outros campos de expressão artística (música, dança, cinema, teatro), assim como a literária, vistos em suas relações com a visualidade. As atividades da EAV contemplam tanto as práticas artísticas como seus fundamentos conceituais.

A EAV configura-se como centro educacional aberto de formação de artistas e profissionais do campo da arte contemporânea. Como referência nacional, com uma consistente imagem no meio da arte, a EAV busca criar mecanismos internos e linhas de atuação externa que permitam um diálogo produtivo com a cidade e com o circuito de arte nacional e internacional. A instituição integra a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do estado do Rio de Janeiro.

Posted by Patricia Canetti at 10:06 AM