Página inicial

Cursos e Seminários

 


janeiro 2020
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31  
Pesquise em
Cursos e Seminários:

Arquivos:
janeiro 2020
dezembro 2019
novembro 2019
outubro 2019
setembro 2019
agosto 2019
julho 2019
junho 2019
maio 2019
abril 2019
março 2019
fevereiro 2019
janeiro 2019
dezembro 2018
novembro 2018
outubro 2018
setembro 2018
agosto 2018
julho 2018
junho 2018
maio 2018
abril 2018
março 2018
fevereiro 2018
janeiro 2018
dezembro 2017
novembro 2017
outubro 2017
setembro 2017
agosto 2017
julho 2017
junho 2017
maio 2017
abril 2017
março 2017
novembro 2016
outubro 2016
setembro 2016
agosto 2016
julho 2016
junho 2016
maio 2016
fevereiro 2016
janeiro 2016
novembro 2015
outubro 2015
setembro 2015
agosto 2015
julho 2015
junho 2015
maio 2015
abril 2015
março 2015
fevereiro 2015
dezembro 2014
novembro 2014
outubro 2014
setembro 2014
agosto 2014
julho 2014
junho 2014
maio 2014
abril 2014
março 2014
fevereiro 2014
janeiro 2014
dezembro 2013
novembro 2013
outubro 2013
setembro 2013
agosto 2013
julho 2013
junho 2013
maio 2013
abril 2013
março 2013
fevereiro 2013
janeiro 2013
dezembro 2012
novembro 2012
outubro 2012
setembro 2012
agosto 2012
julho 2012
junho 2012
maio 2012
abril 2012
março 2012
fevereiro 2012
janeiro 2012
dezembro 2011
novembro 2011
outubro 2011
setembro 2011
agosto 2011
julho 2011
junho 2011
maio 2011
abril 2011
março 2011
fevereiro 2011
janeiro 2011
novembro 2010
outubro 2010
setembro 2010
agosto 2010
julho 2010
junho 2010
maio 2010
abril 2010
março 2010
fevereiro 2010
janeiro 2010
dezembro 2009
novembro 2009
outubro 2009
setembro 2009
agosto 2009
julho 2009
junho 2009
maio 2009
abril 2009
março 2009
fevereiro 2009
janeiro 2009
dezembro 2008
novembro 2008
outubro 2008
setembro 2008
agosto 2008
julho 2008
junho 2008
maio 2008
abril 2008
março 2008
fevereiro 2008
janeiro 2008
dezembro 2007
novembro 2007
outubro 2007
setembro 2007
agosto 2007
julho 2007
junho 2007
maio 2007
abril 2007
março 2007
fevereiro 2007
janeiro 2007
dezembro 2006
novembro 2006
outubro 2006
setembro 2006
agosto 2006
julho 2006
junho 2006
maio 2006
abril 2006
março 2006
fevereiro 2006
As últimas:
 

janeiro 22, 2020

Programação de Férias na Casa Roberto Marinho, Rio de Janeiro

No mês de janeiro a Educação do Instituto Casa Roberto Marinho preparou uma programação especial de férias pensando nas crianças e suas famílias, assim como na participação do público jovem e adulto. A programação inclui workshops, contações de histórias, ateliês de arte e visitas temáticas nas exposições em cartaz “O Jardim” e “Duplo Olhar”.

O Instituto está situado em uma franja da Floresta da Tijuca, o jardim, projetado por Burle-Marx, faz a transição com a mata. Parte das experiências e propostas estarão em diálogo com esse espaço externo a Casa, promovendo uma vivência com a natureza e a estética pensada pelo paisagismo.

O diálogo entre o acervo em exposição, que inclui importantes obras modernistas da coleção, e os espaços externos visam proporcionar experiências de criação compartilhada, diálogo e convivência entre adultos e crianças que relacionem a arte o mundo e a particularidade de cada olhar.

Resumo da programação

> Nas quartas as visitas para público espontâneo às 16h permanecem na nossa programação (sugestão de faixa etária: a partir de 3 anos);

> Quinta a domingo, visitas às 14h e às 16h e sempre um Ateliê de Arte às 15h30 que a cada semana terá uma técnica a ser explorada (sugestão de faixa etária: a partir de 3 anos);

> Nos sábados e domingos, 18 e 19, 25 e 26 às 11h contações de histórias se inspiram em temáticas da exposição. Contadora: Tatiana Henrique (sugestão de faixa etária: a partir de 3 anos);

> Nos dias 30 e 31, workshop de fotografia “Natureza Morta | Natureza Viva” com a fotógrafa Claudia Tavares. A proposta relaciona reflexões sobre as exposições em cartaz, a partir da temática natureza morta e o jardim de Burle Marx. Com exercícios práticos de fotografia e experiências no Ateliê de Educação.

IMPORTANTE: Crianças devem estar acompanhadas de seus responsáveis em toda programação.

SEMANA 1
de 16 a 19 (de quinta a domingo)

Ateliês de arte / Experiências em gravura – sempre às 15h30
Nesta semana os ateliês terão como propósito explorar técnicas de impressão, como serigrafias, carimbos e gravuras em matrizes utilizando materiais recicláveis. A exposição “O Jardim” que conta com obras de 11 artistas com técnicas de impressões diversas será nosso ponto de partida para as experiências no Ateliê de Educação.

Visita a exposição “O jardim” - 14h

Visita a exposição “Duplo Olhar” - 16h

SEMANA 2
de 23 a 26 (de quinta a domingo)

Ateliês de arte / Experiências em técnicas mistas – sempre às 15h30
Nesta semana os ateliês terão como propósito explorar técnicas diversas na realização de um mesmo trabalho, como impressão, desenho, pintura etc. A exposição “O Jardim” e “Duplo Olhar” serão exploradas a partir da perspectiva de uma conversa sobre a diversidade técnica encontrada no processo dos trabalhos para inspirar as experiências práticas no Ateliê de Educação.

Visita a exposição “O jardim” - 14h

Visita a exposição “Duplo Olhar” - 16h

SEMANA 3
de 30 a 2 (de quinta a domingo)

Ateliês de arte / Experiências com fotografia – sempre às 15h30
Nesta semana os ateliês terão como propósito explorar técnicas fotográficas, desde exercícios de fotografar no jardim, até experiências com revelação e uso de técnicas como o fotograma, que podemos encontrar na exposição “Duplo Olhar” em algumas fotografias modernas brasileiras. O participante poderá experimentar a artesania utilizada por fotógrafos para produzir suas imagens em meados do século passado em nosso Ateliê de Educação.

Visita a exposição “O jardim” - 14h

Visita a exposição “Duplo Olhar” - 16h

Contação de Histórias – Sábados e Domingos às 11h
Dias 18 e 19, 25 e 26

As Histórias se inspiram em pontos e reflexões, que, de alguma forma, podemos encontrar nas exposições em cartaz, assim, histórias como a “A pipa e a Flor” do educador Rubem Alvez, compõe uma narrativa que nos aproxima da exposição “O Jardim”, assim como “Ecubu e o tempo dos espelhos” nos remete conceitualmente ao auto retrato, temática presente na exposição “Duplo Olhar”.

Contadora Tatiana Henrique - É atriz, contadora de histórias, educadora e diretora teatral. Desenvolve sua pesquisa na linguagem corporal em contos e mitologias ameríndias, africanas, afro-brasileiras e indianas.

> 18 de janeiro - A pipa e a flor
O amor nos faz voar...o amor nos faz pousar... mas quando é que o amor deixa de ser amar? Este conto do educador e poeta Rubem Alves nos apresenta três possíveis respostas, será que podemos criar uma quarta?

> 19 de janeiro - Como surgiu a bacaba
As aldeias viviam em paz na serra do Tumucumaque, até que alguns sinais anunciaram o que estava por vir...
Conto etiológico do Amapá, sobre o surgimento da palmeira Bacaba

> 25 de janeiro - Ecubu e o tempo dos espelhos
A menina-serpente nasceu no Tempo dos Espelhos, quando todo os seres se entendiam...
Reconto de Ilma Maria Canauna. Ecubu,

> 26 de janeiro - A devota das almas
Quando alguém promete algo que não se pode cumprir, o que se faz? Acende uma vela e apela pras almas!
Conto popular de Minas Gerais.

Workshop de fotografia “Natureza Morta | Natureza Viva”
Dia 30, quinta-feira - de 14h30 às 17h30
Dia 31, sexta-feira - de 15h30 às 17h30

A fotógrafa Claudia Tavares busca pensar as relações: vivo/ morto, dentro/ fora, cor/ preto e branco. Partindo da observação de obras fotográficas que compõem a temática natureza morta na exposição “Duplo Olhar”, e de obras da exposição “O Jardim”, além de um passeio pelo jardim da Casa Roberto Marinho, os participantes irão produzir imagens que serão impressas formando um painel coletivo de todos os inscritos.
15 vagas, com inscrições prévias por e-mail. (a partir de 15 anos)

*o workshop é continuado, para se inscrever é necessário ter disponibilidade para os dois dias. Ao final terá certificado de quem tiver presença em todo o curso.

Claudia Tavares é Doutora em Processos Artísticos Contemporâneos pelo Instituto de Artes da UERJ. Usa as linguagens da fotografia, vídeo e instalação e está interessada nas muitas relações possíveis entre arte e natureza. Seu recente projeto “Um Jardim em Floresta” foi selecionado para ser exibido no Palácio das Artes, em Belo Horizonte e no Paço Imperial, no Rio de Janeiro, ambos em 2018 e ganhou o Prêmio Chico Albuquerque de Fotografia, da SECULT do Ceará, na categoria Outras Visões.

Posted by Patricia Canetti at 5:51 PM