Página inicial

Como atiçar a brasa

 


novembro 2013
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
Pesquise em
Como atiçar a brasa:

Arquivos:
As últimas:
 

novembro 3, 2013

Bienal 31ª Bienal de São Paulo tem equipe de curadores, blog da Bienal

Bienal 31ª Bienal de São Paulo tem equipe de curadores

Matéria originalmente publicada no blog da Bienal em 28 de outubro de 2013.

Charles Esche, Pablo Lafuente, Galit Eilat, Oren Sagiv e Nuria Enguita Mayo assumem a curadoria da mostra de 2014

A Fundação Bienal de São Paulo terá grupo de 5 profissionais à frente da curadoria da 31ª Bienal de São Paulo. O curador e escritor escocês Charles Esche assume a curadoria geral ao lado dos espanhóis Pablo Lafuente e Nuria Enguita Mayo, e dos israelenses Galit Eilat e Oren Sagiv. O grupo também será responsável, em 2015, pelas exposições itinerantes da 31ª Bienal e, mantido o convênio atual entre a Fundação Bienal e o Ministério das Relações Exteriores, pela participação oficial brasileira na Bienal de Veneza.

“Está no centro das pesquisas do grupo repensar os formatos de museus, centros culturais, bienais e o papel da arte na sociedade hoje. Acredito que a Bienal de São Paulo deva ser palco para esta discussão, uma auto-discussão, e lançar-se neste desafio. Afinal é nossa vocação buscar novas configurações, reflexões e proposições. É mais uma forma de a Bienal de São Paulo avançar e, com isso, reforçar-se” – avalia Luis Terepins, presidente da Fundação Bienal de São Paulo.

Charles Esche é diretor do museu Van Abbe, situado em Eindhoven, Holanda, onde trabalha ao lado da escritora e curadora Galit Eilat. Esteve à frente das curadorias de importantes exposições internacionais como a 9ª Bienal de Istambul (Turquia, 2005) e as 2ª e 3ª edições da Bienal de Riwaq (Palestina, 2009 e 2007). Como co-diretor da londrina Afterall Journal and Books, trabalha ao lado do curador e escritor Pablo Lafuente e da historiadora e editora Nuria Enguita Mayo. Em abril deste ano, os curadores anunciaram a participação do arquiteto Oren Sagiv - responsável pelo projeto da Intersection | Quadrienal de Praga (2011) - como responsável pelo projeto expográfico da 31ª Bienal de São Paulo.

O processo de escolha da curadoria da 31ª Bienal teve início em novembro de 2012, quando a diretoria da Fundação Bienal dialogou com diretores de instituições, intelectuais e personalidades do circuito artístico nacional e internacional. A partir daí optou-se por avaliar o percurso de 14 possíveis profissionais. Destes, cinco receberam solicitação para o envio de projetos. Analisadas as propostas, dois dos autores foram convidados a participar de reuniões na sede da Fundação Bienal de São Paulo.

Posted by Patricia Canetti at 5:43 PM