Página inicial

Como atiçar a brasa

 


novembro 2013
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
Pesquise em
Como atiçar a brasa:

Arquivos:
As últimas:
 

janeiro 22, 2012

Carta aberta a Sergio Mamberti: Recursos suspensos impedem a conclusão de projetos selecionados no Programa Cultura e Pensamento por Roberto Moreira Junior (Traplev)

Carta aberta a Sergio Mamberti: Recursos suspensos impedem a conclusão de projetos selecionados no Programa Cultura e Pensamento

Das seis edições previstas em edital para as revistas selecionadas apenas a metade foi produzida, impressa e distribuída. Ainda não há previsão por parte do Ministério da Cultura para a conclusão dos projetos.

O Programa Cultura e Pensamento é um edital da Secretaria de Políticas Culturais do Ministério da Cultura para a seleção de projetos de seminários e revistas culturais. O programa está em sua terceira edição (2009-2010), tendo sido planejada na gestão de Juca Ferreira e produzida pela Associação Amigos da Casa de Rui Barbosa, com o apoio da lei de incentivo fiscal Lei Rouanet e patrocínio da Petrobras.

O edital, no valor de R$ 88.800,00 (pagos em sete parcelas), prevê a produção de 6 edições de cada revista selecionada a serem lançadas de dois em dois meses. A impressão e a distribuição gratuita de 10 mil exemplares de cada revista são realizadas pela produção do programa.

Na terceira edição o programa selecionou as revistas Babel, Índio, Piseagrama e Recibo cujos contratos foram assinados entre agosto e setembro de 2010. A primeira edição das revistas foi produzida entre outubro e dezembro de 2010 e sua distribuição ocorreu somente em fevereiro-março de 2011.

O contrato entre a Associação Amigos da Casa de Rui Barbosa (proponente e produtora do programa) e as quatro revistas previa a entrega dos arquivos PDF fechados para impressão a cada dois meses, com o recebimento automático da parcela seguinte.

A quarta edição das revistas selecionadas teve seus arquivos PDF entregues em outubro de 2011, quando foi comunicado que o repasse de recursos havia sido interrompido e desde então as mesmas se encontram paradas na gráfica. A quinta parcela, que deveria ter sido paga com a entrega dos arquivos, até agora não foi paga. Com isto, ficaram pendentes a impressão e distribuição da quarta edição, assim como a produção de mais duas edições das revistas Babel, Índio, Piseagrama e Recibo, para que se cumpra o que foi estipulado em contrato.

Em dezembro passado, a Associação dos Amigos da Casa de Rui Barbosa, juntamente com o coordenador do programa Sergio Cohn e os gerentes de patrocínio da Petrobras, informou aos editores das revistas selecionadas que os problemas com documentações haviam sido sanados e que faltava apenas a publicação no Diário Oficial da União, para dar prosseguimento aos projetos interrompidos. Mas infelizmente a situação registrada no SalicWeb (site de acompanhamento de projetos do MinC) sobre os projetos continua mostrando “Expirado o prazo de captação parcial”...

Esperamos que esta situação de paralisação, que compromete o desenvolvimento das publicações selecionadas, seja revertida com a maior urgência.

Roberto Moreira Junior (Traplev), editor de Recibo

Em tempo: o blog do Programa Cultura e Pensamento está desatualizado. Resta saber se os pontos de distribuição, que constam na listagem do MinC, ainda estão recebendo exemplares das revistas ou se também estão em suspenso.

Posted by Patricia Canetti at 7:20 PM | Comentários(1)
Comments

pra não falar nas outras revistas que nem sairam do papel:

http://www.intervozes.org.br/noticias/rede-de-revistas-cobra-do-governo-compromisso-com-financiamento

...

Posted by: anônimo at janeiro 23, 2012 6:05 PM
Post a comment









Remember personal info?