Página inicial

Blog do Canal

o weblog do canal contemporâneo
 


abril 2017
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30            
Pesquise no blog:
Arquivos:
abril 2017
março 2017
fevereiro 2017
janeiro 2017
dezembro 2016
novembro 2016
outubro 2016
setembro 2016
agosto 2016
julho 2016
junho 2016
maio 2016
abril 2016
março 2016
fevereiro 2016
janeiro 2016
dezembro 2015
novembro 2015
outubro 2015
setembro 2015
agosto 2015
julho 2015
junho 2015
maio 2015
abril 2015
março 2015
fevereiro 2015
janeiro 2015
dezembro 2014
novembro 2014
outubro 2014
setembro 2014
agosto 2014
julho 2014
junho 2014
maio 2014
abril 2014
março 2014
fevereiro 2014
janeiro 2014
dezembro 2013
novembro 2013
outubro 2013
setembro 2013
agosto 2013
julho 2013
junho 2013
maio 2013
abril 2013
março 2013
fevereiro 2013
setembro 2012
agosto 2012
junho 2012
abril 2012
março 2012
fevereiro 2012
novembro 2011
setembro 2011
agosto 2011
junho 2011
maio 2011
março 2011
dezembro 2010
novembro 2010
outubro 2010
setembro 2010
junho 2010
fevereiro 2010
janeiro 2010
dezembro 2009
novembro 2009
maio 2009
março 2009
janeiro 2009
novembro 2008
setembro 2008
agosto 2008
julho 2008
maio 2008
abril 2008
fevereiro 2008
dezembro 2007
novembro 2007
outubro 2007
agosto 2007
junho 2007
maio 2007
março 2007
janeiro 2007
dezembro 2006
outubro 2006
setembro 2006
agosto 2006
julho 2006
junho 2006
maio 2006
abril 2006
março 2006
fevereiro 2006
janeiro 2006
dezembro 2005
novembro 2005
setembro 2005
agosto 2005
julho 2005
junho 2005
maio 2005
abril 2005
março 2005
fevereiro 2005
janeiro 2005
dezembro 2004
novembro 2004
outubro 2004
setembro 2004
agosto 2004
junho 2004
maio 2004
abril 2004
março 2004
janeiro 2004
dezembro 2003
novembro 2003
outubro 2003
agosto 2003
As últimas:
 

junho 12, 2012

Visualizações da Rede Canal

Projeto inscrito no edital Arte e Patrimônio 2009, realizado pelo Ministério da Cultura e Paço Imperial, e produzido pela equipe editorial do Canal Contemporâneo: Ana Maria Maia, Ananda Carvalho, Patricia Canetti e Claudia Duarte (design).


“A visualização de dados trata-se de simulações capazes de tornar visível o invisível”
Lucia Santaella


“As relações são o espaço”, atesta um dos lemas do Canal Contemporâneo. Passam-se os anos; cresce sua abrangência de conteúdo, acesso e interação; e o Canal acumula episódios para um rico entendimento do patrimônio cultural contemporâneo brasileiro. A função que cumprira em seus primórdios de fornecer informação, hoje, calcada em repertório próprio e no desenvolvimento do circuito participante, converte-se no desafio de fornecer novas possibilidades de leitura.

Baseado nesta demanda, o Canal Contemporâneo propõe, no presente edital, a elaboração de uma interface de visualização dos dados registrados em sua rede social. Uma árvore hiperbólica que espacializa a produção artística e institucional através de esquemas de representação gráfica. Estes serão convencionados para aferir sintomas e conexões entre eventos, profissionais e organismos presentes na Agenda de Eventos – criada em 2005, com patrocínio da Petrobras, através da Lei Rouanet. A visualização permitirá ao usuário acessar “retratos” contextuais que localizam eventos, profissionais, organismos num todo de presenças, ausências e vizinhanças, ao invés de dados isolados.

Este projeto propõe desenhar sua própria versão de narrativa histórica a partir da referida cadeia e dos hiperlinques de suas ações passadas e presentes no ciberespaço.

A linha de pesquisa do projeto sintoniza-se com estudos sobre visualizações de redes sociais realizadas a partir de 2000; e engloba desde o levantamento de coordenadas a serem atribuídas e soluções gráficas a serem adotadas, até a aplicação de conteúdos do banco de dados da Agenda no diagrama representacional finalizado. A aplicação resultará numa primeira gama de visualizações. No entanto, de natureza dispositiva, o diagrama, uma vez inaugurado, acontecerá continuamente. Serão criados, assim, nos próximos anos, novos retratos, sempre cumulativos e disponíveis online.

A interface poderá ser usada por iniciados, como instrumento organizador de memória; e também por não iniciados, como primeira apresentação das partes que compõem o sistema. Algo que esteja fora das linhas cronológicas e da monologia que a disciplina História pode ter; lançada às simultaneidades e continuidades que o relacionamento entre artistas, críticos, curadores, educadores, patrocinadores, colecionadores, imprensa e público pode apontar. Uma versão que, atrelada ao visual, ganhe perspectivas analíticas sobre o circuito. Este é um espaço a ser narrado e visualizado de dentro, durante, com todas as suas vozes, para todas as direções.

Reorganizar e reconhecer documentos digitais

Esta é uma iniciativa inédita no campo da arte brasileira que busca consolidar uma forma analítica do acesso à informação em tempos de web 2.0. A proposta repensa a demanda por organização dos dados digitais como documentos dispersos na rede e prospecta novas dinâmicas para o resgate e a conservação dos mesmos como patrimônio histórico e cultural.

Pensar as poéticas dos bancos de dados e seus desdobramentos em mapas visuais constitui-se num aspecto primordial para a compreensão da documentação em mídias digitais. Reconhecendo a fluidez e a não linearidade do meio, o presente projeto justifica-se pela reunião e pela visualização de informações até então dispersas em mecanismos tradicionais de busca. Por conseguinte, cria uma nova forma de produção de sentido e de conhecimento. O usuário, ao navegar por estas visualizações, observa as narrativas históricas das relações entre os agentes do circuito e como estes se reorganizam ao longo do tempo.

Espacializar as relações sociais como construção do patrimônio histórico

Esta proposta considera e demonstra a construção da história como um continuum do reconhecimento do circuito das artes em relação ao próprio circuito. Neste sentido, está em consonância com teorias da História Contemporânea que reconhecem o documento como o resultado de uma montagem e o testemunho de acordo com a posição do historiador e as configurações da sociedade de sua época (Le Goff e Foucault). Constróem-se, assim, bases para o entendimento de Patrimônio Cultural socialmente reorganizável a partir da consolidação da tecnologia internet e seus desdobramentos colaborativos, vide os modos de funcionamento do Canal mesmo antes da web 2.0.

Possibilitar leituras visuais da História da Arte como construção coletiva

Com a visualização do Canal Contemporâneo, busca-se explicitar as configurações do circuito de arte como uma rede e, por conseqüência, criar dispositivos de leituras para a história da arte como rede social. Essa leitura organiza-se randomicamente e foge do formato linear da História da Arte. Este projeto cria um dispositivo de leitura do circuito das artes visuais agregando uma documentação da produção atual, recente, viva, em constante movimento.

Sua localização num espaço virtual elimina barreiras físicas e amplia a participação do público. O banco de dados do Canal Contemporâneo abrange a publicação de eventos realizados em todo o Brasil e inicia interlocuções no exterior. Assim, acredita-se promover um panorama geral capaz de suscitar conhecimento, criticidade e posicionamento sobre a rede profissional em questão. Acredita-se, portanto, potencializar a leitura sempre política sobre a rede que o Canal vem empreendendo em suas ações e campanhas. E, antes de mais nada, em sua normativa de funcionamento, que estimula participações e mobiliza uma cadeia de agentes.


Primeiro esboço de design e funcionalidades da interface


Eixos da Visualização da Primeira Camada

Tela 1 - Eixos da Primeira Camada

Eventos
Este eixo situa os NOMES (profissionais e organismos) em relação à quantidade de eventos em que eles participam no período selecionado. O sistema usa o conjunto de NOMES (profissionais e organismos) filtrado no período selecionado para definir o número máximo de eventos para esta escala.

Institucional-Comercial
Este eixo situa os NOMES em relação ao tipo de sua atuação no período selecionado. O sistema usa a média dos eventos de cada nome para situá-lo neste eixo.


Primeira Camada da Visualização

Tela 2 - Primeira camada de visualização

Conexões - Tamanho da Fonte
O tamanho do NOME indica a quantidade de conexões (com outros NOMES), de cada um, no período selecionado. O sistema usa uma amostragem de registros para compor esta visualização da primeira camada, com métricas estatísticas ainda a serem definidas. O número de conexões dos NOMES encontradas neste conjunto define a escala dos tamanhos da fonte.

Temporalidade - Cor da Fonte
A cor do NOME indica se as conexões, realizadas no período selecionado, são mais (vermelho) ou menos (azul) recentes. O sistema divide o período pesquisado pelo número de matizes a serem utilizados (ex. 6) e calcula a quantidade de eventos e suas conexões para cada NOME.

Ferramentas de Navegação
Busca - O sistema busca um NOME no total (população) de NOMES encontrados no período selecionado.
Listagem de Nomes - Será possível visualizar todos os NOMES encontrados no período selecionado, navegando horizontalmente na listagem de NOMES.
Zoom - Será possível afastar e aproximar a Visualização, para se ver o todo ou detalhes, respectivamente.


Segunda Camada da Visualização

Tela 3 - Segunda camada de visualização

Ao selecionar um NOME na Primeira Camada, surge a Segunda Camada de Visualização, mostrando as conexões referentes ao NOME e período selecionados.

Conexões - Tamanho da Fonte
O tamanho do NOME indica a quantidade de conexões (com o NOME selecionado), de cada um, no período selecionado. O sistema trabalha com o total (população) de registros para compor esta visualização da Segunda Camada. O número de conexões dos NOMES encontrado neste conjunto defe a escala dos tamanhos da fonte.

Temporalidade - Eixo Radial e Cor da Fonte
Este eixo situa os NOMES em relação à temporalidade: quanto mais recente for a conexão (data do evento que gerou a conexão), mais próximo ao NOME selecionado ele é apresentado. Quando o período selecionado for extenso, também é utilizada a Cor da Fonte para apresentar a diferenciação de temporalidade das conexões entre os NOMES.

Ferramentas de Navegação
Busca - O sistema busca um NOME no total (população) de NOMES encontrados relacionados ao NOME e período selecionado.


Segunda Camada da Visualização Ampliada

Tela 4 - Segunda camada de visualização ampliada

Esta tela mostra o funcionamento do Zoom da visualização e ações que estão disponíveis a partir de cada NOME exibido. As ações em questão mostram mais dados sobre o NOME pesquisado, criando novas formas de navegação através das seções do Canal Contemporâneo.

Eventos em Comum
Ao passar o mouse (mouse-over) em um NOME, são exibidos os nomes dos eventos em comum, no período selecionado, entre o NOME selecionado (no centro da visualização) e o NOME apontado.

Ferramentas de Navegação
Listagem de Nomes - Aqui ela é exibida minimizada.


Segunda Camada da Visualização Ampliada

Tela 5 - Segunda camada de visualização ampliada

Esta tela mostra as ações que estão disponíveis a partir de cada NOME exibido; elas mostram mais dados sobre o NOME pesquisado, criando novas formas de navegação através das seções do Canal Contemporâneo.

Perfil - Uma nova janela ou aba do navegador é aberta mostrando o perfil do NOME no Canal Contemporâneo. Esta opção é mostrada para os NOMES que tiverem perfil público na seção Comunidade.

Portfólio - Uma nova janela ou aba do navegador é aberta mostrando o portfolio do NOME no Canal Contemporâneo. Esta opção é mostrada para os NOMES que tiverem portfolio na seção Portfolios.

Eventos - Uma lista de eventos do NOME, no período selecionado, é mostrada abaixo da tela de visualização.

Conexões - Uma lista de NOMES conectados ao NOME, no período selecionado, é mostrada abaixo da tela de visualização.


Segunda Camada da Visualização Ampliada com nomes assinalados

Tela 6 - Segunda camada de visualização ampliada com nomes assinalados

Esta tela mostra o funcionamento do Zoom da visualização e ações que estão disponíveis a partir de cada NOME exibido. As ações em questão mostram mais dados sobre o NOME pesquisado, criando novas formas de navegação através das seções do Canal Contemporâneo.

Lista de Eventos
Duas ações são possíveis a partir desta lista:
- A visualização dos NOMES que estão conectados ao evento;
- A visualização do próprio evento que será aberto em uma nova janela ou aba do navegador


Evento da Agenda acessado e exibido a partir das Visualizações

Tela 7 - Evento da Agenda acessado e exibido a partir das Visualizações

Da Lista de Eventos mostrada nas telas 5 e 6, é possível acessar o evento desejado na Agenda de Eventos e, a partir deste, os linques que direcionam a textos relacionados no Canal e fora dele.

Desta forma, cada NOME nas Visualizações da Rede Canal leva a todo conteúdo a ele relacionado através dos eventos publicados no Canal Contemporâneo.

Posted by Patricia Canetti at 12:39 PM