Página inicial

Blog do Canal

o weblog do canal contemporâneo
 


junho 2015
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30        
Pesquise no blog:
Arquivos:
As últimas:
 

junho 30, 2006

Lista de artistas convidados para a 27ª Bienal de São Paulo

27ª Bienal de São Paulo - Como viver junto

Curadora Geral: Lisette Lagnado
Co-curadores: Adriano Pedrosa, Cristina Freire, José Roca, Rosa Martinez
Curador convidado: Jochen Volz

7 de outubro a 17 de dezembro de 2006

Parque do Ibirapuera - Portão 03
São Paulo - SP

Lista de artistas convidados para a 27ª Bienal de São Paulo
1. Adel Abdessemed; 1971; Constantine; Paris
2. Ahlam Shibli; 1970; Arab al-Shibli; Haifa
3. Akram Zaatari; 1966; Saida; Beirute**
4. Alberto Baraya; 1968; Bogotá; Bogotá/Madri
5. Ana Mendieta ; (1948, Havana - 1985, New York)
6. Andrew McLeod ; 1976; Rotorua; Auckland
7. Ann Lislegaard; 1962; Tonsberg ; Copenhagen/Nova York
8. Angela Detanico e Rafael Lain; 1974/1973; Caxias do Sul; São Paulo e Paris*
9. Antal Lakner ; 1966; Budapeste; Budapeste
10. Antoni Miralda; 1942; Barcelona; Barcelona e Miami
11. Armando Andrade Tudela; 1975; Lima; St. Etienne
12. Atelier Bow-Wow ; 1992; Tóquio; Tóquio
13. Aya Ben Ron; 1967; Haifa ; Tel- Aviv*
14. Barbara Visser ; 1966; Haarlem; Amsterdã
15. Bregtje van der Haak; 1966; Utrecht; Amsterdã**
16. Brendon Wilkinson ; 1974; Masterton; Auckland
17. Cao Guimarães, 1965; Belo Horizonte; Belo Horizonte **
18. Cildo Meireles ; 1948; Rio de Janeiro; Rio de Janeiro
19. Claudia Andujar ; 1931; Neuchâtel; São Paulo
20. Cláudia Cristóvão; 1973; Luanda; Amsterdã
21. Damian Ortega ; 1967; Cidade do México; Cidade do México
22. Dan Graham; 1942; Urbana; Nova York
23. Diango Hernández; 1970; Sancti Spiritus; Trento e Düsseldorf
24. Didier Fiuzu Faustino; 1968; Paris; Paris/Lisboa
25. Dominique Gonzalez-Foerster; 1965; Estrasburgo; Paris e Rio de Janeiro**
26. Eloísa Cartonera;2003; Buenos Aires; Buenos Aires
27. Esra Ersen; 1970; Ancara; Istambul e Berlim
28. Fastwürms, 1979; Toronto; Toronto **
29. Fernando Ortega ; 1971; Cidade do México; Cidade do México
30. Felix Gonzalez-Torres ; (1957, Guaimaro - 1996, Miami);
31. Florian Pumhösl ; 1971; Viena; Viena
32. Francesco Jodice ; 1967; Nápoles; Milão**
33. Gordon Matta-Clark (1943, Nova York - 1978, Nova York)**
34. Goshka Macuga ; 1967; Varsóvia; Londres
35. Guy Tillim; 1962; Joanesburgo; Cidade do Cabo
36. Haegue Yang ; 1971; Seul; Seul e Berlim
37. Hector Zamora ; 1974; Cidade do México; Cidade do México
38. Hélio Melo (1926, Vila Antinari - 2001, Goiânia )
39. Ivan Cardoso; 1952; Rio de Janeiro; Rio de Janeiro **
40. Jack Smith; (1932-1989); Columbus; N. York **
41. Jamac - Jardim Miriam Arte Clube; 2004 ; São Paulo; São Paulo
42. Jane Alexander; 1959; Joanesburgo; Cidade do Cabo
43. Jarbas Lopes ; 1964; Nova Iguaçu; Maricá
44. Jaroslaw Kozlowski; 1945; Srem; Poznan
45. Jean-Luc Godard; 1930; Paris; Genebra **
46. Jeanne Faust; 1968; Wiesbaden; Hamburgo
47. João Maria Gusmão e Pedro Paiva; 1979/1977; Lisboa; Lisboa
48. Jorge Macchi; 1963; Buenos Aires; Buenos Aires*
49. Juan Araujo ; 1971; Caracas; Caracas
50. Júlio Bressane; 1946; Rio de Janeiro; Rio de Janeiro **
51. Konono nº 1; Kinshasa
52. Kristina Solomoukha; 1971; Kiev; Paris
53. Lara Almarcegui ; 1972; Zaragoza; Roterdã
54. Lars Ramberg;1964 ; Oslo; Berlim
55. Laura Lima ; 1971; Governador Valadares; Rio de Janeiro
56. Lawrence Weiner; 1942; New York; New York **
57. León Ferrari; 1920; Buenos Aires; Buenos Aires
58. Len Lye (1901, Christchurch -1980, Warwick) **
59. Lida Abdul; 1973; Kabul; Kabul e Los Angeles
60. Long March Project; 1999; Pequim; Pequim
61. Loulou Cherinet; 1970; Gotemburgo ; Estocolmo**
62. Lu Chunsheng; 1968; Changchun; Shangai**
63. Lucia Koch ; 1966; Porto Alegre; São Paulo
64. Mabe Bethônico; 1966; Belo Horizonte; Belo Horizonte
65. Marcel Broodthaers (1924, Bruxelas - 1976, Colônia)
66. Marcellvs L.; 1980; Belo Horizonte; Belo Horizonte
67. Marcelo Cidade ; 1979; São Paulo; São Paulo
68. Marcos Bonisson; 1958; Rio de Janeiro; Rio de Janeiro
69. Marepe ; 1970; Santo Antônio de Jesus; Santo Antônio de Jesus
70. Maria Galindo; 1964; La Paz; La Paz
71. María Teresa Hincapié ; 1954; Armenia; Bogotá
72. Marilá Dardot ; 1973; Belo Horizonte; São Paulo
73. Mario Navarro; 1970; Santiago de Chile; Santiago de Chile
74. Marjetica Potrc ; 1953; Ljubljana; Ljubljana
75. Mark Bradford; 1961; Los Angeles; Los Angeles
76. Martinho Patrício ; 1964; João Pessoa; João Pessoa
77. Marwan Rechmaoui; 1964; Beirute; Beirute
78. Mauro Restiffe ; 1970; São José do Rio Pardo; São Paulo
79. Meschac Gaba ; 1961; Cotonou; Roterdã
80. Michael Snow e Carl Brown; 1929/ 1959;Toronto; Toronto
81. Miki Kratsman; 1959; Buenos Aires; Tel-Aviv
82. Minerva Cuevas ; 1975; Cidade do México; Cidade do México
83. Monica Bonvicini; 1965; Veneza; Berlim
84. Mustafa Maluka; 1977; Cidade do Cabo; Amsterdã / Cidade do Cabo
85. Narda Alvarado; 1975; La Paz; La Paz
86. Nikos Charalambidis ; 1967; Limassol; Atenas
87. Ola Pehrson (1964; Estocolmo - 2006, Ljusdal)
88. Paula Trope ; 1962; Rio de Janeiro; Rio de Janeiro
89. PAGES; 2004/; Haia ; Roterdã/Teerã*
90. Pepón Osorio; 1955; Santurce; Filadélfia
91. Pieter Hugo; 1976; Joanesburgo; Cidade do Cabo
92. Raimond Chaves/ Gilda Mantilla; 1963/1967; Bogotá / Los Angeles; Lima/Barcelona
93. Rainer Werner Fassbinder (1945, Bad Wörishofen -1982, Munique) **
94. Randa Shaath; 1963; Filadélfia; Cairo
95. Renata Lucas ; 1971; Ribeirão Preto; São Paulo
96. Rirkrit Tiravanija ; 1961; Buenos Aires; Nova York /Berlim
97. Rivane Neuenschwander; 1968; Belo Horizonte; Belo Horizonte*
98. Roman Ondák; 1966; Zilina; Bratislava
99. Sanghee Song; 1970; Seul; Seul e Amsterdã
100. Servet Koçyigit; 1971; Kaman; Amsterdã e Istambul
101. Shaun Gladwell ; 1972; Sydney; Sydney
102. Shimabuku; 1969; Kobe; Berlim
103. Simon Evans; 1972; Londres; Londres
104. SUPERFLEX; 1993; Copenhagen; Copenhagen
105. Susan Turcot; 1966; Montreal; Londres/Québec
106. Tacita Dean; 1965; Canterbury; Berlim**
107. Tadej Pogacar; 1960; Ljubljana; Ljubljana
108. Taller Popular de Serigrafia; 2002; Buenos Aires; Buenos Aires
109. Thomas Hirschhorn; 1957; Lensburg; Paris
110. Tomas Saraceno; 1973; San Miguel de Tucuman; Frankfurt
111. Tommi Grönlund/Petteri Nisunen (dupla); 1967 / 1962; Turku / Helsinki; Helsinki
112. Vangelis Vlahos; 1971; Atenas; Atenas
113. Virginia Medeiros; 1973; Feira de Santana; Salvador
114. Vladimir Arkhipov; 1961; Ryazan; Moscou
115. Wang Youshen; 1964; Pequim; Pequim
116. Yael Bartana; 1976; Afula; Tel-Aviv e Amsterdã
117. Young-Hae Chang Heavy Industries;1999 ; Seul; Seul
118. Young-whan Bae; 1967; Seul; Seul*
119. Zafos Xagoraris; 1963; Atenas ; Atenas*

* Artistas que participam somente do livro
**Artistas que também estão na mostra geral e na Quinzena de Filmes

27ª Bienal de São Paulo

Depois de um ano de pesquisa, reuniões, visitas a ateliês, e a vários países, a curadora geral, Lisette Lagnado e sua equipe concluem a lista dos 119 artistas selecionados para a 27ª Bienal de São Paulo (ver lista completa abaixo). Dos artistas selecionados, 07 foram convidados para realizar um projeto gráfico no livro, 10 são artistas internacionais em residência no Brasil e há ainda a "Quinzena de Filmes" com mais nove film makers, que será realizada de 04 a 18 de outubro no Cine Bombril e, posteriormente, no Museu Lasar Segall.

Lisette Lagnado, curadora geral, foi eleita para a função por meio de um concurso de projetos. Este procedimento é inédito na história da Fundação Bienal (fundada em 1951) e a democratização atinge a estrutura interna da mostra, comandada pelo presidente Manoel Francisco Pires da Costa. A decisão reflete a independência e autonomia da Fundação Bienal na liderança de um projeto próprio.

A 27ª Bienal de São Paulo iniciou suas atividades em janeiro. Pela primeira vez, foram abolidas as representações nacionais. O título da mostra, "Como Viver Junto", inspirado em seminários de Roland Barthes no Collège de France realizados em 1976-77 propõe uma reflexão acerca da construção de espaços partilhados. Coexistência e convivência, ritmos de produção e práticas cooperativas são questões que integram a tentativa de chegar a um sentido ético do Viver-Junto. A 27ª Bienal está conceitualmente situada na interseção de duas linhas de pensamento que Hélio Oiticica (1937-1980) desenvolveu: o sentido de "construção", que está na base da experimentação neoconcreta, e o "adeus à estética". Na mostra, essas duas linhas se traduzem em "Projetos Construtivos" e "Programas para a Vida".

O programa de residência conta com dez artistas para explorar a diversidade cultural e a complexa geografia econômica e política do Brasil, utilizando-se da articulação com agentes locais como meio de produção para trabalhos realizados especialmente para a 27ª Bienal de São Paulo. Os artistas residentes são: Alberto Baraya, Armando Andrade, Florian Punhösl, Francesco Jodice, Lara Almárcegui, Marjetica Potrc, Meschac Gaba, Minerva Cuevas, Susan Turcot e Shimabuku. Os locais de residência são: Rio Branco, (AC), Recife, (PE) e São Paulo (SP). Com parcerias da Fundação Armando Álvares Penteado (SP), que recebe todos os artistas no Edifício Lutetia, na Praça Patriarca; Fundação Joaquim Nabuco (PE) e Fundação Elias Mansour (AC).

Os seminários foram concebidos para analisar os conceitos que acompanham a produção artística contemporânea. Em janeiro "Marcel, 30", organizado pelo curador convidado Jochen Volz, contou com os conferencistas Dorothea Zwirner, Jürgen Harten, Lisette Lagnado, Ricardo Basbaum, Rirkrit Tiravanija, Stephanne Huchet e, que debateram, a partir do trabalho do artista Marcel Broothaers, a lógica de exibição de museus.

Em abril, o seminário "Arquitetura", organizado por Adriano Pedrosa, convidou Ana Maria Tavares, Beatriz Colomina, Eyal Weizman, Guilherme Wisnik, Jessica Morgan e Marjetica Potrc, para discutir as fricções entre arte e arquitetura. "Reconstrução", que ocorreu em junho e foi organizado por Cristina Freire, contou com a participação de Jean-Marc Poinsot, João Frayze-Pereira, Minerva Cuevas, Renato Janine Ribeiro, Tony Chakar e Viktor Misiano, propondo uma discussão acerca do perfil das cidades destruídas, deslocamentos, diásporas e migrações.

Em 4 e 5 de agosto, Lisette Lagnado organizará "Vida Coletiva", com a participação de Catherine David, Celso Favaretto, Jane Crawford, Jeanne-Marie Gagnebin, Peter Pal-Pelbart e Yuko Hasegawa. Nos dias 09 e 10 de outubro, o seminário "Trocas", organizado por Rosa Martínez, reunirá Carlos Jiménez, Maria Rita Kehl, Nicolas Bourriaud, Paulo Herkenhoff, Renata Salecl e Santiago Sierra. Em novembro, o seminário "Acre", organizado por José Roca deve trazer os conferencistas David Harvey, Francisco Foot Hardman, Jimmie Durham, Manuela Carneiro da Cunha, Thierry de Duve, para debater questões sobre território e fronteiras. A presença da Ministra de Estado do Meio Ambiente Marina Silva deve ser confirmada.

A 27ª Bienal de São Paulo também dá um passo rumo à democratização do conhecimento da arte contemporânea e experiência estética. Faz parte do Projeto Educativo desta edição a criação de cinco núcleos de discussão artística em pontos estratégicos da periferia da capital paulista. Trata-se de uma iniciativa inédita com a expectativa de ampliar a composição do público freqüentador da Bienal para além das classes mais privilegiadas. O Projeto educativo tem organização de Denise Grinspum.

Outros projetos também estão sendo desenvolvidos como quatro publicações, dos seminários e livro-catálogo, que tem o projeto gráfico a cargo de Rodrigo Cerviño Lopez. A expografia é de Marta Bogéa.

A 27ª Bienal de São Paulo contará com um total de 119 artistas onde todos apresentam novos projetos.

Posted by João Domingues at 3:11 PM