Página inicial

Blog do Canal

o weblog do canal contemporâneo
 


maio 2020
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            
Pesquise no blog:
Arquivos:
maio 2020
abril 2020
março 2020
fevereiro 2020
janeiro 2020
dezembro 2019
novembro 2019
outubro 2019
setembro 2019
agosto 2019
julho 2019
junho 2019
maio 2019
abril 2019
março 2019
fevereiro 2019
janeiro 2019
dezembro 2018
novembro 2018
outubro 2018
setembro 2018
agosto 2018
julho 2018
junho 2018
maio 2018
abril 2018
março 2018
fevereiro 2018
janeiro 2018
dezembro 2017
novembro 2017
outubro 2017
setembro 2017
agosto 2017
julho 2017
junho 2017
maio 2017
abril 2017
março 2017
fevereiro 2017
janeiro 2017
dezembro 2016
novembro 2016
outubro 2016
setembro 2016
agosto 2016
julho 2016
junho 2016
maio 2016
abril 2016
março 2016
fevereiro 2016
janeiro 2016
dezembro 2015
novembro 2015
outubro 2015
setembro 2015
agosto 2015
julho 2015
junho 2015
maio 2015
abril 2015
março 2015
fevereiro 2015
janeiro 2015
dezembro 2014
novembro 2014
outubro 2014
setembro 2014
agosto 2014
julho 2014
junho 2014
maio 2014
abril 2014
março 2014
fevereiro 2014
janeiro 2014
dezembro 2013
novembro 2013
outubro 2013
setembro 2013
agosto 2013
julho 2013
junho 2013
maio 2013
abril 2013
março 2013
fevereiro 2013
setembro 2012
agosto 2012
junho 2012
abril 2012
março 2012
fevereiro 2012
novembro 2011
setembro 2011
agosto 2011
junho 2011
maio 2011
março 2011
dezembro 2010
novembro 2010
outubro 2010
setembro 2010
junho 2010
fevereiro 2010
janeiro 2010
dezembro 2009
novembro 2009
maio 2009
março 2009
janeiro 2009
novembro 2008
setembro 2008
agosto 2008
julho 2008
maio 2008
abril 2008
fevereiro 2008
dezembro 2007
novembro 2007
outubro 2007
agosto 2007
junho 2007
maio 2007
março 2007
janeiro 2007
dezembro 2006
outubro 2006
setembro 2006
agosto 2006
julho 2006
junho 2006
maio 2006
abril 2006
março 2006
fevereiro 2006
janeiro 2006
dezembro 2005
novembro 2005
setembro 2005
agosto 2005
julho 2005
junho 2005
maio 2005
abril 2005
março 2005
fevereiro 2005
janeiro 2005
dezembro 2004
novembro 2004
outubro 2004
setembro 2004
agosto 2004
junho 2004
maio 2004
abril 2004
março 2004
janeiro 2004
dezembro 2003
novembro 2003
outubro 2003
agosto 2003
As últimas:
 

maio 7, 2020

Galeria Nara Roesler na Frieze New York 2020

A Galeria Nara Roesler tem o orgulho de apresentar um projeto solo do artista cubano Marco Castillo para sua online viewing room na Frieze NY 2020. Castillo é membro fundador do coletivo artístico Los Carpinteros, e seu trabalho é permeado por um interesse na história de Cuba e suas mudanças pós-revolucionárias, sociais e culturais. Castillo investigou extensivamente a arquitetura, o design e a escultura, aspectos fundamentais da prática artística, buscando criar instalações, desenhos e esculturas que se relacionam com o espaço e negociam entre o funcional e o não funcional, geralmente expressos de maneira bem-humorada.

A feira terá seu primeiro dia de preview na quarta-feira, 6 de maio e será aberta ao público na sexta-feira, 8 de maio. Na manhã da quarta-feira, dia 6, a Galeria Nara Roesler junto com Ella Studios e Fundación CIFO conduzirá uma conversa ao vivo que será transmitida nos canais do YouTube dela e da galeria às 12h30, horário de Brasília, sobre a trajetória do artista. A conversa será realizada em espanhol.

Galeria Nara Roesler is proud to present a solo project by Cuban artist Marco A. Castillo for its online viewing room at Frieze NY 2020. Castillo is co-founder of the art collective Los Carpinteros, and his work is permeated by an interest in the history of Cuba and the country's post-revolutionary, social and cultural changes. Castillo has extensively investigated architecture, design and sculpture, which are fundamental aspects of the artistic practice in seeking to create installations, drawings and sculptures that engage with space and negotiate between the functional and non-functional, often expressed in humorous ways.

The fair will have its first preview day on Wednesday, May 6th and will open to the public on Friday Friday May 8th. On the morning of May 6th, Galeria Nara Roesler, in collaboration with Ella Studios and Fundación CIFO, will broadcast a live conversation between Ella Cisneros and Marco A. Castillo about the artist's trajectory. The event will be streamed live in both the gallery's and Cisnero's YouTube Channels at 11.30am EDT. The conversation will be held in Spanish.


1_MarcoACastillo_NaraRoesler.jpg

2_MarcoACastillo_NaraRoesler.jpg

Vista da instalação renderizada, Marco A. Castillo, Frieze New York Viewing Room 2020
Rendered installation view, Marco A. Castillo, Frieze New York Viewing Room 2020


sobre Marco Castillo

Marco Castillo é membro fundador do coletivo artístico Los Carpinteros, fundado em 1992 em Havana, Cuba. Após o importante reconhecimento internacional do coletivo, Castillo foi aclamado por seu trabalho individual. Em sua carreira como artista solo, ele experimentou a interseção entre belas artes, artes aplicadas e artes decorativas como um meio de questionar expectativas e preconceitos estéticos. Castillo costuma empregar elementos derivados do modernismo e dos desenhos soviéticos, que ele entrelaça com a tradição cubana no uso de técnicas como treliças e materiais como mogno. Suas peças são frequentemente nomeadas a partir de arquitetos e designers cubanos modernos - uma homenagem a uma geração de criadores esquecida.

Nas palavras do artista, "Os trabalhos se movimentam entre arte, decoração e artes aplicadas. Isso me permitiu falar sobre mortes estéticas e culturais como resultado de estigmas, censuras e mal-entendidos do sistema que ocorreram ciclicamente, não apenas em Cuba mas em outros países do mundo ".

about Marco A. Castillo

Marco Castillo is a founding member of the artistic collective Los Carpinteros, established in 1992 in Havana, Cuba. Following the important international recognition of the collective, Castillo has been acclaimed for his individual work. In his career as a solo artist, he has experimented with the intersection between fine arts, applied arts and the decorative arts as a means of questioning aesthetic expectations and bias. Castillo often employs elements derived from modernism and soviet designs, which he intertwines with cuban tradition in using techniques such as latticework, and materials like mahogany. His pieces are frequently named after prominent modern Cuban architects and designers -- an homage to a forgotten generation of creators.

In the artist's words, "The works move between art, decoration and applied arts.This has allowed me to talk about cultural and aesthetic deaths as the result of stigmas, censures, and misunderstandings of the system that have happened cyclically, not only in Cuba but in other countries of the world.


3_MarcoACastillo_NaraRoesler.jpg

série galván

Galván 2, (2020) é um exemplo que caracteriza a série de Castillo em telas ou painéis. Esta peça é inspirada em uma divisória que Joaquín Galván e Rodolfo Fernández Suárez projetaram para o Salão de Protocolo do Conselho do Estado. A escultura é um painel grande e seccionado com uma estrutura sólida de madeira e com padrões de treliça esculpidos por todo o corpo principal da tela. O grid é complementado com letras esculpidas em madeira, pintadas de branco e colocadas na estrutura. O artista explica que “aproveitando o grid da treliça, eu a transformo em um suporte para uma sopa de letrinhas conceitual que lembra as linguagens criptografadas usadas durante a Guerra Fria”, enquanto revive referências modernistas tropicais, “de uma maneira muito sutil e conceitual, a combinação da cor branca com madeira de mogno me lembra frutas tropicais como o coco.”

galván series

Galván 2, (2020) is a characteristic example of Castillo’s series on screens or panels. This piece is inspired by a room-divider which Joaquín Galván and Rodolfo Fernández Suárez designed for the Hall of Protocol of the Council of State. The sculpture is a large, sectioned panel with a solid framework made of wood, and lattice patterns carved throughout the screen’s main body. The grid pattern is complemented with letters sculpted from wood, painted white and placed onto the structure. The artist explains that “taking advantage of the lattice grid, I turn it into a support for a conceptual alphabet soup that recalls the encrypted languages used during the Cold War”, all while reviving tropical modernist references, “the combination of the color white with mahogany wood that reminds you of tropical fruits like the coconut, in a very subtle and conceptual way.”


seleção de trabalhos no nosso online viewing room / selection of works on view at frieze viewing room

4_MarcoACastillo_NaraRoesler.jpg

Maria Elena 2, 2020
madeira e tecido
wood and fabric
150 x 150 x 50,5 cm
59.1 x 59.1 x 19.9 in

5_MarcoACastillo_NaraRoesler.jpg

Ivan # 03, 2020
madeira
wood
250 x 180 x 17 cm
98.4 x 70.9 x 6.7 in

6_MarcoACastillo_NaraRoesler.jpg

Córdoba (Horizontal), 2020
madeira e rattan
wood and rattan
95 x 239 x 40 cm
37.4 x 94.1 x 15.7 in

7_MarcoACastillo_NaraRoesler.jpg

María Victoria, 2019
madeira e rattan
wood and rattan
212 x 277 x 21 cm
83.5 x 109.1 x 8.3 in

8_MarcoACastillo_NaraRoesler.jpg

Baixo relevo # 04, 2020
Low relief # 04, 2020
papel cartão
cardboard
103 x 77 x 11 cm
40.6 x 30.3 x 4.3 in

Todas as imagens do post © Marco A. Castillo. Cortesia do artista e da [Courtesy of the artist and] Galeria Nara Roesler

Posted by Patricia Canetti at 2:22 PM