Página inicial

Blog do Canal

o weblog do canal contemporâneo
 


fevereiro 2020
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
Pesquise no blog:
Arquivos:
fevereiro 2020
janeiro 2020
dezembro 2019
novembro 2019
outubro 2019
setembro 2019
agosto 2019
julho 2019
junho 2019
maio 2019
abril 2019
março 2019
fevereiro 2019
janeiro 2019
dezembro 2018
novembro 2018
outubro 2018
setembro 2018
agosto 2018
julho 2018
junho 2018
maio 2018
abril 2018
março 2018
fevereiro 2018
janeiro 2018
dezembro 2017
novembro 2017
outubro 2017
setembro 2017
agosto 2017
julho 2017
junho 2017
maio 2017
abril 2017
março 2017
fevereiro 2017
janeiro 2017
dezembro 2016
novembro 2016
outubro 2016
setembro 2016
agosto 2016
julho 2016
junho 2016
maio 2016
abril 2016
março 2016
fevereiro 2016
janeiro 2016
dezembro 2015
novembro 2015
outubro 2015
setembro 2015
agosto 2015
julho 2015
junho 2015
maio 2015
abril 2015
março 2015
fevereiro 2015
janeiro 2015
dezembro 2014
novembro 2014
outubro 2014
setembro 2014
agosto 2014
julho 2014
junho 2014
maio 2014
abril 2014
março 2014
fevereiro 2014
janeiro 2014
dezembro 2013
novembro 2013
outubro 2013
setembro 2013
agosto 2013
julho 2013
junho 2013
maio 2013
abril 2013
março 2013
fevereiro 2013
setembro 2012
agosto 2012
junho 2012
abril 2012
março 2012
fevereiro 2012
novembro 2011
setembro 2011
agosto 2011
junho 2011
maio 2011
março 2011
dezembro 2010
novembro 2010
outubro 2010
setembro 2010
junho 2010
fevereiro 2010
janeiro 2010
dezembro 2009
novembro 2009
maio 2009
março 2009
janeiro 2009
novembro 2008
setembro 2008
agosto 2008
julho 2008
maio 2008
abril 2008
fevereiro 2008
dezembro 2007
novembro 2007
outubro 2007
agosto 2007
junho 2007
maio 2007
março 2007
janeiro 2007
dezembro 2006
outubro 2006
setembro 2006
agosto 2006
julho 2006
junho 2006
maio 2006
abril 2006
março 2006
fevereiro 2006
janeiro 2006
dezembro 2005
novembro 2005
setembro 2005
agosto 2005
julho 2005
junho 2005
maio 2005
abril 2005
março 2005
fevereiro 2005
janeiro 2005
dezembro 2004
novembro 2004
outubro 2004
setembro 2004
agosto 2004
junho 2004
maio 2004
abril 2004
março 2004
janeiro 2004
dezembro 2003
novembro 2003
outubro 2003
agosto 2003
As últimas:
 

janeiro 22, 2020

Instalação de Tadeu Jungle na fachada do MAC USP, São Paulo

O Museu de Arte Contemporânea da USP apresenta, a partir do dia 25 de janeiro, às 11 horas, a instalação "Você está aqui", do cineasta, fotógrafo, poeta e artista visual Tadeu Jungle, montada nos 555 m² da empena do edifício do Museu. Será a primeira vez que o Museu vai ocupar a sua empena com uma obra de arte. E esta instalação configura-se como o maior poema visual impresso já feito no Brasil.

A ideia do poema surgiu em uma viagem pela Europa em 1981, quando Tadeu Jungle chegou a uma estação e não conseguiu se localizar pois não havia o clássico sinal - "Você está aqui" - no mapa. “De nada adianta o mapa sem o sinal! Ou seja, se você não sabe onde está, fica difícil saber para onde ir”, lembra o artista. A ideia seguiu em suas anotações até que em 1997, criou o poema na forma de um pequeno adesivo que poderia ser colado em qualquer lugar. “Eu o chamei de um grafitti de plástico, por manter as características anônimas dos grafiteiros e ao mesmo tempo ser uma manifestação de arte urbana pública. "Você está aqui" ganhou a versão "You are here" e eu o colei pelo mundo todo”, conta Jungle. Para Daniel Rangel, curador e mestre em artes visuais pela ECA USP, “a afirmação embutida em "Você está aqui" torna o leitor um cúmplice invariavelmente consciente do significado da frase. No ato da fruição ativa-se uma percepção do aqui e do agora, um dos preceitos do budismo, que fez com que o autor o denominasse de ‘poema zen’”.

Ainda em 1997, convidado para uma exposição individual na Galeria Valu Oria, Tadeu Jungle ampliou as possibilidades de aplicação do adesivo, que ganhou diversos suportes como camisetas, caixas de fósforos, copos, relógios, descanso de tela de computador e foi exibido em painel de led no Vale do Anhangabaú, em São Paulo. Em 2012, "Você está aqui" foi apresentada como uma performance aérea, com uma faixa sendo puxada por um avião na orla das praias do Rio de Janeiro. Um ano depois se transformou numa instalação site specific na exposição Videofotopoesia no Instituto Oi Futuro.

Tadeu Jungle tem a multidisciplinaridade e a inquietude criativa como características centrais de sua produção e personalidade. Desde o começo de sua trajetória, vem explorando diferentes linguagens para se expressar. Realizou vídeos em que além de dirigir, muitas vezes atuou; poemas visuais em distintos suportes, como pichações, adesivos e objetos poéticos, além de serigrafias, fotografias, pinturas e instalações cujas palavras e imagens se encontram com frequência. Agora chega ao MAC USP com seu poema "Você está aqui". Para o curador, a dimensão da obra causa um impacto ao ambiente e no seu entorno. “Além da mensagem exibida em meio ao caos da urbis, o poema deve criar uma tensão de palavras-coisa no espaço-tempo fazendo com que as pessoas se perguntem: onde estou agora? A resposta virá como um poema visual concreto: objetivo, impactante e direto – "Você está aqui"”.

Posted by Patricia Canetti at 2:48 PM