Página inicial

Blog do Canal

o weblog do canal contemporâneo
 


dezembro 2018
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          
Pesquise no blog:
Arquivos:
dezembro 2018
novembro 2018
outubro 2018
setembro 2018
agosto 2018
julho 2018
junho 2018
maio 2018
abril 2018
março 2018
fevereiro 2018
janeiro 2018
dezembro 2017
novembro 2017
outubro 2017
setembro 2017
agosto 2017
julho 2017
junho 2017
maio 2017
abril 2017
março 2017
fevereiro 2017
janeiro 2017
dezembro 2016
novembro 2016
outubro 2016
setembro 2016
agosto 2016
julho 2016
junho 2016
maio 2016
abril 2016
março 2016
fevereiro 2016
janeiro 2016
dezembro 2015
novembro 2015
outubro 2015
setembro 2015
agosto 2015
julho 2015
junho 2015
maio 2015
abril 2015
março 2015
fevereiro 2015
janeiro 2015
dezembro 2014
novembro 2014
outubro 2014
setembro 2014
agosto 2014
julho 2014
junho 2014
maio 2014
abril 2014
março 2014
fevereiro 2014
janeiro 2014
dezembro 2013
novembro 2013
outubro 2013
setembro 2013
agosto 2013
julho 2013
junho 2013
maio 2013
abril 2013
março 2013
fevereiro 2013
setembro 2012
agosto 2012
junho 2012
abril 2012
março 2012
fevereiro 2012
novembro 2011
setembro 2011
agosto 2011
junho 2011
maio 2011
março 2011
dezembro 2010
novembro 2010
outubro 2010
setembro 2010
junho 2010
fevereiro 2010
janeiro 2010
dezembro 2009
novembro 2009
maio 2009
março 2009
janeiro 2009
novembro 2008
setembro 2008
agosto 2008
julho 2008
maio 2008
abril 2008
fevereiro 2008
dezembro 2007
novembro 2007
outubro 2007
agosto 2007
junho 2007
maio 2007
março 2007
janeiro 2007
dezembro 2006
outubro 2006
setembro 2006
agosto 2006
julho 2006
junho 2006
maio 2006
abril 2006
março 2006
fevereiro 2006
janeiro 2006
dezembro 2005
novembro 2005
setembro 2005
agosto 2005
julho 2005
junho 2005
maio 2005
abril 2005
março 2005
fevereiro 2005
janeiro 2005
dezembro 2004
novembro 2004
outubro 2004
setembro 2004
agosto 2004
junho 2004
maio 2004
abril 2004
março 2004
janeiro 2004
dezembro 2003
novembro 2003
outubro 2003
agosto 2003
As últimas:
 

dezembro 12, 2018

Bazar no Galpão da Fortes D’Aloia & Gabriel, São Paulo

A Fortes D’Aloia & Gabriel encerra suas atividades de 2018 com o Bazar do Galpão. Diversos produtores convidados – de roupas, cerâmica, acessórios, entre outros – ocupam o espaço na Barra Funda para exibirem suas novidades em meio a uma seleção especial de obras dos artistas representados pela galeria.

14 e 15 de dezembro de 2018, sexta e sábado, das 12h às 20h

Fortes D’Aloia & Gabriel | Galpão
Rua James Holland 71, Barra Funda, São Paulo, SP
11-3392-3942

Entre os produtos, o Bazar do Galpão apresenta: peças da nova coleção de Isabela Capeto; roupas sem gênero e sustentáveis de Marco Barboza; livros de arte e cultura da Editora Cobogó; cerâmica utilitária de Nelise Ometto; vasos em cerâmica para bonsai de Sandra Arruda; acessórios de tribos nômades garimpados por Vivi Pelo Mundo; blends de chá orgânico de Sta Julieta Bio; pão de queijo artesanal de Lim Cozinha; artesanato em frivolité de Maria Amália da Cruz Oliveira.

Saiba mais sobre as marcas convidadas:

Isabela Capeto. A estilista leva peças da sua nova coleção. Seu trabalho tem inspiração em museus e livros, nunca em tendências pré-determinadas. Cada peça é como uma obra de arte: feita à mão, sempre bordada, tingida ou plissada, com muitas aplicações de rendas antigas, paetês, tules ou passamanarias.

Krixina por Marco Barboza. Vestuário atemporal e sem gênero em linho, crochê e tricô. Acabamento em alfaiataria desconstruída, resgatando técnicas manuais. Peças amplas com conforto e estilo de vida sustentável.

Editora Cobogó. Atualmente comemorando seus 10 anos de atividade, a editora tem seu foco em publicações sobre arte e cultura contemporâneas. Publica regularmente monografias sobre artistas visuais – Adriana Varejão, Beatriz Milhazes, Nuno Ramos, Laura Lima e Sonia Gomes estão entre os muitos títulos –, além de livros sobre música e teatro.

Nelise Ometto. O atelier de cerâmica exibe peças utilitárias, entre travessas e pratos de autor.

Sandra Arruda. Designer de produto especializada em móveis há mais de 30 anos, apresenta sua nova coleção em cerâmica: vasos para a arte do bonsai.

Vivi Pelo Mundo. Marca idealizada pela artista plástica Viviane Almeida, que dedica-se à procura de tesouros em tribos das mais diversas culturas ancestrais do mundo. Trazidas de suas viagens, as peças incluem como joias, objetos de decoração e acessórios cheios de história e significados.

Sta Julieta Bio. Fazenda de produtos orgânicos localizada em Santa Cruz da Conceição (SP), traz uma linha de infusões composta por quatro blends de ervas orgânicas, produzidas artesanalmente.

Maria Amália da Cruz Oliveira. Marcadores de livros feitos em frivolité, a arte de fazer renda em nós.

Posted by Patricia Canetti at 12:11 PM