Página inicial

Blog do Canal

o weblog do canal contemporâneo
 


dezembro 2018
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          
Pesquise no blog:
Arquivos:
dezembro 2018
novembro 2018
outubro 2018
setembro 2018
agosto 2018
julho 2018
junho 2018
maio 2018
abril 2018
março 2018
fevereiro 2018
janeiro 2018
dezembro 2017
novembro 2017
outubro 2017
setembro 2017
agosto 2017
julho 2017
junho 2017
maio 2017
abril 2017
março 2017
fevereiro 2017
janeiro 2017
dezembro 2016
novembro 2016
outubro 2016
setembro 2016
agosto 2016
julho 2016
junho 2016
maio 2016
abril 2016
março 2016
fevereiro 2016
janeiro 2016
dezembro 2015
novembro 2015
outubro 2015
setembro 2015
agosto 2015
julho 2015
junho 2015
maio 2015
abril 2015
março 2015
fevereiro 2015
janeiro 2015
dezembro 2014
novembro 2014
outubro 2014
setembro 2014
agosto 2014
julho 2014
junho 2014
maio 2014
abril 2014
março 2014
fevereiro 2014
janeiro 2014
dezembro 2013
novembro 2013
outubro 2013
setembro 2013
agosto 2013
julho 2013
junho 2013
maio 2013
abril 2013
março 2013
fevereiro 2013
setembro 2012
agosto 2012
junho 2012
abril 2012
março 2012
fevereiro 2012
novembro 2011
setembro 2011
agosto 2011
junho 2011
maio 2011
março 2011
dezembro 2010
novembro 2010
outubro 2010
setembro 2010
junho 2010
fevereiro 2010
janeiro 2010
dezembro 2009
novembro 2009
maio 2009
março 2009
janeiro 2009
novembro 2008
setembro 2008
agosto 2008
julho 2008
maio 2008
abril 2008
fevereiro 2008
dezembro 2007
novembro 2007
outubro 2007
agosto 2007
junho 2007
maio 2007
março 2007
janeiro 2007
dezembro 2006
outubro 2006
setembro 2006
agosto 2006
julho 2006
junho 2006
maio 2006
abril 2006
março 2006
fevereiro 2006
janeiro 2006
dezembro 2005
novembro 2005
setembro 2005
agosto 2005
julho 2005
junho 2005
maio 2005
abril 2005
março 2005
fevereiro 2005
janeiro 2005
dezembro 2004
novembro 2004
outubro 2004
setembro 2004
agosto 2004
junho 2004
maio 2004
abril 2004
março 2004
janeiro 2004
dezembro 2003
novembro 2003
outubro 2003
agosto 2003
As últimas:
 

dezembro 5, 2018

Projeto 1:1 - Ricardo Basbaum na Jaqueline Martins, São Paulo

A Galeria Jaqueline Martins apresenta a terceira edição do projeto 1:1 com uma obra inédita do artista brasileiro Ricardo Basbaum e curadoria de Bruno de Almeida. A abertura da exposição Sistema-cinema: êxtase & exercício está marcada para 8 de dezembro.

A cada edição do projeto um artista é convidado a conceber um trabalho que ocupe uma sala de exposição da galeria e um segundo estabelecimento com seus próprios usos e funções no bairro da Vila Buarque, centro de São Paulo, onde a galeria se localiza. Para esta edição, Ricardo Basbaum escolheu correlacionar o espaço expositivo a uma série sequencial de espaços domésticos que variam ao longo da exposição.

A relação entre o espaço de exposição e o residencial é estabelecida através de um sistema de câmeras de vídeo de circuito-fechado que capta imagens em cada um dos locais e as transmite em tempo real de um para o outro. O enquadramento das câmeras não mostra a totalidade desses lugares, ao invés, foca em um objeto criado pelo artista, duplicado, colocado em cada um dos espaços. Ambas as peças são exatamente iguais, suas formas são familiares, aproximam-se do corpo, mas não remetem diretamente a nada conhecido; possuem também um forte apelo tátil que é evidenciado pela sua materialidade, convidando ao toque. Tanto os usuários dos espaços domésticos quanto os da galeria são convidados a exercitar-se a partir do livre manuseio das peças, ação que é capturada pelas câmeras e transmitida ao vivo para o outro espaço. Desta forma, manipular o objeto torna-se um ato performativo face a um receptor ou público distante, acompanhado pela possibilidade voyeurística de observar a ação (ou falta dela) realizada no outro local.

As imagens transmitidas não só geram uma tensão entre o “ver” e o “ser-visto” e entre o “eu” e o “outro”, mas intersectam duas esferas aparentemente opostas, a privada do espaço doméstico e a (semi)pública do espaço expositivo. A dicotomia entre público e privado é ainda sublinhada pelas condições de circulação entre ambos os lugares. Ao contrário de edições anteriores do projeto 1:1 onde a visitação das obras localizadas fora do espaço da galeria era facilitada pelo caráter semi-público dos estabelecimentos, nesta edição a possibilidade de visitação dos espaços domésticos não é um dado adquirido e passará pela mediação da galeria assim como por uma contínua negociação com cada um dos seus diferentes moradores.

Ricardo Basbaum, São Paulo, Brasil, 1961. Vive e trabalha no Rio de Janeiro, Brasil. Artista, escritor e professor, Basbaum investiga a arte como um dispositivo intermediário e plataforma para a articulação entre experiência sensorial, sociabilidade e linguagem. Desde o final da década de 1980, ele criou um vocabulário específico para seu trabalho, aplicando-o de maneira particular a cada novo projeto. Estes, se manifestam como desenhos, instalações, vídeos e intervenções urbanas. Basbaum é autor de uma instalação permanente na New Tate Modern, Londres e teve exposições em importantes instituições como a Documenta XII em Kassel, Museu de Arte Contemporânea de Chicago, Bienal de São Paulo, entre outras. Sua produção de Diagramas (uma modalidade de intervenção site-specific que reúne palavras, desenhos e instruções) foi agrupada no livro “Diagramas, 1994 - on going” (Errant Bodies Press, 2016). Basbaum é também o autor de “Manual do artista-etc” (Azougue, 2013), “Ouvido de corpo, ouvido de grupo” (2010) e “Além da pureza visual” (Zouk, 2007). Professor do Instituto de Artes e Comunicação Social da Universidade Federal Fluminense de Niterói, também trabalhou no Instituto de Artes da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1998-2016) e como Professor Visitante na Universidade de Chicago (2013).

Bruno de Almeida, 1987, Brasil/ Portugal. Arquiteto e curador. Integra o Programa Curatorial 2018/19 da instituição De Appel, Amsterdã, Países Baixos. Fundador e curador dos projetos 1:1 (2018-) em colaboração com a Galeria Jaqueline Martins, e SITU (2015-2017) em colaboração com a Galeria Leme, ambas em São Paulo, Brasil. Desenvolveu outros projetos/exposições com instituições tais como: Harvard University, Graduate School of Design, Cambridge, EUA; Storefront for Art and Architecture, Nova Iorque, EUA; Pivô Arte e Pesquisa, São Paulo, Brasil, entre outras. Participou das residências: TATE Intensive, TATE Modern, Londres, Inglaterra; Ideas City Arles, New Museum (NYC) em colaboração com LUMA Foundation, Arles, França; Curatorial Intensive Accra, Independent Curators International (NYC), Acra, Gana, entre outras.

Posted by Patricia Canetti at 11:10 AM