Página inicial

Blog do Canal

o weblog do canal contemporâneo
 


junho 2015
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30        
Pesquise no blog:
Arquivos:
As últimas:
 

março 11, 2013

Julio Villani: Teoremas e arapucas na Mercedes Viegas, Rio de Janeiro

Julio Villani - Teoremas e arapucas, Mercedes Viegas Arte Contemporânea, Rio de Janeiro, RJ - 21/03/2013 a 27/04/2013

A galeria Mercedes Viegas Arte Contemporânea abre em 20 de março de 2013, quarta-feira, às 19h, a exposição individual do artista Julio Villani, a primeira na galeria.

Julio, que vive entre Paris e São Paulo, apresenta na exposição “teoremas e arapucas” duas séries inéditas: A primeira série intitulada Collapsible architectures, é bidimensional, com aproximadamente 12 pinturas e 08 desenhos. Caracteriza-se pela natureza “surda”, particularmente opaca do fundo, obtida através de uma preparação à base de caulino que recobre as telas de grandes dimensões. Sobre elas, o artista traça estruturas em carvão, habitadas por delicadas transparências de tinta acrílica.

A segunda série, Instabilis, de objetos que por vezes usam a parede como apoio, mas dela tendem a se afastar. Dois a três objetos inéditos farão parte da mostra. Nessas assemblages, o artista explora – por meio de fios e pesos, de ajustes e ajuntes – os estados de equilíbrio real ou suposto, a suspensão “contínua” do movimento, o desmoronamento possível a todo instante.

A grande constante aqui é a linha: têxtil ou traçada, tramada ou distendida por um prumo, ela atravessa pinturas e objetos, costurando o concreto ao poético, o palpável ao sensível.

Posted by Patricia Canetti at 12:51 PM